Software Cisco IOS e NX-OS : Software Cisco IOS versões 12.1 T

Configuração de E1 R2 e Sinalização Associada a Canal

2 Abril 2008 - Tradução Manual
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Inglês (24 Julho 2000) | Feedback

Índice

Configuração de E1 R2 e Sinalização Associada a Canal

Resumo do recurso

E1 Sinalização Associada a Canal

Sinalização R2

Sobre Sinalização dentro da Faixa (In-Band) e Fora da Faixa (Out-of-Band)

Benefícios

Documentação Relacionada

Plataformas suportadas

MIBs e RFCs suportados

Tarefas de configuração

Configurando a Sinalização Associada a Canal

Configurando a Sinalização E1 R2

Dicas para análise de falhas

Exemplo de configuração

Referências a Comandos

cas-custom

ds0-group (controller e1)

Comandos debug

Informação de Referência de Depuração


Configuração de E1 R2 e Sinalização Associada a Canal


As seguintes seções são fornecidas:

Resumo do recurso

Plataformas suportadas

MIBs e RFCs suportados

Tarefas de configuração

Exemplo de configuração

Referências a Comandos

Comandos debug

Resumo do recurso

Este documento descreve os seguintes tipos de sinalização para plataformas Cisco:

E1 Sinalização Associada a Canal

Sinalização R2

Outras configurações E1 estão descritas no Cisco IOS Versão 12.1 Guia de Configuração de Aplicativos de Multisserviço e Referências a Comandos de Aplicativos de Multisserviço.

E1 Sinalização Associada a Canal

As sinalizações associadas a canal para linhas E1 canalizadas, que são normalmente implementadas em redes na América Latina, Ásia e Europa, são suportadas em routers Cisco. A sinalização associada a canal é configurada para suportar bancos de canal na rede que converte várias baterias e operações de aterramento nas linhas analógicas em bits de sinalização, que são encaminhados sobre linhas digitais.

A sinalização associada a canal (CAS) é a transmissão de informações de sinalização dentro do canal de voz. A CAS é configurada em um controlador E1 e permite que o servidor de acesso envie ou receba chamadas analógicas. A sinalização utiliza o 16º. canal (grade de programação); assim, a sinalização associada a canal se encaixa na categoria de sinalização fora da faixa.

Sinalização R2

A sinalização R2 é um padrão de sinalização internacional comum às redes E1 canalizadas. Entretanto, não há um único padrão de sinalização para R2. A recomendação ITU-T Q.400-Q.490 define R2, mas vários países e regiões geográficas implementam R2 de maneiras completamente diferentes. A Cisco Systems enfrenta esse desafio suportando muitas implementações localizadas de sinalização R2 no Cisco IOS Software.

A sinalização E1 R2 padrão da Cisco System é ITU, que suporta os seguintes países: Dinamarca, Finlândia, Alemanha, Rússia (variante da ITU), Hong Kong (variante da ITU) e África do Sul (variante da ITU). A expressão "variação da ITU" significa que há vários tipos de sinalização R2 no país especificado, mas a Cisco suporta a variante ITU.

A Cisco Systems também suporta variantes locais específicas da sinalização E1 R2 nas seguintes regiões, países e corporações:

Argentina

Austrália

Brasil

China

Colômbia

Costa Rica

Europa Ocidental (inclui Croácia, Rússia e República Eslovaca)

ITU do Equador

LME do Equador

Grécia

Guatemala

Hong Kong (utiliza a variante da China)

Indonésia

Israel

Coréia

Malásia

Nova Zelândia

Paraguai

Peru

Filipinas

Arábia Saudita

Cingapura

África do Sul (variante da Panaftel)

Telmex corporation (México)

Telnor corporation (México)

Tailândia

Uruguai

Venezuela

Vietnã

Sobre Sinalização dentro da Faixa (In-Band) e Fora da Faixa (Out-of-Band)

Os termos dentro da faixa e fora da faixa indicam se os diversos sinais—utilizados para configurar, controlar e finalizar chamadas—viajam no mesmo canal (ou banda) que as chamadas de voz ou dados do usuário, ou se esses sinais viajam em um canal separado (ou banda).

ISDN, que utiliza o canal D para sinalização e canais B para dados de usuário, se encaixa na categoria de sinalização fora da faixa.

Sinalização de bit roubado, que utiliza bits de estruturas especificadas no canal de dados do usuário para sinalização, encaixa-se na categoria de sinalização dentro da faixa.

Sinalização associada a canal, que utiliza 16 grades de programação E1 (o canal D) para sinalização, encaixa-se na categoria de sinalização fora da faixa.

Benefícios

Localização personalizada R2—a sinalização R2 é suportada para uma variedade de países e regiões geográficas. A Cisco está continuamente suportando novos países.

O tráfego de voz E1 utilizando sinalização R2 pode ser roteado para redes IP, ATM ou Frame Relay.

Documentação Relacionada

Cisco IOS Versão 12.1 Guia de Configuração de Aplicativos de Multisserviço

Cisco IOS Versão 12.1 Referências a Comandos de Aplicativos de Multi-serviço

Plataformas suportadas

Este recurso tem suporte nas seguintes plataformas:

Cisco 2600 series routers

Cisco 3600 series routers

Cisco 7200 series routers

MIBs e RFCs suportados

Nenhum.

