Voz e comunicações unificadas : Cisco Unified Communications Manager (CallManager)

Release Notes para Cisco CallManager Versão 4.1(3)

1 Abril 2008 - Tradução Manual
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Inglês (23 Junho 2008) | Feedback

Índice

Release Notes para Cisco CallManager Versão 4.1(3)

Índice

Introdução

Requisitos do sistema

Determinando a Versão do Software

Matriz de Compatibilidade e Atualizações com Suporte

Documentação Relacionada

Informações Novas e Alteradas

Diretrizes para Instalação, Atualização e Backup do Cisco CallManager

Guia de Instalação do Sistema Operacional

Atualizando para o Cisco CallManager Versão 4.1(3)

Melhorias dos Recursos Call Pickup e Group Call Pickup

Melhorias na Transferência de Chamada

Suporte para Novos Recursos com o Cisco IP Manager Assistant

Parâmetro de Novos Serviços para Habilitar Music On Hold e Annunciator Duplex Streaming

Suporte Atualizado para Cisco IP Phones

Novos Parâmetros de Configuração de Hunt Pilot para Roteamento Alternativo Automatizado

Suporte para Annex M1 através de Troncos H.225 e Gateways H.323

Melhorias de Segurança

Melhorias da Bulk Administration Tool

Melhorias do Dialed Number Analyzer

Informações Novas e Alteradas do Cisco CallManager Serviceability

Atualização do Tipo de Chamada nos Resultados de Pesquisa do CDR

Informações Novas e Alteradas para Aplicativos de Terceiros e do SDK

Melhorias no JTAPI

Atualização de Registros de CDR para Recursos Call Pickup

Notas importantes

Usando Cisco Unity Consult Transfer com Cisco CallManager Onhook Call Transfer

Executando Operações CAPF em Cisco IP Phones Através de Conexão VPN

Adicionando Cisco CallManager Servers

Instalador Local para o Cisco CallManager Versão 4.1(3)

Usando o Utilitário de Atualização JTAPI com CRS

Requisitos para Atualização do CRS e Cisco CallManager 4.1

Falhas nas Chamadas do NetMeeting Quando T.38 é Anunciado para o NetMeeting

Barra de Status da Instalação do Cisco CallManager

Considerações sobre Pontos de Roteamento CTI

Atualização da Escalabilidade do Cisco CallManager Extension Mobility

Desabilitando o IPSec para Atualizações do Cisco CallManager

Suporte para Multicluster Integration com o Active Directory

Requisitos para Instalação do Java Virtual Machine

Advertências Resolvidas no Cisco CallManager - Versão 4.1(3)

Usando o Bug Toolkit

Salvando Consultas do Bug Toolkit

Advertências Abertas do Cisco CallManager - Versão 4.1(3)

Atualizações de Documentação

Erros

Alterações

Omissões

Obtendo Documentação

Cisco.com

DVD da Documentação

Solicitando Documentação

Feedback da Documentação

Visão Geral Sobre Segurança de Produtos Cisco

Relatando Problemas de Segurança em Produtos Cisco

Obtendo Assistência Técnica

Website de Suporte Técnico da Cisco

Enviando uma Requisição de Serviço

Definições de Severidade da Requisição de Serviço

Obtendo Publicações e Informações Adicionais


Release Notes para Cisco CallManager Versão 4.1(3)


1 de junho de 2005

Estas release notes descrevem os novos recursos e advertências para o Cisco CallManager versão 4.1(3).


Observação Para ver as release notes de versões anteriores do Cisco CallManager, acesse: http://www.cisco.com/univercd/cc/td/doc/product/voice/c_callmg/index.htm


Antes de instalar o Cisco CallManager, a Cisco recomenda que você revise a seção "Observações Importantes" para obter informações sobre problemas que podem afetar o seu sistema.

Para obter uma lista de advertências abertas e resolvidas do Cisco CallManager versão 4.1(3), consulte as seções "Advertências Resolvidas no Cisco CallManager - Versão 4.1(3)" e "Advertências Abertas do Cisco CallManager - Versão 4.1(3)". As atualizações destas release notes ocorrem com as versões de manutenção e principal.

Para acessar o conjunto de documentação dos produtos de voz, consulte o seguinte URL:

http://www.cisco.com/univercd/cc/td/doc/product/voice/

Você pode acessar as atualizações de software e release notes mais recentes para todas as versões do Cisco CallManager no Cisco Connection Online (CCO) no seguinte URL:

http://tools.cisco.com/support/downloads/go/Redirect.x?mdfid=278875240

Índice

Estas release notes discutem os seguintes tópicos:

Introdução

Requisitos do sistema

Matriz de Compatibilidade e Atualizações com Suporte

Documentação Relacionada

Informações Novas e Alteradas

Informações Novas e Alteradas do Cisco CallManager Serviceability

Informações Novas e Alteradas para Aplicativos de Terceiros e do SDK

Notas importantes

Advertências Resolvidas no Cisco CallManager - Versão 4.1(3)

Advertências Abertas do Cisco CallManager - Versão 4.1(3)

Atualizações de Documentação

Obtendo Documentação

Obtendo Assistência Técnica

Introdução

O Cisco CallManager, um sistema de comunicação comercial em rede, fornece telefonia de alta qualidade em redes IP. O Cisco CallManager permite a conversão de PBXs convencionais, proprietários e de circuitos comutados pata sistemas LAN abertos e multisserviço.

Requisitos do sistema

Verifique se você instalou e fez a configuração do Cisco CallManager versão 4.1(3) em um Cisco Media Convergence Server (MCS).

O Cisco CallManager também pode ser instalado em uma configuração de servidor HP aprovada pela Cisco ou uma configuração de servidor IBM aprovada pela Cisco.


Observação O Cisco CallManager 4.1(3) exige memória atualizada nos servidores do Cisco CallManager. Consulte a seção "Requisitos de Memória Atualizados" para informações adicionais.



Cuidado A instalação não será concluída sem a configuração exata.

Acesse a configuração de servidor compatível aprovada pela Cisco para um servidor IBM ou HP no seguinte URL:

http://www.cisco.com/en/US/products/hw/voiceapp/ps378/prod_brochure_list.html

Para informações dos componentes de hardware do sistema e os requisitos do sistema, consulte Instalando o Cisco CallManager Versão 4.1(3).

Determinando a Versão do Software

Para determinar a versão do software Cisco CallManager, abra o Cisco CallManager Administration e clique em Detalhes na janela principal do Cisco CallManager Administration. As informações a seguir são exibidas:

Versão do Sistema Cisco CallManager

Versão do Cisco CallManager Administration

Informações e versões DLL da base de dados

Matriz de Compatibilidade e Atualizações com Suporte

Saiba quais versões de aplicativos são compatíveis com o Cisco CallManager versão 4.1(3) e quais versões anteriores do Cisco CallManager têm suporte atualizado consultando a Matriz de Compatibilidade do Cisco CallManager em http://www.cisco.com/en/US/customer/docs/voice_ip_comm/cucm/compat/ccmcompmatr.html


Observação Lembre-se que a versão dos produtos de telefonia IP da Cisco nem sempre coincidem com as versões do Cisco CallManager. Se um produto não cumprir os requisitos de teste de compatibilidade do Cisco CallManager, será necessário esperar até que uma versão compatível do produto esteja disponível antes de atualizar o Cisco CallManager versão 4.1(3). Para ver os defeitos e combinações de compatibilidade mais atuais, consulte a documentação distribuída com os produtos de telefonia IP da Cisco.


Documentação Relacionada

Consulte o Guia de Documentação do Cisco CallManager para obter uma lista de documentos relacionados ao Cisco CallManager versão 4.1 no seguinte URL:

http://www.cisco.com/univercd/cc/td/doc/product/voice/c_callmg/4_1/doc_gd.

Juntamente com os documentos listados no Guia de Documentação do Cisco CallManager, a seguinte lista especifica outros documentos relacionados ao Cisco CallManager versão 4.1:

Definição de Registros de Detalhes de Chamada do Cisco CallManager

Notas de Desenvolvimento de Cisco IP Phone Services Application

Guia de Instalação do Cisco JTAPI para o Cisco CallManager 4.1(3)

Guia dos Desenvolvedores do Cisco JTAPI para o Cisco CallManager 4.1(3)

Guia de Instalação do Cisco TAPI para o Cisco CallManager 4.1(3)

Guia dos Desenvolvedores do Cisco TAPI para o Cisco CallManager 4.1(3)

Guia dos Desenvolvedores do API do Cisco CallManager Extension Mobility Versão 4.1(3)

Guia de Programação AXL do Cisco CallManager 4.1(3)

Guia de Interface de Programação de Operacionalidade AXL do Cisco CallManager 4.1(3)

Guia do Cisco CallManager Dialed Number Analyzer

Referência API do Cisco WebDialer

Mensagem de Erro do Sistema do Cisco CallManager 4.1

Informações Novas e Alteradas

As seguintes seções descrevem novos recursos e alterações que são pertinentes a esta versão do Cisco CallManager. As seções podem incluir dicas de configuração para o administrador, informações sobre usuários e onde encontrar mais informações.

Diretrizes para Instalação, Atualização e Backup do Cisco CallManager

Guia de Instalação do Sistema Operacional

Atualizando para o Cisco CallManager Versão 4.1(3)

Melhorias dos Recursos Call Pickup e Group Call Pickup

Melhorias na Transferência de Chamada

Suporte para Novos Recursos com o Cisco IP Manager Assistant

Parâmetro de Novos Serviços para Habilitar Music On Hold e Annunciator Duplex Streaming

Suporte Atualizado para Cisco IP Phones

Novos Parâmetros de Configuração de Hunt Pilot para Roteamento Alternativo Automatizado

Suporte para Annex M1 através de Troncos H.225 e Gateways H.323

Melhorias de Segurança

Melhorias da Bulk Administration Tool

Melhorias do Dialed Number Analyzer

Informações Novas e Alteradas do Cisco CallManager Serviceability

Informações Novas e Alteradas do Cisco CallManager Serviceability

Informações Novas e Alteradas para Aplicativos de Terceiros e do SDK

Diretrizes para Instalação, Atualização e Backup do Cisco CallManager

Esta seção inclui informações sobre as diretrizes que se aplicam a instalação, atualização e procedimentos de backup e restauração do Cisco CallManager 4.1(3):

Instalação e atualização

Utilitário Assistente de Atualização

Backup e Restauração

Instalação e atualização

O Cisco CallManager 4,.1(3) implementa o seguinte guia de instalação e guia de atualização:

Você pode atualizar os servidores do Cisco CallManager versão 3.3(5), 4.0(2a) e 4.1(2) para o Cisco CallManager versão 4.1(3). Consulte a seção "Matriz de Compatibilidade e Atualizações Compatíveis" para mais informações sobre os caminhos de atualização compatíveis.

O processo de atualização exige o sistema operacional Cisco IP Telephony versão 2000.2.4 com atualização de OS 2000.2.7 ou uma instalação recente do SO versão 2000.2.7 e a versão de serviço mais recente 2000.2-7-sr(x). Consulte a seção "Guia de Instalação do Sistema Operacional" para obter outras informações.

Esta seção inclui os seguintes tópicos:

Requisitos de memória atualizados

Adicionando Cisco CallManager Servers como Membros de um Domínio do Windows

Requisitos de memória atualizados

A instalação do Cisco CallManager exige um mínimo de 1 GB de memória no servidor de editor do Cisco CallManager. Se o processo de instalação detectar menos que 1 GB de memória, a instalação é abortada.

O processo de instalação realiza uma verificação similar no servidor de assinantes do Cisco CallManager; ele pode permitir que a instalação continue se detectar menos que o requisito mínimo.


Observação para evitar problemas no sistema, como chamadas descartadas, verifique se os servidores têm ao mínimo 1 GB de memória instalada.


Adicionando Cisco CallManager Servers como Membros de um Domínio do Windows

A Cisco não recomenda a adição de servidores do Cisco CallManager como membros de um domínio do Microsoft Windows. Para evitar falhas que podem ocorrer por ser o servidor um membro de um domínio, o Cisco CallManager 4.1(3) modifica o processo de instalação para abortar a instalação e exibe a seguinte mensagem caso detecte que o servidor está em um domínio do Windows:

"A instalação detectou que o servidor existe em um domínio. Quando existe um servidor em um domínio, a autenticação entre servidores pode falhar ou as políticas de segurança do domínio não-padrão podem ser muito restritivas para a instalação do Cisco CallManager em Contas NT críticas durante uma atualização. O servidor deve ser removido do domínio e adicionado a um grupo de trabalho para reduzir erros e falhas de instalação e atualização, ou uma falha total do sistema, que resultaria em uma perda de dados e uma reinstalação completa do Cisco CallManager. A instalação será agora abortada."


Observação Antes dessa alteração, o processo de instalação forneceu um aviso sobre a remoção de servidores de um domínio e uma opção do usuário para continuar ou abortar a instalação.


Para continuar, você deve primeiramente remover o servidor do Cisco CallManager do domínio do Windows e adicioná-lo como membro do Grupo de trabalho antes que você possa instalar ou atualizar o Cisco CallManager em seu servidor.

Se a arquitetura do sistema depender da junção de servidores a um domínio do Windows, você deve desabilitar o software NTP (Network Time Protocol) que o Cisco CallManager instalou, quando você adicionar o servidor como um membro de um domínio e usar o serviço de tempo da Microsoft. Você deve desativar o serviço NTP em cada servidor no cluster.


Observação Durante a instalação, você deve escolher instalar o Cisco CallManager como um servidor em um grupo de trabalho.



Observação Não altere o arquivo de configuração NTP instalado (NTP.CONF); caso contrário, você pode ter problemas de sincronização com CDRs, Rastreamentos e Registro de Evento. A Cisco não suporta alterações no arquivo de configuração NTP instalado.


Siga este procedimento para desabilitar o software NTP instalado pela Cisco em um servidor:

Procedimento


Etapa 1 Selecione Start > Programs > Administrative Tools > Services.

Etapa 2 Clique duas vezes no serviço Network Time Protocol .

Etapa 3 Selecione Desabilitado no campo tipo de Inicialização.

Etapa 4 Clique em Parar.

Etapa 5 Clique em OK.



Cuidado O Cisco CallManager 4.1(3) abortará o processo de instalação se detectar que o servidor está em um domínio do Windows. Portanto, primeiro você deve remover o servidor do Cisco CallManager do domínio do Windows e adicioná-lo como um membro de grupo de trabalho antes de instalar ou atualizar o Cisco CallManager no servidor.

Ao concluir a atualização e adicionar o servidor ao domínio do Windows, desabilite novamente os serviços NTP instalados pela Cisco.

Se estiver incluindo o servidor em um domínio do Microsoft Windows 4.0, realize um procedimento adicional para sincronizar a hora. Consulte Como Sincronizar a Hora em um Computador Baseado no Windows 2000 em um Domínio do Windows NT 4.0 em http://www.microsoft.com.

Para mais informações, consulte http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg67072

Utilitário Assistente de Atualização

O Utilitário Assistente de Atualização 4.1(3) do Cisco CallManager substitui as versões anteriores do Utilitário Assistente de Atualização versão 3.3(5), 4.0(2a) e 4.1(2) do Cisco CallManager.

Esta versão atualizada do Cisco CallManager Upgrade Assistant Utility adiciona suporte para atualização de várias versões; ou seja, você pode usar o Cisco CallManager Upgrade Assistant Utility versão 4.1(3) ou superior para detectar o funcionamento dos servidores antes de atualizar para o Cisco CallManager versões 3.3(5), 4.0(2a), 4.1(2) ou 4.1(3).

Para mais informações, consulte Usando o Cisco CallManager Upgrade Assistant Utility 4.1(3) no seguinte URL. http://www.cisco.com/univercd/cc/td/doc/product/voice/c_callmg/4_1/install/upgrade/index.htm

Backup e Restauração

As seguintes diretrizes se aplicam aos procedimentos de backup e restauração do Cisco CallManager:

O Cisco IP Telephony Backup and Restore System (BARS) versão 4.0(7) ou superior é compatível com o Cisco CallManager 4.1(3).

O Cisco CallManager versão 3.3 e superior não é mais compatível com o Cisco IP Telephony Applications Backup Utility versão 3.5.

Para mais informações sobre os procedimentos de backup e restauração, consulte o site do Cisco IP Telephony Applications Backup no seguinte URL: http://www.cisco.com/univercd/cc/td/doc/product/voice/backup/.


Observação Verifique a Cisco CallManager Compatibility Matrix para obter as últimas informações sobre as combinações de compatibilidade com suporte. Consulte a seção "Matriz de Compatibilidade e Atualizações com Suporte" para mais informações.


Onde Encontrar Mais Informações

Instalando o Cisco CallManager Versão 4.1 (3)

Atualizando o CallManager Versão 4,1 (3)

Cisco IP Telephony Backup and Restore System (BARS)

Guia de Instalação do Sistema Operacional

A Cisco recomenda instalar a versão 2000.2.7 do sistema operacional do Cisco IP Telephony com a mais recente versão de serviço 2000.2-7-sr(x) antes de atualizar para o Cisco CallManager versão 4.1(3).


Dica Consulte o seguinte URL para obter informações sobre a última versão do sistema operacional fornecido pela Cisco, procedimentos de instalação e release notes: http://www.cisco.com/univercd/cc/td/doc/product/voice/iptel_os/install/index.htm.



Observação Servidores mais novos, como o MCS-7835-H1-IPC1, exigem o kit de instalação do sistema operacional com mídia de CD/DVD. Use a atualização do sistema operacional apenas para atualizar as versões anteriores do sistema operacional para o novo nível (pacotes de serviço, hotfixes, configurações, BIOS, firmware e drivers).


Onde Encontrar Mais Informações

Instalando o Sistema Operacional no Cisco IP Telephony Applications Server, Versão 2000.2.7

Atualizando para o Cisco CallManager Versão 4.1(3)

Para informações detalhadas sobre a atualização para o Cisco CallManager 4.1(3), consulte Atualizando o Cisco CallManager Versão 4.1(3). Para obter mais diretrizes sobre a instalação e atualizações do Cisco CallManager, consulte a seção "Diretrizes de Instalação, Atualização e Backup do Cisco CallManager".


Dica Para verificar quais versões do Cisco CallManager são compatíveis para atualização, consulte a versão mais recente do Cisco CallManager Compatibility Matrix em http://www.cisco.com/en/US/customer/docs/voice_ip_comm/cucm/compat/ccmcompmatr.html


As atualizações válidas do Cisco CallManager 4.1(3) incluem o Cisco CallManager versões 3.3(5), 4.0(2a) e 4.1(2). (Utilize os discos de CD-ROM do kit de software do Cisco CallManager atualizado disponível para atualização.)

Se o servidor executar o Cisco CallManager versão 4.0(2a) ou 4.1(2), atualize o servidor para a versão 4.1(3) usando o arquivo de download da web disponível em http://tools.cisco.com/support/downloads/go/Redirect.x?mdfid=278875240.

Se o servidor executar uma versão 3.2 ou anterior do Cisco CallManager, você deve usar os discos CD-ROM do kit de software do Cisco CallManager para atualizar primeiro cada servidor no cluster para a versão mais recente do Cisco CallManager 3.3 ou 4.0, antes de atualizar para o Cisco CallManager versão 4.1.


Observação Para informações sobre a atualização do Cisco CallManager versão 3.3 ou 4.0, consulte a versão apropriada do documento Atualizando o Cisco CallManager .


Você não pode atualizar diretamente do Cisco CallManager versão 3.2 ou anterior para o Cisco CallManager versão 4.1.


Dica Verifique se consultou o Cisco CallManager Compatibility Matrix para obter informações importantes sobre o caminho de atualização compatível para cada versão do Cisco CallManager.


Antes de Atualizar para o Cisco CallManager 4.13

Realize a seguinte etapa nas portas de correio de voz para assegurar a migração apropriada:

Importante: Remova qualquer encaminhamento de chamadas definido nas portas de correio de voz usadas nas chamadas de saída e as mensagens esperando indicação.

Melhorias dos Recursos Call Pickup e Group Call Pickup

O Cisco CallManager 4.1(3) introduz as seguintes melhorias aos recursos Call Pickup e Group Call Pickup:

Pickup Automático (um toque)—Este recurso fornece a habilidade para selecionar uma chamada pressionando uma única tecla de função no telefone. (Os recursos Call Pickup e Group Call Pickup existentes exigem que o usuário pressione várias teclas de função antes de conectar-se a uma chamada que está tocando em um outro dispositivo.)

Disponibilidade de três teclas de função—Pickup, GPickup e OPickup—nos estados de chamada no gancho e fora do gancho para habilitar a requisição de um toque destes recursos de seleção. (Os recursos Call Pickup e Group Call Pickup existentes exigem que o usuário pressione a tecla de função NewCall antes de chamar um recurso de seleção).


Dica Por padrão, o modelo de tecla de função padrão não inclui estas três teclas no estado de chamada no gancho. Para habilitar estas teclas de função no estado de chamada no gancho, você deve fazer a configuração do layout de modelo de tecla de função de Recurso Padrão. Para isso, acesse o Modelo de Teclas de Função de Recurso Padrão usando o Cisco CallManager Administration (Device > Device Settings > Softkey Template). Navegue até a janela de Configuração do Layout de Tecla de Função do Cisco CallManager Administration selecionando Standard Feature > Configure Softkey Layout. Clique na ligação No Gancho no campo Estados de Chamada. Na lista Teclas de Função Não Selecionadas, escolha a tecla de função Group Pick Up e clique na seta à direita para mover esta tecla de função para a lista Teclas de Função Selecionadas. Repita este procedimento para as teclas de função Other Pickup e Pick Up.

