Guest
hilton

Conexões rápidas e seguras no hotel Hilton RJ

Padrão mundial e capacidade tecnológica foram diferenciais na seleção da tecnologia Cisco; prédio possui cinco segmentos de rede

Em abril de 2015, a Hilton Worldwide, dona dos Hotéis Hilton espalhados em 102 países, inaugurou o primeiro hotel no Rio de Janeiro, o Hilton Barra Rio de Janeiro. Localizado na Barra da Tijuca, o empreendimento conta com 298 quartos, 220 funcionários e foi planejado para ser a referência do público durante os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Para provisionar a infraestrutura de TI do novo hotel, a companhia escolheu a Cisco como fornecedora, adquirindo diversos switches da linha Catalyst, roteadores e a Controller 5500. As soluções respondem pela cobertura Wi-Fi de todo o prédio, incluindo a área de eventos, que abrange 1,3 mil m².

Laura Castagnini, diretora geral do Hilton Barra Rio de Janeiro, explica que a escolha pela Cisco foi baseada no padrão internacional do grupo, que já utiliza soluções da fornecedora em outros hotéis no mundo. “Temos normas cujos padrões de tecnologia exigem empresas que são líderes mundiais em seu mercado atuante”, afirma.

Ela também destaca que a presença mundial da fabricante facilita a manutenção dosequipamentos e sistemas. “Tenho certeza de que sempre seremos bem atendidos, dentro do contrato de serviço”, diz.

Apesar disso, a decisão por quais equipamentos comprar demorou cerca de três meses para ser tomada. “O site survey detalhado e minucioso foi crucial para a escolha das soluções”, ressalta Laura.

A implantação na infraestrutura de rede, realizada ao longo de 2014 e finalizada em março de 2015, foi feita pela integradora Guest-Tek, parceira da Cisco, que criou cinco redes distintas: administrativa, de hóspedes (cabeada e Wi-Fi), CFTV, BMS automação e Telefonia IP. O objetivo da segmentação é manter todas as redes estáveis e operando com o máximo de eficiência

hilton1

Benefícios

Após um ano de uso, os benefícios começam a ser percebidos a partir da satisfação dos hóspedes, aponta Laura. Para ela, cobertura, quantidade de clientes conectados simultaneamente, capacidade e velocidade de transmissão de dados são os diferenciais do projeto. “O retorno sobre o investimento (ROI) deve acontecer em dois anos”, pontua.

O sucesso do projeto também pode ser medido pela atuação do canal de pós-venda da rede hoteleira. “A adoção de novas tecnologias tem fortalecido a modernização dos hotéis e influencia a satisfação dos clientes”, encerra.