Tarefas de configuração

Consulte as seguintes seções para tarefas de configuração para sinalização CAS e E1 R2. Cada tarefa na lista indica se a tarefa é opcional ou obrigatória.

Configurando a Sinalização Associada a Canal

Configurando a Sinalização E1 R2

Configurando a Sinalização Associada a Canal

Para configurar a CAS nos controladores E1, utilize os seguintes comandos, começando no modo de configuração global:

 
Comando
Propósito

Etapa 1 

Router(config)# controller e1 slot/port

Insere o modo de configuração do controlador e especifica o controlador E1 que deseja configurar com a sinalização R2.

Etapa 2 

Router(config-controller)# ds0-group ds0-group-no timeslots timeslot-list type {e&m-immediate | e&m-delay | e&m-wink | fxs-ground-start | fxs-loop-start |fxo-ground-start | fxo-loop-start}

Configura a sinalização associada a canal e o protocolo de sinalização em um número especificado de grades de programação.

Etapa 3 

Router(config-controller)# framing crc4

Define as características de estrutura como verificação de redundância cíclica 4 (CRC4).

Etapa 4 

Router(config-controller)# linecode hdb3

Define o código de linha como bipolar 3 de alta densidade (HDB3).

Etapa 5 

Router(config-controller)# clock source line primary1

Especifica uma linha E1 para servir como linha de origem de tempo principal ou mais estável.

1 Especificar a outra linha E1 como linha de origem de tempo secundária com o comando clock source line secondary.

Se não especificar as grades de programação, a sinalização associada a canal será configurada em todos os canais 30 B e um canal D no controlador especificado.

Configurando a Sinalização E1 R2

A sinalização R2 é a sinalização E1 canalizada utilizada na Europa, Ásia e América do Sul. É equivalente à sinalização T1 canalizada na América do Norte. Há dois aspectos de sinalização R2: sinalização de linha e sinalização inter-registro. A sinalização de linha R2 inclui R2 digital, R2 analógico e R2 por pulso. A sinalização inter-registro R2 inclui R2 forçado, R2 não-forçado e R2 semi-forçado. Esses tipos de sinalização são configurados utilizando o comando ds0-group (controller e1).

Muitos países e regiões possuem suas próprias especificações da variante de E1 R2, que complementam a recomentação ITU-T Q.400-Q.490 para sinalização R2. Parâmetros exclusivos de sinalização E1 R2 para países e regiões específicos são definidos emitindo o comando cas-custom channel seguido pelo comando country name.

A implementação de sinalização R2 da Cisco possui o suporte DNIS ativado por padrão. Ao habilitar a opção ani, o conjunto de informações DNIS ainda será executado. A especificação da opção ani não desativa o conjunto DNIS. DNIS é o número que está sendo chamado. ANI é o número do chamador. Por exemplo, se o router A estiver sendo configurado para chamar o router B, o número DNIS será atribuído ao router B e o número ANI será atribuído ao router A. ANI é semelhante à ID do Chamador.

Para configurar a sinalização E1 R2, use os comandos a seguir começando no modo de configuração global:

 
Comando
Propósito

Etapa 1 

router(config)# controller E1 slot/port

Especifique o controlador E1 de que deseja fazer a configuração com a sinalização R2.

Etapa 2 

router(config)# ds0-grouprouter(config-controller)# channel timeslots range type signal

Substitua a variável de sinal por qualquer uma das seguintes opções sob R2 analógico, R2 digital ou R2 de pulso:

r2-analog r2-compelled [ani [ r2-non-compelled ] |ani[r2-semi-compelled] | ani [

ou

r2-digital]] r2-compelled [ani [r2-non-compelled] | ani [r2-semi-compelled] | ani [

ou

r2-pulse ]] r2-compelled[ani [r2-non-compelled] | ani [ r2-semi-compelled ] |ani[

 

Configure a sinalização associada ao canal R2 no controlador E1. Para obter uma descrição completa das opções R2 disponíveis, consulte a página de referências a comandos ds0-group (controller e1).

Etapa 3 

]] cas-customrouter(config-controller)# channel

Entre no modo cas-custom. Nesse modo, é possível localizar os parâmetros de sinalização E1 R2, tais como configurações específicas de país R2 para Hong Kong.

Para que a personalização entre em vigor, o número do channel utilizado no comando cas-custom deve corresponder ao número do channel especificado pelo comando ds0-group.

Etapa 4 

countryrouter(config-ctrl-cas)# name use-defaults

Especifique o país, região ou corporação local para utilizar com a sinalização R2. Substitua a variável name por um dos nomes de países suportados.

A Cisco recomenda fortemente que a opção use defaults seja incluída, que define as configurações padrão para um país específico. A configuração padrão para todos os países é ITU.

Consulte a página de referências a comandos cas-custom para obter a lista de especificações de países, regiões e corporações suportados.