Para habilitar a tecla de função OPickup no estado fora do gancho, siga o procedimento para fazer a configuração do layout da tecla de função. Clique no estado de chamada Fora do Gancho . Na lista Teclas de Função Não Selecionadas, escolha a tecla de função Other Pickup e clique na seta à direita para mover esta tecla de função para a lista Teclas de Função Selecionadas.


Você pode recuperar chamadas de uma fila no seu grupo pressionando uma das seguintes teclas de função de seleção:

Pickup—Seleciona a chamada de alerta mais longa no seu grupo.

GPickup—Selecione a chamada de alerta mais longa no grupo que você especificou pelo número do grupo de seleção fornecido a você pelo administrador.

OPickup—Seleciona a chamada de alerta mais longa no seu grupo ou qualquer grupo associado sem exigir um número de grupo de seleção.


Observação Se a seleção automática estiver habilitada, as chamadas que forem selecionadas usando uma destas teclas de função se conectarão automaticamente ao telefone. Se você não estiver em um grupo de chamada de seleção e usar uma destas teclas de função, ouvirá um tom de ocupado rápido. Se a seleção automática não estiver habilitada, outros telefones podem selecionar a sua chamada enquanto ainda estiver tocando ou enquanto você transfere a chamada.


Other Group Pickup—Este recurso permite que o administrador faça a configuração de outros grupos de seleção. Uma nova tecla de função, OPickup, permite selecionar chamadas do seu grupo e de outros grupos associados configurados pelo administrador. Os grupos de seleção associados incluem uma lista de grupos de captura definidos em um Pickup Group específico. Cada Pickup Group pode ter até 10 Pickup Groups associados; por padrão, o Pickup Group aparece primeiramente na lista de grupos de captura associados.

Novos Parâmetros de Serviço Clusterwide—Os seguintes parâmetros de serviço permitem a configuração dos recursos de seleção de chamada aprimorados; eles são exibidos na seção Parâmetros Clusterwide (Recurso - Call Pickup) na janela Cisco CallManager Administration Service Parameters Configuration:

Auto Call Pickup Enabled—Faça a configuração deste parâmetro de serviço para habilitar ou desabilitar o recurso de seleção automática escolhendo uma das seguintes opções:

Verdadeiro—Defina o parâmetro de serviço em Verdadeiro para habilitar o recurso de seleção automática ou um toque.

Falso—Defina o parâmetro de serviço em Falso para usar o recurso de captura de chamada e chamada de grupo existentes.

O valor padrão especifica Falso para manter a compatibilidade com versões anteriores do Cisco CallManager.


Observação Automatic Call Pickup, Group Call Pickup e Other Group Pickup são exibidos como chamadas de seleção no CDR Analysis and Reporting (CAR). Consulte a seção "Atualização do Tipo de Chamada nos Resultados de Pesquisa do CDR" para mais informações.


Call Pickup Locating Timer—Faça a configuração deste parâmetro de serviço para procurar a chamada de alerta mais longa em um grupo específico. Este parâmetro especifica o tempo máximo em segundos que um coletor espera para obter todas as chamadas de alerta nos grupos de seleção de todos os servidores do Cisco CallManager no cluster.

O valor padrão é de 1 segundo.


Observação Os aplicativos CTI não são compatíveis atualmente com os recursos de seleção de chamadas e não serão são compatíveis com as novas teclas de função que esta versão inclui.


Consulte o Guia de Administração do Cisco CallManager para informações detalhadas sobre estas janelas de configuração de administração.

Melhorias na Captura de Chamadas

O Cisco CallManager 4.1(3) aperfeiçoou o recurso Call Pickup permitindo responder automaticamente uma chamada que está tocando no seu grupo de seleção pressionando apenas a tecla de função Pickup. Estas melhorias dinamizam a funcionalidade de seleção de chamada removendo a necessidade de pressionar as teclas de função NewCall e Answer para concluir uma seleção de chamadas.

O administrador configura os grupos de seleção e habilita a funcionalidade de seleção automática configurando o parâmetro de serviço Auto Call Pickup Enabled na janela Cisco CallManager Administration Service Parameters Configuration. Os seguintes valores de configuração válidos se aplicam:

Verdadeiro—Esta configuração habilita o recurso de captura automática; ela permite o recurso de captura de chamada pressionando uma única tecla de função.

Falso—Esta configuração desabilita o recurso de captura automática. O valor padrão especifica Falso para preservar a compatibilidade com versões anteriores.

Você solicita o recurso Call Pickup pressionando a tecla de função Pickup no telefone. O telefone escolhe a chamada de alerta mais longa no grupo.

1. Ao ouvir o toque em um outro telefone do seu grupo, pressione a tecla de função Pickup. (Para coletar a chamada em outra linha diferente da sua linha primária, primeiro retire o telefone do gancho e pressione Pickup.)

2. Se a captura automática estiver habilitada em seu telefone, a chamada será automaticamente transferida.

3. Se o seu telefone não estiver configurado para captura automática, você poderá exibir informações do chamador e depois pressionar a tecla de função Answer para atender a chamada.

Melhorias na Captura de Chamada de Grupo

Esta versão aperfeiçoa o recurso Group Call Pickup permitindo você a responder uma chamada que estiver tocando em outro dispositivo em um grupo de captura específico pressionando a tecla de função GPickup e digitando o número Group Pickup do grupo que você deseja selecionar. Quando a captura automática estiver habilitada, o recurso Group Pickup permite a você realizar uma captura de chamada pressionando uma tecla de função simples seguida do número Group Pickup.

Como o recurso Call Pickup, o recurso de um toque Group Pickup torna desnecessário pressionar as teclas de função NewCall e Answer para concluir a captura de grupo.

Para habilitar o recurso automático Group Pickup, o administrador configura o parâmetro de serviço Auto Call Pickup Enabled na janela Cisco CallManager Administration Service Parameters Configuration. Consulte a seção "Melhorias na Captura de Chamada" para mais informações.

Você solicita o recurso Group Call Pickup pressionando a tecla de função GPickup no telefone. O telefone escolhe a chamada de alerta mais longa no grupo.

1. Ao ouvir o toque em um outro telefone do seu grupo, pressione a tecla de função GPickup. (Para coletar a chamada em outra linha diferente da sua linha primária, primeiro retire o telefone do gancho e pressione GPickup.)

2. Digite o número do grupo que deseja capturar.

3. Se a captura automática estiver habilitada em seu telefone, a chamada será automaticamente transferida.

4. Se o seu telefone não estiver configurado para captura automática, você poderá exibir informações do chamador e depois pressionar a tecla de função Answer para atender a chamada.


Observação O administrador configura os grupos de captura, atribui os números dos grupos de captura e habilita a captura automática.


Outras Melhorias de Group Pickup

O Cisco CallManager 4.1(3) permite ao administrador fornecer outros grupos de captura para cada grupo de captura. A tecla de função OPickup permite selecionar chamadas de um dos grupos associados configurados como um outro grupo de captura.

Com a captura automática habilitada, o recurso Other Pickup Group permite a você capturar chamadas em seu grupo e em outros grupos associados que o administrador configurou, sem a necessidade de inserir o número de grupo. O telefone seguirá a seqüência configurada pelo administrador para verificar cada grupo de captura e selecionará a chamada de alerta mais longa no primeiro grupo em que encontrar chamadas.

O administrador define o recurso Other Group Pickup na janela Cisco CallManager Administration Pickup Group Configuration. O sistema suporta até 10 outros grupos de captura por grupo de captura.

Você solicita o recurso Other Group Pickup pressionando a tecla de função OPickup no telefone. O telefone escolhe a chamada de alerta mais longa no primeiro grupo em que encontrar chamadas.

1. Ao ouvir o toque em um outro telefone do seu grupo ou um grupo associado, pressione a tecla de função OPickup. (Para capturar a chamada em outra linha diferente da sua linha primária, primeiro retire o telefone do gancho e pressione OPickup.)

2. Se a captura automática estiver habilitada em seu telefone, a chamada será automaticamente transferida.

3. Se o seu telefone não estiver configurado para captura automática, você poderá exibir informações do chamador e depois pressionar a tecla de função Answer para atender a chamada.


Observação O administrador configura os grupos de captura e habilita a captura automática.



Observação Consulte a seção "Atualização do Tipo de Chamada nos Resultados de Pesquisa do CDR" para informações sobre a inclusão de "pickup" no campo Tipo de Chamada nos resultados de pesquisa do Cisco CallManager Call Detail Record (CDR).


Onde Encontrar Mais Informações

Guia de administração do Cisco CallManager

Guia do Cisco CallManager System

Guia do Cisco CallManager Features and Services

Guia de Administração do Cisco CallManager Serviceability

Guia do Cisco CallManager Serviceability System

Melhorias na Transferência de Chamada

O Cisco CallManager 4.1(3) introduz as seguintes melhorias ao recurso de Transferência de Chamada:

Onhook Call Transfer—Este recurso permite pressionar uma simples tecla de função Transfer e colocar no gancho para concluir uma transferência de chamada. (O recurso Transferência de Chamada exige que o usuário pressione a tecla de função Transfer uma segunda vez para concluir a função.)

Novos Parâmetros de Serviço Clusterwide—O seguinte parâmetro de serviço permite a configuração do recurso Onhook Call Transfer; ele é exibido na seção Parâmetros Clusterwide (Dispositivo - Telefone) na janela Cisco CallManager Administration Service Parameters Configuration:

Transfer On-hook Enabled—Faça a configuração deste parâmetro de serviço para habilitar ou desabilitar o recurso Onhook Call Transfer, escolhendo uma das seguintes opções:

Verdadeiro—Configure este parâmetro de serviço para Verdadeiro para habilitar o recurso de transferência de chamada no gancho; esse recurso permite ao usuário concluir a transferência de chamada colocando o telefone no gancho ou pressionando a tecla de função.

Falso—Configure este parâmetro de serviço para Falso para manter o recurso de transferência de chamada existente; ou seja, o usuário conclui a transferência de chamada pressionando a tecla Transferir. O valor padrão especifica Falso para preservar a compatibilidade com versões anteriores do Cisco CallManager.

Consulte o Guia de Administração do Cisco CallManager para informações detalhadas sobre esta janela de configuração de administração.

Suporte para Onhook Call Transfer quando a chamada secundária estiver nos seguintes estados de chamada:

Alerta

Progresso

Conectado


Observação Os aplicativos CTI não são compatíveis com o recurso Onhook Call Transfer. Como ele opera atualmente, a requisição de desconexão de CTI desconectará uma chamada de transferência de consulta se o recurso Onhook Call Transfer estiver habilitado. Para fornecer a funcionalidade de uma interface de usuário de aplicativo Cisco IP Softphone CTI, o aplicativo deve mapear "no gancho" para que o CTI conclua a requisição de transferência em vez da requisição de desconexão de CTI.


Com Onhook Call Transfer habilitado, você pode solicitar este recurso pressionando a tecla de função Transferir. Não é necessário avisar ao chamador que você está transferindo, uma transferência de chamada regular pode ser realizada seguindo essas etapas:

1. Durante uma chamada, pressione a tecla de função Transferir; esta ação coloca a chamada em espera.

2. Disque o número para a chamada deve ser transferida.

3. Quando ouvir o toque, desligue o telefone para concluir a transferência.

Para realizar uma transferência de consulta e avisar o chamador que você está transferindo, siga essas etapas:

1. Durante uma chamada, pressione Transferir; esta ação coloca a chamada em espera.

2. Disque o número para a chamada deve ser transferida.

3. Quando a outra parte responder, anuncie a chamada e desligue. Se a parte recusar a chamada, pressione Resume para retornar à chamada original.


Observação Verifique se você não pressionou a tecla EndCall para concluir uma função de transferência de chamada; se você pressionar a tecla de função EndCall antes da conclusão da transferência da chamada, o sistema cancela esta operação.


Onde Encontrar Mais Informações

Guia de administração do Cisco CallManager

Guia do Cisco CallManager System

Guia do Cisco CallManager Features and Services

Suporte para Novos Recursos com o Cisco IP Manager Assistant

O Cisco IP Manager Assistant (Cisco IPMA) não fornece suporte para as seguintes melhorias de recursos no Cisco CallManager 4.1(3):

Onhook Call Transfer

Automatic Call Pickup

Para obter informações adicionais sobre o Cisco IPMA, consulte o Guia do Cisco CallManager Features and Services.

Parâmetro de Novos Serviços para Habilitar Music On Hold e Annunciator Duplex Streaming

O Cisco CallManager 4.1(3) inclui um novo parâmetro de serviço, Duplex Streaming Enabled, para música em espera (MOH) e Annunciator. Este parâmetro de serviço determina se a MOH e o Annunciator usam fluxos de áudio duplex (bidirecional) ou simplex (unidirecional).

Você pode fazer a configuração de um dos seguintes valores para este parâmetro de serviço:

Verdadeiro—Configure este parâmetro como Verdadeiro para definir a conexão para o fluxo de mídia duplex quando são usados MOH e Annunciator. Uma vez que alguns firewalls e dispositivos NAT exigem fluxos de áudio duplex, esta opção facilita a interoperabilidade com estes produtos.

Falso—Configure este parâmetro como Falso para definir a conexão para o fluxo de mídia simplex quando são usados MOH e Annunciator. O valor padrão é Falso.

Configure o parâmetro de serviço Duplex Streaming Enabled utilizando o Cisco CallManager Administration para acessar os parâmetros de serviço (Service > Service Parameters). Selecione o servidor onde reside o aplicativo Cisco CallManager. Na janela Cisco CallManager Administration Service Parameters Configuration, role até a seção Parâmetros Clusterwide (Serviço) para fazer a configuração do parâmetro Duplex Streaming Enabled.

Para mais informações, consulte http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg49352.

Para informações detalhadas sobre a configuração de parâmetros de serviço, consulte o Guia de Administração do Cisco CallManager.

Suporte Atualizado para Cisco IP Phones

O Cisco CallManager 4.1(3) atualizou o suporte dos seguintes Cisco IP Phones para incluir os aperfeiçoamentos de recursos de captura e transferência de chamada:

Cisco IP Phone 7940/ 7960

Cisco IP Phone 7970

Cisco IP Phone 7905/7912

Os seguintes Cisco IP Phones não fornecem suporte para os aperfeiçoamentos de recurso nesta versão:

Cisco IP Conference Station 7935/7936

Cisco IP Phone 7920 com Tecnologia Sem Fio

Cisco IP SoftPhone

Para mais informações sobre Cisco IP Phones, consulte o seguinte URL para obter o guia Cisco IP Phone apropriado ao seu modelo Cisco IP Phone:
http://www.cisco.com/univercd/cc/td/doc/product/voice/c_ipphon/index.htm.

Onde Encontrar Mais Informações

Guia de administração do Cisco IP Phone para seu modelo de Cisco IP Phone

Release Notes de firmware para seu modelo de Cisco IP Phone

Guia de Administração do Cisco CallManager

Guia do Cisco CallManager System

Personalizando Seu Cisco IP Phone na Web

Guia do Cisco IP Phone

Novos Parâmetros de Configuração de Hunt Pilot para Roteamento Alternativo Automatizado

O Automated Alternate Routing (AAR) permite o novo roteamento de chamadas por PSTN ou outra rede utilizando um número alternativo quando o Cisco CallManager bloqueia uma chamada por largura de banda local insuficiente. A utilização de AAR oferece um benefício porque o chamador não necessita desligar e rediscar para a parte chamada.

O Cisco CallManager 4.1(3) prolongou o recurso de Roteamento Alternativo Automatizado para incluir o número de busca preliminar. (O Cisco CallManager não oferece suporte para esta funcionalidade aperfeiçoada no Cisco CallManager versão 4.x e anteriores.)

Nas versões do Cisco CallManager anteriores à versão 4.x, quando um usuário remoto tente se conectar ao sistema de mensagens de voz em um local central e a largura de banda não está disponível na ligação WAN, o Cisco CallManager poderá rotear novamente a chamada pelo gateway PSTN ao sistema de mensagens de voz.

Iniciando com o Cisco CallManager 4.0, o AAR não trabalha com buscas preliminares. Uma vez que o número de diretório (DN) totalmente qualificado da busca preliminar é desconhecido, o AAR não pode iniciar o novo roteamento.

Configuração da Busca Preliminar

Para preservar a funcionalidade do AAR, o Cisco CallManager 4.1(3) introduziu os seguintes novos parâmetros de Configuração de Grupo de AAR na janela Configuração de Busca Preliminar do Cisco CallManager Administration:

Máscara de Número Externo—Este campo fornece uma máscara de número externo configurável em um número de busca preliminar (similar a uma máscara externa de telefone configurada para uma linha). O sistema usa a máscara para formatar as informações de identificação da linha chamadora para chamadas externas (de saída). Quando o AAR inicia um novo roteamento, o sistema aplica esta máscara de número externo ao número da busca preliminar para formar um DN totalmente qualificado da parte chamada, o que permite que o AAR faça um novo roteamento adequadamente nas condições fora da largura de banda.

AAR Group—O grupo AAR representa a área de discagem onde a linha/DN, a porta de correio de voz da Cisco e o gateway estão localizados. Escolha o nome do Grupo AAR desejado a partir da caixa de lista suspensa. (Os nomes exibidos nesta lista incluem os nomes atribuídos por você na janela Configuração de Grupo de Roteamento Alternativo Automatizado do Cisco CallManager Administration, acessível de Route Plan > AAR Group).


Observação Você pode habilitar o AAR em uma busca preliminar apenas se todos os membros do grupo de linha estiverem no mesmo local.


Você pode acessar os parâmetros de Configuração do Grupo AAR na janela Cisco CallManager Administration Hunt Pilot Configuration navegando até Route Plan > Route/Hunt > Hunt Pilot. Na janela Cisco CallManager Administration Hunt Pilot Configuration, role até a seção Definições de Grupo AAR.

Configuração de Parâmetro de Serviço

Além de realizar a Configuração do Grupo AAR, verifique se você configurou o seguinte parâmetro de serviço para permitir a função adequada do AAR:

Automated Alternate Routing Enable—Faça a configuração deste parâmetro para Verdadeiro para habilitar o AAR. Este parâmetro de serviço clusterwide determina a utilização ou não do roteamento alternado automático quando o sistema não tiver largura de banda suficiente. Os valores válidos incluem Verdadeiro (utilize AAR em situações de baixa largura de banda) ou Falso (não utilize AAR). O padrão especifica Falso.

Acesse o parâmetro Automated Alternate Routing Enable na janela Configuração de Parâmetros de Serviço do Cisco CallManager Administration navegando até Service > Service Parameters. Selecione o servidor onde reside o aplicativo Cisco CallManager. Na janela Configuração de Parâmetros de Serviço do Cisco CallManager, role até a seção Parâmetros de Clusterwide (Sistema - Roteamento Alternado Automático CCM) para configurar este parâmetro.

Para informações adicionais sobre o AAR, consulte o Guia de Administração do Cisco CallManager e o Guia do Cisco CallManager System.

Onde Encontrar Mais Informações

Configuração do Grupo de Roteamento Alternado Automático, Guia de Administração do Cisco CallManager

Entendendo os Planos de Rota, Guia do Sistema Cisco CallManager

Suporte para Annex M1 através de Troncos H.225 e Gateways H.323

O Cisco CallManager 4.1(3) prolonga sua interoperabilidade adicionando suporte para tunelamento QSIG via Annex M1 através dos troncos H.225 e gateways H.323. Com esta melhoria, o Cisco CallManager expande a funcionalidade QSIG permitindo fazer a configuração do protocolo de túnel para os troncos H.225 e gateways H.323 permitindo fazer a configuração para troncos intercluster.


Observação Esta capacidade aperfeiçoada foi testada apenas com equipamentos de comutação de terceiros designados. Consulte a Cisco CallManager Compatibility Matrix para informações sobre a interoperabilidade do recurso Annex M1 com fornecedores terceirizados: http://www.cisco.com/en/US/customer/docs/voice_ip_comm/cucm/compat/ccmcompmatr.html

Para obter informações sobre outro suporte de recurso e interoperabilidade de terceiros com o Cisco CallManager, consulte o Portal de Interoperabilidade do Cisco no seguinte URL: http://www.cisco.com/go/interoperability.


Nesta versão, o Cisco CallManager Administration atualiza a configuração habilitada do protocolo de túnel dos troncos H.225 e gateways H.323 nas janelas Configuração de Tronco e Configuração de Gateway do Cisco CallManager Administration.

Configuração de Tronco

Do Cisco CallManager Administration, navegue até a janela Configuração de Tronco (Device > Trunk > Add a New Trunk) e configure os seguintes campos:

Protocolo de Túnel—Selecione QSIG na lista suspensa para habilitar o protocolo de túnel para troncos H.225. O padrão especifica Nenhum.

Suporte para Substituição de Caminho) — O sistema marca automaticamente esta caixa de captura quando você seleciona a opção QSIG na lista suspensa Protocolo em Túnel. Por padrão, a caixa de captura continua desmarcada.

Configuração de gateway

Para concluir a configuração, configure os mesmos campos dos gateways H.323. Do Cisco CallManager Administration, navegue até Configuração de Gateway (Device > Gateway > Add a New Gateway) e configure os seguintes campos:

Protocolo de Túnel — Selecione QSIG na lista suspensa para habilitar o protocolo de túnel para gateways H.323. O padrão especifica Nenhum.

Suporte para Substituição de Caminho) — O sistema marca automaticamente esta caixa de captura quando você seleciona a opção QSIG na lista suspensa Protocolo em Túnel. Por padrão, a caixa de captura continua desmarcada.

