Guest
AR83189-1600x200

TIM acelera instalaçao de Wi-Fi em espaços públicos

Projleto de ativação de 10 mil hotspots também vai ampliar a capacidade de expansão da operadora

Conectividade. A palavra que tem mobilizado projetos de operadoras para expandir as redes de telecomunicações em tempo de atender ã demanda por transmissão de dados em especial durante os eventos esportivos de 2014 e 2016, foi traduzia pela TIM como Wi-Fi. A empresa firmou contrato com a Cisco para instalar novas redes sem fio em locais de grande circulação de público, como aeroportos, shoppings centers e estádios. O projeto prevê a instalação de 10 mil hotspots até dezembro.

A operadora anunciou que já deu início às instalações e testes de equipamentos em alguns locais públicos, como na comunidade de Paraisópolis (SP), além de 13 aeroportos no País. A parceria permitirá a entrega de uma infraestrutura robusta, que promete conexão a internet de alta velocidade nas grandes cidades, inclusive nas que sediarão os eventos esportivos. “Com certeza, antes da Copa do Mundo, vamos entregar os melhores serviços, e já estamos conversando com clubes para levar conectividade aos estádios”, relata o diretor de marketing da TIM Intelig, Rafael Marquez.

Transbordo

Segundo ele, esse projeto surge como alternativa para desafogar o tráfego na rede 3G e atender à demanda de internet em dispositivos móveis. “O projeto é o que chamamos de offload da rede 3G para o Wi-Fi. Nossa estratégia e ampliar a rede móvel, que já apresenta um crescimento de base resultante da demanda por aparelhos conectados”, explica. A infraestrutura contará com três equipamentos da Cisco. Uma linha outdoor (1552), para locais abertos; e duas Indoor (1042 e 3502) - a primeira para ambientes com pouca interferência; e a última, a mais robusta e com espectro mais complicado, para estabelecimentos como shopping centers.

A parceria entre a Cisco e a Intelig acrescenta qualidade a infraestrutura do projeto, considerado inovador pela quantidade de hotspots instaladas. “A tecnologia Cisco, conhecida mundialmente pela qualidade, credencia o projeto, principalmente por sua magnitude, pois somos uma operadora entrante no Wi-Fi, e em um ano vamos prover 10 mil hotspots a um país que conta com apenas 4 mil”, afirma o diretor de marketing. Como parte da estratégia para melhorar o acesso a internet em locais públicos no Brasil, a TIM também acredita que investir em parcerias, inclusive com concorrentes, é imprescindível nesse momento. “Nos eventos esportivos haverá mais gente do que o normal, então a parceria com as outras operadoras será a forma de atender a demanda por conexão às redes 3G e Wi-Fi”, afirma Marquez.