Etapa 5 

ani-digits

router(config-ctrl-cas)# answer-signal

router(config-ctrl-cas)# caller-digits

router(config-ctrl-cas)# category

router(config-ctrl-cas)# default

router(config-ctrl-cas)# dnis-digits

router(config-ctrl-cas)# invert-abcd

router(config-ctrl-cas)# ka

router(config-ctrl-cas)# kd

router(config-ctrl-cas)# metering

router(config-ctrl-cas)# nc-congestion

router(config-ctrl-cas)# unused-abcd

router(config-ctrl-cas)# request-category

(Opcional) Personaliza ainda mais os parâmetros de sinalização R2. Alguns tipos de switches requerem que as configurações de R2 sejam ajustadas. Não utilize esses comandos indevidamente, a menos que conheça completamente os requisitos do seu switch.

Para quase todos os cenários de rede, o comando country name use-defaults configura completamente as configurações locais de país. Não é necessário executar a etapa 5.

Consulte a página de referências a comandos cas-custom para mais informações sobre cada comando de sinalização.

Para obter outro exemplo de configuração E1 R2, consulte a seção "Exemplo de Configuração" na página 7.

Amostra de Topologia de Rede para E1 R2

A Figura 1 mostra um exemplo de topologia de rede utilizando a sinalização E1 R2 com um router
Cisco das séries 2600, 3600 ou 7200. Todos os controladores do router estão configurados com a sinalização digital R2. Além disso, as configurações de país R2 localizadas são habilitadas no router. Para obter uma configuração de amostra, consulte a seção "Exemplo de Configuração".

Figura 1 E1 R2 Conexões para Routers Cisco 2600/3600/7200 Series

Verificando a Sinalização E1 R2

Ao verificar a configuração de sinalização E1 R2, digite o comando show controller e1 para visualizar o status de todos os controladores, ou digite o comando show controller e1 slot/port para exibir o status de um controlador específico. Certifique-se de que o status indica que o controlador está ativado (linha 2 no exemplo a seguir) e que nenhum alarme (linha 6 no exemplo a seguir) ou erros (linhas 9, 10 e 11 no exemplo a seguir) foram informados.

Router# show controller E1 1/0

E1 1/0 is up.
  Applique type is Channelized E1
  Cablelength is short 133
  Description: E1 WIC card Alpha
  No alarms detected.
  Framing is CRC4, Line Code is HDB3, Clock Source is Line Primary.
  Data in current interval (1 seconds elapsed):
     0 Line Code Violations, 0 Path Code Violations
     0 Slip Secs, 0 Fr Loss Secs, 0 Line Err Secs, 0 Degraded Mins
     0 Errored Secs, 0 Bursty Err Secs, 0 Severely Err Secs, 0 Unavail Secs 

Dicas para análise de falhas

Se a conexão não for ativada, verifique o seguinte:

Fios soltos, emendas, conectores, curtos circuitos, bridge taps e aterramentos

Transmissão e recepção reversa

Tipos de enquadramento incompatíveis (por exemplo, CRC-4 versus não-CRC-4)

Separação de pares de transmissão e recepção (crosstalk)

Line cards ou repetidores defeituosos

Linhas ruidosas (por exemplo, power e crosstalk)

Se perceber erros na linha ou a linha estiver oscilando entre ativa e inativa, verifique o seguinte:

Códigos de linha incompatíveis (HDB3 versus AMI)

Nível de recepção

Erros de enquadramento devido a planejamento de temporização deficiente

Exemplo de configuração

O exemplo a seguir configura a sinalização R2 e personaliza parâmetros R2 no controlador E1 2/0 de um router Cisco série 2600 ou 3600 com um módulo de rede de tronco de voz de pacote T1/E1 digital. Na maioria dos casos, o mesmo tipo de sinalização R2 está configurado em cada controlador E1.


Etapa 1 Insira o modo de configuração global utilizando o comando configure terminal:

3600# configure terminal
Enter configuration commands, one per line.  End with CNTL/Z.

Etapa 2 Especifique o controlador E1 que deseja configurar com a sinalização R2 utilizando o comando de configuração global controller e1 number. Um controlador informa ao servidor de acesso como distribuir ou aprovisionar intervalos de tempo individuais para uma linha E1 canalizada conectada. É necessário fazer a configuração de um controlador E1 para cada linha E1.

3600(config)# controller e1 2/0

Etapa 3 Faça a configuração da sinalização associada ao canal com o comando ds0-group channel timeslots range type signal. O tipo de sinalização encaminhado pelo switch telco de conexão deve corresponder à sinalização configurada no router Cisco das séries 2600 ou 3600. As opções de configuração Cisco IOS são r2-analog, r2-digital, ou r2-pulse.

3600(config-controller)# ds0-group 1 timeslots 1-31 type ?
  r2-analog            R2 ITU Q411
  r2-digital           R2 ITU Q421
  r2-pulse             R2 ITU Supplement 7

O exemplo a seguir especifica a sinalização de linha digital R2 ITU Q421 (r2-digital). Esse exemplo também especifica a sinalização de registro R2 forçada e faz provisões da opção ANI ADDR.

3600(config-controller)# ds0-group 1 timeslots 1-31 type r2-digital r2-compelled ani
3600(config-controller)#
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 1 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 2 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 3 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 4 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 5 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 6 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 7 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 8 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 9 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 10 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 11 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 12 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 13 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 14 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 15 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 17 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 18 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 19 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 20 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 21 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 22 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 23 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 24 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 25 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 26 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 27 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 28 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 29 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 30 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 31 is up


Observação Para obter uma descrição das opções de sinalização R2 suportadas, consulte a página de referências a comandos ds0-group (controller e1) . A sinalização associada ao canal R2 real está configurada no intervalo de tempo slot nº16, motivo pelo qual a grade de programação slot não se estabelece na saída do exemplo.


