Já tem uma conta?

  •   Conteúdo personalizado
  •   Produtos e suporte

Ainda não tem uma conta?

Criar conta

Unimed Cuiabá traça rota para multicloud

Ao automatizar a gestão da infraestrutura de data center, cooperativa ganha produtividade e reduz de dias para horas o tempo de restabelecimento de serviços

A tradicional frase “o sistema está fora do ar e não sabemos em quanto tempo será restabelecido” foi riscada do vocabulário da Unimed Cuiabá. Com processos digitalizados, a cooperativa de serviços de saúde gerencia, por sistema, os dados e a rotina de 220 mil clientes, sendo 90% deles atendidos através de ferramentas online.

Essa massa de usuários gera um volume aproximado de 400 mil guias de atendimentos por mês, número que eleva a importância da tecnologia dentro da companhia e que permite afirmar que seria impossível atender aos clientes sem a presença de uma infraestrutura tecnológica mais automatizada e inteligente.

Entre as cinco maiores cooperativas de saúde da rede, a Unimed Cuiabá conta com 133 clínicas e 21 hospitais cadastrados, além de cinco farmácias próprias. Dobrou o faturamento em sete anos, chegando à cifra de R$1,2 bilhão em 2017, muito por conta dos esforços empreendidos na área de tecnologia.

Tanto que Idalmo Cardoso, gestor de TI da companhia, não se acanha em afirmar que sem uma infraestrutura de TI autônoma e resistente a falhas, o número de atendimentos e a meta de faturamento não seriam alcançados. Este é um resumo do sucesso da parceria de 13 anos que a cooperativa mantém com a Cisco nas areas de conectividade, segurança (firewall) e computação (servidores). Os sistemas estão instalados no data center principal e na infraestrutura de disaster recovery. Um ambiente que, recentemente, foi incrementado com a solução de automação de rede, sob a chancela da infraestrutura definida por software (SDN), para a automatização dos recursos.

A cooperativa implementou a solução Cisco ACI para automatizar a gestão da rede. “O ambiente central (core da rede) não tinha mais para onde crescer. Além disso, precisávamos de um produto que simplificasse a administração do ambiente de TI e garantisse a segurança”, explica Idalmo Cardoso.

Agora temos total controle de aplicações e menos quedas do ambiente. Além disso, a segurança foi reforçada

Idalmo Cardoso, gestor de TI da Unimed Cuiabá

Integração Sistêmica

Finalizado em maio de 2018, o projeto já apresenta alguns benefícios. Entre os principais, Cardoso destaca a melhor integração de sistemas, o que otimizou o desenho da rede e o desempenho das soluções de negócio. “Agora temos total controle das aplicações e menos quedas do ambiente. Além disso, a segurança, que já era eficiente, foi reforçada”, diz.

Apesar de ainda ser cedo para indicar métricas precisas sobre a melhora da operação, o executivo conta que o feedback de toda a equipe de colaboradores é positivo, e afirma que o ganho de produtividade se somou à redução do tempo gasto no restabelecimento de serviços (SLA), que caiu de dias para horas.

O sucesso da Cisco ACI está na simplificação da rotina diária da equipe de TI, que agora conta com um data center automatizado. Assim, Cardoso indica que as falhas ocorrem em menor índice, há uma segurança maior e, consequentemente, mais agilidade para a companhia gerar negócios.

A solução também permite a implantação de novas políticas de gerenciamento, fazendo com que a rede virtual siga os mesmos procedimentos da rede física, explica José Carlos Lima, diretor de Projetos da DLC, a integradora parceira Cisco responsável pelo novo projeto.

Lima acrescenta que, cumulativamente, a SDN simplifica o alinhamento dos processos da cooperativa com o marco regulatório do setor de saúde. Segundo Cardoso, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é bem rígida no item tecnologia, e obriga, por exemplo, que o data center tenha escalabilidade, estabilidade e segurança, para garantir disponibilidade e também cuidar da privacidade dos dados dos clientes.

Com a ACI, Cardoso diz que a Unimed Cuiabá tem agarantia de que vai ter a gestão simplificada de todo o ambiente de TI e pode contar com a estabilidade provida pela automação nas aplicações.

Rumo à Nuvem

O projeto de ACI possibilita à Unimed Cuiabá pensar em uma abordagem multicloud. A ideia é desenhar uma estratégia que permita à cooperativa explorar o que existe de melhor em ambientes de nuvens públicas e privadas, mantendo sistemas mais sensíveis em seu próprio data center.


Como a ACI aumenta a inteligência do data center:

  • Configuração autônoma das aplicações
  • Mais disponibilidade da rede
  • Ganho de produtividade da equipe
  • Redução do SLA de dias para horas