Para mais informações, consulte o Guia de Administração do Cisco CallManager e o Guia do Cisco CallManager System.

Onde Encontrar Mais Informações

Configuração de Tronco, Guia de Administração do Cisco CallManager

Configuração de Gateway, Guia de Administração do Cisco CallManager

Entendendo Protocolos de Telefonia IP, Guia do Cisco CallManager System

Melhorias de Segurança

Esta seção inclui informações sobre as seguintes melhorias de segurança no Cisco CallManager 4.1(3):

Suporte para Análise de falhas de Gateway Seguro do Cisco IOS MGCP

Configurando Segurança para Portas de Correio de Voz

Suporte para Análise de falhas de Gateway Seguro do Cisco IOS MGCP

O Cisco CallManager 4.1(3) introduz suporte para a análise de falhas de gateway seguro do Cisco IOS MGCP . Com esta versão, uma nova ferramenta de depuração do TAC permite a captura de mensagens MGCP criptografadas e mensagens backhaul trocadas entre o Cisco CallManager e o gateway seguro do Cisco IOS MGCP. Esta ferramenta de análise de falhas diagnostica problemas de fluxo de sinalização VoIP e Real-Time Transport Protocol (RTP) analisando o tráfego de rede rastreado.

Para depurar problemas de sinalização com êxito, as ferramentas de análise de falhas necessitam capturar os pacotes de sinalização de texto simples (descriptografados) enviados e recebidos dos dispositivos seguros. Para depurar problemas de mídia, as ferramentas necessitam capturar as chaves de criptografia Secure Real-Time Transport Protocol (SRTP) trocadas nas mensagens de sinalização MGCP. O Cisco CallManager 4.1(3) adiciona uma interface para fornecer os pacotes de sinalização de texto simples para a depuração dos gateways do Cisco IOS MGPC. Os pacotes de sinalização do gateway incluem as mensagens MGCP baseadas em UDP e as mensagens backhaul baseadas em TCP.

A ferramenta de depuração estabelece a sessão criptografada Transport Layer Security (TLS) com o Cisco CallManager. O Cisco CallManager e a ferramenta de análise de falhas autenticam-se examinando o certificado no estabelecimento da sessão TLS. O Cisco CallManager também determina se a ferramenta de análise de falhas tem privilégios administrativos para receber as mensagens de sinalização seguras.

Quando um gateway seguro do Cisco IOS MGCP se registra no Cisco CallManager, o sistema recupera o Modo de Captura do Pacote de Sinal configurado e as configurações da Duração de Captura do Pacote para todos os dispositivos no gateway. Quando um dispositivo está configurado para a captura de pacote, o Cisco CallManager envia mensagens MGCP e backhaul para o gateway configurado para monitoramento em tempo real pela conexão TLS. Todas as mensagens MGCP e backhaul enviadas para a ferramenta de depuração não são criptografadas em texto simples mas são criptografadas em uma sessão TLS entre o Cisco CallManager e a ferramenta de análise de falhas.

Modos de Ferramenta de Análise de falhas

A ferramenta de análise de falhas, configurável por dispositivo, opera em dois modos:

Modo de operação em tempo real—Neste modo, o Cisco CallManager envia mensagens descriptografadas (não criptografadas) por um canal seguro para analisar dispositivos, o que elimina rastreamento da rede. Uma conexão TLS é aberta entre o Cisco CallManager e a ferramenta de depuração. Após a autenticação do Cisco CallManager e da ferramenta de depuração, o Cisco CallManager envia a mensagem SCCP (telefone) ou UDP e mensagens backhaul TCP (gateway) para todas as ferramentas de depuração conectadas em tempo real dos dispositivos habilitados para captura de pacotes. A ferramenta de depuração captura os pacotes SRTP e os descriptografa utilizando o material principal extraído das mensagens SCCP, UDP ou backhaul TCP descriptografadas.

Modo de operação de processamento em lote—Neste modo, o Cisco CallManager grava as mensagens descriptografadas no arquivo. O sistema criptografa cada arquivo e, diariamente, cria um novo arquivo com uma chave de criptografia. O Cisco CallManager armazena o arquivo por sete dias e armazena as chaves que criptografam o arquivo em um local seguro. A ferramenta de depuração utiliza HTTPS, o nome de usuário e senha do administrador e o dia especificado para solicitar um arquivo criptografado simples que contém os pacotes capturados; e também solicita as informações da chave para descriptografar o arquivo compactado criptografado.

Configurando a Captura de Pacotes na Janela de Configuração de Gateway MGCP

O Cisco CallManager Administration suporta os seguintes gateways do Cisco IOS MGCP com definições configuráveis para o Modo de Captura de Pacote e a Duração de Captura do Pacote por porta na janela Configuração de Gateway:

2600 XM

2691

Série 28XX incluindo 2801, 2811, 2821 e 2851

3660

3725

3745

Série 38XX incluindo 3825 e 3845

VG224 (no modo MGCP)

O valor e faixa padrão no Modo de Captura de Pacote e na Duração da Captura do Pacote é especificado como Nenhum (indica que não ocorreu captura de pacote) e 60, respectivamente. A Duração da Captura do Pacote é especificada com o número máximo de minutos por sessão de captura de pacote. A configuração padrão é especificada com 60; os valores permitidos são de 0 a 300 minutos.


Observação Lembre-se que as configurações do Modo de Captura de Pacote e a Duração de Captura do Pacote não são configuráveis para os gateways FXS de 24 portas do Cisco Catalyst 6000 e os gateways VoIP do Cisco Catalyst 6000 T1/E1 até que estes dispositivos suportem o SRTP.


Criptografia da Análise de falhas dos Cisco IP Phones e Cisco IOS MGCP Gateways

Visto que as ferramentas de análise de falhas de terceiros que rastreiam mídia e pacotes TCP não funcionam após a habilitação da criptografia, utilize o Cisco CallManager Administration para realizar as seguintes tarefas se ocorrer um problema:

Analise os pacotes de mensagens trocados entre o Cisco CallManager e o dispositivo (telefone ou gateway Cisco IOS MGCP).

Capture os pacotes SRTP entre os dispositivos.

Extraia o material da chave de criptografia de mídia das mensagens e descriptografe a mídia entre os dispositivos.

Dicas de Configuração (para Administradores)

Você pode capturar pacotes do Cisco IP Phone modelos 7940, 7960 e 7970.

Você pode capturar pacotes para os gateways do Cisco IOSMGCP relacionados na seção "Configurando a Captura de Pacotes na Janela de Configuração do Gateway MGCP".

Para a análise de falhas de criptografia de gateways do Cisco IOS MGCP e Cisco IP Phones, você deve configurar os campos o Modo de Captura de Pacote de Sinalização e Duração de Captura de Pacote por dispositivos no Cisco CallManager Administration.

Faça a configuração destes campos somente quando você estiver a fazer a análise de falhas de tráfego criptografado do dispositivo.

A Cisco recomenda enfaticamente que você não habilite a captura de pacote de vários dispositivos ao mesmo tempo porque esta tarefa pode causar o aumento da utilização da CPU no servidor do Cisco CallManager.

Você deve usar uma ferramenta de rastreamento do pacote de rede para capturar os pacotes SRTP entre os dispositivos. Após a captura dos pacotes, configure o Modo de Captura de Pacote de Sinal em Nenhum e o parâmetro de serviço Packet Capture Enable em Falso.

Após a captura dos pacotes, entre em contato com o Cisco Technical Assistance Center (TAC) para analisar os pacotes.

Onde Encontrar Mais Informações

Guia do Cisco CallManager Security

Configuração de Gateway, Guia de Administração do Cisco CallManager

Configurando Segurança para Portas de Correio de Voz

Ao fazer a configuração da segurança para portas de correio de voz do Cisco CallManager e os dispositivos do Cisco Unity SCCP, uma conexão TLS (handshake) é aberta para os equipamentos autenticados após cada dispositivo aceitar o certificado do outro. O sistema também envia fluxos SRTP entre dispositivos ao fazer a configuração dos dispositivos para criptografia.

Quando o modo de segurança do dispositivo é especificado como autenticado ou criptografado, o Cisco Unity TSP se conecta ao Cisco CallManager pela porta Cisco CallManager TLS.

Quando o modo de segurança do dispositivo é especificado como não seguro, o Cisco Unity TSP se conecta através da porta do Cisco CallManager SCCP.

Dicas de Configuração (para Administradores)

Você deve executar o Cisco Unity 4.0(5) ou superior com esta versão do Cisco CallManager.

Você pode usar o Assistente de Porta do Correio de Voz para fazer a configuração da segurança dos novos servidores de correio de voz. Você não pode alterar o Modo de Segurança do Dispositivo dos servidores de correio de voz existentes por meio do Assistente de Porta do Correio de Voz. Ao adicionar portas a um servidor de correio de voz existente, o modo de segurança do dispositivo que está configurado automaticamente se aplica às novas portas.

Para fazer a configuração da segurança usando o Assistente de Porta de Correio de Voz, selecione Feature > Voice Mail > Cisco Voice Mail Port Wizard no Cisco CallManager Administration.

Para fazer a configuração do Modo de Segurança do Dispositivo para uma porta de correio de voz simples, selecione Feature > Voice Mail > Cisco Voice Mail Port no Cisco CallManager Administration.

A definição dos parâmetros da empresa no Modo de Segurança do Dispositivo realiza a mesma configuração de segurança padrão para todas as portas de correio de voz e o Cisco IP Phone modelos 7940, 7960 e 7970 no cluster.

Além dos procedimentos descritos no Guia de Segurança do Cisco CallManager, você deve copiar o certificado do Cisco Unity de seu servidor para C:\Arquivos de Programa\Cisco\Certificates em cada servidor no cluster, como descrito em Guia de Integração do Cisco CallManager para o Cisco Unity 4.0. Depois de copiar o certificado, reinicie o serviço Cisco CallManager no Cisco CallManager Serviceability navegando até Application > Cisco CallManager Serviceability > Tools > Control Center.

Além das tarefas de configuração do Cisco CallManager Administration, você deve realizar tarefas de segurança no Cisco Unity utilizando o Cisco Unity Telephony Integration Manager; para obter informações sobre a realização destas tarefas, consulte o Guia de Integração do Cisco CallManager para o Cisco Unity 4.0.

Se o certificado do Cisco Unity expirar ou for alterado por qualquer razão, verifique se há novos certificados em cada servidor no cluster. A autenticação TLS falhará quando os certificados não forem compatíveis.

A configuração especificada no Cisco Unity Telephony Integration Manager deve ser compatível com o Modo de Segurança do Dispositivo da porta de correio de voz configurada no Cisco CallManager Administration.

A alteração do modo de segurança do dispositivo exige uma restauração dos dispositivos do Cisco CallManager no Cisco CallManager Administration e uma reinicialização do Cisco Unity Integration Manager. Se você alterar a configuração do Cisco CallManager Administration, também deve alterar a configuração do Cisco Unity.

Onde Encontrar Mais Informações

Guia do Cisco CallManager Security

Guia de Integração do Cisco CallManager para o Cisco Unity 4.0

Melhorias da Bulk Administration Tool

A Bulk Administration Tool (BAT) versão 5.1(4) suporta o Cisco CallManager versão 4.1(3) e oferece suporte para os seguintes recursos e otimizações:

Suporte BAT para Call Pickup Groups

Descrição do Campo Classificação de Nova Chamada

Suporte BAT para Call Pickup Groups

O BAT 5.1(4) agora oferece suporte aos grupos de captura de chamada. As seguintes diretrizes se aplicam quando o BAT for utilizado para fazer a configuração dos grupos de captura de chamada:

É possível criar um arquivo de valores separados por vírgula (CSV) através de BAT.xlt ou criar um arquivo CSV personalizado baseado em texto para adicionar as configurações do grupo de captura pela primeira vez.

Para atualizar, excluir ou adicionar configurações subseqüentes de grupos de captura de chamada, edite um arquivo CSV existente ou crie um arquivo CSV personalizado baseado em texto.

No arquivo/planilha, verifique se designou apenas uma linha simples para cada arquivo de captura e configuração correspondente. (Não digite dois ou mais nomes de grupo de captura em uma única linha.)

Por exemplo, use o seguinte formato quando inserir informações dos grupos de captura:

(Pickup Group Name, Pickup Group Number, Partition, Other Pickup Group Name-Member1... Other Pickup Group Name-Member10)

Marketing,7815,Parte1,Marketing,Gerentes,Treinamento

Ao adicionar novos grupos de captura, você deve concluir todos os campos necessários; por exemplo, nome e número do grupo de captura e partição. Você deve fornecer as informações no arquivo em todas as entradas obrigatórias.

Você deve usar arquivos CSV separados quando inserir e atualizar registros.

Ao excluir informações de um arquivo e deixar um valor em branco no seu lugar, as informações permanecem na base de dados do Cisco CallManager; ou seja, um valor em branco não substitui um valor existente na base de dados. Você deve atualizar o valor para substituir o valor existente na base de dados.

Verifique se os arquivos CSV apropriados foram copiados no diretório correto. O BAT oferece o seguinte diretório para os grupos de captura de chamada no servidor de editor do Cisco CallManager: C:\BatFiles\CPG\Insert\.

Sempre que você criar ou alterar um arquivo CSV, deve inserir o arquivo CSV no BAT.

Descrição do Campo Classificação de Nova Chamada

A interface da web do BAT 5.1(4) reflete uma alteração do nome no campo Destino do Mecanismo para pontos finais não-FXS de um gateway VG200 para Classificação de Chamada. Com esta alteração, o campo Classificação de Chamada substitui o campo Destino do Mecanismo no gabarito de gateway.

Utilize a seguinte descrição do campo Classificação de Chamada ao adicionar ou atualizar os valores das portas E&M dos troncos T1 CAS em um gateway Cisco VG200 e ao adicionar ou atualizar valores dos troncos T1 PRI ou E1 PRI em um gateway VG200.

Tabela 1 Descrição do Campo Classificação de Chamada

Campo
Descrição

Classificação de Chamada

Na lista suspensa, escolha uma opção para fazer a configuração do dispositivo na rede, fora da rede ou padrão do sistema. Se você escolher "Utilizar Padrão do Sistema" no nível do dispositivo, o sistema utilizará o valor do parâmetro de serviço para determinar se o dispositivo é interno (na rede) ou externo (fora da rede).


Para informações adicionais sobre os recursos e funcionalidade do BAT, consulte o Guia do Usuário do Bulk Administration Tool.

Onde Encontrar Mais Informações

Trabalhando com Grupos de Captura de Chamada, Guia do Usuário do Bulk Administration Tool

Trabalhando com Gateways e Portas, Guia do Usuário do Bulk Administration Tool

Guia do Usuário do Bulk Administration Tool

Melhorias do Dialed Number Analyzer

O Dialed Number Analyzer (DNA) permite a análise de um plano de discagem configurado do Cisco CallManager (um padrão por vez) e fornece detalhes sobre o fluxo de chamada dos dígitos discados. Na fase de pré-implementação, use a ferramenta para identificar problemas em um plano de discagem complexo; na fase de pós-implementação, use a ferramenta para identificar problemas em tempo real no fluxo de chamadas de dígitos discados.

O Cisco CallManager 4.1(3) atualiza o DNA para realizar a análise de vários números discados fornecendo uma interface que permite análises múltiplas e testes em grande escala do planos de discagem, junto com a geração de um relatório de saída em lote correspondente.

Análise do DNA Utilizando Vários Analisadores

Nesta versão do Cisco CallManager, o DNA fornece uma janela Multiple Analyzer que permite a você escolher um arquivo CSV que contenha uma lista de dados exigidos para análise. O DNA processa o arquivo CSV e exibe os resultados de saída em lote.

Durante a instalação do DNA, o modelo, DNATemplate.zip, é carregado no servidor. Use este modelo para criar um arquivo CSV contendo vários conjuntos de números de chamador e dígitos discados correspondentes, espaços de pesquisa de chamada, fusos horário dos dispositivos, fusos horários e informações de data e hora. Faça upload ou download desses arquivos utilizando a janela Multiple Analyzer no DNA.


Observação O sistema suporta um máximo de 500 entradas no arquivo CSV para múltiplas análises.


Consulte o Guia do CallManager Dialed Number Analyzer para mais informações sobre Multiple Analyzer, incluindo a criação de um arquivo de entrada CSV utilizando o gabarito DNA, fazendo upload ou download de arqiuvos, e visualizando e analisando os conteúdos de arquivo.


Cuidado O recurso de várias análises consome uma grande quantidade de recursos da CPU, o que pode causar grande impacto no desempenho da base de dados. A Cisco recomenda enfaticamente que você só realize a análise múltipla durante as horas fora de pico para minimizar os problemas de desempenho de rede.

Onde Encontrar Mais Informações

Guia do Cisco CallManager Dialed Number Analyzer

Informações Novas e Alteradas do Cisco CallManager Serviceability

Esta seção descreve os seguintes recursos e alterações de operacionalidade relativos a esta versão do Cisco CallManager:

Atualização do Tipo de Chamada nos Resultados de Pesquisa do CDR

Atualização do Tipo de Chamada nos Resultados de Pesquisa do CDR

O Cisco CallManager 4.1(3) atualiza o CDR Analysis and Reporting (CAR) preenchendo o campo Tipo de Chamada nos resultados de pesquisa do Cisco CallManager Call Detail Record (CDR) com "pickup" para captura automática, captura de grupo automática e outras chamadas de captura automática. O CAR pode distinguir entre chamadas de captura automática/captura de grupo automática e encaminha as chamadas visto que os CDRs fazem distinção entre estes tipos de chamada.

Com esta inclusão, a pesquisa de CDR oferece as seguintes informações descritivas do campo Call Type:

O tipo de chamada: simples, transferência, encaminhada, captura ou conferência.

Nas versões anteriores, os CDRs ainda categorizam as chamadas de captura, captura de grupo e outras capturas como chamadas encaminhadas, e o CAR preenche o campo Call Type destes tipos de chamada com encaminhada.

Para mais informações sobre CDR Analysis and Reporting (CAR) consulte o Guia de Administração do Cisco CallManager Serviceability. Para mais informações sobre captura automática e captura automática de grupos, consulte a seção "Melhorias dos Recursos Call Pickup e Group Call Pickup" no Guia de Administração do Cisco CallManager e em Guia do Cisco CallManager System.

Onde Encontrar Mais Informações

Guia do Cisco CallManager Serviceability System

Guia de Administração do Cisco CallManager Serviceability

Guia de Administração do Cisco CallManager

Guia do Cisco CallManager System

Informações Novas e Alteradas para Aplicativos de Terceiros e do SDK

Esta seção descreve os novos recursos de aplicativos do Cisco CallManager e do SDK de terceiros relativos a esta versão do Cisco CallManager:

Melhorias no JTAPI

Atualização de Registros de CDR para Recursos Call Pickup

Melhorias no JTAPI

O Cisco CallManager 4,.1(3) inclui o suporte ao sistema operacional do Microsoft Windows 2003 no JTAPI InstallShield.

Consulte o Guia de Instalação do Cisco JTAPI para obter uma lista completa de sistemas operacionais compatíveis.

Onde Encontrar Mais Informações

Para informações sobre aplicativos SDK e terceiros, consulte o Guia dos Desenvolvedores do Cisco JTAPI para o Cisco CallManager 4.1(3) no seguinte URL:

http://www.cisco.com/univercd/cc/td/doc/product/voice/vpdd/cdd/4_1/

Atualização de Registros de CDR para Recursos Call Pickup

Com o Cisco CallManager 4.1(3), o conteúdo aperfeiçoado dos registros de CDR oferece suporte para o recurso de captura automática. (Consulte a seção "Melhorias dos Recursos Call Pickup e Group Call Pickup" para mais informações sobre os aperfeiçoamentos de captura de chamada.)

Pickup Automático

O novo recurso captura automática gera apenas dois recursos de CDR:

CDR para a chamada que está tocando—O sistema define os campos origTerminationOnBehalfOf e destTerminationOnBehalfOf para 16 (Pickup); esta configuração indica que a chamada foi concluída em nome do recurso Pickup.

CDR para a chamada conectada final que foi capturada—O sistema define os campos lastRedirectOnBehalfOf e lastRedirectOnBehalfOf para 16 (Pickup); esta configuração indica que a chamada entrou em nome do recurso Pickup. O lastRedirectDn contém a parte que estava chamando quando a chamada foi capturada. O lastRedirectRedirectReason contém a razão de redirecionamento 5 (Pickup).

Ambos os CDRs têm o mesmo identificador de chamadas.

Pickup

Os CDRs permanecem os mesmos para os recursos de captura de chamadas existentes (Call Pickup, Group Call Pickup e Other Group Pickup).

Os recursos Pickup existentes geram apenas um registro CDR. O sistema configura os campos origCalledPartyRedirectOnBehalfOf, lastRedirectRedirectOnBehalfOf e joinOnBehalfOf para 5 (Call Forward); esta configuração indica que o recurso Call Forward redireciona a chamada. O origCalledPartyRedirectReason e lastRedirectRedirectReason contêm o código da razão de redirecionamento 5 (Pickup).

Onde Encontrar Mais Informações

Guia do Cisco CallManager Serviceability System

Guia de Administração do Cisco CallManager Serviceability

Notas importantes

A seguinte seção contém informações importantes que podem estar indisponíveis na versão inicial da documentação do Cisco CallManager versão 4.1.