Etapa 4 Personalize alguns dos parâmetros de sinalização E1 R2 com o comando de configuração do controlador cas-custom channel . Esse exemplo especifica as configurações R2 padrão para a Argentina. Consulte a página de referências a comandos cas-custom para obter uma descrição detalhada dessas opções.

3600(config-controller)# cas-custom 1
3600(config-ctrl-cas)# ?
CAS custom commands:
  ani-digits        Expected number of ANI digits
  answer-signal     Answer signal to be used
  caller-digits     Digits to be collected before requesting CallerID
  category          Category signal
  country           Country Name
  default           Set a command to its defaults
  dnis-digits       Expected number of DNIS digits
  exit              Exit from cas custom mode
  invert-abcd       invert the ABCD bits before tx and after rx
  ka                KA Signal
  kd                KD Signal
  metering          R2 network is sending metering signal
  nc-congestion     Non Compelled Congestion signal
  no                Negate a command or set its defaults
  request-category  DNIS digits to be collected before requesting category
  unused-abcd       Unused ABCD bit values

3600(config-ctrl-cas)# country ?
  argentina             Argentina
  australia             Australia
  brazil                Brazil
  china                 China
  columbia              Columbia
  .
  .
  .
3600(config-ctrl-cas)# country argentina ?
  use-defaults   Use Country defaults
  <cr>

3600(config-ctrl-cas)# country argentina use-defaults

Observação A Cisco recomenda fortemente que as configurações padrão de seu país sejam especificadas. Para exibir uma lista de países suportados, emita o comando country . A configuração padrão para todos os países é ITU.



Referências a Comandos

Esta seção registra comandos novos e modificados. Todos os outros comandos usados com este recurso estão documentados nas referências de comandos da versão 12.1 do Cisco IOS.

cas-custom

ds0-group (controller e1)

cas-custom

Para personalizar os parâmetros de sinalização E1 R2 para um grupo de canal E1 específico em uma linha E1 canalizada, utilize o comando de configuração de controlador cas-custom . Utilize a forma no desse comando para desabilitar a personalização da sinalização.

cas-custom channel

no cas-custom channel

Descrição da sintaxe

channel

Especifica um único número de grupo de canais, que pode ser de 0 a 30. Esse número de grupo de canais deve corresponder-se ao número de canais especificado no comando ds0-group .


Defaults

Nenhum parâmetro de sinalização personalizada está configurado. Se um nome de país não for especificado utilizando o comando country name, que está descrito em Referências a Comandos de Serviços de Discagem do Cisco IOS, ITU é o sinal padrão selecionado.

Modos de comando

Configuração do controlador

Histórico de comando

Versão
Modificação

11.2 P

O comando foi introduzido nos servidores de acesso Cisco AS5200 e AS5300.

12.1(2)XH e 12.1(3)T

O comando foi modificado para módulo de rede de tronco de voz do pacote T1/E1 digital nos routers Cisco série 2600 e 3600


Diretrizes de uso

Os parâmetros de personalização definidos pelo comando cas-custom channel são aplicados ao mesmo número de grupo de canais utilizado no comando cas-group channel timeslots range type signal. Esses números de grupo de canais devem ser correspondidos. Caso contrário, os recursos personalizados especificados pelo comando cas-custom não serão aplicados à configuração do comando cas-group. A personalização da sinalização não entrará em vigor. Consulte o Exemplo 1.

No entanto, não será necessário fazer a configuração ou definir mais de um número de grupo de canais por linha E1 na maioria dos casos. Embora raramente utilizado, é possível dividir uma única E1 (intervalos de tempo de 1 a 31) em dois grupos (por exemplo, intervalos de tempo de 1 a 15 no grupo 1 e intervalos de tempo de 17 a 31 no grupo 2).

A Cisco recomenda fortemente que utilize a opção use-defaults ao especificar um tipo de país específico. Consulte o comando country name em Referências a Comandos de Serviços de Discagem do Cisco IOS. Essa palavra-chave adicional garante que todas as configurações de país locais estejam corretamente habilitadas. Por exemplo, emita o comando country greece use-defaults. Se a opção use-defaults não for especificada, ITU genérica será a configuração padrão para todos os países. Consulte o Exemplo 2.

É possível configurar o sistema para desviar de uma configuração padrão de país conforme definido pela Cisco. Para isso, escolha a partir da seguinte lista de comandos descritos em Referências a Comandos de Serviços de Discagem do Cisco IOS: ani-digits min number max number, answer-signal {group-a | group-b} number, caller-digits number, category number, dnis-digits min number max number, invert-abcd, ka number, kd number, metering, nc-congestion e unused-abcd value. Para retornar às configurações padrão específicas de um determinado país, emita o comando country name use-defaults. Para retornar ao padrão ITU de um determinado país, emita o comando default country name use-defaults. Consulte Exemplo 3 e Exemplo 4.

