Arquivo de Notícias 2012

A Cisco ajuda as empresas a irem além da conectividade básica "Traga o seu próprio dispositivo" (Bring Your Own Device-BYOD) para criar uma melhor experiência no local de trabalho

A Cisco vai para além do BYOD permitindo que as pessoas trabalhem como quiserem, quando e onde quiserem e com os dispositivos que quiserem

Os colaboradores estão a exigir utilizar não apenas os seus próprios dispositivos no local de trabalho, mas também mais flexibilidade na forma como trabalham, e quando e onde trabalham. O relatório Cisco® Connected World Technology revela que mais de 40% dos estudantes universitários e profissionais mais jovens aceitariam um emprego onde recebessem menos, mas mais flexível em relação à escolha dos dispositivos e à mobilidade, ao invés de um emprego financeiramente mais vantajoso, mas com menos flexibilidade.

Com o objectivo de ajudar as empresas a responder a essas exigências, a Cisco está a levar os departamentos de TI para além da simples ligação dos dispositivos dos próprios utilizadores à rede, ao introduzir uma abordagem abrangente que unifica políticas, estimula uma melhor experiência de utilizador e simplifica a gestão, a fim de proporcionar uma experiência de utilizador segura em qualquer local de trabalho. Com esta abordagem holística, baseada na arquitectura Borderless Networks, a Cisco pode ajudar as empresas a irem para além da conectividade básica BYOD, e assim proporcionar:

  • Uma política unificada nas redes locais (LAN) com fio, sem fio, celulares e VPN, disponibilizada através dos novos desenvolvimentos no Cisco Identity Services Engine (ISE – Dispositivo de Serviços de Identidade da Cisco), que permite um “auto-provisioning” do dispositivo dos utilizadores e integrações de políticas com as soluções de gestão de dispositivos móveis (MDM).

  • Uma experiência de utilizador segura em toda a rede com e sem fios, através de actualizações da infra-estrutura LAN sem fios através do Cisco Unified Wireless Network Software 7.2. As actualizações oferecem até o dobro da escalabilidade para transmissão de vídeo “multicast”, e permitem que um único controlador suporte até 30 000 dispositivos, oferecendo ainda o suporte nativo de IPv6. Estas actualizações ajudam a melhorar a qualidade das aplicações de colaboração, como Cisco Jabber™ e Cisco WebEx®, com vídeo em tempo real, em redes Cisco.

  • A gestão simplificada e gestão de redes com a introdução do Prime Assurance Manager e Prime Infrastructure, que ajudam os profissionais de TI a compreender o desempenho da aplicação do ponto de vista do utilizador, acelerar a resolução de problemas e a reduzir os custos de operação.

Destaques:

  • Política Unificada: A abordagem da Cisco para ir além da conectividade BYOD básica disponibiliza uma política unificada em toda a rede da organização – redes locais (LAN) com fio, sem fio, celulares e VPN – ajudando a estabelecer e aplicar políticas específicas em toda a empresa com base no perfil e funções dos colaboradores, nos dispositivos e as aplicações que estão a utilizar e respectivas versões. Com este anúncio, a Cisco está a melhorar o ISE para incluir o seguinte:
    • Zero-touch On-boarding (Abordagem 'sem intervenção humana’): o ISE 1.1MR orienta os utilizadores passo-a-passo através de um processo simplificado de rápido “auto-provisioning” dos seus próprios dispositivos na altura mais conveniente, sem sobrecarregar a equipa de TI, permitindo que esta se concentre em questões mais complexas e mais urgentes.
    • Integração de política MDM: Para melhor proteger os dados e fazer cumprir a compatibilidade nos dispositivos móveis, a Cisco está a trabalhar com diversos fornecedores de MDM, incluindo a AirWatch, a Good Technology, a MobileIron e a Zenprise para integrar as suas soluções com o ISE. Com esta integração, os departamentos de TI podem utilizar o Cisco ISE para definir políticas que ajudem a assegurar que os aparelhos móveis estejam registados no MDM e assim permitir visibilidade e controlo sobre o dispositivo baseado em políticas como sejam, requisitar um bloqueio de pin, rejeitar equipamentos desbloqueados ou apagar remotamente os dados de dispositivos perdidos ou roubados.
    • Considerando as conclusões do relatório Connected World Technology de que 70% dos funcionários em todo o mundo admitem infringir políticas de TI, com um em cada cinco a mencionar a necessidade de aceder a programas e aplicações não autorizadas para garantir a execução do seu trabalho, uma política unificada baseada tanto nas necessidades do utilizador, como nas necessidades da empresa, criará uma experiência de trabalho mais segura, que dê suporte às necessidades do colaborador e das TI.
  • Experiência de utilizador segura: A Cisco ajuda os departamentos de TI a optimizar a experiência para uma gama variada de utilizadores com qualquer tipo de dispositivo e qualquer tipo de ambiente de trabalho (nativo ou virtual), ao longo da rede com e sem fios, permitindo que eles façam com que os seus negócios evoluam além das necessidades actuais de BYOD. Como parte disto, a Cisco está a actualizar a sua estrutura de LAN sem fios com o lançamento do Cisco Unified Wireless Network Software 7.2, que inclui:
    • Melhor capacidade de vídeo: A solução Cisco VideoStream duplica a escalabilidade de Video optimizando a rede para transmissão de vídeo 'multicast' permitindo que os utilizadores possam assistir a eventos de vídeo da empresa no dispositivo e local da sua preferência. O VideoStream também permite que os departamentos de TI prioritizem de uma forma eficaz as transmissões de vídeo através da rede com fios. A escalabilidade do vídeo está a tornar-se cada vez mais importante, particularmente se considerarmos a previsão do Cisco Visual Networking Index (VNI) onde se prevê que o vídeo será responsável pela maior parte do tráfego, sendo as transmissões de vídeo-conferências de negócios aumentarão seis vezes entre 2010 e 2015.
    • Mais dispositivos: Com esta actualização, um controlador pode suportar até 3 000 pontos de acesso e 30 000 clientes, possibilitando uma rede sem fios flexível e escalável, capaz de suportar maiores capacidades, ao mesmo tempo que reduz custos operacionais.
    • Suporte IPv6: Suporte completo e optimizado de clientes IPv6, disponibilizando um roaming contínuo e sem falhas, uma melhor comunicação de vídeo e comunicações unificadas, e uma protecção de segurança de IPv6 reforçada para bloquear quaisquer potenciais brechas de segurança. O suporte completo de IPv6 é crucial para a estratégia BYOD de uma empresa, na medida em que 71% dos smartphones e dos tablets – 1,6 mil milhões no total – suportarão IPv6 até 2016, de acordo com o Cisco VNI.
    • O Cisco Unified Wireless Network Software 7.2 está também disponível nos módulos dos Routers ISR G2 (Integrated Services Router) e Switches Cisco Catalyst® da Série 6500.
  • Operações Simplificadas e Gestão de Rede: A Cisco oferece uma solução de gestão e operação de rede simplificada e centralizada, permitindo compreender o desempenho das aplicações, numa perspectiva de utilizador, acelerar a resolução de problemas e diminuir os custos de operação. Hoje, a Cisco está a anunciar inovações no portfólio Cisco Prime™, incluindo:
    • Visibilidade simples e detalhada: O Prime Assurance Manager 1.1, uma novíssima plataforma de gestão, oferece uma visibilidade simples e detalhada sobre o desempenho das aplicações através de redes e dispositivos com e sem fios. Esta visibilidade adicional permite que a área de TI entenda e acompanhe o desempenho das aplicações do utilizador, identifique rapidamente a localização exacta do problema de desempenho da aplicação e corrija-o imediatamente, economizando, desta forma, tempo e dinheiro, ao mesmo tempo aumentando a satisfação do utilizador.
    • Gestão completa e Integrada da Infraestrutura: o Prime Infrastructure 1.1 oferece um pacote agrupado para a gestão completa da infra-estrutura com e sem fios. Este pacote de aplicações proporciona aos departamentos de TI um local único para o planeamento, implementação e gestão contínua da infra-estrutura Cisco.

