Guest
AU86539-1600x200

Riachuelo Melhora Desempenho De Logística Em 30%

Instalação de leitores de código de barras da Intermec, suportados por infraestrutura de rede wireless da Cisco, foi responsável pelo ganho de eficiência nos centros de distribuição da Riachuelo e agora será implantado nas lojas

São Paulo, 16 de outubro de 2008 – As Lojas Riachuelo – uma das maiores redes de varejo de moda do Brasil, controlada pela Guararapes Confecções S.A., uma das maiores indústrias de confecções do país – aumentou em 30% o desempenho na conferência de mercadorias e processos logísticos dos seus centros de distribuição, nos últimos três anos. A afirmação é do gerente de Tecnologia da Informação e Telecom das Lojas Riachuelo, Elias Abdala Bittar.

A empresa adquiriu 140 leitores de código de barras móveis SF51 da Intermec – gigante mundial para oferta de soluções integradas de tecnologia para a transmissão de dados entre a cadeia de suprimentos –, tendo o suporte de uma rede wireless de tecnologia Cisco – líder mundial em soluções para Internet –, que garantiu agilidade ao processo de leitura dos códigos de barras e de contagem dos produtos. Essas aplicações, somadas aos 140 computadores móveis Intermec 730 adquiridos no período, promoveram a maior mobilidade na gestão de processos dos três centros de distribuição das Lojas Riachuelo, localizados em Guarulhos (SP), Manaus (AM) e Natal (RN). Com isso, a distribuição dos produtos ficou mais rápida e, por consequência, a entrega e a reposição dos estoques nas 96 lojas da rede, distribuídas por todo o Brasil.

Antes da implementação, os produtos do estoque eram contados por meio dos leitores de códigos de barras, conectados diretamente em computadores da rede local. Os operadores tinham de trazer os produtos até um ponto da rede para efetuar a leitura dos códigos. Agora, com o suporte da rede wireless, a contagem é atualizada à medida que as leituras dos códigos dos produtos vão sendo executadas, tudo em tempo real. Com isso, o dimensionamento do estoque ganhou agilidade e o processo de leitura dos códigos tornou-se mais flexível.

"A utilização dos SF51 permitiu que os operadores pudessem ir ao encontro dos produtos para a conferência, mesmo estando em uma posição física desfavorável", explica Bittar. O software para o gerenciamento do inventário foi desenvolvido ‘in-house’, pelo departamento de Desenvolvimento de Sistemas da Riachuelo.

Nas lojas

Agora, a implementação dessas soluções está migrando para as lojas. A empresa adquiriu recentemente mais 159 computadores móveis Intermec e 22 impressoras wireless, que deverão ser aplicados na rede de lojas até setembro de 2008. “Os equipamentos ajudarão em diversas atividades operacionais hoje realizadas de forma manual", diz um dos responsáveis pelo projeto, o gerente regional de operações da Riachuelo na Grande São Paulo, Paulo Mendes. Entre os objetivos está o de agilizar o pagamento dos produtos, uma vez que o sistema de leitura do código de barras e de transmissão de dados ganhará mobilidade a partir da utilização dos computadores móveis e da rede wireless. Assim, o caixa deixa de ser fixo para ser móvel. Ele passa a estar em qualquer ponto da loja, pronto para efetuar o pagamento das compras.

A infraestrutura de rede dessas lojas também será Cisco. Parceira desta, a Intermec vai ser a responsável pelo suporte à implementação da rede wireless nas lojas. "É um diferencial importante, porque em qualquer tipo de ocorrência saberemos a quem recorrer", destaca o gerente Elias Bittar. A expectativa da Riachuelo é que o ganho de tempo dos funcionários nas lojas, com o uso dos novos equipamentos, seja revertido em benefício ao atendimento dos clientes.

Sobre a Intermec – A Intermec está há mais de 40 anos no mercado mundial. A companhia desenvolve, fabrica e integra tecnologias que identificam, rastreiam e gerenciam elementos da cadeia de suprimentos. As principais tecnologias incluem RFID, computação móvel e sistemas de coleta de dados, impressoras de código de barras e etiquetas. Os produtos e serviços da companhia são usados por clientes em mercados em todo o mundo para melhorar a produtividade, qualidade e capacidade de respostas operacionais.