O modo cas-custom possui muitos comandos associados que são utilizados para personalizar as configurações de sinalização R2. Alguns switches requerem que as configurações de R2 sejam ajustadas. Não utilize esses comandos indevidamente, a menos que conheça exatamente como será o funcionamento do router. Consulte a Referências a Comandos de Serviços de Discagem do Cisco IOS para obter os comandos cas-custom suportados.

Exemplo 1

O exemplo a seguir exibe os parâmetros de sinalização disponíveis após entrar no modo cas-custom. Observe que o mesmo grupo 1 de canais é especificado no comando cas-group e no comando cas-custom .

router# configure terminal
Enter configuration commands, one per line. End with CNTL/Z
router(config)# controller e1 1/0
router(config-controller) cas-group 1 timeslots 1-31 type r2-digital r2-compelled
router(config-controller) cas-custom 1
router(config-ctrl-cas)# ?
CAS custom commands:
  ani-digits        Expected number of ANI digits
  answer-signal     Answer signal to be used
  caller-digits     Digits to be collected before requesting CallerID
  category          Category signal
  country           Country Name
  default           Set a command to its defaults
  dnis-digits       Expected number of DNIS digits
  exit              Exit from cas custom mode
  invert-abcd       invert the ABCD bits before tx and after rx
  ka                KA Signal
  kd                KD Signal
  metering          R2 network is sending metering signal
  nc-congestion     Non Compelled Congestion signal
  no                Negate a command or set its defaults
  request-category  DNIS digits to be collected before requesting category
  unused-abcd       Unused ABCD bit values


Exemplo 2

É possível localizar sua configuração de R2 para um país específico. Não se esqueça de incluir a opção use-defaults como descrito em Referências a Comandos de Serviços de Discagem do Cisco IOS. Por exemplo, utilize o comando country argentina use-defaults para um cenário R2 na Argentina.

router(config-ctrl-cas)# country ?
  argentina             Argentina
  australia             Australia
  brazil                Brazil
  china                 China
  columbia              Columbia
  costarica             Costa Rica
  easteurope            East Europe
  ecuador-itu           Ecuador ITU
  ecuador-lme           Ecuador LME
  greece                Greece
  guatemala             Guatemala
  hongkong-china        Hong Kong (China variant)
  indonesia             Indonesia
  israel                Israel
  itu                   ITU
  korea                 Korea
  malaysia              Malaysia
  newzealand            New Zealand
  paraguay              Paraguay
  peru                  Peru
  philippines           Philippines
  saudiarabia           Saudi Arabia
  singapore             Singapore
  southafrica-panaftel  South Africa Panaftel
  telmex                Telmex
  telnor                Telnor
  thailand              Thailand
  uruguay               Uruguay
  venezuela             Venezuela
  vietnam               Vietnam

router(config-ctrl-cas)# country argentina ?
  use-defaults   Use Country defaults
  <cr>
router(config-ctrl-cas)# country argentina use-defaults

Exemplo 3

O exemplo a seguir personaliza a sinalização para o grupo 1 de canais. A configuração coleta três dígitos antes de solicitar informações ANI para chamadas analógicas recebidas em um router das séries Cisco 2600 ou 3600 na Argentina.

router(config-controller)# cas-custom 1
router(config-ctrl-cas)# country argentina use-defaults
router(config-ctrl-cas)# caller-digits 3
router(config-controller)# ^z
router(config)#

Exemplo 4

Como o modo cas-custom fornece flexibilidade para personalizar parâmetros de R2, a margem de erro do usuário aumenta. Portanto, o Cisco IOS Software permite retornar às configurações de R2 padrão de um determinado país utilizando a opção use-defaults. O exemplo a seguir exibe as configurações padrão da Argentina, altera alguns parâmetros de personalização e retorna à configuração original de R2 desse país.

router(config-ctrl-cas)# country argentina use-defaults
router(config-ctrl-cas)# caller-digits 3
router(config-ctrl-cas)# unused-abcd 1
router(config-ctrl-cas)# metering
router(config-ctrl-cas)# country argentina use-defaults

Comandos relacionados

ds0-group (controller E1)

ds0-group (controller e1)

Para definir canais E1 para chamadas de voz compactada e o método de sinalização associada a canal (CAS) pelo qual o router conecta-se ao PBX ou PSTN, digite o comando de configuração do controlador ds0-group. A forma no do comando remove a configuração de grupo e de sinalização.

ds0-group channel timeslots range type signal

no ds0-group channel timeslots range type signal

Descrição da sintaxe

channel

Especifica um único número de grupo de canais. Substitua a variável channel por um número de 0 a 30.

timeslots range

Especifica um intervalo de tempo, que pode ser de 1 a 31. É possível especificar uma faixa de intervalo de tempo (por exemplo, de 1 a 31), intervalos de tempo individuais separados por vírgulas (por exemplo, 1, 3, 5), ou uma combinação de dois intervalos de tempo (por exemplo de 1 a 14, 15, de 17 a 31). O intervalo de tempo nº. 16 é reservado para sinalização fora da banda.