Disponibilidade do Produto:

  • O Unified Wireless Network Software Release 7.2 da Cisco já está disponível globalmente.
  • O ISE 1.1MR da Cisco deverá estar disponível globalmente no Verão de 2012. A integração com o MDM deverá estar disponível globalmente até o final do ano de 2012.
  • O Prime Assurance Manager 1.1 e o Prime Infrastructure 1.1 já estão disponíveis globalmente.

Citações de apoio:

  • Rebecca Jacoby, vice-presidente sénior e CIO da Cisco

    “O BYOD não envolve apenas ligar os dispositivos dos utilizadores e permitir acesso ‘guest’. Trata-se precisamente do que se faz depois disso – é quando as coisas começam a ficar interessantes. A Cisco vai para deste primeiro passo para oferecer às empresas uma solução completa para endereçar o fenómeno BYOD hoje e amanhã.”

  • Sujai Hajela, vice-presidente e gestor geral da Wireless Networking Business Unit, da Cisco

    “A tendência do BYOD está para ficar, mas as empresas devem ir além da abordagem básica de ligar os dispositivos dos utilizadores, para uma estratégia compreensiva de BYOD para responder à procura por parte dos funcionários. Ao contrário das empresas concorrentes, a Cisco está a abordar o BYOD de uma maneira holística. Com uma estratégia abrangente planeada em torno da rede, políticas unificadas e uma gestão simplificada, a Cisco oferece uma experiência de utilizador segura em qualquer local de trabalho, colocando as empresas no caminho do sucesso agora e no futuro.”

  • Paul DeBeasi, VP de Pesquisa da Gartner

    “O tráfego de comunicação móvel continuará a crescer exponencialmente. Este crescimento no tráfego colocará pressão nas redes sem fios (WLAN e celular móvel). Naturalmente, irá exigir que as empresas e operadores de comunicação móvel invistam capital para melhorar a capacidade, fiabilidade e a gestão das redes. Adicionalmente, as empresas começaram a acolher a política de trazer o seu próprio dispositivo (BYOD) como forma de satisfazer as exigências dos utilizadores, possivelmente economizar dinheiro e deixar de gerir o hardware dos utilizadores finais. As empresas devem considerar uma abordagem exaustiva para o BYOD que equilibre a segurança, a experiência do utilizador e o suporte.”

  • Rui Brás Fernandes, Responsável da arquitectura Borderless networks em Portugal

    “Sabendo que os utilizadores Portugueses são reconhecidos como dos mais inovadores e adotantes de novas tecnologias do mundo, o tema do BYOD não poderia estar mais atual. A abordagem mais holística da Cisco para endereçar este tema, traz claramente vantagens às empresas Portuguesas que necessitam de endereçar os desafios atuais, criando uma plataforma de rede optimizada para dispositivos com/sem fios com gestão e segurança integradas e tirando partido do BYOD como ferramenta de aumento de produtividade e redução de custos operacionais de IT.”

Conte connosco

  • Ligue grátis 800 880 456
  • Dias úteis, 9h-13h e 14h-18h
Partilhar