Guest
arcelormittal-1600x200

ArcelorMittal impulsiona jornada para SAP HANA com Cisco UCS

Infraestrutura baseada em servidores Cisco Unified Computing System garante desempenho otimizado, simplicidade, segurança e estabilidade à plataforma in-memory usada pela companhia

Maior produtora de aço da América Latina, a ArcelorMittal Brasil oferece produtos e soluções em aços longos (laminados e trefilados) e planos (placas e laminados) para o mercado interno e também no exterior, com aplicação nas indústrias automobilística, de eletrodomésticos, construção civil, agronegócio e naval, entre outros segmentos econômicos. Com capacidade de produção de 11,3 milhões de toneladas de aço bruto por ano, a empresa opera no Brasil as plantas industriais em São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina e Espírito Santo.

Há cerca de dois anos, a ArcelorMittal estabeleceu um plano para migrar seus bancos de dados e módulos SAP para tecnologia in-memory HANA até 2020. Quando começou a desenhar o projeto, chegou a um ponto de inflexão. “Por 20 anos trabalhamos com SAP, rodando em plataforma de servidores RISC. Trazer esse ambiente para a arquitetura Intel representa uma quebra de paradigma”, comenta Henrique Matiole, gerente de data center da ArcelorMittal Sistemas.

Para que essa mudança de arquitetura ocorresse, seria necessário provar que a tecnologia baseada em processadores x86 entregaria o desempenho desejado. Havia a necessidade de que a troca garantisse segurança, disponibilidade, performance, estabilidade do hardware e atendesse questões de virtualização para que a infraestrutura suportasse o ambiente. Tudo isso era requisito para o projeto.

Vários fornecedores foram convocados para apresentar suas soluções e, após provas de conceito, a empresa identificou que os servidores Cisco Unified Computing System (Cisco UCS) poderiam apoiar a empresa. “Definimos cenários, arquiteturas e vimos que era totalmente possível começar a migração do primeiro ambiente SAP S/4HANA para a plataforma Intel”, afirma Sergio Picorelli, arquiteto de infraestrutura de data center da ArcelorMittal Sistemas.

Segundo Matiole, o Cisco UCS foi escolhido por apresentar um modelo baseado em computação unificada mais maduro, robusto e com requisitos de virtualização mais desenvolvidos. “Havia valores agregados que não vimos em outros equipamentos”, acrescenta, citando como benefício adicional a simplicidade de administração do ambiente, que otimiza a operação e reduz custos de data center.

O projeto foi apoiado pela ForceOne IT, parceira Cisco em Minas Gerais, e começou com a utilização de appliances, que traziam a segurança de ser um ambiente totalmente configurado para SAP HANA. Com a experiência adquirida, um novo projeto foi iniciado, com o time de TI desenvolvendo novas estruturas para o modelo de Tailored Data Center Integration (TDI), que garante mais flexibilidade a partir da configuração da infraestrutura por meio da composição de diferentes tecnologias homologadas pela SAP.

Atualmente, a empresa implementa um ambiente S/4HANA e três BW na arquitetura TDI. “Na nossa visão de infraestrutura, reduziu muito o tempo de resposta das aplicações e de recuperação de desastres”, enfatiza Picorelli.

A ArcelorMittal segue otimizando o ambiente para extrair ainda mais valor das novas ferramentas de gestão. Segundo Matiole, a busca por uma nova solução para suportar a infraestrutura SAP se mostrou acertada. Os servidores Cisco UCS baseada em Intel x86 roda com segurança, desempenho e simplicidade.

Perfil

A ArcelorMittal é a maior produtora de aço do mundo e player de destaque na área de mineração, com presença em 60 países e unidades industriais em 19 países. Guiado por uma filosofia para produzir aço de forma segura e sustentável, o grupo ArcelorMittal é o principal fornecedor de aço de qualidade nos mercados globais automotivo, de construção, eletrodomésticos e embalagens, com pesquisa e desenvolvimento de ponta e amplas redes de distribuição.

É um dos cinco maiores produtores mundiais de minério de ferro e carvão metalúrgico. Com um portfólio geograficamente diversificado de ativos de minério de ferro e carvão, está estrategicamente posicionada para atender a rede de usinas e o mercado global externo. Em 2016, ArcelorMittal teve uma receita de US$ 56,8 bilhões e produção de aço bruto de 90,8 milhões de toneladas, enquanto a produção própria de minério de ferro atingiu 55,2 milhões de toneladas.

ArcelorMittal no Brasil em números

  • 29 unidades de produção e beneficiamento de aço.
  • Capacidade de produção anual de 11,3 milhões de toneladas de aço bruto.
  • Capacidade de produção anual de 7,1 milhões de toneladas de minério de ferro.

Presença nos segmentos de aços planos e longos, mineração, distribuição e produção de carvão vegetal.

  • Produtos para aplicação nas indústrias automobilística, de eletrodomésticos, embalagens, construção civil e naval, entre outras.
  • Cerca de 15 mil empregados

Resultado líquido consolidado de R$ 803 milhões em 2016

  • Vendas de 9,7 milhões de toneladas de produtos em 2016.
  • Receita líquida consolidada de R$ 17,24 bilhões em 2016
  • Geração de caixa operacional (EBITDA) de R$ 2,39 bilhões em 2016

Fatores para escolha do Cisco UCS

  • Robustez
  • Estabilidade
  • Performance
  • Facilidade de hospedar novos hosts

Ambiente SAP HANA na ArcelorMittal

  • Seis chassis Cisco UCS
  • 24 Blades Cisco UCS B200
  • 2 Blades Cisco UCS B460