type signal

Especifica o tipo de sinalização associada ao canal. Faça a configuração do tipo de sinal que o seu escritório central utiliza. Substitua a variável signal por um dos seguintes tipos de sinal:

r2-analog [r2-compelled [ani] | r2-non-compelled [ani] | r2-semi-compelled [ani]]

r2-digital [r2-compelled [ani] | r2-non-compelled [ani] | r2-semi-compelled [ani]]

r2-pulse [r2-compelled [ani] | r2-non-compelled [ani] | r2-semi-compelled [ani]]

 

As descrições a seguir são fornecidas para os três marcadores de sintaxe R2 anteriores:

r2-analogEspecifica a sinalização de linha analógica R2 ITU Q411, que reflete a comutação liga/desliga de um tom em circuitos de multiplexação de divisão de freqüência (antes circuitos TDM eram criados). O tom é utilizado para sinalização de linha.

r2-digital—Especifica a sinalização de linha digital R2 ITU Q421, que é a configuração de sinalização mais comum. Os bits A e B são utilizados para sinalização de linha.

r2-pulse—Especifica a sinalização de linha de pulso R2 ITU supplement 7, que é um pulso transmitido indicando uma alteração no estado da linha.

r2-compelled [ani]—Especifica a sinalização de registro R2 forçado. Também é possível especificar o aprovisionamento da opção ANI addr.

r2-non-compelled [ani]—Especifica a sinalização de registro R2 não-forçado.

r2-semi-compelled [ani]—Especifica a sinalização de registro R2 semi-forçado.


Defaults

Nenhuma sinalização associada ao canal está configurada no controlador. Todos os tipos de sinalização R2 têm o DNIS ativado por padrão.

Modos de comando

Configuração do controlador

Histórico de comando

Versão
Modificação

11.3 MA

O comando foi introduzido como comando voice-group para o concentrador de acesso de multisserviço Cisco MC3810.

12.0(5)XK e 12.0(7)T

O comando foi introduzido para o router
Cisco das séries 2600 e 3600 com um nome diferente e algumas modificações de palavra-chave.

12.1(2)XH e 12.1(3)T

O comando foi modificado para sinalização E1 R2.


Diretrizes de uso

Utilize esse comando para fazer a configuração do suporte para sinais de chamada de entrada e de saída (tais como no gancho e fora do gancho) em cada controlador E1.

Ao especificar a faixa de intervalo de tempo de 1-31, o software do sistema automaticamente utilizará o intervalo de tempo nº16 para transmitir a sinalização associada ao canal.

A sinalização cuja configuração foi efetuada no servidor de acesso deve corresponder-se à sinalização utilizada pelo escritório central. Por exemplo, se o switch do escritório central estiver encaminhando sinalização analógica R2 para um router Cisco série 2600 ou 3600, então o controlador E1 do router também deverá ser configurado para sinalização analógica R2 (r2-analog).

Todas as opções de sinalização R2 têm o suporte DNIS ativado por padrão. Ao habilitar a opção ani, o conjunto de informações DNIS ainda será executado. A especificação da opção ani não desabilita o DNIS. DNIS é o número que está sendo chamado. ANI é o número do chamador. Por exemplo, se estiver configurando o router A para chamar o router B, o número DNIS será o router B e o número ANI será o router A. ANI é muito semelhante ao ID do Chamador.

Para personalizar os parâmetros de sinalização R2, consulte o comando de configuração do controlador cas-custom . Ao habilitar o comando ds0-group , o comando cas-custom é automaticamente configurado para ser pesquisado em busca de informações de configuração. No entanto, a menos que os recursos específicos sejam habilitados ou ativados com o comando ds0-custom, o recurso cas-custom possui um conjunto vazio de parâmetros de sinalização.

DNIS é automaticamente coletado para pools de modem e sinalização de tom R2. Não é necessário especificar a coleta de informações DNIS com o comando ds0-group. Entretanto, se estiver utilizando a sinalização de tom não-R2, o sistema deve ser configurado manualmente para coletar informações DNIS. Para sinalização não-R2 CAS, a coleção DNIS é feita somente para E&M-fgb.

Exemplos

Na maioria dos casos, é possível fazer a configuração da mesma sinalização associada ao canal em cada controlador E1. Os exemplos a seguir configuram parâmetros de sinalização e parâmetros personalizados no controlador E1 2 utilizando os comandos de configuração do controlador ds0-group e cas-custom.

A sinalização associada a canal real está configurada no intervalo de tempo slot nº. 16, motivo pelo qual o intervalo de tempo não se estabelece na saída a seguir.

router# configure terminal
Enter configuration commands, one per line.  End with CNTL/Z.
router(config)# controller e1 2
router(config-controller)# ds0-group 1 timeslots 1-31 type r2-digital r2-compelled ani
router(config-controller)#
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 1 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 2 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 3 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 4 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 5 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 6 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 7 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 8 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 9 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 10 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 11 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 12 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 13 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 14 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 15 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 17 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 18 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 19 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 20 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 21 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 22 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 23 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 24 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 25 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 26 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 27 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 28 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 29 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 30 is up
%DSX0-5-RBSLINEUP: RBS of controller 0 timeslot 31 is up

O exemplo a seguir mostra todos os tipos de sinalização E1 suportados em um router Cisco das séries 2600 ou 3600.