Usando Cisco Unity Consult Transfer com Cisco CallManager Onhook Call Transfer

Executando Operações CAPF em Cisco IP Phones Através de Conexão VPN

Adicionando Cisco CallManager Servers

Instalador Local para o Cisco CallManager Versão 4.1(3)

Usando o Utilitário de Atualização JTAPI com CRS

Requisitos para Atualização do CRS e Cisco CallManager 4.1

Falhas nas Chamadas do NetMeeting Quando T.38 é Anunciado para o NetMeeting

Barra de Status da Instalação do Cisco CallManager

Considerações sobre Pontos de Roteamento CTI

Atualização da Escalabilidade do Cisco CallManager Extension Mobility

Desabilitando o IPSec para Atualizações do Cisco CallManager

Suporte para Multicluster Integration com o Active Directory

Requisitos para Instalação do Java Virtual Machine

Usando Cisco Unity Consult Transfer com Cisco CallManager Onhook Call Transfer

Quando o Cisco Unity está configurado para realizar a transferência de consulta de uma chamada recebida, a parte chamada tem a opção de pressionar "1" para aceitar a chamada e "2" para enviar a chamada ao correio de voz.

O Cisco CallManager 4.1(3) adiciona o recurso Onhook Call Transfer, que tem interações com a função de transferência do Cisco Unity.

Quando o parâmetro de serviço Transfer On-hook Enabled está definido em Falso (padrão), este recurso trabalha como designado.

Entretanto, se você fizer a configuração do parâmetro de serviço Transfer On-hook para Verdadeiro (para habilitar o recurso de transferência de chamada no gancho), o Cisco Unity conclui a transferência de chamada em vez de enviar a chamada de correio de voz quando a parte chamada pressiona "2."

Este problema ocorre com o Cisco Unity versão 4.040 e o Cisco CallManager versão 4.1(3).

Para mais informações, consulte http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa71042

Para mais informações sobre o recurso Onhook Call Transfer, consulte a seção "Melhorias nas Transferências de Chamadas".

Executando Operações CAPF em Cisco IP Phones Através de Conexão VPN

Ao realizar qualquer operação de Certificate Authority Proxy Function (CAPF), como instalação, atualização ou exclusão de certificados significativos localmente (LSC), em um Cisco IP Phone que se conecta ao Cisco CallManager via VPN, você deve realizar uma ação especial para assegurar que a porta de telefone CAPF não fique bloqueada. (Se a porta de telefone CAPF estiver bloqueada, todas as operações CAPF falharão.)


Observação O Cisco IP Phone utiliza a porta de telefone CAPF para se conectar ao CAPF. Você não pode realizar operações de certificado pelo CAPF quando a porta de telefone CAPF estiver bloqueada.


Antes que quaisquer operações CAPF possam ocorrer, o CAPF deve se autenticar e se comunicar com o Cisco IP Phone utilizando a porta especificada no Cisco CallManager Administration. (Este valor de porta pode ser encontrado no campo "Porta de Telefone CAPF" na janela Enterprise Parameters Configuration do Cisco CallManager Administration acessando System > Enterprise Parameters e rolando até a seção Parâmetros de Segurança.)

Após a autenticação CAPF, o telefone pode baixar seu LSC e registrar-se no Cisco CallManager no modo seguro. Se o cluster do Cisco CallManager estiver configurado para o modo mesclado e o telefone estiver configurado para o modo seguro (autenticado ou criptografado), o telefone pode fazer o download de seu certificado do CAPF antes que o modo de segurança esteja ligado. Se o telefone não puder fazer o download do LSC, ele não pode se registrar no Cisco CallManager no modo seguro, mas mantém a capacidade de se registrar no Cisco CallManager no modo não-seguro.

A realização de qualquer operação CAPF em um Cisco IP Phone que se conecta ao Cisco CallManager via VPN falhará se o porta do telefone CAPF estiver bloqueada por qualquer razão, como por firewall. Quando este bloqueio ocorre, o telefone não pode fazer o download do LSC do CAPF e não pode se registrar no modo seguro do Cisco CallManager mesmo que o modo de segurança seja autenticado ou criptografado. Nesta situação, o telefone exibe a mensagem "Registration Rejected".

Para resolver esta situação, você pode realizar uma das seguintes ações:

Faça a configuração do firewall para abrir a porta de telefone CAPF especificada no Cisco CallManager Administration para permitir a conexão à porta de telefone CAPF.

Conecte o telefone à rede corporativa para realizar todas as tarefas de configuração relacionadas à segurança, incluindo operações CAPF; conecte o telefone à rede VPN para assegurar a funcionalidade do modo seguro com o Cisco CallManager. (Esta ação permite que o telefone trabalhe com o certificado atual; se a porta de telefone CAPF estiver bloqueada por um firewall, quaisquer novas operações relacionadas a CAPF no telefone falharão.)

Para mais informações, consulte http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa67823

Onde Encontrar Mais Informações

Guia do Cisco CallManager Security

Adicionando Cisco CallManager Servers

No Cisco CallManager Administration, verifique se você adicionou cada servidor apenas uma vez na janela Server Configuration (System > Server). Se você adicionar um servidor usando o nome de host e adicionar o mesmo servidor usando o endereço de IP, o Cisco CallManager não poderá determinar precisamente as versões dos componentes do servidor após a atualização do Cisco CallManager. Se houver duas entradas no Cisco CallManager Administration para o mesmo servidor, exclua uma delas antes da atualização.

Instalador Local para o Cisco CallManager Versão 4.1(3)

Para obter um melhor desempenho, verifique se está utilizando o Cisco IP Telephony Locale Installer versão 4.1(3) com o Cisco CallManager versão 4.1(3).


Observação Lembre-se que nem todas as frases podem ser exibidas no local desejado ao ser instalada esta versão do Locale Installer em um sistema que não esteja executando o Cisco CallManager 4.1(3); ou seja, o Cisco CallManager 4.1(3) SR(x) ou superior ou o Cisco CallManager 4.1(2) SR(x) e anterior.


Consulte o arquivo readme publicado no software do Cisco IP Telephony Locale Installer em http://www.cisco.com para uma lista completa de idiomas suportados.

Para uma lista de instaladores locais disponíveis suportados para uso com versões específicas do Cisco CallManager, acesse o seguinte URL: http://www.cisco.com/kobayashi/sw-center/telephony/callmgr/locale-installer.shtml.


Dica Ao usar instaladores locais, a Cisco recomenda esperar até que o instalador local compatível especificado pelo Cisco CallManager 4.1(3) se torne disponível antes da atualização do sistema para esta versão do Cisco CallManager. Já que pode ocorrer incompatibilidades entre versões, certifique-se de somente usar o instalador local que suporta especificamente sua versão do Cisco CallManager.



Observação Cada versão do Cisco CallManager pode suportar um número diferente de instaladores locais. Você pode encontrar o conjunto completo de Locale Installers que trabalham com o Cisco CallManager 4.1(3) em http://www.cisco.com cerca de oito a dez semanas após a disponibilização da versão em inglês. Faça o download dos Locale Installers em todos os idiomas compatíveis com o Cisco CallManager 4.1 no seguinte local: http://www.cisco.com/pcgi-bin/tablebuild.pl/callmgr-locale-41.


Onde Encontrar Mais Informações

Guia do Cisco CallManager Features and Services

Usando o Utilitário de Atualização JTAPI com CRS

Os servidores do Cisco Customer Response Solutions (CRS) incluem um utilitário de atualização JTAPI que realiza a sincronização do Plug-in do Cisco CallManager com o servidor CRS e o Cisco Agent Desktop (CAD). Você deve executar esta ferramenta de atualização para assegurar a operação bem sucedida do servidor CRS.

Se você tem o CRS ou Cisco CallManager Extended Services instalado (ou co-localizado com o servidor do Cisco CallManager em um servidor separado) e atualizar e/ou instalar o Cisco CallManager, deve realizar uma ação adicional para assegurar a sincronização do plug-in.

Visto que a atualização do servidor Cisco Call Manager pode incluir um componente do Plug-in JTAPI atualizado, verifique se está sendo executado o utilitário de atualização JTAPI no servidor CRS para atualizar o cliente JTAPI. A execução do utilitário de atualização JTAPI no servidor CRS, após a atualização do Cisco CallManager, assegura que o Plug-in JTAPI está devidamente instalado.


Observação A execução simples do instalador de plug-in para instalar o Plug-in JTAPI no servidor CRS (em vez de executar o utilitário de atualização JTAPI) não copia o arquivo jtapi.jar para a pasta compartilhada do CRS, deixando a atualização em um estado não-concluído.


Para informações detalhadas sobre o utilitário de atualização JTAPI, consulte o Guia do Cisco Customer Response Applications Administrator em http://www.cisco.com/univercd/cc/td/doc/product/voice/sw_ap_to/apps_3_5/english/admn_app/apadm35,pdf.

Requisitos para Atualização do CRS e Cisco CallManager 4.1

Os clientes do Cisco CRS que executam atualmente o CRS versão 3.5(1) com o Cisco CallManager 4.0 (co-localizado com o servidor Cisco CallManager ou um servidor separado) deve atualizar seus servidores CRS para a versão 3.5(2) antes de atualizar para o Cisco CallManager 4.1.


Observação Uma vez que o instalador CRS 3.5(1) não é compatível com o Cisco CallManager 4.1, o instalador CRS 3.5(1) pode falhar se for executado após a atualização do servidor para o Cisco CallManager 4.1.


Devido ao problema de incompatibilidade, você deve executar novamente o instalador CRS 3.5(1) após a implementação das seguintes situações:

Recuperação de desastre quando a estabilização do sistema exigir a reinstalação do software CRS 3.5(1)—Neste caso, uma recuperação de backup exige o CRS 3.5(1); caso contrário, serão perdidos dados de histórico e de configuração.

A atualização da licença de produto CRS para obter funcionalidade adicional—Neste caso, o instalador CRS 3.5(1) falhará, mas o instalador CRS 3.5(2) será bem-sucedido.


Observação O CRS 3.5(2) é compatível com o Cisco CallManager 4.0 e o Cisco CallManager 4.1.


Para mais informações, consulte http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef83104

Falhas nas Chamadas do NetMeeting Quando T.38 é Anunciado para o NetMeeting

Quando uma chamada é feita para ou do NetMeeting, e o dispositivo chamador/chamado anuncia T.38 para o NetMeeting no Terminal Capability Set (TCS), o NetMeeting não reconhece corretamente o TCS e a chamada é encerrada. Se o If T.38 não for anunciado para o NetMeeting, a chamada será concluída.

Para assegurar a conclusão bem-sucedida da chamada, faça a configuração do dispositivo chamador/chamado para não anunciar o T.38 ao NetMeeting ou utilizar um dispositivo chamador/chamado que não anuncia o T.38.

Para mais informações, consulte http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef36817.

Barra de Status da Instalação do Cisco CallManager

Durante a instalação ou atualização do Cisco CallManager 4.1, é possível que o programa de instalação reinicie a barra de status várias vezes. O andamento da barra de status pode ser reiniciado à medida que cada pacote de software é instalado e à medida que o programa de instalação configura sua máquina. Certifique-se de não reiniciar o servidor até que o processo de instalação solicite o reinício.

Considerações sobre Pontos de Roteamento CTI

Quando um ponto de roteamento CTI contém 200 chamadas, as chamadas adicionais (acima de 200) exibirão um desempenho menor. Se o aplicativo CTI necessitar de mais de 200 chamadas, a Cisco recomenda que você faça a configuração de vários pontos de roteamento CTI.


Observação Ainda que o Cisco CallManager Administration, Configuração de Número de Diretório, forneça um valor padrão de 5000 para o parâmetro de Número Máximo de Chamadas, a diminuição é exibida após 200 chamadas ativas.


Atualização da Escalabilidade do Cisco CallManager Extension Mobility

O Guia do Cisco CallManager Features and Services diz que o Cisco CallManager Extension Mobility suporta um máximo de 2000 operações seqüenciais de logon e logout por hora. Este número representa os logons ou logouts mínimos suportados.

O Cisco CallManager Extension Mobility executado em plataformas de hardware maiores, como a MCS-7845, podem suportar mais operações seqüenciais de logon (ou logout) por hora. Por exemplo, a MCS-7845 pode realizar 4500 operações de logon e logout por hora.

Desabilitando o IPSec para Atualizações do Cisco CallManager

A Cisco recomenda que você desabilite temporariamente o IP Security Protocol (IPSec) antes da atualização do servidor Cisco CallManager para a versão 4.1.

Se você habilitou o IPSec no servidor, deve realizar as seguintes etapas de configuração como mostrado na seção "Desabilitando o IPSec no Cisco CallManager Server" para desabilitar o protocolo de segurança antes do início do processo de atualização.

Após a conclusão da atualização do Cisco CallManager, reabilite o IPSec. Consulte a seção "Habilitando o IPSec no Cisco CallManager Server" para obter informações de configuração.

Desabilitando o IPSec no Servidor Cisco CallManager

Para desabilitar o IPSec, execute as etapas a seguir:

Procedimento


Etapa 1 Selecione Start > Programs > Administrative Tools > Local Security Policy.

Etapa 2 Clique duas vezes em IP Security Policies on Local Machine para exibir as configurações de segurança local.


Dica Você pode emitir o comando secpol.msc em um prompt de comando, como uma alternativa para as seguintes Etapa 1 e Etapa 2.


Etapa 3 Procure a coluna Policy Assigned, exibida no painel da janela à direita, para identificar a política ativa para o servidor Cisco CallManager.


Dica Verifique se anotou a política de segurança ativa, para que possa ser habilitada após a atualização.


Etapa 4 Clique com o botão direito na política ativa e selecione unassign.


Habilitando o IPSec no Cisco CallManager Server

Após a conclusão da atualização do Cisco CallManager para a versão 4.1, reabilite o IPSec no servidor Cisco CallManager.

Para habilitar o IPSec, execute as etapas a seguir:

Procedimento


Etapa 1 Selecione Start > Programs > Administrative Tools > Local Security Policy.

Etapa 2 Clique duas vezes em IP Security Policies on Local Machine para exibir as configurações de segurança local.


Dica Você pode emitir o comando secpol.msc em um prompt de comando, como uma alternativa para as seguintes Etapa 1 e Etapa 2.


Etapa 3 Procure a coluna Policy Assigned, exibida no painel da janela à direita, para identificar a política do servidor Cisco CallManager.

Etapa 4 Clique com o botão direito na política anteriormente ativa no servidor e selecione assign.


Suporte para Multicluster Integration com o Active Directory

A Cisco oferece suporte para a integração de vários clusters do Cisco CallManager com a mesma floresta do Microsoft Windows Active Directory (AD), com as seguintes advertências:

Devido à natureza complexa de um grande número de possíveis combinações de configurações de AD do cliente e de aplicativos de voz Cisco que podem ser implantados em conjunto com o Cisco CallManager e que também usam o diretório, você deve adotar diretrizes específicas.

Antes de passar para uma integração multicluster, entre em contato com a equipe comercial local da Cisco para iniciar uma requisição desse suporte específico.

Ao implementar outros aplicativos de voz Cisco diferentes do Cisco CallManager, incluindo CAR, Multilevel Administration (MLA), Cisco IP Contact Center (IPCC), e Cisco IPCC Express, poderão ser aplicadas limitações adicionais. Para informações adicionais, consulte a documentação aplicável e as Release Notes de seu produto específico.

Para mais informações, consulte http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeh02155

Requisitos para Instalação do Java Virtual Machine

Os seguintes requisitos entraram em vigor com o Cisco CallManager 4.1.

A tecnologia Microsoft Java Virtual Machine (MSJVM) permite que os aplicativos Java sejam executados em computadores baseados no Microsoft Windows. Algumas versões do Microsoft Internet Explorer (um componente do sistema operacional Windows) incluíam o MSJVM, mas a Microsoft interrompeu a distribuição do MSJVM em seu software e anunciou o fim do suporte do produto.

O MSJVM foi instalada por padrão em todas as versões de estações de trabalho de cliente dos sistemas operacionais Windows, com exceção das seguintes versões:

Windows XP Professional com SP1 slipstreamed na instalação

Windows 2000 Server/Professional com SP4 slipstreamed na instalação


Observação Visto que as janelas Cisco CallManager Administration dependem de scripts remotos, que dependem do JVM para interação na web, o Cisco CallManager exige o uso de JVM na máquina do cliente para assegurar que as janelas do Cisco CallManager Administration sejam exibidas corretamente.


Se a máquina do seu cliente executar o MSJVM, você pode continuar a usar a configuração existente para navegar até as janelas do Cisco CallManager Administration e realizar tarefas administrativas.

Se o MSJVM não estiver instalado na máquina do cliente (ou se receber uma mensagem de erro dizendo que o Cisco CallManager não pôde detectar o JVM na máquina do cliente) e você necessitar realizar tarefas do Cisco CallManager Administration, você deve instalar e fazer a configuração do Sun Microsystems Java Virtual Machine (JVM) na máquina do cliente. (O Sun JVM faz parte do Java 2 Runtime Environment—JRE.) Além disso, você deve fazer a configuração da segurança do navegador para estar com o Java habilitado. Consulte a seção "Instalação do JRE" para mais informações sobre a instalação do JRE na máquina do cliente.

Se você não tem certeza se o MSJVM está instalado na máquina do cliente, instale o Sun J2RE mesmo assim. Haveria então dois Java Runtime Environments instalados e em execução na sua máquina.


Dica Ao executar dois produtos JVM separados (MSJVM e Sun J2RE) na máquina de seu cliente, verifique se fez o download e a instalação de correções e atualizações de segurança de cada JVM do fornecedor de software apropriado (Microsoft e Sun).


Instalação do JRE

Como parte da instalação do Cisco CallManager, o sistema fornece um software ao cliente do Sun JRE em um arquivo zip instalado no servidor Cisco CallManager.


Observação O Windows XP/XP Professional inclui uma ferramenta embutida que trata de arquivos zip. Se você usa o Windows 2000 como sistema operacional, é necessário um utilitário de descompactação separado (como o WinZip) para armazenar e acessar arquivos zip.



Dica Verifique se você instalou a versão 2000.2.7 do sistema operacional Cisco IP Telephony com a mais recente versão de serviço 2000.2-7-sr(x) antes de atualizar para o Cisco CallManager versão 4.1(3). Consulte a seção "Guia de Instalação do Sistema Operacional" para obter outras informações.


Para instalar o software JRE no PC do cliente, siga essas etapas:

Procedimento


Etapa 1 Do servidor Cisco CallManager, navegue até o diretório C:\utils\JRE e procure o arquivo J2RE_Client_<jre version>.zip.

A seguir, um exemplo do nome do arquivo zip:

J2RE_Client_1.4.2_05.zip


Observação Apenas o Cisco CallManager Administrator pode acessar o software JRE no servidor Cisco CallManager; para habilitar o acesso a outros usuários, copie o arquivo J2RE_Client_<jre version>.zip para um servidor que pode ser compartilhado por todos os usuários.


Etapa 2 Clique com o botão direito no arquivo J2RE_Client_<jre version>.zip e clique em Copy para copiar o arquivo para o PC do cliente.

Etapa 3 Clique duas vezes no arquivo J2RE_Client_<jre version>.zip para descompactar o arquivo executável de instalação Sun J2RE.

Etapa 4 Clique duas vezes no arquivo executável de instalação no PC do cliente.

A seguir, um exemplo do nome do arquivo executável de instalação zip:

j2re-1_4_2_04-windows-i586-p.exe


Observação O nome exato do arquivo executável de instalação muda a cada versão conforme o número da versão é incorporado ao nome.


O software JRE é instalado no diretório C:\Arquivos de Programa\Cisco\Java\JRE.



Observação Consulte o Guia de Administração do Cisco CallManager para informações detalhadas sobre as janelas de configuração de administração.


Onde Encontrar Mais Informações

Guia de administração do Cisco CallManager

Advertências Resolvidas no Cisco CallManager - Versão 4.1(3)

Você pode encontrar as últimas informações de advertências resolvidas para o Cisco CallManager versão 4.1(3) utilizando o Bug Toolkit, que é uma ferramenta on-line disponível para que os clientes consultem defeitos de acordo com suas próprias necessidades.


Dica É necessário possuir uma conta na Cisco.com (Cisco Connection Online) para utilizar o Bug Toolkit e encontrar as advertências abertas e resolvidas de qualquer severidade para qualquer versão.

Para acessar o Bug Toolkit, faça logon em http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/launch_bugtool.pl.


Esta seção inclui os seguintes tópicos:

Usando o Bug Toolkit

Salvando Consultas do Bug Toolkit

Usando o Bug Toolkit

Para acessar o Bug Toolkit, são necessários os seguintes itens:

Conexão com a Internet

Navegador da web

Identificação de usuário e senha da Cisco.com

Para utilizar o Bug Toolkit, siga este procedimento.

Procedimento


Etapa 1 Para acessar o Bug Toolkit, acesse http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/launch_bugtool.pl.

Faça logon com a identificação de usuário e senha da Cisco.com.

Etapa 2 Clique na hiperligação Ativar Bug Toolkit.

Etapa 3 Se estiver procurando informações sobre uma advertência específica, digite o número de identificação no campo "Enter known bug ID:".

Para visualizar todas as advertências do Cisco CallManager, vá para a seção "Procurar bugs em outros produtos de hardware e software da Cisco" e digite Cisco CallManager no campo Nome do Produto. Opcionalmente, você pode rolar até a lista de nome de produtos e clicar em Cisco CallManager.

Etapa 4 Clique em Avançar. A janela de pesquisa do Cisco CallManager é exibida.

