Já tem uma conta?

  •   Conteúdo personalizado
  •   Produtos e suporte

Ainda não tem uma conta?

Criar conta

Lista de verificação de segurança de rede para empresas de pequeno porte

Siga nossa lista de verificação de segurança de rede em seis etapas para criar uma solução holística de segurança, evitar violações e resolver problemas rapidamente.

Introdução às redes

Sua empresa enfrenta ameaças de todos os lados, e quanto mais usuários, dispositivos e aplicações você adiciona, mais vulnerável fica a rede.

O que é segurança de rede?

Segurança de rede é uma atividade projetada para proteger o uso e a integridade da rede e dos dados. Ela inclui tecnologias de hardware e software A segurança de rede eficiente gerencia o acesso à rede. Ela tem como alvo uma variedade de ameaças, impedindo-as de entrar ou se espalhar na rede.

Como funciona a segurança de rede?

A segurança de rede combina várias camadas de defesa na borda e na parte interna da rede. Cada camada de segurança de rede implementa políticas e controles. Usuários autorizados têm acesso aos recursos de rede, mas agentes mal-intencionados são impedidos de acessá-la e introduzir ameaças.

Quais os benefícios da segurança de rede?

A digitalização transformou nosso mundo. Tudo mudou: a forma como vivemos, trabalhamos, aprendemos e nos divertimos. Toda empresa que deseja prestar o nível de serviço esperado por clientes e funcionários precisa proteger a rede. A segurança da rede também ajuda a proteger informações proprietárias contra ataques. Em última instância, ela protege também a nossa reputação.

6 etapas para proteger a rede

Agora que você entende os conceitos básicos de segurança de rede, confira estas 6 etapas para criar uma solução holística de segurança para sua empresa de pequeno porte.

1. Monitore o tráfego atentamente.

Monitore o tráfego que entra e sai do firewall e leia os relatórios cuidadosamente. Não dependa de alertas para sinalizar atividades perigosas. Verifique se alguém da equipe entende os dados e está preparado para tomar as medidas necessárias.

2. Esteja sempre atualizado em relação às novas ameaças.

Esteja atento a novas ameaças, à medida que forem descobertas e publicadas online. Por exemplo, o site Trend Micro’s TrendWatch acompanha a atividade atual das ameaças.

3. Atualize regularmente a defesa da linha de frente.

Para impedir a entrada de ameaças, a empresa precisa implantar uma defesa de linha de frente robusta na borda da rede. Verifique se o firewall e o software antivírus estão seguros, habilitando atualizações regulares.

Aprenda a interromper violações antes que elas atinjam o firewall de próxima geração.

4. Treine os funcionários nos protocolos de segurança.

Treine os funcionários continuamente para que eles entendam qualquer mudança na política aceitável de utilização. Além disso, incentive uma abordagem de "vigilância da vizinhança" à segurança.  Se um funcionário perceber algo suspeito, como não conseguir fazer login em uma conta de e-mail imediatamente, ele deverá notificar logo a pessoa responsável.

5. Proteja a rede contra a perda de dados.

Instale uma solução de proteção contra perda de dados. Esse tipo de dispositivo poderá proteger a empresa contra a perda de dados, caso a segurança da rede seja violada.

6. Avalie outras opções de segurança.

Considere incluir outras soluções de segurança que vão proteger ainda mais a rede e expandir os recursos da empresa.

Entenda os diferentes tipos de soluções de segurança

Existem muitos tipos de soluções de segurança de rede que você pode contemplar, inclusive:

  • Controle de acesso: nem todo usuário deve ter acesso à rede. Para impedir a ação de possíveis invasores, você precisa poder identificar cada usuário e cada dispositivo. Em seguida, você pode aplicar as políticas de segurança. Você pode bloquear dispositivos de endpoint não compatíveis ou conceder apenas acesso limitado a eles. Esse processo é um tipo de controle de acesso à rede (NAC).

Inscreva-se para uma avaliação gratuita de 30 dias da autenticação de dois fatores da Duo para começar a proteger seus usuários em minutos.

