Já tem uma conta?
  •   Conteúdo personalizado
  •   Produtos e suporte

Ainda não tem uma conta?

Criar conta
AM26870-1600x200

GTEC implementa rede Wi-Fi para aprimorar logística

Empresa de comunicação instalou a rede na sua sede de quatro andares

A GTEC Videocomunicação – empresa que há 30 anos atua na produção de comerciais, vídeos empresariais, comunicação digital e programas para televisão – concluiu, em meados de 2008, a implementação da rede Wi-Fi nos quatro andares de sua sede em São Paulo. A instalação foi realizada pela integradora Advanced Informática ,que utilizou equipamentos Cisco – empresa líder global em soluções para internet – para prover a rede sem fio nos pavimentos. A nova infraestrutura consiste em um roteador RV042, dois switches – um principal (SRW2024) e outro nãogerenciável (SD2008) utilizado por PCs da produção e das ilhas de edição – e seis access points WAP54G.

A opção pela rede Wi-Fi, segundo Martha Grillo, diretora financeira da GTEC, teve como objetivo melhorar a logística interna e a estética da empresa. “Antes havia fios por todo lado, alguns com remendos, e tínhamos dificuldade em reposicionar os computadores por causa dos cabos, o que limitava mudanças de layout quando recebíamos colaboradores eventuais”, comenta Martha. A rede cabeada ainda impedia que diretores e executivos dos clientes utilizassem a internet com seus laptops, quando se fazia necessário.

Com a implantação da rede sem fio, a disponibilidade do acesso melhorou substancialmente se comparado à estrutura cabeada, que apresentava quedas recorrentes do serviço. “A disponibilidade da rede sem fio é total, cem por cento”, reforça Martha. Além disso, metade dos 30 computadores da empresa foi trocada por notebooks, dando agilidade e dinamismo aos postos de trabalho. O número de cabos também reduziu bastante, mesmo com a opção de manter parte da rede fixa original. Aliás, a rede cabeada conta agora com solução gigabit, atingindo a velocidade de 1000mbps frente aos 100mbps de antes.

A Advanced Informática instalou dois access points por andar, pois o formato arquitetônico do prédio – em ‘U’– requeria pontos para cada bloco do edifício. “Hoje não nos preocupamos mais com pontos de acesso, cabos e posição de mesas. Os funcionários têm mais mobilidade e conforto e os clientes são melhor recebidos. A rede sem fio facilitou muito o trabalho”, conclui a diretora.