Já tem uma conta?

  •   Conteúdo personalizado
  •   Produtos e suporte

Ainda não tem uma conta?

Criar conta

O que é segurança da nuvem?

Na sociedade de hoje, estamos mais conectados do que nunca. A segurança da nuvem é um amplo conjunto de tecnologias, políticas e aplicações usadas para defender o IP, os serviços, as aplicações e outros dados essenciais on-line contra ameaças cibernéticas e atividades mal-intencionadas.

Quais são as principais vantagens da segurança da nuvem?

A segurança da nuvem ajuda a gerenciar a segurança para acompanhar este mundo dinâmico de hoje da melhor maneira. Os usuários estarão protegidos de ameaças onde quer que acessem a Internet, bem como os dados e as aplicações na nuvem. As vantagens adicionais da segurança da nuvem incluem:

  • Bloquear ameaças em menos tempo. Deter o malware antes que se espalhe pela rede ou pelos endpoints e diminuir o tempo gasto na correção de infecções.
  • Garantir o uso seguro da nuvem. Melhorar a segurança sem impactar a produtividade do usuário final.
  • Ajudar a proteger usuários, dados e aplicativos. Proteger aplicativos, dados e usuários na nuvem contra contas infectadas, malware e violações de dados. Melhor suporte à conformidade com as políticas.
  • Ampliar a proteção. Eliminar os pontos cegos e proteger melhor os usuários onde quer que estejam e em qualquer lugar em que acessem a Internet.

Por que a segurança da aplicação em nuvem é importante? 

Em nosso mundo multicloud, temos a liberdade de escolher o que fica no local e o que reside em diferentes nuvens privadas, públicas ou híbridas. Embora seja fácil conectar-se a todas essas nuvens, gerenciar os diversos ambientes pode se tornar complicado rapidamente. Mesmo se você estiver se conectando de maneira direta, geralmente não possui algumas conexões. As conexões de colocalização complicam ainda mais as coisas. Isso inclui todos os dispositivos que a força de trabalho usa para acessar aplicativos baseados em nuvem. 

Como proteger a nuvem pública?

Proteger a nuvem pública é um desafio para as empresas. A consequência disso é que hoje os departamentos de TI buscam continuamente uma solução de segurança na nuvem que ofereça proteção suficiente ao usuário final.

Os produtos Cisco Cloud Security aumentam a proteção da empresa em todos os aspectos. Por exemplo, o Cisco Umbrella protege o acesso à nuvem, e o Cisco Cloudlock protege o uso das aplicações de SaaS. Além disso, o Cisco Email Security bloqueia e corrige ameaças de e-mail, e a Stealthwatch Cloud monitora as ocorrências de SaaS e cria alertas sobre atividades suspeitas. Os produtos Cisco Cloud Security oferecem uma solução de segurança eficiente e abrangente para várias nuvens.

Tipos de ameaças à segurança da nuvem

Malware

Malware é um tipo de software projetado para obter acesso não autorizado ou causar danos em um computador. 

Saiba mais sobre a proteção contra malware > | Cisco AMP for Endpoints > | Avaliação gratuita do AMP for Endpoints >


Ransomware 

Ransomware é um tipo de software mal-intencionado projetado para extorquir dinheiro ao bloquear acesso a arquivos ou ao sistema do computador até que um resgate seja pago. Pagar o resgate não garante que os arquivos serão recuperados ou que o sistema será restaurado.

Interrompa a atividade do ransomware > | Solução de defesa contra ransomware >


Phishing

Phishing é a prática de enviar e-mails falsos que são semelhantes aos e-mails de fontes confiáveis, com o objetivo de roubar dados confidenciais, como números de cartão de crédito e informações de login. Phishing é o tipo mais comum de ataque cibernético. Você pode ajudar a se proteger por meio de conhecimento ou de uma solução tecnológica que filtra e-mails mal-intencionados.

 Cisco Email Security > | Avaliação gratuita do Email Security >


Engenharia social

A engenharia social é uma tática que adversários usam para o manipular a fornecer informações confidenciais. Pode ser usada para solicitar um pagamento ou obter acesso a dados confidenciais. A engenharia social pode ser combinada a qualquer ameaça listada acima, de forma a manipulá-lo a clicar em links mal-intencionados, baixar malware ou confiar em uma fonte mal-intencionada.

Saiba mais sobre as táticas de engenharia social >