  • Software antivírus e antimalware:malware”, abreviação de “malicious software” (software mal-intencionado), inclui vírus, worms, Trojans, ransomware, e spyware. Às vezes, o malware infecta uma rede, mas permanece inativo por dias ou até semanas. Os melhores programas antimalware não apenas analisam o malware na entrada, mas também rastreiam os arquivos posteriormente para encontrar anomalias, remover malware e corrigir danos.
  • Segurança da aplicação: qualquer software que você usa para administrar a empresa precisa ser protegido, independentemente de ter sido criado pela sua equipe de TI ou comprado de terceiros. Infelizmente, qualquer aplicação pode conter falhas ou vulnerabilidades que os invasores usam para se infiltrar na rede. A segurança da aplicação abrange o hardware, software e processos que você usa para corrigir essas falhas.
  • Análise comportamental: para detectar um comportamento anormal da rede, você precisa saber como é o comportamento normal. As ferramentas de análise comportamental distinguem automaticamente as atividades que se desviam da norma. A equipe de segurança pode identificar melhor os indicadores de comprometimento que apresentam um possível problema e remediar rapidamente as ameaças.
  • Prevenção de perda de dados: as empresas precisam garantir que os funcionários não enviem informações confidenciais para fora da rede. As tecnologias de prevenção de perda de dados, ou DLP, impedem as pessoas de enviar, encaminhar ou, até mesmo, imprimir informações importantes de um modo que não seja seguro.
  • Firewalls: os firewalls colocam uma barreira entre a rede interna confiável e redes externas não confiáveis, como a Internet. Eles usam um conjunto de regras definidas para permitir ou bloquear o tráfego. Um firewall pode ser um hardware, um software ou ambos. A Cisco oferece dispositivos de gerenciamento unificado de ameaças (UTM) e firewalls de próxima geração (NGFW).

Faça uma varredura na sua rede em busca de ameaças sem nenhum custo, com uma avaliação gratuita de duas semanas do Cisco NGFW.

  • Sistemas de prevenção contra invasão: o sistema de prevenção contra invasão (IPS) analisa o tráfego de rede para bloquear ativamente os ataques. Os dispositivos Cisco NGIPS (Next-Generation IPS) fazem isso correlacionando inteligência de ameaças global, não apenas para bloquear atividades mal-intencionadas, mas também para acompanhar o aumento de arquivos e malware suspeitos na rede e impedir a disseminação de ataques e reinfecções.
  • Segurança de dispositivo móvel: os criminosos cibernéticos estão visando cada vez mais os dispositivos e aplicativos móveis. Nos próximos 3 anos, 90% das empresas de TI vão oferecer suporte a aplicativos empresariais em dispositivos móveis pessoais. E claro, você precisa ter controle sobre quais dispositivos podem acessar a rede. Você também vai precisar configurar as conexões para manter a privacidade do tráfego de rede.
  • Segmentação de rede: a segmentação definida por software classifica o tráfego de rede e facilita a aplicação de políticas de segurança. De preferência, as classificações são baseadas na identidade do endpoint, não em meros endereços IP. Você pode atribuir direitos de acesso com base em função, local e muito mais, para que o nível de acesso correto seja concedido às pessoas certas, e os dispositivos suspeitos sejam bloqueados e corrigidos.
  • VPN: uma rede virtual privada criptografa a conexão do endpoint com a rede, frequentemente via Internet. Normalmente, uma VPN de acesso remoto usa IPsec ou o protocolo SSL (Secure Sockets Layer) para autenticar a comunicação entre o dispositivo e a rede.
  • Segurança da Web: uma solução de segurança da Web controla o uso que os funcionáerios fazem da Web, bloqueia ameaças baseadas na Web e nega acesso a sites mal-intencionados. Ela protege o gateway da Web no local ou na nuvem. E a “segurança da Web” também se refere às etapas que você executa para proteger o próprio site.

Como começar

O departamento de TI precisa poder encontrar e controlar os problemas rapidamente. Violações vão acontecer As etapas nesta lista de verificação vão reduzir a probabilidade, mas nenhuma defesa de segurança é absolutamente impenetrável. Você precisa ter um sistema e uma estratégia para localizar e controlar os problemas na rede.

Quando você tiver que proteger a rede, um especialista da Cisco pode ajudar, fazendo uma avaliação e o design da rede, oferecendo financiamento e implementando soluções, prestando suporte e/ou serviços gerenciados no local.

Pronto para começar? Fale com um especialista que pode ajudar com as necessidades de segurança e rede.

Teste a segurança de endpoint com o AMP for Endpoints:

Quer saber mais?

Segurança

Nossos recursos estão aqui para ajudar você a entender o cenário de segurança e escolher a melhor tecnologia para proteger seus negócios.

Redes

Saiba tomar as decisões corretas sobre como projetar e manter sua rede para que ela possa ajudar sua empresa a prosperar.

Colaboração

Essas ferramentas e artigos vão ajudar você a tomar decisões de comunicação importantes para que sua empresa cresça e permaneça conectada.

Ferramentas e dicas

Obtenha instruções, listas de verificação e outras dicas para ajudar você a atender a essas demandas e fazer com que a sua empresa cresça e prospere.