router(config-controller)# ds0-group 1 timeslots 1-31 type ?
  e&m-fgb              E & M Type II FGB
  e&m-fgd              E & M Type II FGD
  e&m-immediate-start  E & M Immediate Start
  fxs-ground-start     FXS Ground Start
  fxs-loop-start       FXS Loop Start
  p7                   P7 Switch
  r2-analog            R2 ITU Q411
  r2-digital           R2 ITU Q421
  r2-pulse             R2 ITU Supplement 7
  sas-ground-start     SAS Ground Start
  sas-loop-start       SAS Loop Start

router(config-controller)# cas-group 1 timeslots 1-31 type r2-analog ?
  r2-compelled       R2 Compelled Register Signalling
  r2-non-compelled   R2 Non Compelled Register Signalling
  r2-semi-compelled  R2 Semi Compelled Register Signalling
  <cr>

Os parâmetros de sinalização R2 podem ser personalizados com o comando de configuração do controlador cas-custom:

router(config-controller)# cas-custom 1
router(config-ctrl-cas)# ?
CAS custom commands:
  caller-digits  Digits to be collected before requesting CallerID
  category       Category signal
  country        Country Name
  default        Set a command to its defaults
  exit           Exit from cas custom mode
  invert-abcd    invert the ABCD bits before tx and after rx
  metering       R2 network is sending metering signal
  nc-congestion  Non Compelled Congestion signal
  no             Negate a command or set its defaults

Comandos debug

Esta seção ilustra alguns comandos debug do modo EXEC que são úteis para analisar e detectar problemas em seu sistema. Observe que informações importantes aparecem em negrito, e o texto em negrito precedido por caracteres "<<" explica o processo.

O comando debug vpm all exibe informações que permitem análise de falhas em sinalização E1:

cisco-router# debug vpm all
Apr 19 19:18:54 PDT: htsp_process_event: [1/0/16, 1.4 , 34]
em_onhook_offhookem_offhookem_onhookhtsp_setup_ind  << port goes offhook
Apr 19 19:18:54 PDT: htsp_process_event: [1/0/16, 1.5 , 8]
Apr 19 19:19:01 PDT: htsp_process_event: [1/0/16, 1.5 , 10] htsp_alert_notify
Apr 19 19:19:01 PDT: htsp_process_event: [1/0/16, 1.5 , 11]
Apr 19 19:19:02 PDT: htsp_process_event: [1/0/16, 1.5 , 11]
Apr 19 19:19:15 PDT: htsp_process_event: [1/0/16, 1.5 , 22]
em_offhook_onhookem_stop_timers em_onhook            << port goes onhook
Apr 19 19:19:15 PDT: htsp_process_event: [1/0/16, 1.4 , 7] em_onhook_releaseem_onhook

O comando debug vtsp all exibe informações que permitem análise de falhas de dígitos recebidos e enviados em uma chamada:

cisco-router# debug vtsp all
Apr 19 19:21:55 PDT: dsp_cp_tone_on: [1/0:1 (9502)] packet_len=30 channel_id=1
packet_id=72 tone_id=3 n_freq=2 freq_of_first=350 freq_of_second=440 amp_of_first=4000
amp_of_second=4000 direction=1 on_time_first=65535 off_time_first=0 on_time_second=65535
off_time_second=0  << providing dialtone

Apr 19 19:21:59 PDT: vtsp_process_dsp_message: MSG_TX_DTMF_DIGIT_BEGIN:
digit=2,rtp_timestamp=0xF2D37240
act_report_digit_begin
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_process_dsp_message: MSG_TX_DTMF_DIGIT_OFF: digit=2,
duration=102act_report_digit_end
Apr 19 19:22:00 PDT: dsp_cp_tone_off: [1/0:1 (9502)] packet_len=8 channel_id=1
packet_id=71
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_timer: 34838705
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_process_dsp_message: MSG_TX_DTMF_DIGIT_BEGIN:
digit=3,rtp_timestamp=0xF2D37240
act_report_digit_begin
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_process_dsp_message: MSG_TX_DTMF_DIGIT_OFF: digit=3,
duration=92act_report_digit_end
Apr 19 19:22:00 PDT: dsp_cp_tone_off: [1/0:1 (9502)] packet_len=8 channel_id=1
packet_id=71
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_timer: 34838724
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_process_dsp_message: MSG_TX_DTMF_DIGIT_BEGIN:
digit=1,rtp_timestamp=0xF2D37240 act_report_digit_begin
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_process_dsp_message: MSG_TX_DTMF_DIGIT_OFF: digit=1,
duration=92act_report_digit_end
Apr 19 19:22:00 PDT: dsp_cp_tone_off: [1/0:1 (9502)] packet_len=8 channel_id=1
packet_id=71
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_timer: 34838744
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_process_dsp_message: MSG_TX_DTMF_DIGIT_BEGIN:
digit=9,rtp_timestamp=0xF2D37240
act_report_digit_begin
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_process_dsp_message: MSG_TX_DTMF_DIGIT_OFF: digit=9,
duration=102act_report_digit_end
Apr 19 19:22:00 PDT: dsp_cp_tone_off: [1/0:1 (9502)] packet_len=8 channel_id=1
packet_id=71
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_timer: 34838768
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_process_dsp_message: MSG_TX_DTMF_DIGIT_BEGIN:
digit=8,rtp_timestamp=0xF2D37218
act_report_digit_begin
Apr 19 19:22:00 PDT: vtsp_process_dsp_message: MSG_TX_DTMF_DIGIT_OFF: digit=8,
duration=107act_report_digit_end

*** The Caller dialed the digits 23198 ***

O comando EXEC debug voip ccapi inout rastreia o caminho de execução por meio da API de controle de chamada, que serve como interface entre o aplicativo da sessão de chamada e o software específico da rede subjacente.

