Arquivo de Notícias 2008

Cisco quer revolucionar a mobilidade empresarial

Computer World , 12 Junho 2008

A plataforma MSE, lançada agora pela Cisco - no âmbito da estratégia Cisco Motion -, pretende funcionar como um integrador de redes, aplicações, dispositivos e mecanismos de gestão. O objectivo é potenciar a colaboração empresarial, segundo a empresa.

A Cisco tenciona ser a responsável pela entrada numa nova era da mobilidade empresarial com o lançamento da plataforma 3300 Series Mobility Services Engine (MSE), no âmbito da sua estratégia Cisco Motion. As palavras-chave da plataforma são: integração, centralização e colaboração, de acordo com os responsáveis da Cisco.

A estratégia da empresa para a área da mobilidade empresarial visa integrar dispositivos móveis, aplicações, segurança e redes heterogéneas numa plataforma única - a MSE. Trata-se de uma plataforma, baseada em aplicações que oferece uma interface de programação de aplicações (API) para consolidar e suportar um conjunto de serviços móveis em redes com e sem fios. A MSE inclui quatro softwares: o Context-Aware, o wIPS (Adaptive Wireless Intrusion Prevention System), o Secure Client Manager e o Mobile Intelligent Roaming. Estes, juntamente com a plataforma, estão integrados com o porfolio Unified Communications, e com os dispositivos compatíveis com a tecnologia Cisco, de forma a alargar o alcance e valor do sistema de mobilidade de uma empresa. Os parceiros neste passo são a Nokia, a Oracle, a AeroScout, a Agito Networks e a Airetrak, bem como parceiros de aplicações de indústrias específicas, como a IntelliDOT and Johnson Controls, da indústria da saúde e a OATSystems, do sector da produção. A Cisco garante que já estão a trabalhar em conjunto.

"Os desafios da mobilidade empresarial não podem ser endereçados através de soluções LAN tradicionais, porque existe uma convergência entre os elementos das redes e estes precisam de colaborar. A abordagem da Cisco assenta numa arquitectura orientada a serviços que consegue criar uma rede de mobilidade como uma plataforma de integração de estratégias de negócio chave, processos e objectivos", disse Brett Galloway, vice-presidente sénior do grupo Wireless and Security Technology da Cisco.

Condições necessárias

Para ser possível corresponder às expectativas de mobilidade empresarial, as TI devem manter segura e bem gerida uma série de dispositivos e equipamentos, integrar múltiplas redes, acesso de informação com elevado nível de segurança, e devem ajudar a assegurar uma experiência consistente, independentemente da ligação de rede ou localização, segundo a Cisco. A empresa garante que, através da plataforma, é possível unificar as redes, estendendo aplicações a todos os dispositivos, independentemente da sua localização; gerir os dispositivos cliente, centralmente, garantindo a sua segurança; facilitar a colaboração, através da selecção dos meios correctos para a altura oportuna; abrir a programação: suportar as aplicações integradas e serviços, devido ao acesso livre às API.

Capacidades do software da MSE

A oferta inicial da MSE da Cisco inclui o software de Context-Aware, que capta a informação contextual de uma série de sensores, dispositivos móveis e etiquetas RFID através da Unified Wireless Network, permitindo às empresas ir além da localização de dispositivos tradicionais e reunir informação detalhada acerca dos activos - como localização, temperatura, disponibilidade e utilização das aplicações. Dispõe de melhores capacidades de receber indicações da força de sinal (RSSI) e de diferença de tempo de chegada (TDOA), melhorando a precisão da localização e o desempenho em espaços interiores, de acordo com a Cisco.

O software Mobile Intelligent Roaming, também parte da plataforma, permite facilitar a entrega de dispositivos de duplo modo entre redes Wi-Fi e celulares, dependendo da disponibilidade das redes, possibilitando ainda melhor acesso a informações em tempo real acerca das redes e da localização do utilizador. Integra, segundo a Cisco, diversas ofertas desde fornecedores de serviços, a fabricantes de terceiras partes e fabricantes de telemóveis. Através da utilização de inteligência de rede e integração de software cliente da sua rede de parceiros, O Mobile Intelligent Roaming possibilita aos líderes de TI a obtenção de maior controlo sobre os dispositivos móveis. O software Adaptive Wireless IPS é um novo sistema de prevenção de intrusão, que beneficia essencialmente por estar totalmente integrado com as restantes soluções. Integra detecção e mitigação de ameaças às redes sem fios, faz rastreio de vulnerabilidades e monitorização de desempenho na rede. Assiste na protecção contra pontos de acesso e clientes menos fiáveis, intrusões em ligações sem fios e ameaças de dia zero. Permite ainda realizar análises de vulnerabilidades automáticas e autenticação de infra-estruturas. O sistema foi criado para prevenir intrusões a redes com e sem fios, através da detecção de actividade inapropriada nas redes ou existência de malware. Por último, o software Secure Client Manager da MSE centraliza a segurança e gestão de aprovisionamento de diversos dispositivos móveis através da solução Secure Services Client 802.1X, através de redes com fios, Wi-Fi, redes celulares, entre outras. As API, de acesso livre, permitem a integração com outros sistemas de gestão de dispositivos de fornecedores de terceiras partes.

Ver mais notícias    

Conte connosco

  • Ligue grátis 800 880 456
  • Dias úteis, 9h-13h e 14h-18h
Partilhar