Etapa 5 Escolha os filtros para consultar as advertências. Você pode escolher qualquer uma das opções disponíveis:

a. Escolha a versão do Cisco CallManager:

Escolha a versão mais importante para as versões principais (como 4.1, 4.0, 3.3).

Uma versão principal contém novos recursos, otimizações, alterações de arquitetura e/ou consertos de defeitos.

Escolha a revisão para informações mais específicas; por exemplo, a escolha da versão principal 4.1 e a versão de revisão 3 é consultada para advertências 4.1(3).

Uma versão de revisão (manutenção) contém primeiramente correções de defeitos para tratar problemas específicos, mas também pode incluir novos recursos e/ou otimizações.

b. Escolha Recursos ou Componentes para consultar; faça sua captura na lista "Disponível" e clique em Adicionar para colocar sua captura na lista "Limitar pesquisa para".

Para consultar todas as advertências do Cisco CallManager para uma versão específica, selecione "Todos os Recursos" no painel da janela à esquerda.


Observação O valor padrão é especificado como "Todos os Recursos" e inclui todos os itens no painel da janela à esquerda.


Para consultar apenas as advertências relacionadas ao Cisco CallManager, selecione "ciscocm" e clique em Adicionar.

Para consultar apenas as advertências de telefonia, selecione "ciscocm-phone" e clique em Adicionar.

Para consultar apenas as advertências de gateway, selecione "voice-gateway" e clique em Adicionar.

c. Insira palavras-chave para pesquisar o título e descrição de uma advertência, se desejado.


Observação Para fazer consultas menos específicas, use All wildcard para as opções major versão/revisão principal, recursos/componentes e palavra-chave.


d. Selecione Definir Opções Avançadas, incluindo os seguintes itens:

Nível Bug Severity—O padrão é especificado como 1-3.

Bug Status Group—Marque a caixa de capturaFixed para as advertências resolvidas.

Release Note Enclosure—O padrão é especificado como Valid Release Note Enclosure.

e. Clique em Avançar.

O Bug Toolkit retorna a lista de advertências com base na sua consulta.

Você pode modificar seus resultados enviando outra consulta e usando critérios diferentes.

Você pode salvar sua consulta para utilização futura. Consulte a seção "Salvando Consultas do Bug Toolkit".



Observação Para obter ajuda on-line detalhada com Bug Toolkit, clique em Ajuda na janela Bug Toolkit.


Salvando Consultas do Bug Toolkit

O Bug Toolkit permite criar e salvar suas consultas para monitorar um defeito específico ou situação de rede. Você pode editar uma pesquisa salva a qualquer momento para alterar as condições de alerta, os defeitos a serem observados ou o perfil da rede.

Siga este procedimento para salvar as consultas do Bug Toolkit.

Procedimento


Etapa 1 Realize suas pesquisas sobre advertências, como descrito na seção "Usando o Bug Toolkit".

Etapa 2 Na janela de resultado de pesquisa, clique no botão Este Critério de Busca que é exibido no fim da janela.

Uma nova janela é exibida.

Etapa 3 No campo Nome da pesquisa salva, digite o nome da pesquisa salva.

Etapa 4 Em My Bug Groups, use uma das seguintes opções para salvar seus defeitos em um grupo de bug:

Clique no botão de opção Grupo existente e selecione o nome do grupo existente na lista suspensa.

Clique no botão de opção Criar novo grupo chamado: e digite o nome do grupo para criar um novo grupo para esta pesquisa salva.


Observação Este grupo de bug conterá os bugs identificados utilizando o critério de pesquisa salvo. Cada vez que um novo bug corresponde ao critério de pesquisa, o sistema o adiciona ao grupo escolhido.


O Bug Toolkit salva bugs e pesquisas, que ficam disponíveis na janela My Stuff. (A janela My Stuff permite visualizar, criar e/ou modificar os grupos de bug existentes ou pesquisas salvas. Selecione a ligação My Stuff para visualizar uma lista de todo os seus grupos de bug.)

Etapa 5 Em Email Update Options, você pode escolher configurar as preferências de notificação de e-mail opcionais se quiser receber atualizações automáticas de uma alteração de status de bug. O Bug Toolkit oferece as seguintes opções:

Do NOT send me any email updates—Se você escolher estas configurações padrão, o Bug Toolkit não envia notificações por e-mail.

Send my updates to:—Clique no botão de opção para selecionar esta opção para enviar notificações de e-mail para a identificação de usuário digitado no campo. As opções de notificação adicionais incluem

Updates as they occur—O Bug Toolkit fornece atualizações baseadas na alteração do status.

Weekly summaries—O Bug Toolkit fornece atualizações resumidas semanalmente.

Apply these email update options to all of my saved searches—Marque esta caixa de captura para usar estas opções de atualização por e-mail para todas as pesquisas salvas.

Etapa 6 Para salvar as alterações, clique em Salvar.

Etapa 7 Uma janela exibirá o(s) grupo(s) de bug salvos. Nesta janela, você pode clicar em um nome de grupo de bug para ver os bugs e pesquisas salvos; e também pode editar o critério de pesquisa.



Observação Para informações das release notes de firmware do Cisco IP Phone, consulte as release notes de firmware aplicáveis ao modelo específico de telefone IP em http://www.cisco.com/univercd/cc/td/doc/product/voice/c_ipphon/english/.


Advertências Abertas do Cisco CallManager - Versão 4.1(3)

A Tabela 2 descreve comportamentos inesperado possíveis do Cisco CallManager versão 4.1(3), classificados por componente. A menos que especificado de outra forma, estas advertências se aplicam às versões do Cisco CallManager 3.0 até e incluindo o Cisco CallManager versão 4.1(3).


Dica Para mais informações sobre um defeito individual, clique no Identificador associado na Tabela 2 para acessar o registro on-line daquele defeito, incluindo soluções disponíveis.


Entendendo os Campo Fixed-in Version e Integrated-in Fields no Registro de Defeitos On-line

Ao abrir o registro on-line de um defeito, é possível visualizar os dados nos campos "First Fixed-in Version" ou "Integrated-in". As informações exibidas nestes campos identificam a lista de versões temporárias do Cisco CallManager em que o defeito foi corrigido. As versões temporárias são integradas nas versões do Cisco CallManager.

Algumas versões mais definidas claramente incluem a identificação de Engineering Specials (ES) ou Service Releases (SR); por exemplo 03.3(04)ES29 e 04.0(02a)SR1. Entretanto, as informações da versão exibidas nas versões de manutenção Cisco CallManager não podem ser claramente identificadas.

Os seguintes exemplos mostram como você pode decodificar as informações da versão temporária da versão de manutenção. Estes exemplos mostram o formato da versão temporária juntamente com a versão do Cisco CallManager correspondente que inclui a versão temporária. Você pode usar estes exemplos como diretrizes para entender melhor a apresentação das informações nestes campos.

003.003(002.079) = Cisco CallManager versão 3.3(3)

003.003(003.144) = Cisco CallManager versão 3.3(4)

004.000(000.123) = Cisco CallManager versão 4.0 (1)

004.000(001.008) = Cisco CallManager versão 4.0 (2)

004.001(002.201) = Cisco CallManager versão 4.1 (3)


Observação Visto que o status dos defeitos mudam constantemente, observe que a Tabela 2 mostra um instantâneo dos defeitos abertos no momento da compilação deste relatório. Para uma visualização atualizada dos defeitos abertos, acesse o Bug Toolkit e siga as instruções como descritas na seção "Usando o Bug Toolkit".



Dica O Bug Toolkit exige que você tenha uma conta na Cisco.com (Cisco Connection Online). Utilizando o Bug Toolkit, você pode encontrar advertências de qualquer severidade para qualquer versão. O Bug Toolkit também pode fornecer uma listagem mais atual do que a fornecida por este documento. Para acessar o Bug Toolkit, faça logon em http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/launch_bugtool.pl.


Tabela 2 Advertências Abertas do Cisco CallManager Versão 4.1(3) 

Identificador

Cabeçalho

 

Componente: Console de Atendimento

CSCeg65803

O Console de Atendimento exibe incorretamente uma mensagem de erro quando uma chamada de alta precedência antecipar uma chamada normal no Telefone de Atendimento.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg65803

CSCsa61136

As tentativas de chamada continuam a aumentar quando o ponto piloto chamado e o equipamento associado estão em locais diferentes.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa61136

CSCsa65580

A transferência intermitente não toca no telefone de destino e retorna ao chamador inicial da linha quando é feita uma transferência de consulta via GUI do Console de Atendimento.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa65580

 

Componente: AXL

CSCsa66735

A execução da requisição updateCallPickupGroup do AXL falha quando você adiciona membros com a mesma prioridade dos membros existentes.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa66735

CSCsa68093

O getPhoneResponse do AXL não retorna o mesmo IP Phone Service URL como salvo em addPhone AXL API.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa68093

CSCsa69800

O AXL retorna um erro se você tentar adicionar um segundo padrão de roteamento diferente após a inserção bem-sucedida do primeiro padrão de roteamento.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa69800

CSCsa70109

O envio de requisições de AXL consecutivas em rápida sucessão faz com que o sistema não responda a algumas requisições.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa70109

 

Componente: BAT

CSCsa66174

O BAT falha ao importar telefones quando o campo Alerting Name contém uma vírgula.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa66174

CSCsa71691

Não é possível excluir telefones que usam um DN compartilhado quando o DN compartilhado está incluído na opção de arquivo personalizado.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa71691

 

Componente: Processamento de Chamada

CSCeh04163

CAC: A largura de banda consumida pelo sistema antes do fallback para um servidor secundário Cisco CallManager é redefinida durante o fallback.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeh04163

CSCsa70684

CAC: O Cisco CallManager reduz duas vezes a largura da banda de áudio e retorna apenas a metade quando a chamada é concluída quando há um Cisco IP Phone 7970 executando VTA por trás.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa70684

CSCeg14558

Controle de Chamada: Se um aplicativo redirecionar uma chamada antes de aceitá-la, a chamada é redirecionada com êxito, mas o componente CP envia uma mensagem de erro.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg14558

CSCeg89652

Controle de Chamada: Uma operação de seleção de chamada com falha desliga a chamada original quando ocorre perda de largura de banda.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg89652

CSCeh00393

Controle de Chamada: As chamadas caem quando você realiza uma transferência cega em um tronco SIP.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeh00393

CSCuk55946

Controle de Chamada: Quando é feita uma chamada de um telefone IP para PSTN por um gateway H.323 congestionado, o telefone toca corretamente um tom de reordenação, mas exibe incorretamente a mensagem "Enter Number".

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCuk55946

CSCsa69696

Notificação de Alteração: O Cisco CallManager não liga a luz de espera de mensagem (MWI) nos telefones após a ativação inicial do serviço CMI.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa69696

CSCsa70907

Notificação de Alteração: A notificação de alteração falhou e os telefones não podem ser redefinidos ou reiniciados pelo Cisco CallManager Administration.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa70907

CSCeg72693

Base de Dados: A corrupção de memória da tabela CiCrCrpTable causa a interrupção inesperada do serviço ccm.exe.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg72693

CSCin87038

Base de Dados: A MOH não é executada se todos os recursos de MOH estiverem incluídos em um Grupo de Recurso de Mídia.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCin87038

CSCeg67765

Gerenciador de Dispositivos: As alterações no Cisco CallManager Service Parameter Maximum Number of Registered Devices exige uma reiniciação do sistema para que as alterações tenham efeito.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg67765

CSCeg79000

H.323: O gateway H.323 não sincroniza ou recupera, assim as chamadas feitas no gateway não podem ser completadas.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg79000

CSCsa63267

H.323: Quando uma chamada de entrada por um gateway H.323 está sendo atendida e a apresentação está definida como restrita para o número chamador, a tela exibe incorretamente o número da parte chamadora .

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa63267

CSCsa65147

H.323: O tom de chamada não pára quando um gateway H.323 é reiniciado no Cisco CallManager Administration durante a configuração de chamada.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa65147

CSCsa65190

H323: O Telefone IP obtém um tom de renovação quando uma chamada ativa entre um telefone IP e o Netmeeting é encerrada do lado do Netmeeting.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa65190

CSCsa68351

H323: O telefone IP exibe "From 0" em vez de "Unknown Number" para chamadas PSTN recebidas através de um gateway H.323 quando configurada para anexar código de acesso PSTN ao número da parte chamadora para chamadas de entrada e um ID da Linha de Chamada é definida como restrita.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa68351

CSCeg33875

Lista de Busca: Exibe a informação Incorrect Caller ID quando uma chamada de uma sistema de mensagens de voz Unity passa para o segundo grupo de linha na lista de busca.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg33875

CSCeh03030

Lista de busca: O telefone exibe um DN incorreto na mensagem "From <Phone DN>" quando a chamada é transferida para a lista de busca.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeh03030

CSCsa63894

Lista de busca: Grupo de linha circular descarta chamadas se um usuário EM encerra uma sessão durante a busca de chamada.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa63894

CSCef11657

Controle de Mídia: quando uma banda de vídeo insuficiente está disponível para uma chamada de vídeo e áudio, a janela de vídeo é exibida, mas não há transmissão de vídeo.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef11657

CSCeg24375

Controle de Mídia: quando um telefone IP chama uma telefone em um gateway H.323 terceirizado específico e "hold" é pressionado, o MOH é reproduzido para o gateway, mas o Cisco CallManager desconecta a chamada após 10 segundos.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg24375

CSCeg49681

Controle de Mídia: A transferência de pontos finais de vídeo H.323 de apenas um dispositivo de áudio para um dispositivo habilitado por vídeo recebe apenas áudio em determinados cenários de chamada intercluster onde a região não é compatível.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg49681

CSCeg56200

Controle de Mídia: o vídeo unidirecional ocorre quando uma banda suficiente está disponível por pelo menos metade do fluxo de vídeo depois que o Cisco CallManager envia capacidades de vídeo quando uma chamada é repetida, como áudio, e o gatekeeper rejeita a chamada por causa de banda insuficiente.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg56200

CSCeg75431

Controle de Mídia: o Cisco CallManager não suporta configuração de regiões assimétricas ao longo de um tronco intercluster para H.245.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg75431

CSCsa71443

Controle de Mídia: A inicialização rápida H.323 para chamadas MGCP falha quando o gateway H.323 apresenta "wait for far end H.245 terminal capability" definido como Falso.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa71443

CSCef58219

MGCP: Chamadas de entrada para um gateway controlado por MGC podem falhar se o Cisco CallManager colocou alguns canais Out Of Service (OOS) e falhou ao fornecer o status dos canais para o gateway.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef58219

CSCsa71292

MGCP: O Cisco CallManager não instrui o 6624 a gerar um tom de discagem externo.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa71292

CSCsa61861

QSIG: APDUs de desvio de chamada inválida enviados em um recurso de mensagens podem causar problemas de interoperabilidade.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa61861

CSCsa72387

QSIG: Desvio de chamada por redirecionamento ocorre apenas para chamadas alternativas quando pontos finais habilitados por vídeo estão envolvidos na chamada.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa72387

CSCuk55454

QSIG: Nenhum tom de chamada de volta é reproduzido ao ligar de um telefone conectado ao Cisco CallManager Express para um telefone conectado a QSIG PBX via Cisco CallManager.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCuk55454

CSCeg71178

SCCP: Barge pode não funcionar corretamente ao tentar processar em várias chamadas.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg71178

CSCeg88241

SCCP: O tom de renovação pára no telefone chamado após pressionar "hold" e "resume" no telefone chamado.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg88241

CSCsa66536

SCCP: Quando o Cisco CallManager detecta um intervalo de manutenção de atividade entre um ponto final Skinny e o Cisco CallManager, ele encerra a conexão TCP, cancela o ponto final e emite um código de motivo incorreto no alarme DeviceUnregistered no visualizador de eventos.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa66536

CSCsa70674

SCCP: StationUpdateCapability do VTA não lista todos os codecs no rastreamento do Cisco CallManager.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa70674

CSCeg71244

SIP: A apresentação de Connected Line ID (CLID) não exibe a informação correta quando é configurada como restrita para chamadas de entrada através de um tronco SIP.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg71244

CSCsa72501

SIP: Quando o Cisco CallManager recebe um INVITE com um cabeçalho de sessão expirada que contém um valor menor que o valor padrão MIN-SE, o sistema envia uma resposta 422 sem um cabeçalho MIN-SE.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa72501

CSCsa60533

Tronco SIP: Chamadas SIP feitas de um gateway terceirizado incluem os pacotes de cabeçalho RTP que estão marcados incorretamente como G.711 A-law.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa60533

CSCsa61775

Tronco SIP: O sistema exibe "Unknown" quando CLID é definido como restrito para um tronco SIP e após a transferência de uma chamada de entrada através de um tronco SIP.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa61775

CSCef62437

Chamada de retorno SS: Quando dois clusters do Cisco CallManager se conectam via troncos QSIG, o sistema pode exibir uma notificação de chamada de retorno quando um telefone monitorado é desconectado e depois reconectado à rede.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef62437

CSCeg68954

Chamada de retorno SS: Quando uma chamada 6608-T1-CAS é realizada, uma notificação de chamada de retorno é recebida através do telefone, mesmo que o telefone não seja retirado e depois colocado no gancho.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg68954

CSCsa61117

Chamada de retorno SS: O sistema envia notificação de Chamada de Retorno incorreta para um telefone em um grupo de linha quando a chamada não é atendida.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa61117

CSCuk55930

Substituição de caminho SS: Quando o serviço de substituição de caminho QSIG é acionado em uma chamada, a mídia pode levar até 5 segundos para estabelecer uma transferência cega via Cisco CallManager para o Cisco CallManager Express.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCuk55930

CSCsa68436

Serviços suplementares: Transferência hook flash de uma porta MGCP FXS para um telefone que está configurado para CFA para outro ponto final MGCP FXS não exibe código de motivo de CFA correto.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa68436

CSCsa60938

Sistema: Sob tráfego pesado de chamadas em uma configuração IPCC com um cluster de cinco servidores Cisco CallManager e 1000 agentes, o desempenho da CPU do servidor Cisco CallManager chega a 100%.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa60938

CSCsa64684

Sistema: Notificação de alteração pára de funcionar depois que o serviço Cisco CallManager pára em qualquer nó e a conexão entre os processos que monitoram a base de dados para alterações e os processos do Cisco CallManager em todos os nós não conseguem ser novamente estabelecidos.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa64684

CSCsa68521

Sistema: O Cisco CallManager encerra inesperadamente devido à violação de acesso.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa68521

CSCef97154

Desconhecido: Gravação do arquivo SDL causa fragmentação do disco de unidade de rastreamento e oscilação no disco E/S, o que pode tornar o Cisco CallManager inativo por um determinado período.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef97154

CSCeg84637

Desconhecido: Desativar o serviço Cisco CallManager encerra ligações SDL mesmo se a desativação falhar.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg84637

CSCsa72247

Desconhecido: Bloqueio de transferência de fora da rede para fora da rede não funciona em todos os cenários.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa72247

 

Component: CAR

CSCsa65681

Exportação CDR/CMR exibe um erro se a faixa de data selecionada não contiver qualquer CDR e/ou CMRs.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa65681

 

Componente: CCM-Serviceability

CSCsa66775

O sistema solicita reinicialização após a desinstalação do Trace Collection Tool.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa66775

CSCsa67753

O Trace Collection Tool não coleta mensagens completas em rastreamentos no Cisco CallManager.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa67753

 

Componente: CM-Documentation

CSCee69769

A documentação sobre os scripts RemoveServerFromDB.bat e RemoveSubscription.bat precisam ser atualizados.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCee69769

CSCeg74702

O valor padrão para o número máximo de arquivos incorretamente exibe 250 em vez de 300 na janela Ajuda do SDI/SDL.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg74702

 

Componente: CPI-OS

CSCsa70955

A instalação do CPI retorna um erro ao digitar uma senha com menos de 6 caracteres, mesmo que o número de caracteres suportado para uma senha durante a instalação esteja no intervalo de 1 e 31.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa70955

 

Componente: Base de dados

CSCeg39344

O processo de atualização do Cisco CallManager Subscriber é bloqueado e suspenso quando a atualização é iniciada antes do serviço TFTP concluir a criação de seus arquivos.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg39344

CSCeg64225

O sistema não permite a adição de alguns padrões de rota válidos utilizando a notação de intervalo (por exemplo, [14-7]).

