Guest

Cisco e ADRAL-CIMAC implementam projeto de Smart Connected Communities no Alentejo

Hierarchical Navigation

Entidades acabam de assinar um Memorando de Entendimento para um conjunto de atividades que abrangem 14 municípios desta região portuguesa.

A Cisco, em conjunto com a Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, SA (ADRAL) e a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC) estão a desenvolver um projeto de Smart Connected Communities (S+CC) em 14 municípios alentejanos, que inclui já uma rede regional de banda larga, data center de última geração e Solução de Comunicações Unificadas. Recentemente foi assinado um Memorando de Entendimento que inclui o desenvolvimento deste projeto de integração em rede de 14 parques empresariais e 200 edifícios públicos, onde serão implementadas novas tecnologias S+CC, fomentado o acesso das Pequenas e Médias Empresas a serviços digitais e dinamizando o ecossistema de inovação, incluindo universidades e startups.

Com o apoio da ADRAL-CIMAC, a região Alentejo Central tem desenvolvido uma estratégia consistente de desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) de forma partilhada, na qual se insere esta parceria com a Cisco. A iniciativa está a desenvolver um condomínio digital de serviços partilhados, no qual se inserem setores como governo local e regional, saúde, educação e empresas localizadas em parques de acolhimento empresarial.

Neste momento, a região já:

  • Apresenta infraestruturas de telecomunicações estabelecidas, das quais faz parte uma rede de banda larga totalmente Cisco, com extensão de 640 km de fibra ótica, e que interliga mais de 20 entidades públicas e 200 edifícios públicos – incluindo os municípios, a CIMAC, a ADRAL, a Universidade de Évora e serviços de educação e saúde.
  • Está dotada de um Data Center de última geração baseado em tecnologia Cisco UCS, que favorece a utilização dos já referidos serviços digitais partilhados.
  • Possui Solução de Comunicações Unificadas que liga a CIMAC, ADRAL, 14 municípios, a Universidade de Évora e CCDR Alentejo. Esta solução permitiu maior agilidade nas comunicações, chamadas grátis entre municípios, redução de 50% no custo com assinatura de comunicações fixas e o estabelecimento simples e efetivo de comunicação vídeo entre os diversos municípios.
  • Por fim, todas as sedes de concelho dispõem de redes WiFi com diversos pontos de cobertura de elevada capacidade de expansão suportada nos edifícios e espaços públicos ligados: Nos Paços do Concelho de Alandroal, Arraiolos, Borba, Estremoz, Évora, Montemor-o-Novo, Mora, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Vendas Novas, Viana do Alentejo e Vila Viçosa, em diversos outros locais municipais, por exemplo em Évora no Jardim Público, Praça do Giraldo, Mercado Municipal e instalações da Universidade de Évora.

O memorando recentemente assinado prevê o desenvolvimento das seguintes atividades:

  • Criação de zonas WiFi com acesso a informação – incluindo património e zonas históricas – acessível a turistas e residentes;
  • Sensores de estacionamento para identificação de lugares disponíveis;
  • Sensores de métricas (carros, pessoas, ambientais);
  • SmartIP com integração de tecnologias TIC na iluminação pública;
  • Informação estática e digital – também acessível a turistas e residentes;
  • Conteúdos digitais personalizados e articulados com a vida da cidade (comércio, eventos e outros alertas);
  • Dinamização do ecossistema de inovação, incluindo Universidades e Startups.

Esta iniciativa S+CC tem como principal objetivo o desenvolvimento de hubs de inovação que permitam a geração de conhecimento, criatividade e inovação, ao mesmo tempo que se fomenta a partilha de custos, eliminação de duplicações e se potencia o surgimento de novos serviços e oportunidades. A abordagem assenta em dois pilares fundamentais:

  • Colaboração – Que permite a expansão do número de contribuições e o aumento de pontes virtuais que mostrem relevante a ligação de parceiros de diferentes locais;
  • “Coopetição” – Ou seja, a cooperação num contexto competitivo, com o objetivo de permitir a aliança entre hubs de inovação como forma de gerar maior visibilidade, em alternativa ao formato isolado.

Smart Connected Comunities (S+CC) ou Comunidades Inteligentes Conectadas é o conceito desenvolvido pela Cisco que designa cidades nas quais os sistemas e serviços como saúde, educação, transportes, segurança, energia, água e tratamento de resíduos devem estar conectados.

O programa S+CC pretende transformar a forma como as cidades são desenhadas, construídas e renovadas, com o objetivo de garantir a sustentabilidade económica, social e ambiental. Para atingir estes objetivos, tanto em Portugal como a nível global, a Cisco aplica a máxima “Think Local, Innovate Global”, segundo a qual se criam laboratórios locais com áreas específicas de foco, com conhecimento e investimento locais.

Daqui resultam soluções que servem as comunidades locais mas que frequentemente podem ser customizadas e adaptadas às necessidades globais.

Atualmente, a Cisco oferece:

  • Core Networking Infrastructure (Borderless Networks, Colaboração, Virtualização, etc): as necessidades tecnológicas que existem hoje nas cidades começam na rede e na plataforma base de IP que permita interligar empresas, organizações, serviços e cidadãos;
  • Soluções S+CC (Product Support Services, transportes, segurança física e dos dados, imobiliário, utilities, etc): o portfólio de S+CC oferece várias soluções relevantes para cada indústria vertical, cada uma com a sua especificidade e proposta de valor;
  • Serviços (consultoria, design de arquiteturas, design de soluções, implementação): à medida que as cidades adotam mais tecnologia, os serviços vão ter um papel chave no design e implementação de soluções adaptadas a cada cidade, que vão ao encontro das necessidades específicas e procuram dar respostas aos desafios concretos de instituições e serviços públicos e privados e dos cidadãos.

Sobre a ADRAL

A Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL), constituída de acordo com o DL88/98 de 19 de março, tem como missão promover o desenvolvimento económico e social do Alentejo, assente em princípios de coesão, em cooperação com outros parceiros locais, regionais, nacionais e internacionais.

Sobre a CIMAC

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC) um organismo público sob a forma de associação focada no desenvolvimento de interesses comuns para os 14 municípios que integram Alentejo Central.

Conte connosco

  • Ligue grátis 800 880 456
  • Dias úteis, 9h-13h e 14h-18h