Já tem uma conta?
  •   Conteúdo personalizado
  •   Produtos e suporte

Ainda não tem uma conta?

Criar conta
3C4A4409-1600x200

Transformando a experiência nos aeroportos

O Aeroporto Internacional de Lynden Pindling melhorou a eficiência, a segurança e a qualidade dos serviços.

Nome do cliente: Nassau Airport Development Company
Setor: Transporte
Local: Bahamas
Número de funcionários: 165

Problema

Tendo recebido o nome do ex-primeiro ministro, o Aeroporto Internacional Lynden Pindling (LPIA) é o maior portão de entrada para as Bahamas. O aeroporto estatal está se transformando como parte do plano do governo de promove a ilha como um destino de viagem e negócios preferido.

A empresa Nassau Airport Development (NAD) está à frente desta inovação, supervisionando um amplo programa de expansão e modernização. A reforma tem como objetivo fornecer as facilidades de um aeroporto internacional e também aumentar a capacidade do terminal.

Depois de concluído, o investimento de US$409 milhões criará um terminal de 141.000 metros quadrados, um aumento de 21%, bem como a capacidade de acomodar 50% mais passageiros. Isso também inclui o acréscimo de 34 portões, incluindo um capaz de receber o Airbus A380. Esta expansão dará ao LPIA a capacidade de atender a mais de cinco milhões de passageiros ao ano.

Em termos da infraestrutura de TI necessária para administrar o aeroporto, o ponto de partida era fragmentado e complexo. Com os interesses de mais de 40 envolvidos (linhas aéreas e arrendatários) para considerar, a abordagem de TI anterior do aeroporto era amplamente direcionada por investimentos em soluções pontuais de tecnologia.

Essa abordagem levou à criação de uma estrutura de TI cara com redes separadas (voz, dados, vídeo e sem fio), sistemas de gerenciamento isolados (como televisão de circuito fechado [CCTV], vídeo e gerenciamento de edifícios), e uma proliferação de bancos de dados (incluindo Sistema de Visualização de Informações de Voo, Banco de Dados Operacionais de Aeroporto, Sistema de Manipulação de Bagagem e Serviços de Segurança Nacional) que não poderiam se interconectar ou comunicar entre eles, porque foram construídos usando tecnologia proprietária ou fechada.

Para NAD, o desafio era encontrar uma solução completa. “Nós queremos migrar para uma infraestrutura IP de uso comum”, disse Dwight Butler, Gerente, Departamento de TI e Eletrônica da Nassau Airport Development Company. “Uma baseada em uma abordagem arquitetônica completa que conectava as operações de aeroporto e processos corporativos otimizados. Nós não podíamos nos dar ao luxo de dar chance ao azar, era importante nomear um parceiro confiável com um histórico comprovado de grandes projetos de TI desse tipo.”

Solução e resultados

Em resposta, o NAD abriu uma concorrência para vários dos maiores provedores de serviços e a proposta da Cisco foi aceita e implantada. “Com a Cisco, obtivemos uma solução de TI internacional, implementada com todos o cuidado de um modelo com toque local”, disse Butler. “Além disso, a Cisco compartilhava a nossa visão de uso da rede como plataforma para fornecer um ambiente mais eficaz, seguro, menos caro e cada vez mais confortável para o passageiro.”

Impacto nos negócios

  • Proposição mais atraente para linhas aéreas e arrendatários
  • Maior eficiência de operações do aeroporto
  • Novas oportunidades de receita a partir da revenda de serviços de telecomunicações

"A Cisco Borderless Network Architecture nos permite otimizar os vários elementos que definem a experiência do cliente. Isso inicia no momento em que eles saem para o aeroporto, até o estacionamento e a devolução de carros alugados, chegada e check-in, alfândega e imigração, e embarque."

Dwight Butler Gerente, Departamento de TI e Eletrônica, Nassau Airport Development Company