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg64225

CSCeh05281

Falhas de Call Forward e Message Waiting Indicator (MWI) ocorrem para telefones que estão registrados para um servidor de assinantes quando o Database Layer Monitor falha ao iniciar depois que o servidor de assinantes reinicializa.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeh05281

CSCsa64360

O login EM é bem-sucedido, mas o telefone não obtém o DN que está configurado para EM no perfil de dispositivo.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa64360

CSCsa65596

A inicialização do servidor de assinantes do Cisco CallManager não é concluída com sucesso se o servidor do editor reinicializar durante esta inicialização.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa65596

CSCsa72439

O acesso à janela do Cisco CallManager Administration no servidor de assinantes do Cisco CallManager é retardado ou não acessível se o servidor do editor é desligado ou desconectado da rede.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa72439

 

Componente: Administração do base de dados

CSCef42822

As janelas do Cisco CallManager Administration não funcionam devidamente na máquina do cliente quando o navegador da Web do servidor do Cisco CallManager é configurado para usar um servidor proxy para acesso a web.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef42822

CSCeg45116

O Cisco Voice Mail Port Wizard exibe um erro de incompatibilidade de tipo quando tenta excluir portas de correio de voz após algumas das portas serem manualmente excluídas.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg45116

CSCeg71254

Após a remoção de uma associação de dispositivos de um usuário, o sistema permite selecionar o botão de opção "No Primary Extension", mas a atualização para o usuário falha.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg71254

CSCeh23839

A migração do Cisco CallManager versão 3,3(2) para a versão 4,1(2) para AIM-VOICE-30(332) para AIM-VOICE-30-SLOT-0 (412) falha.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeh23839

CSCin59391

O Cisco CallManager exibe gateways que já têm DNs associados.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCin59391

CSCsa61742

O sistema redefine os parâmetros do Personal Address Book (ID de usuário e senha) para o valor padrão depois de realizar alterações na janela Add/Update Service URL Button.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa61742

CSCsa66709

O sistema exibe "Type Mismatch (-2146828275)" quando se digita um caractere inválido no Start Directory Number no Cisco CallManager Administration.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa66709

CSCsa71841

O guia do usuário do Cisco IP Phone 7920 com tecnologia sem fio não pode ser carregado da janela de usuário do Cisco CallManager.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa71841

CSCsa72046

Adicionar uma linha DN compartilhada faz o sistema travar no status de Validação.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa72046

CSCsa72397

Modifique a mensagem de aviso de verificação de validação do Hunt Pilot para mostrar todos os caracteres que são autorizados e desabilitados no campo Hunt Pilot na janela de configuração do Hunt Pilot.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa72397

CSCsa72410

O sistema exibe resultados incorretos nas janelas Find/List quando digita `$' como texto de pesquisa.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa72410

 

Componente: ES-SR-Wrapper

CSCeg76037

Ao instalar ou desinstalar um Cisco CallManager SR, o processo de desinstalação altera o carregamento do Load Digital Access WS-X6608 para o padrão.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg76037

CSCsa64567

A atualização do servidor Cisco CallManager Subscriber de 4,1(2) para 4,1(2)sr1 falha porque o serviço SNMP não pode ser interrompido.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa64567

 

Componente: Ext-Mobility

CSCeg24154

Com a integração do Active Directory, os servidores que não estão executando Extension Mobility (EM) não deverão aparecer no perfil e quando um servidor EM recupera as URls rotuladas, seu próprio endereço deverá aparecer primeiro na lista.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg24154

 

Componente: Install_Product

CSCeg10766

O pacote de instalação do Cisco CallManager precisa incluir o JRE 1.4.2_07 atualizado para erros intermitentes que ocorrem quando o navegador IE é utilizado com o Sun JRE.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg10766

 

Component: IPMA-Service

CSCee73576

A janela IPMA Manager Configuration não exibe um aviso sobre salvar caracteres inválidos e não funciona depois que se salva um caractere inválido tal como \.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCee73576

CSCef07143

A janela de resultados da busca exibe uma tela em branco quando se modifica a janela de configuração do usuário para um gerenciador sem atualizá-la quando se acessa uma janela diferente do Cisco CallManager .

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef07143

CSCeg15030

O sistema não exibe uma mensagem de erro quando um alvo de desvio contém caracteres inválidos.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg15030

CSCeg37274

O cliente IPMA Manager expira após login inicial.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg37274

CSCin82373

A janela de console assistente no telefone do gerenciador pode não exibir durante o failover do serviço.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCin82373

CSCsa61152

O sistema exibe mensagens diferentes no telefone do assistente e na GUI quando se tenta recuperar uma chamada estacionada.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa61152

CSCsa63927

O sistema exibe informação incorreta no console do assistente depois que um desvio imediato do gerenciador é realizado.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa63927

CSCsa65533

O sistema exibe a mensagem "OutOfMemoryError" nos registros do IPMA CTI depois de 1100 logins do assistente IPMA com 1250 gerenciadores no servidor.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa65533

 

Componente: JTAPISDK/TAPISDK

CSCsa62756

JTAPISDK: Sob teste de carregamento de agente 150, as chamadas podem ser rejeitadas e descartadas devido ao erro JTAPI, CTIERR_REDIRECT_CALL_DESTINATION_BUSY=0x8ccc003f.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa62756

CSCee66279

TAPISDK: Desalocando a chamada confparent em uma porta CTI controlada por terceiros não encerra as chamadas em conferência.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCee66279

CSCsa66381

TAPISDK: O driver de onda Cisco TSP incrementa os números de seqüência do cabeçalho RTP durante períodos de silêncio (sem dados do aplicativo) quando nenhum pacote RTP está sendo gerado.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa66381

 

Componente: Media Streaming Application

CSCef72456

O Cisco CallManager pára de responder depois de emitir um comando de recarga quando uma fonte de áudio USB multicast MOH é configurada.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef72456

 

Componente: MLA

CSCeg58688

A última cadeia de pesquisa deve ser retida na janela "Refine Search" na janela MLA User Group Configuration.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg58688

 

Componente: RTMT

CSCef71974

A instalação do Real-Time Monitoring Tool (RTMT) é abortada se o nome do arquivo de destino for muito longo.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef71974

 

Componente: Security

CSCee40155

Os serviços Cisco CTL Provider e Cisco CAPF Service precisam atualizar a base de dados SCM com a lista de serviços correta da qual depende.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCee40155

CSCef91121

O cliente CTL permite que o CTLFile seja assinado pelo novo eToken, cuja assinatura não é reconhecida pelos telefones, o que impede conexão com o Cisco CallManager.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef91121

CSCeh02812

O ícone de segurança não exibe no dispositivo chamado quando os telefones se enquadram para proteger SRST.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeh02812

CSCsa63280

Chamadas para uma porta de correio de voz não segura falham quando o Cisco Unity e o Cisco CallManager estão no modo seguro.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa63280

CSCsa72569

Portas de correio de voz falham em se registrar com o Cisco CallManager quando são criadas com a opção de segurança UseSystemDefault e o parâmetro da empresa para a flag de segurança padrão é criptografado.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa72569

 

Componente: Upgrade Assistant

CSCsa64483

O Upgrade Assistant versão 4.1(2.108) é executado no Cisco CallManager 4.1(3); ele deve exibir uma mensagem que a versão não é compatível e abortar.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa64483

 

Componente: Webdialer-Service

CSCeg52750

O monitor de desempenho do CallsCompleted incorretamente aumenta quando se clica no botão Dial e novamente quando se clica no botão HangUp .

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg52750

As seguintes advertências do firmware se aplicam a esta versão.

CSCeg71130

SW-6608: Chamadas não são excluídas através de T1-CAS se forem encerradas rapidamente.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg71130

CSCeg74747

SW-6608: O usuário não recebe tom de antecipação quando uma chamada é feita através de um T1-CAS.

http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCeg74747



Observação Para informações das release notes de firmware do Cisco IP Phone, consulte as release notes de firmware aplicáveis ao modelo específico do Cisco IP Phone em http://www.cisco.com/univercd/cc/td/doc/product/voice/c_ipphon/english/.


Atualizações de Documentação

Esta seção fornece mudanças na documentação que não estavam disponíveis quando o conjunto de documentação do Cisco CallManager versão 4.1 foi lançado.

Esta seção contém os seguintes tipos de atualização para documentação:

Erros

Alterações

Omissões

Erros

Esta seção inclui informação sobre erros no conjunto de documentação do Cisco CallManager.

Java Runtime Environment

Tipo de Inicialização do Cisco CallManager Dialed Number Analyzer

Interrompendo Chamadas Criptografadas com o Cisco IP Phone Modelo 7970

Usando Caracteres Válidos em IDs do Usuário Cisco CallManager

Correções do Guia do Cisco CallManager Security

Removendo um Servidor de Assinante do Cisco CallManager

Usando Arquivos de Script para Remover um Servidor de Assinante do Cisco CallManager

Esclarecimento sobre a Interação do MLPP com a Transferência de Chamada

Correção para a Configuração Interna/Externa de Forward No Coverage

Correção do Procedimento de Inclusão de um Cisco CallManager

O Cisco Call Back Suporta Linhas Não Dispositivos

Java Runtime Environment

O Guia de Administração do Cisco CallManager não possui as informações mais atuais sobre a instalação de JRE para uso com o Cisco CallManager Administration. Consulte a seção "Melhorias dos Recursos Call Pickup e Group Call Pickup" para mais informações.

Tipo de Inicialização do Cisco CallManager Dialed Number Analyzer

O capítulo "Instalando o Cisco CallManager Dialed Number Analyzer" no Guia do Cisco CallManager Dialed Number Analyzer possui informações incorretas sobre a configuração do tipo de inicialização do serviço para "Manual" após a instalação bem sucedida do DNA. O tipo de inicialização do serviço Dialed Number Analyzer é realmente configurado como "Automático."

O texto do Guia do Cisco CallManager Dialed Number Analyzer deverá informar o seguinte:

Quando a instalação é bem sucedida, o serviço Dialed Number Analyzer é instalado e iniciado. O tipo de inicialização do serviço é configurado como Automático.

Interrompendo Chamadas Criptografadas com o Cisco IP Phone Modelo 7970

O Guia do Cisco CallManager Security não especifica os modelos de telefone que são afetados pelo processamento de chamadas criptografadas. As seguintes informações pertencem apenas ao Cisco IP Phone modelo 7970 e se tornam aplicáveis com a disponibilidade de uma imagem firmware de telefone compatível.

O Cisco CallManager 4.1 não suporta o processamento de uma chamada criptografada se o telefone utilizado não estiver configurado para criptografar. Quando a interrupção falha nessa situação, um tom de ocupado é ouvido no telefone onde o usuário iniciou a chamada.

Usando Caracteres Válidos em IDs do Usuário Cisco CallManager

O capítulo Adicione um Novo Usuário do Guia de Administração do Cisco CallManager e a documentação de ajuda on-line do Cisco CallManager possuem informações corretas sobre o uso de caracteres especiais no campo User ID.

Especificamente, o campo UserID em Definições de Configuração de Usuário no menu
User > Add a New User informa incorretamente que é possível utilizar caracteres especiais ao configurar um ID de usuário no Cisco CallManager.

Caracteres especiais, como =, +, <, >, #, ;, \, , "" e espaços em branco não são válidos e não podem ser utilizados. Use apenas caracteres alfanuméricos.

Para mais informações, consulte http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef71945.

Correções do Guia do Cisco CallManager Security

As seguintes correções se aplicam ao Guia do Cisco CallManager Security.

Referência incorreta

OGuia do Segurança do Cisco CallManager Security na ajuda on-line do Cisco CallManager Administration 4.1(2) se refere incorretamente ao Cisco CallManager versão 4.1(1). O documento deveria se referir ao Cisco CallManager versão 4.1(2).

A versão on-line do Guia do Cisco CallManager Security inclui referência ao número da versão correta do Cisco CallManager.

Substituindo um Servidor de Assinante Seguro Com Falha ou Existente

A seção "Substituindo um Servidor de Assinante Seguro Com Falha ou Existente" do Guia do Cisco CallManager Security informa incorretamente que você deve reiniciar o serviço Cisco CallManager apenas após executar o cliente Cisco CTL.

A seção deveria informar que você deve reiniciar os serviços Cisco CallManager e Cisco TFTP após ter executado o cliente Cisco CTL.

Removendo um Servidor de Assinante do Cisco CallManager

As seguintes informações fornecem correções e substituem o conteúdo do Apêndice B do Guia de Administração do Cisco CallManager, Removendo um Servidor de Assinante do Cisco CallManager.

É possível excluir um servidor de assinante do cluster do Cisco CallManager usando a janela Server Configuration em Cisco CallManager Administration. Essa exclusão remove o servidor da base de dados do Cisco CallManager Administration, mas não exclui todas as dependências do servidor.

Para excluir completamente um servidor do sistema, você deve executar as seguintes etapas:

Procedimento


Etapa 1 Remova todas as dependências do servidor, por exemplo, exclua o serviço Cisco CallManager.

Para informações adicionais, consulte o capítulo Excluindo um Servidor do Guia de Administração do Cisco CallManager.


Dica Para visualizar as dependências, clique na ligação Registros de Dependência da janela Server Configuration. Para obter informações sobre Registros de Dependência, consulte o Apêndice A do Guia de Administração do Cisco CallManager.


Etapa 2 Desative os serviços do servidor.

Consulte o capítulo Ativação de Serviço do Guia de Administração do Cisco CallManager Serviceability para mais informações.

Etapa 3 Remova o servidor do Cisco CallManager Administration.

Consulte o capítulo Excluindo um Servidor do Guia de Administração do Cisco CallManager para mais informações.

Etapa 4 Se o cluster do Cisco CallManager estiver integrado ao diretório DC local, executar o arquivo de comando do prompt de comando que remove os acordos de replicação DCD do servidor de editor.

Consulte a seção "Remova Acordos de Replicação DCD Redundantes" para mais informações.


Remova Acordos de Replicação DCD Redundantes

Após remover um servidor de assinante do cluster, limpe as informações de replicação DCD do DCD de editor executando o arquivo de comando Clean_publisher. (Esse arquivo de comando é executado apenas no servidor de editor.)

Você pode acessar esse arquivo de comando nos servidores que estejam executando o Cisco CallManager versão 3.3 ou mais atual. O Cisco CallManager instala o arquivo de comando Clean_publisher no servidor durante a instalação do componente Cisco Directory.

Para limpar as informações de replicação do DCD, insira o seguinte comando de qualquer diretório do servidor de editor:

c:\Clean_publisher.cmd


Observação Se você remover o servidor sem executar o arquivo d comando Clean_publisher.cmd e adicionar o servidor de novo com o mesmo nome do host no mesmo cluster de onde ele foi removido, o script DCD usado para fazer a configuração do DCD assinante limpará o acordo de replicação DCD anterior da base de dados DCD de editor durante a instalação do diretório da instalação do Cisco CallManager no servidor.


Usando Arquivos de Script para Remover um Servidor de Assinante do Cisco CallManager

A seguintes informações fornecem correções e substituem o conteúdo que aparece no Apêndice B do Guia de Administração do Cisco CallManager.

Para remover um servidor de assinantes do Cisco CallManager, consulte a seção "Removendo Servidor de Assinante do Cisco CallManager".

Se as tentativas de remoção de um servidor não obtiverem sucesso, execute as seguintes etapas:

Procedimento


Etapa 1 Execute o arquivo de script que limpa os registros da base de dados relacionado ao assinante e remova as informações de replicação de SQL do servidor de editor.

Consulte a seção "Remover Informações de Assinante".

Etapa 2 Se o cluster do Cisco CallManager estiver integrado ao diretório DC local, executar o arquivo de comando que remove os acordos de replicação DCD do servidor de editor.

Para mais informações, consulte o Apêndice A do Guia de Administração do Cisco CallManager.


Remova Informações de Assinante

Se a remoção do servidor não obtiver sucesso, execute o arquivo de script que limpa os registros da base de dados relacionado ao assinante e remova as informações de replicação de SQL do servidor de editor. Execute o arquivo de script do servidor de editor e o arquivo de script do servidor de assinantes.

Consulte a seção "Conteúdos do Arquivo de Script RemovePublisher.bat" e a seção "Conteúdos do Arquivo de Script RemoveSubscriber.bat" para mais informações.


Dica Copiar o conteúdo do arquivo de script do Exemplo 1 e do Exemplo 2 para um arquivo do Notepad e salvar com a extensão .bat; por exemplo, RemovePublisher.bat e RemoveSubscriber.bat.


Execute o script RemovePublisher.bat no servidor de editor

Execute o arquivo de script RemovePublisher.bat do servidor de editor do Cisco CallManager do cluster que contém o assinante que você quer remover. Esse script é executado do prompt de comando de qualquer diretório.


Dica Para visualizar o procedimento que executa o script, execute o script sem parâmetros.


De qualquer diretório do servidor de editor, digite o seguinte comando:

<path where you saved the script>:\RemovePublisher "server" "database" "name_of_server_to_delete_from_database connection string"

Para localizar o nome da cadeia de conexão da base de dados, siga essas etapas:

Procedimento


Etapa 1 Navegue até Service > Service Parameters.

Etapa 2 Selecione Cisco Database Layer Monitor.

Etapa 3 Clique em Avançado.

Etapa 4 Obtenha o nome no campo da Cadeia de Conexão de Base de Dados:

Por exemplo, DSN=CiscoCallManager;Server=ABC2.


Ao executar esse comando do prompt de comando, erros são exibidos; nenhum arquivo de registro de erro separado é gerado.

Para visualizar o conteúdo do arquivo de script, consulte a seção "Conteúdo do Arquivo de Script RemovePublisher.bat".

Conteúdo do Arquivo de Script RemovePublisher.bat

O exemplo 1 exibe o conteúdo do arquivo de script que limpa os registros da base de dados relacionado ao assinante e remove as informações de replicação de SQL do servidor de editor.

Exemplo 1 Conteúdo do Arquivo de Script

@echo off
@if "%3x" == "x" goto Usage
echo Install stored procedure in database %2
echo USE %2 > templ
echo GO >> temp.sql
echo DROP PROCEDURE dblRemoveServerFromDB >> temp.sql
echo GO >> temp.sql
echo CREATE PROCEDURE [dblRemoveServerFromDB] >> temp.sql
echo (@servername NVARCHAR(50),@ispublisher NVARCHAR(50)) AS >> temp.sql
echo BEGIN TRANSACTION >> temp.sql
echo DECLARE @nodeid NVARCHAR(50), @deviceid NVARCHAR(50), @pnsid NVARCHAR(50) >> temp.sql
echo -- >> temp.sql
echo PRINT 'Get the Node ID' >> temp.sql
echo SELECT @nodeid=pkid from ProcessNode where name=@servername >> temp.sql
echo -- >> temp.sql
echo PRINT 'Delete associated Device and MediaMixer' >> temp.sql
echo WHILE (SELECT COUNT(*) FROM Device WHERE fkProcessNode=@nodeid) ^> 0 >> temp.sql
echo BEGIN >> temp.sql
echo     SELECT @deviceid=pkid from Device where fkProcessNode=@nodeid >> temp.sql
echo     PRINT 'Delete MediaMixer' >> temp.sql
echo     DELETE FROM MediaMixer WHERE fkDevice=@deviceid >> temp.sql
echo     PRINT 'Delete MOHServer' >> temp.sql
echo     DELETE FROM MOHServer WHERE fkDevice=@deviceid >> temp.sql
echo     PRINT 'Delete Device' >> temp.sql
echo     DELETE FROM Device WHERE pkid=@deviceid >> temp.sql
echo END >> temp.sql
echo -- >> temp.sql
echo PRINT 'Delete associated CallManager records' >> temp.sql
echo DELETE FROM CallManagerGroupMember FROM CallManagerGroupMember AS M >> temp.sql
echo   JOIN CallManager AS C ON C.pkid=M.fkCallManager WHERE C.fkProcessNode=@nodeid >>
temp.sql
echo DELETE FROM CallManager WHERE fkProcessNode=@nodeid >> temp.sql
echo -- >> temp.sql
echo PRINT 'Delete associated ProcessConfig records' >> temp.sql
echo DELETE FROM ProcessConfig WHERE fkProcessNode=@nodeid >> temp.sql
echo -- >> temp.sql
echo PRINT 'Delete associated AlarmConfig records' >> temp.sql
echo DELETE FROM AlarmConfig FROM AlarmConfig AS A JOIN ProcessNodeService >> temp.sql
echo   AS S ON A.fkProcessNodeService=S.pkid WHERE S.fkProcessNode=@nodeid >> temp.sql
echo PRINT 'Delete associated ProcessNodeService records' >> temp.sql
echo DELETE FROM ProcessNodeService WHERE fkProcessNode=@nodeid >> temp.sql
echo -- >> temp.sql
echo PRINT 'Delete associated ComponentVersion records' >> temp.sql
echo DELETE FROM ComponentVersion WHERE fkProcessNode=@nodeid >> temp.sql
echo -- >> temp.sql
echo PRINT 'Delete the node' >> temp.sql
echo DELETE FROM ProcessNode WHERE pkid=@nodeid >> temp.sql
echo -- >> temp.sql
echo COMMIT TRANSACTION >> temp.sql
echo GO >> temp.sql
echo -- Execute procedure on server %1
echo exec dblRemoveServerFromDB '%3' >> temp.sql
osql -S %1 -d %2 -E -e -i temp.sql
del temp.sql
echo USE %2 > temp1.sql
echo sp_dropsubscription @publication = %2, @subscriber = '%3', @article='all' >>
temp1.sql
echo GO >> temp1.sql
osql -S %1 -d %2 -E -e -i temp1.sql
del temp1.sql
goto endd
:Usage
@echo Usage:   RemoveServerFromDB "server" "database"
"name_of_server_to_delete_from_ProcessNode.Name"
@echo Example: RemoveServerFromDB . CCM0300 fred.cisco.com
:endd

Conteúdo do Arquivo de Script RemoveSubscriber.bat

O exemplo 2 exibe o conteúdo do arquivo de script que remove as informações de replicação de SQL do servidor de assinante.

Exemplo 2 Conteúdo do Arquivo de Script

@echo off
@if "%2x" == "x" goto Usage
echo Install stored procedure in database %2
echo sp_removedbreplication @dbname = %2 > temp1.sql
echo GO >> temp1.sql
osql -S %1 -d %2 -E -e -i temp1.sql
del temp1.sql
goto endd
:Usage
@echo Usage:   RemoveSubscription "server" "database"
@echo Example: RemoveSubscription . CCM0300
:endd

Esclarecimento sobre a Interação do MLPP com a Transferência de Chamada

O capítulo Multilevel Precedence and Preemption (MLPP) do Guia do Cisco CallManager Features and Services possui informações sobre a seguinte interação do MLPP com a transferência de chamadas:

MLPP interage com o recurso de transferência de chamada. Em transferências cegas e transferências de consulta, cada conexão da chamada transferida, incluindo a chamada de consulta, mantém a precedência a que a conexão foi atribuída quando a chamada foi estabelecida.

As informações seguintes oferecem esclarecimentos sobre a interação do MLPP com a Transferência de Chamada:

Uma chamada transferida possui dois segmentos ou conexões e cada segmento/conexão pode ter um nível de precedência diferente associado. Poe exemplo, o primeiro segmento/conexão pode ser uma chamada de prioridade e o segundo segmento/conexão pode ser uma chamada de rotina.

O Cisco CallManager mantém a precedência individual de segmentos/conexões de todas as chamadas; ou seja, cada segmento individual da chamada de transferência ou conferência mantém a precedência que é atribuída quando a chamada foi estabelecida.

A função transferência de chamada não preserva o nível de precedência MLPP do segmento/conexão individual para o segmento/conexão individual seguinte, então os níveis de precedência podem ser perdidos ou alterados durante a transferência da chamada.

Correção para a Configuração Interna/Externa de Forward No Coverage

A seção "Configurando Números de Diretório", do capítulo "Configuração do Cisco IP Phone" do Guia de Administração do Cisco CallManager, possui informações incorretas sobre a configuração interna/externa de Forward No Coverage que aparecem na Tabela 57-3, Configuração do Número de Diretório.

Esta seção informa incorretamente as seguintes informações:

O campo se aplica apenas aos pontos de rota CTI e portas CTI. As configurações nessa linha especificam o tratamento de encaminhamento de chamadas internas/externas para esse ponto de rota CTI ou porta CTI se o pontos de rota CTI ou porta CTI não tiver cobertura.

Os campos Forward No Coverage interno e externo não se aplicam aos pontos de rota CTI ou portas CTI. As informações seguintes fornecem as correções do texto dessa seção:

1. Os campos Forward No Coverage interno e externo apenas se aplicam se você fizer a configuração de um dos outros campos de encaminhamento—Call Forward All (CFA), Call Forward Busy (CFB) ou Call Forward No Answer (CFNA)—com um número de busca preliminar no campo DN Coverage/Destination.

2. Nas configurações de busca preliminar, configure os campos Forward Hunt No Answer/Forward Hunt Busy e marque a caixa de capturaUsar Preferências Pessoais na seção Hunt Forward Settings da janela Hunt Pilot Configuration; caso contrário, a configuração Forward No Coverage na janela Directory Number Configuration não terá efeito.

Você pode configurar os parâmetros de Hunt Forward Settings usando o Cisco CallManager Administration para acessar a janela de configuração d busca preliminar (Route Plan > Route/Hunt > Hunt Pilot). Na janela Hunt Pilot Configuration do Cisco CallManager Administration, role até a seção Hunt Forward Settings para fazer a configuração dos parâmetros de preferências pessoais.

Correção do Procedimento de Inclusão de um Cisco CallManager

A seção "Adicionando um Cisco CallManager" do capítulo "Configuração do Cisco CallManager" do Guia de Administração do Cisco CallManager informa incorretamente na seção "Antes de Iniciar" que você deve ativar o serviço Cisco CallManager antes de fazer a configuração do endereço do servidor onde o Cisco CallManager está instalado.

As informações seguintes fornecem correções a este procedimento:

Antes de você começar

Antes de adicionar uma nova base de dados ao Cisco CallManager, execute as tarefas seguintes:

Faça a configuração do endereço do servidor onde o Cisco CallManager está instalado.

Ative o serviço Cisco CallManager conforme descrito no Guia de Administração do Cisco CallManager Serviceability.

Se você quiser especificar uma partição de números de diretórios usados no auto-registro com o Cisco CallManager, faça a configuração da partição.


Observação Ao ativar o serviço Cisco CallManager, uma entrada CallManager é automaticamente adicionada à base de dados. Após ter ativado o serviço Cisco CallManager, não é necessário adicionar manualmente o Cisco CallManager à base de dados, exceto se o Cisco CallManager tiver sido excluído.


Para mais informações, consulte http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCsa71897.

O Cisco Call Back Suporta Linhas Não Dispositivos

No Cisco CallManager versão 4.0, com os dispositivos com suporte do recurso Cisco Call Back; isto é, quando o Telefone A iniciou um Call Back para o Telefone B por ele estar ocupado ou não ter respondido, o recurso Call Back ligaria para o Telefone A quando o Telefone B estivesse no gancho.

No Cisco CallManager versão 4.1, os recursos do Cisco Call Back suportam linhas individuais em um dispositivo. Considere o seguinte cenário.

Telefone A: Linha 1 - 3011

Telefone A: Linha 2 - 3012

Telefone B: Linha 1 - 3013

Telefone B: Linha 2 - 3014

1. O Telefone A/Linha2 sai do gancho e disca 3014 (Telefone B/Linha 2).

2. Enquanto estiver no estado RingOut, o usuário pressiona a Tecla CallBack do Telefone A/Linha 2.

3. O Telefone B pressiona o botão alto-falante para obter o tom de discagem e pressiona o botão alto-falante de novo para encerrar a chamada. Devido a Linha 1 do Telefone B ser a linha padrão ao tirar do gancho, o Telefone A não recebeu uma notificação de retorno de chamada. Caso o Telefone B/Linha 2 ficasse fora do gancho, então o Telefone A/Linha 2 receberia uma notificação que o Telefone B/Linha 2 estava disponível.

Alterações

Esta seção contém alterações que ocorreram desde a versão original da documentação do Cisco CallManager versão 4.1. Estas mudanças podem não aparecer na documentação atual da ajuda on-line para o aplicativo Cisco CallManager.

Associando Dispositivos H.323 aos Usuários

Associando Dispositivos H.323 aos Usuários

No Cisco CallManager versão 4.0, os administradores não podem associar dispositivos H.323 a um usuário; portanto, o administrador não pode fazer a configuração dos recursos nos pontos finais H.323 na janela do Cisco CallManager Administration User Configuration.

O Cisco CallManager versão 4.1 corrige este comportamento exibindo todos os dispositivos, além de dispositivos controlados por CTI, permitindo que o administrador escolha os dispositivos H323 na janela Device Association.

Para dispositivos que não são controlados por CTI, tais como dispositivos H.323, um asterisco (*) aparece próximo ao ícone do dispositivo. Todo comportamento de associação de dispositivos permanece idêntico independentemente do tipo de dispositivo para o qual o recurso é configurado.

Omissões

Esta seção lista informações novas e adicionais que a versão atual da documentação do Cisco CallManager pode não incluir:

? O Ícone Exibe Ajuda On-Line Incorreta em Janelas PopUp do Espaço de Pesquisa de Região e Chamada

Mudança de Nome no Tipo de Gateway Cisco IAD 2400 em Cisco CallManager Administration

Configuração da Redundância de Listas de Rota

Considerações Sobre Segurança de Dispositivos e Pontes Incorporados ao Cisco IP Phone Modelos 7940/7960

Interação do CAPF Quando o Cisco IP Phone é Religado

Usando Certificados de CA de Terceiros do Servidor de Autenticação

Usando Linhas Compartilhadas com Dispositivos Criptografados

Reinstalando o Dialed Number Analyzer Depois de uma Atualização do Cisco CallManager

Diretório Pessoal

Suporte para o Gateway Cisco VG224

Interações do Recurso Call Back com Recursos do Sistema Call Forward, iDivert e Voice-Mail

Ferramenta para Informações de Suporte de Telefone Registrado Automaticamente para Usuários Finais

? O Ícone Exibe Ajuda On-Line Incorreta em Janelas PopUp do Espaço de Pesquisa de Região e Chamada

Ao pressionar a bolha "?" para obter ajuda on-line na janela popup de buscas CSS ou Regiões, a ajuda on-line para Partições é exibida.

A ajuda on-line para Regiões/CSS deveria exibir a seguinte informação:

Se houver mais de 250 regiões/espaços de pesquisa de chamada, o botão de reticências (...) é exibido próximo à lista suspensa Regiões/CSS na janela Cisco CallManager Administration onde o botão é exibido. Clique no botão (...) para procurar pela região/CSS desejada.

Utilize o seguinte procedimento para procurar uma região/CSS:

Procedimento


Etapa 1 Clique no botão ... próximo à lista suspensa Espaço de Pesquisa de Região/Chamada.

A janela Select Region/Select Calling Search Space é exibida.

Etapa 2 Nos itens da Lista onde contém o campo Nome, digite um nome parcial de um espaço de pesquisa de região/chamada.

Etapa 3 Na lista de regiões/espaço de pesquisa de chamadas que é exibida no item Select to use box, clique no nome da região/espaço de pesquisa de chamadas desejado.

Etapa 4 Clique em OK.


Mudança de Nome no Tipo de Gateway Cisco IAD 2400 em Cisco CallManager Administration

Na janela "Add a New Gateway" do Cisco CallManager Administration, o gateway tipo "Cisco IAD 2420 (produto de fim de vendas)" substituiu o gateway tipo Cisco IAD 2400.

Utilize o gateway tipo Cisco IAD 2420 para adicionar um novo gateway Cisco IAD 2420 ao Cisco CallManager.


Observação O sistema não suporta o gateway Cisco IAD 2430 para uso com o Cisco CallManager.


Para mais informações, consulte http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef30742.

Configuração da Redundância de Listas de Rota

O Guia do Cisco CallManager System não inclui as seguintes informações sobre redundância de listas de rotas.

Do Cisco CallManager versão 4,0(2), o manuseio e redundância da lista de rotas foi alterado para melhorar o desempenho. As implementações anteriores à versão 4.0(2) incluem listas de rotas em cada servidor em um cluster. Depois de atualizar para a versão 4.0(2) ou posterior, apenas uma instância da configuração da lista da rota ativa é associada ao grupo Cisco CallManager. Esta alteração exige a configuração dos grupos do Cisco CallManager para manter balanceamento de carga e redundância.

Depois de atualizar os servidores do Cisco CallManager para a versão 4.0(2) ou posterior, e se dois ou mais servidores principais do Cisco CallManager existirem no cluster, o sistema cria novos grupos do Cisco CallManager com o nome padrão de "RLCMG_<primary Cisco CallManager name>." O sistema cria um grupo Cisco CallManager para cada servidor principal e para o servidor secundário no grupo do Cisco CallManager, que é dedicado ao servidor de backup. Dependendo do número de servidores no cluster, o sistema cria um ou múltiplos grupos do Cisco CallManager.

Uma instância da configuração da lista de rotas ativa é anexada ao servidor principal do Cisco CallManager no primeiro grupo do Cisco CallManager. Novos grupos do Cisco CallManager são atribuídos à configuração da lista de rotas existente através da utilização de um algoritmo de round-robin para garantir a redundância.

Para completar a atualização é necessário executar as seguintes tarefas:

1. Crie um novo grupo do Cisco CallManager para substituir o grupo padrão do Cisco CallManager que está nomeado como "RLCMG_<primary Cisco CallManager name>" e que foi criado durante a atualização.

2. Avalie o Cisco CallManager Group a e a configuração da lista de rotas para o balanceamento de carga e redundância.

3. Reconfigure a lista de rotas para o Cisco CallManager Group criado por usuários.

4. Exclua o Cisco CallManager Group padrão.


Cuidado Estas atividades encerram todas as chamadas ativas dependentes e causa um overhead significante enquanto você executa a reconfiguração.

Para mais informações, consulte http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCee30571.

Onde Encontrar Mais Informações

"Configuração de Listas de Rota," Guia de Administração do Cisco CallManager

Considerações Sobre Segurança de Dispositivos e Pontes Incorporados ao Cisco IP Phone Modelos 7940/7960

O capítulo "Configuração do Cisco IP Phone" no Guia de Administração do Cisco CallManager, o capítulo "Interrupção" no Guia do Cisco CallManager Features and Services, e o Guia do Cisco CallManager System não contêm as seguintes informações sobre a configuração de segurança de dispositivos e pontes incorporados ao Cisco IP Phones modelos 7940 e 7960.

O Cisco IP Phone modelos 7940 e 7960 não podem suportar duas criptografias de fluxo de mídia ou fluxos de SRTP simultaneamente. Essa condição ocorre quando o telefone é interrompido a partir de outro telefone e todos os telefones da ligação estão utilizando o SRTP (a ponte incorporado está habilitada).


Observação Para evitar instabilidades no telefone devido a esta condição, o sistema automaticamente desabilita a ponte incorporada para o Cisco IP Phone modelos 7940 e 7960 quando o modo de segurança do dispositivo está configurado para criptografado.


Se você tentar fazer a configuração da troca para o Cisco IP Phone modelos 7940 e 7960 que estão configurados para criptografia, a seguinte mensagem é exibida:

Se você fizer a configuração da criptografia para o Cisco IP Phone modelos 7940 e 7960, aqueles dispositivos criptografados não aceitam um pedido de troca quando estão participando de uma ligação criptografada. Quando a chamada é criptografada, a tentativa de interrupção falha.

A mensagem é exibida sempre que você executar as seguintes tarefas no Cisco CallManager Administration:

Na janela Phone Configuration, selecione Encrypted for the Device Security Mode (ou System Default equals Encrypted), On para configuração de Ponte Incorporada (ou configurações padrão igual a On), e clique em Inserir ou Atualizar depois de criar essa configuração específica.

Na janela Enterprise Parameter, atualize o parâmetro Device Security Mode.

Na janela Service Parameter, atualize o parâmetro Built In Bridge Enable.


Dica Reinicie os dispositivos dependentes dos dispositivos do Cisco IP para que as alterações sejam aplicadas.


Consulte o Guia do Cisco CallManager Security para mais informações.

Interação do CAPF Quando o Cisco IP Phone é Religado

O Guia do Cisco CallManager Security não contém as seguintes informações sobre como o CAPF interage com o Cisco IP Phone quando um usuário ou um Cisco CallManager reinicia o telefone.

Nos exemplos seguintes, se um LSC ainda não existir no telefone e se o By Existing Certificate é selecionado para o Modo de Autenticação CAPF, a operação do certificado CAPF falhará.

Exemplo —Modo de Segurança do Dispositivo Não Seguro

Neste exemplo, o telefone reinicia depois de você fazer a configuração do Modo de Segurança do Dispositivo para Não Seguro e o Modo de Autenticação CAPF para By Null String ou By Existing Certificate (Precedência...). Depois do telefone reiniciar, ele imediatamente se registra no Cisco CallManager principal e recebe o arquivo de configuração. O telefone então automaticamente inicia a sessão com o CAPF para fazer o download do LSC. Depois do telefone instalar o LSC, faça a configuração do Modo de Suporte de Dispositivo para Autenticado ou Criptografado.

Exemplo—Modo de Segurança do Dispositivo Autenticado/Criptografado

Neste exemplo, o telefone é redefinido depois de você fazer a configuração do Modo de Segurança do Dispositivo para Autenticado ou Criptografado e Modo de Autenticação CAPF para By Null String ou By Existing Certificate (Precedência...). O telefone não é registrado com o principal Cisco CallManager até a sessão CAPF ser finalizada e o telefone instalar o LSC. Depois que a sessão for finalizada, o telefone registra e se executa imediatamente no modo autenticado ou criptografado.


Observação Você não pode fazer a configuração do By Authentication String neste exemplo porque o telefone não entra em contato automaticamente com o servidor CAPF; o registro falha se o telefone não tiver um LSC válido.


Usando Certificados de CA de Terceiros do Servidor de Autenticação

O Guia do Cisco CallManager Security não contém as seguintes informações sobre como utilizar uma autenticação de servidor e um certificado de CA de terceiros ao invés do certificado HTTPS auto-assinado.

Siga essas etapas para garantir que os aplicativos habilitados para Cisco CallManager HTTPS podem fazer o download do certificado de terceiros quando você usar a autenticação de servidor, certificados de CA de terceiros para HTTPS:

1. Consulte o Guia do Cisco CallManager Security para informações sobre como excluir o certificado HTTPS e instalar o certificado de CA de terceiros no site padrão do IIS.

2. Instale o certificado de CA de terceiros no site padrão do IIS, como documentado no Guia do Cisco CallManager Security .

3. Renomeie o certificado CA de raiz para httpscert.cer.

4. Copie o certificado para C:\program files\cisco\certificates no formato DER.

Usando Linhas Compartilhadas com Dispositivos Criptografados

O Guia do Cisco CallManager Security não contém as seguintes informações sobre como utilizar linhas compartilhadas com dispositivos encriptografados.

Quando você fizer a configuração de uma linha compartilhada para um Cisco IP Phone modelo 7970 criptografado, certifique-se de fazer a configuração de todos os dispositivos que compartilham as linhas para criptografia; ou seja, certifique-se de que o modo de segurança do dispositivo para todos os dispositivos está definido como criptografado.

Reinstalando o Dialed Number Analyzer Depois de uma Atualização do Cisco CallManager

O Guia do Cisco CallManager Dialed Number Analyzer não contém as seguintes informações sobre como reinstalar o DNA depois de uma atualização do Cisco CallManager.

Ao atualizar o Cisco CallManager em cada servidor em um cluster, deve ser reinstalado o plugin do Dialed Number Analyzer no nó exigido do cluster.

Se foi instalado o Dialed Number Analyzer para utilizar dados do Cisco CallManager para executar análises de um plano de numeração, reinstale o plugin do Dialed Number Analyzer no servidor que está sendo utilizado para análise de plano de numeração. Reinstalar o plugin sincroniza qualquer entrada de dados adicionais que estão disponíveis no Cisco CallManager com a base de dados do Dialed Number Analyzer.

Siga este procedimento para instalar o Dialed Number Analyzer:

Procedimento


Etapa 1 Acesse Cisco CallManager e selecione Application > Install Plugins.

A janela Install Plugins é exibida.

Etapa 2 Localize o Plugin do Dialed Number Analyzer.

Etapa 3 Clique no ícone executável para o Plugin do Dialed Number Analyzer iniciar o Assistente de Instalação.

Etapa 4 Clique em Abrir. A janela do Assistente de Instalação para o Dialed Number Analyzer do Cisco é exibida.

Etapa 5 Clique em Avançar na janela Welcome para o Assistente de Instalação do Analisador da janela Cisco Dialed Number Analyzer.

A janela Enter Private Phrase é exibida.

Etapa 6 Digite a frase secreta para este cluster na janela Enter Private Phrase.

Etapa 7 Clique em Avançar.

Se a frase secreta estiver incorreta, a mensagem é exibida. Retornar à Etapa 6. Se a frase secreta estiver incorreta, a janela Ready to Install the Program é exibida.

Etapa 8 Clique em Instalar na janela Ready to Install the Program.

Etapa 9 Clique em Concluir na janela InstallShield Wizard Completed.

A ferramenta instala o serviço do Cisco Dialed Number Analyzer na máquina.



Observação Quando a instalação for concluída com êxito, o serviço do Dialed Number Analyzer é instalado e iniciado; o serviço define o tipo de inicialização para Automático.


Diretório Pessoal

O Diretório Pessoal fornece um catálogo de endereços pessoais que é armazenado no diretório LDAP do Cisco CallManager, um sincronizador de Cisco IP Phone, e dois serviços do Cisco IP Phone: Catálogo de Endereços Pessoais e Discagens Rápidas Particulares.

A documentação do Cisco CallManager não contém as seguintes informações sobre como configurar e utilizar o diretório Pessoal:

Requisitos do sistema

Configurando o Diretório Pessoal

Configurando o Serviço de Catálogo de Endereços Pessoais

Configurando o Serviço de Discagens Rápidas Particulares

Fazendo o Download do Sincronizador do Catálogo de Endereços do Cisco IP Phone

Preparando o Usuário do Telefone para o Diretório Pessoal

Requisitos do sistema

O sistema exige os seguintes componentes para utilizar o Diretório Pessoal:

Cisco IP Phone modelos 7940, 7960, 7970

Um PC que esteja executando um Cisco CallManager 3,1 ou posterior

Um PC que esteja executando Windows 2000

Um Servidor IIS da Microsoft

Microsoft Outlook e/ou Outlook Express


Observação Verifique se o Microsoft Outlook está configurado no modo Internet-only e o Windows Address Book está configurado para compartilhar entradas.


Configurando o Diretório Pessoal

Para fazer a configuração do Diretório Pessoal, você deve fazer a configuração do Serviço de Catálogo de Endereços Pessoais e o Serviço de Discagens Rápidas Particulares.

Configurando o Serviço de Catálogo de Endereços Pessoais

Configurando o Serviço de Discagens Rápidas Particulares

Configurando o Serviço de Catálogo de Endereços Pessoais

Faça a configuração do Catálogo de Endereços Pessoais adicionando o serviço ao Cisco CallManager Administration e fazendo a configuração dos parâmetros de serviço.

Siga estes procedimentos para fazer a configuração do serviço Catálogo de Endereços Pessoais:

Procedimento


Etapa 1 Selecione Feature > Cisco IP Phone Services.

É exibida a janela Cisco IP Phone Services Configuration.

Etapa 2 No campo Nome do Serviço, digite o nome do serviço que deseja exibir no menu de serviços disponíveis na janela Cisco IP Phone User Options, por exemplo, Meu Catálogo de Endereços.

Etapa 3 No campo Descrição de Serviço, digite uma descrição do conteúdo que o serviço fornece; por exemplo, Diretório Pessoal - Catálogo de Endereços Pessoais .

Etapa 4 No campo URL do Serviço, digite o URL do servidor onde reside o aplicativo do serviço Catálogo de Endereços Pessoais:

http://<CallManager hostname or IP address>/ccmpd/xmlAddressBookInput.asp

Etapa 5 Clique em Inserir.

Etapa 6 Clique no botão Novo à direita da caixa de listagem Parâmetros.

É exibida a janela Faça a Configuração do Cisco IP Phone Service Parameter.

Etapa 7 Adicione cada parâmetro conforme descrito na Tabela 3, começando com o parâmetro UserID. Quando for solicitado, digite o nome do parâmetro exatamente como aparece na tabela.

Etapa 8 Clique Inserir para adicionar o parâmetro.

Etapa 9 Ao adicionar o parâmetro do último serviço, clique em Inserir e Fecharpara inserir esse parâmetro e fechar a janela.

É exibida a janela Cisco IP Phone Services Configuration.

Etapa 10 Clique em Atualizar Assinaturas.


Configurações de Parâmetro do Serviço de Catálogo de Endereços Pessoais

A Tabela 3 exibe as configurações dos parâmetros de serviço para os três parâmetros de serviço necessários ao serviço Catálogo de Endereços Pessoais. Use o nome exato do parâmetro onde for indicado.

Tabela 3 Configurações de Parâmetro do Serviço de Catálogo de Endereços Pessoais 

Campo
Definição
Definição
Definição

Nome do Parâmetro

UserID

(Use este nome exato.)

UserPIN

(Use este nome exato.)

PreDial

Nome de Exibição do Parâmetro

Identificação do Usuário

PINO

Código de Acesso Externo

Valor padrão

Nenhum

Nenhum

Nenhum

Parâmetro Obrigatório

Sim

Sim

Não

Descrição do Parâmetro

Use a mesma identificação do usuário utilizada na janela Cisco IP Phone User Options.

Use o mesmo PIN do usuário, utilizado na janela Cisco IP Phone User Options.

Este código de acesso é adicionado como um prefixo ao número do diretório armazenado para fornecer acesso a uma linha externa.

O parâmetro é uma Senha (conteúdo da máscara)

Nenhum

Nenhum

Nenhum



Observação Para mascarar uma entrada de parâmetro, como uma senha, selecione a opção O Parâmetro é uma Senha (conteúdo da máscara). O padrão para este parâmetro é especificado como Nenhum. O parâmetro é fornecido no tempo de execução.


Configurando o Serviço de Discagens Rápidas Particulares

Faça a configuração do Serviço de Discagens Rápidas adicionando o serviço ao Cisco CallManager Administration e configurando os parâmetros de serviço adequados.

Siga estes procedimentos para fazer a configuração do serviço Discagens Rápidas Particulares:

Procedimento


Etapa 1 Selecione Feature > Cisco IP Phone Services.

É exibida a janela Cisco IP Phone Services Configuration.

Etapa 2 No campo Nome do Serviço, digite o nome do serviço que deseja exibir no menu de serviços disponíveis na janela Cisco IP Phone User Options, por exemplo, Minhas Discagens Rápidas.

Etapa 3 No campo Descrição do Serviço, digite uma descrição do conteúdo que o serviço fornece; por exemplo, Diretório Pessoal - Discagens Rápidas Particulares.

Etapa 4 No campo URL do Serviço, digite o URL do servidor onde reside o aplicativo do serviço Catálogo de Endereços Pessoais:

http://<CallManager hostname or IP address>/ccmpd/xmlFastDials.asp

Etapa 5 Clique em Inserir.

Etapa 6 Clique no botão Novo à direita da caixa de listagem Parâmetros.

É exibida a janela Faça a Configuração do Cisco IP Phone Service Parameter.

Etapa 7 Adicione cada parâmetro conforme descrito na Tabela 4, começando com o parâmetro UserID. Quando especificado, digite o nome do parâmetro exatamente como aparece na tabela.

Etapa 8 Clique Inserir para adicionar o parâmetro.

Etapa 9 Ao adicionar o parâmetro do último serviço, clique em Inserir e Fecharpara inserir esse parâmetro e fechar a janela.

É exibida a janela Cisco IP Phone Services Configuration.

Etapa 10 Clique em Atualizar Assinaturas.


Configurações de Parâmetro do Serviço de Discagens Rápidas Particulares

A Tabela 4 exibe as configurações dos parâmetros de serviço para os três parâmetros de serviços que são necessários para o serviço de Discagens Rápidas Particulares. Use o nome exato do parâmetro onde for indicado.

Tabela 4 Configurações de Parâmetro do Serviço de Discagens Rápidas Particulares 

Campo
Definição
Definição
Definição

Nome do Parâmetro

UserID

(Use este nome exato.)

UserPIN

(Use este nome exato.)

PreDial

Nome de Exibição do Parâmetro

Identificação do Usuário

PINO

Código de Acesso Externo

Valor padrão

Nenhum

Nenhum

Nenhum

Parâmetro Obrigatório

Sim

Sim

Não

Descrição do Parâmetro

Use a mesma identificação do usuário utilizada na janela Cisco IP Phone User Options.

Use o mesmo PIN do usuário, utilizado na janela Cisco IP Phone User Options.

Este código de acesso é adicionado como um prefixo ao número do diretório armazenado para fornecer acesso a uma linha externa.

O parâmetro é uma Senha (conteúdo da máscara)

Nenhum

Nenhum

Nenhum


Fazendo o Download do Sincronizador do Catálogo de Endereços do Cisco IP Phone

Os usuários devem instalar o plug-in do Cisco IP Phone Address Book Synchronizer nos seus computadores antes de poder usar o Diretório Pessoal.

Use o seguinte procedimento para fazer o download do arquivo de instalação do Cisco IP Phone Address Book Synchronizer. Depois de fazer o download do arquivo faça a distribuição aos usuários da rede.

Procedimento


Etapa 1 Selecione Applications > Install Plugins.

Etapa 2 Selecione Cisco IP Phone Address Book Synchronizer.

Siga as instruções on-line.

Etapa 3 Deixe o arquivo de instalação disponível para os usuários finais instalarem o aplicativo do Cisco IP Phone Address Book Synchronizer nas suas estações de trabalho.

a. Inclua tabsync no arquivo downloads.asp para tornar o aplicativo disponível aos usuários.

b. Forneça aos usuários o seguinte URL para fazer o download do aplicativo: http://<ccm>/ccmuser/downloads.asp


Preparando o Usuário do Telefone para o Diretório Pessoal

Depois de ter adicionado o serviço de Diretório Pessoal e configurado os parâmetros de serviço, forneça ao usuário do telefone as seguintes informações:

Notificação sobre a disponibilidade do dispositivo

Acesso ao arquivo de instalação do Cisco IP Phone Address Book Synchronizer para os usuários instalarem nas suas estações de trabalho

Os ID e PIN de usuário, se ainda não tiverem

O URL para a página da web do Cisco IP Phone User Options para o usuário, se ainda não tiverem

Informações sobre como utilizar os serviços do Diretório Pessoal. Direcione-os para Customizing Your Cisco IP Phone on the Web.

Suporte para o Gateway Cisco VG224

O Guia do Cisco CallManager System omitiu informações sobre o gateway Cisco VG224, o qual é novo no Cisco CallManager versão 4.1, do capítulo "Entendendo Cisco CallManager Gateways de Voz". O gateway Cisco VG224 utiliza os protocolos de controle MGCP e SCCP.

O capítulo "Configuração de Gateway" do Guia de Administração do Cisco CallManager em "Adicionando um Cisco IOS SCCP Gateway" detalha a configuração do gateway Cisco VG224. Você deve também adicionar o gateway Cisco VG224 à lista de gateways em "Adicionando um Cisco IOS MGCP Gateway."

Interações do Recurso Call Back com Recursos do Sistema Call Forward, iDivert e Voice-Mail

O Guia do Cisco CallManager Features and Services omitiu as seguintes informações sobre interações do recurso Cisco Call Back.

Os seguintes estados de chamada descrevem os comportamentos esperados, para a parte de chamada, que ocorre quando o Cisco CallManager Call Back interage com os recursos do sistema Call Forward, iDivert, e voice-mail.

Quando a parte chamada (Telefone B) encaminha uma chamada recebida utilizando Forward All, Forward Busy, ou Forward No Answer, ou desviar uma chamada utilizando o iDivert, para um sistema de correio de voz, a parte chamadora (Telefone A) pode entrar em um dos seguintes estados em relação ao recurso Call Back:

Estado de conexão VM—A chamada é conectada ao correio de voz. A tecla de função Call Back está inativa para os telefones da parte chamadora (Telefone A).

O estado Ring-Out com a parte chamada original—O perfil do correio de voz da parte chamada não contém um piloto de correio de voz. A parte chamada (Telefone B) vê "Key Is Not Active" depois de pressionar a tecla de função iDivert. A parte chamadora (Telefone A) deve conseguir ativar o Call Back contra a parte chamada original (Telefone B).

O estado Ring-Out com recurso de correio de voz e número do piloto de correio de voz como a nova parte chamada—A chamada encontra uma falha do sistema de correio de voz ou uma falha de rede. A parte chamada (Telefone B) vê "Temp Failure" depois de pressionar a tecla de função iDivert. A parte chamadora (Telefone A) não pode ativar o recurso Call Back contra a parte chamada original (Telefone B) porque o contexto da chamada contém o número do piloto de correio de voz como a "nova" parte chamada.

O estado Ring-Out com porta de correio de voz ocupada e número do piloto de correio de voz como a nova parte chamada—A chamada encontra uma porta correio de voz ocupada. A parte chamada (Telefone B) vê "Busy" depois de pressionar a tecla de função iDivert. A parte chamadora (Telefone A) não pode ativar o recurso Call Back contra a parte chamada original (Telefone B) porque o contexto da chamada contém o número do piloto de correio de voz como a "nova" parte chamada.

Para mais informações, consulte http://www.cisco.com/pcgi-bin/Support/Bugtool/onebug.pl?bugid=CSCef84035

Onde Encontrar Mais Informações

Desvio Imediato, Guia do Cisco CallManager Features and Services

Recursos do Telefone, Guia do Cisco CallManager Features and Services

Ferramenta para Informações de Suporte de Telefone Registrado Automaticamente para Usuários Finais

A seção "Informações TAPS para Usuários Finais" no capítulo "Trabalhando com a Ferramenta para Suporte de Telefones Auto-Registrados" no Guia do usuário do Bulk Administration Tool omite as seguintes informações entre a Etapa 1 e a Etapa 2 no procedimento de fazer a configuração de seu telefone novo:

Para fazer a configuração de um telefone novo, disque o número do Ponto de Rota CTI fornecido pelo seu administrador do sistema e siga os prompts.

Obtendo Documentação

Documentação e literatura adicional da Cisco estão disponíveis em Cisco.com. A Cisco também permite obter assistência técnica e outros recursos técnicos de várias maneiras. Estas seções explicam como obter informações técnicas da Cisco Systems.

Cisco.com

É possível obter a documentação mais atualizada da Cisco no seguinte URL:

http://www.cisco.com/univercd/home/home.htm

É possível acessar o website da Cisco no seguinte URL:

http://www.cisco.com

É possível acessar websites internacionais da Cisco no seguinte URL:

http://www.cisco.com/web/siteassets/locator/index.html

DVD da Documentação

A documentação e literatura adicional da Cisco estão disponíveis em um pacote de DVD da Documentação, enviado com o produto. O DVD da Documentação é atualizado regularmente e pode estar mais atualizado do que a documentação impressa. O pacote com o DVD da documentação está disponível como uma única unidade.

Usuários registrados na Cisco.com (clientes diretos da Cisco) podem solicitar um DVD da documentação da Cisco (número do produto DOC-DOCDVD=) com a ferramenta Ordering ou no Cisco Marketplace.

Ferramenta Cisco Ordering:

http://www.cisco.com/en/US/partner/ordering/index.shtml

Cisco Marketplace:

http://www.cisco.com/go/marketplace/

Solicitando Documentação

Você encontrará instruções para solicitar documentação no seguinte URL:

http://www.cisco.com/en/US/docs/general/Illus_process/PDI/pdi.htm

Para solicitar documentação da Cisco, use os seguintes procedimentos:

Os usuários registrados da Cisco.com (clientes diretos da Cisco) podem solicitar documentação de produtos Cisco na ferramenta Ordering:

http://www.cisco.com/en/US/partner/ordering/index.shtml

Os usuários não registrados da Cisco.com podem solicitar documentação através de um representante de contas local, ligando para os escritórios centrais da Cisco Systems Corporate (Califórnia, EUA), através do número 408 526-7208 ou, caso esteja em algum outro local na América do Norte, ligando para 800.553-NETS (6387).

Feedback da Documentação

Envie seus comentários sobre a documentação técnica para bug-doc@cisco.com.

Envie os comentários usando a ficha de resposta (se existir) localizada na parte posterior da capa frontal de seu documento ou escrevendo para o seguinte endereço:

Cisco Systems
Attn: Customer Document Ordering
170 West Tasman Drive
San Jose, CA 95134-9883

Agradecemos seus comentários.

Visão Geral Sobre Segurança de Produtos Cisco

A Cisco dispõe de um portal on-line gratuito de Política de Vulnerabilidade de Segurança no seguinte URL:

http://www.cisco.com/en/US/products/products_security_vulnerability_policy.html

Nesse site é possível executar as seguintes tarefas:

Relatar as vulnerabilidades de segurança em produtos Cisco.

Obter assistência para incidentes de segurança relacionados a produtos Cisco.

Registrar-se para receber informações sobre segurança da Cisco.

Existe uma lista atualizada de avisos e recomendações de segurança para produtos Cisco, disponível no seguinte URL:

http://www.cisco.com/go/psirt

Para ver os conselhos e alertas assim que publicados, em tempo real, acesse o feed Product Security Incident Response Team Really Simple Syndication (PSIRT RSS) no seguinte URL:

http://www.cisco.com/en/US/products/products_psirt_rss_feed.html

Relatando Problemas de Segurança em Produtos Cisco

A Cisco compromete-se a fornecer produtos seguros. Testamos nossos produtos internamente antes de liberá-los e nos esforçamos para corrigir rapidamente todos os pontos vulneráveis. Se você acredita que identificou um ponto de vulnerabilidade em um produto Cisco, entre em contato com o PSIRT:

Emergências —  security-alert@cisco.com

Não-emergências —  psirt@cisco.com


Dica Sugerimos o uso do Pretty Good Privacy (PGP) ou de um produto semelhante para codificar as informações confidenciais enviadas para a Cisco. O PSIRT pode trabalhar a partir das informações codificadas, compatíveis com o PGP versões 2.x a 8.x.

Nunca use uma chave de criptografia revogada ou vencida. A chave pública correta a usar na sua correspondência com PSIRT é a com data de criação mais recente nesta lista do servidor de chaves públicas:

http://pgp.mit.edu:11371/pks/lookup?search=psirt%40cisco.com&op=index&exact=on


Em uma emergência, você também pode ligar para a PSIRT:

1 877 228-7302

1 408 525-6532

Obtendo Assistência Técnica

Para todos os clientes, parceiros, revendedores e distribuidores com contratos de serviços válidos com a Cisco, o Suporte Técnico da Cisco fornece assistência técnica premiada, ininterrupta. O website do Suporte Técnico da Cisco em Cisco.com dispõe de um amplo material de suporte técnico on-line. Além disso, os engenheiros do Cisco Technical Assistance Center (TAC) oferecem suporte por telefone. Se você não tem um contrato de serviço válido com a Cisco, entre em contato com seu revendedor.

Website de Suporte Técnico da Cisco

O website de Suporte Técnico da Cisco oferece documentos e ferramentas on-line para solucionar problemas gerais e técnicos relacionados a produtos e tecnologias Cisco. O website está disponível 24 horas por dia, 365 dias no ano, neste URL:

http://www.cisco.com/cisco/web/BR/support/index.html

O acesso a todas as ferramentas no website Suporte Técnico da Cisco requer um ID e senha de usuário da Cisco.com. Se você possuir um contrato de serviço válido mas não possuir um ID e senha de usuário, poderá registrar-se no seguinte URL:

http://tools.cisco.com/RPF/register/register.do


Observação Use a ferramenta Cisco Product Identification (CPI) para localizar o número de série de seu produto antes de enviar uma requisição de serviço pela web ou por telefone. Você pode acessar a ferramenta CPI no website Suporte Técnico e Documentação da Cisco clicando na ligação Tools & Resources em Documentation & Tools. Selecione Cisco Product Identification Tool na lista suspensa do Índice em Ordem Alfabética ou clique na ligação Cisco Product Identification Tool em Alerts & RMAs. A ferramenta CPI dispõe de três opções de busca: por ID do produto ou nome do modelo; por exibição de árvore; ou, para determinados produtos, copiando e colando a saída de comando show. Os resultados da busca apresentam uma ilustração de seu produto destacando o local da etiqueta do número de série. Localize a etiqueta do número de série em seu produto e registre a informação antes de fazer uma chamada de serviço.


Enviando uma Requisição de Serviço

A utilização da ferramenta on-line TAC Service Request é o método mais rápido para abrir solicitações de serviço S3 e S4. (As requisições de serviço S3 e S4 são aquelas nas quais a sua rede é minimamente prejudicada ou para as quais você precisa de informações de produto.) Após descrever a situação, a ferramenta TAC Service Request fornece soluções recomendadas. Se seu problema não for resolvido usando os recursos recomendados, sua requisição de serviço será atribuída a um engenheiro da Cisco TAC. A ferramenta TAC Service Request encontra-se neste URL:

http://www.cisco.com/cisco/web/BR/support/index.html/servicerequest

Para as solicitações de serviço S1 ou S2, ou se você não possui acesso a Internet, entre em contato por telefone com o Cisco TAC. (As solicitações de serviço S1 e S2 são aquelas nas quais a sua rede de produção está desativada ou bastante reduzida.) Os engenheiros da Cisco TAC são imediatamente designados para atender às solicitações de serviço S1 e S2 ajudando a manter suas operações comerciais executando com tranqüilidade.

Para abrir uma requisição de serviço por telefone, use um dos seguintes números:

Ásia-Pacífico: +61 2 8446 7411 (Austrália: 1 800 805 227)
EMEA: +32 2 704 55 55
EUA: 1 800 553 -2447

Para obter uma lista completa dos contatos Cisco TAC, acesse o seguinte URL:

http://www.cisco.com/cisco/web/BR/support/index.html/contacts

Definições de Severidade da Requisição de Serviço

Para que todas as solicitações de serviço sejam relatadas em um formato padrão, a Cisco criou definições de severidade.

Severidade 1 (S1) — Sua rede está parada ou está ocorrendo um impacto crítico sobre suas atividades comerciais. Você e a Cisco usarão todos os recursos necessários de modo ininterrupto para resolver a situação.

Severidade 2 (S2) — O funcionamento de uma rede existente foi bastante reduzido ou aspectos importantes de sua atividade comercial estão sendo prejudicados pelo desempenho incorreto de produtos Cisco. Você e a Cisco utilizarão de recursos ininterruptos durante o horário de expediente normal para resolver a situação.

Severidade 3 (S3) — O desempenho operacional de sua rede está prejudicado, mas a maioria das atividades comerciais permanece funcionando. Você e a Cisco utilizarão de recursos durante o horário de expediente normal para restaurar o serviço a níveis satisfatórios.

Severidade 4 (S4) — Você precisa de informações ou assistência relacionadas a capacidades, instalação ou configuração de produtos Cisco. Há pouco ou nenhum impacto sobre suas atividades comerciais.

Obtendo Publicações e Informações Adicionais

Informações sobre produtos, tecnologias e soluções de rede Cisco encontram-se disponíveis em várias fontes de consulta on-line e impressas.

O Cisco Marketplace fornece uma variedade de livros, guias de referência e merchandise de logotipo da Cisco. Visite a Cisco Marketplace, a loja da empresa, no seguinte URL:

http://www.cisco.com/go/marketplace/

A Cisco Press publica diversos títulos gerais de operação em rede, treinamento e certificação. Os usuários novos e os experientes se beneficiarão dessas publicações. Para obter os títulos e outras informações atuais da Cisco Press, acesse a Cisco Press no seguinte URL:

http://www.ciscopress.com

Packet é a revista do usuário técnico da Cisco Systems para maximizar os investimentos em operação em rede e na Internet. A cada trimestre, a Packet faz a cobertura das últimas tendências do setor, avanços tecnológicos, produtos e soluções Cisco, assim como dicas para desenvolvimento e análise de falhas de rede, exemplos de configurações, estudos de caso de cliente, informações sobre certificações e treinamentos, além de ligações para cobertura de recursos on-line detalhadas. É possível acessar a revista Packet no seguinte URL:

http://www.cisco.com/packet

iQ Magazine é a publicação trimestral da Cisco Systems, elaborada para ajudar as empresas em crescimento no aprendizado e uso da tecnologia para aumentar a receita, dinamizar as atividades e expandir os serviços. A publicação identifica os desafios enfrentados por essas empresas e as tecnologias que ajudam a solucioná-los, utilizando estudos de caso e estratégias comerciais do mundo real para auxiliar os leitores a tomar importantes decisões de investimentos em tecnologia. É possível acessar a iQ Magazine, no seguinte URL:

http://www.cisco.com/go/iqmagazine

Internet Protocol Journal é um jornal trimestral publicado pela Cisco Systems para os profissionais de engenharia associados à elaboração, desenvolvimento e operação de internets e intranets públicas e privadas. É possível acessar o Internet Protocol Journal no seguinte URL:

http://www.cisco.com/ipj

Está disponível na Cisco um treinamento em operação em rede de nível internacional. É possível consultar as ofertas atuais no seguinte URL:

http://www.cisco.com/en/US/learning/index.html