Durante o intercâmbio de capacidades mostrado na saída do comando, ambos os lados concordam que o uso de compactação e a saída debug voip ccapi inout ajudam a determinar o que cada lado está negociando.

É possível utilizar o resultado desse comando para entender como as chamadas estão sendo tratadas pelo router. Esse comando mostra os fluxos de chamadas através do sistema. Utilizando esse nível de depuração, você pode ver a configuração da chamada e as operações de destruição executadas nos dois segmentos de chama de telefonia e de rede:

cisco-router# debug voip ccapi inout
 Apr 19 19:23:11 PDT: sess_appl: ev(19=CC_EV_CALL_SETUP_IND), cid(9504), disp(0)  << a
new call is originating
Apr 19 19:23:11 PDT: ccCallSetContext (callID=0x2520, context=0x61C0806C)
Apr 19 19:23:11 PDT: ccCallSetupAck (callID=0x2520)
Apr 19 19:23:11 PDT: ccGenerateTone (callID=0x2520 tone=8)  << dialtone
Apr 19 19:23:18 PDT: cc_api_call_digit_begin (vdbPtr=0x61A1B1B4, callID=0x2520, digit=2,
flags=0x1, timestamp=0xCE2796D1, expiration=0x0)  << digit 2 received
Apr 19 19:23:18 PDT: sess_appl: ev(10=CC_EV_CALL_DIGIT_BEGIN), cid(9504), disp(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssa: cid(9504)st(0)oldst(0)cfid(-1)csize(0)in(1)fDest(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssaIgnore cid(9504), st(0),oldst(0), ev(10)
Apr 19 19:23:18 PDT: cc_api_call_digit (vdbPtr=0x61A1B1B4, callID=0x2520, digit=2,
duration=102)
Apr 19 19:23:18 PDT: sess_appl: ev(9=CC_EV_CALL_DIGIT), cid(9504), disp(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssa: cid(9504)st(0)oldst(0)cfid(-1)csize(0)in(1)fDest(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: cc_api_call_digit_begin (vdbPtr=0x61A1B1B4, callID=0x2520, digit=3,
flags=0x1, timestamp=0xCE2796D1, expiration=0x0)
Apr 19 19:23:18 PDT: sess_appl: ev(10=CC_EV_CALL_DIGIT_BEGIN), cid(9504), disp(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssa: cid(9504)st(0)oldst(0)cfid(-1)csize(0)in(1)fDest(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssaIgnore cid(9504), st(0),oldst(0), ev(10)
Apr 19 19:23:18 PDT: cc_api_call_digit (vdbPtr=0x61A1B1B4, callID=0x2520, digit=3,
duration=102)  << digit 3 received
Apr 19 19:23:18 PDT: sess_appl: ev(9=CC_EV_CALL_DIGIT), cid(9504), disp(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssa: cid(9504)st(0)oldst(0)cfid(-1)csize(0)in(1)fDest(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: cc_api_call_digit_begin (vdbPtr=0x61A1B1B4, callID=0x2520, digit=1,
flags=0x1, timestamp=0xCE2796D1, expiration=0x0)
Apr 19 19:23:18 PDT: sess_appl: ev(10=CC_EV_CALL_DIGIT_BEGIN), cid(9504), disp(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssa: cid(9504)st(0)oldst(0)cfid(-1)csize(0)in(1)fDest(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssaIgnore cid(9504), st(0),oldst(0), ev(10)
Apr 19 19:23:18 PDT: cc_api_call_digit (vdbPtr=0x61A1B1B4, callID=0x2520, digit=1,
duration=92)    << digit 1 received
Apr 19 19:23:18 PDT: sess_appl: ev(9=CC_EV_CALL_DIGIT), cid(9504), disp(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssa: cid(9504)st(0)oldst(0)cfid(-1)csize(0)in(1)fDest(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: cc_api_call_digit_begin (vdbPtr=0x61A1B1B4, callID=0x2520, digit=9,
flags=0x1, timestamp=0xCE2796B9, expiration=0x0)
Apr 19 19:23:18 PDT: sess_appl: ev(10=CC_EV_CALL_DIGIT_BEGIN), cid(9504), disp(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssa: cid(9504)st(0)oldst(0)cfid(-1)csize(0)in(1)fDest(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssaIgnore cid(9504), st(0),oldst(0), ev(10)
Apr 19 19:23:18 PDT: cc_api_call_digit (vdbPtr=0x61A1B1B4, callID=0x2520, digit=9,
duration=105)    << digit 9 received
Apr 19 19:23:18 PDT: sess_appl: ev(9=CC_EV_CALL_DIGIT), cid(9504), disp(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssa: cid(9504)st(0)oldst(0)cfid(-1)csize(0)in(1)fDest(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: cc_api_call_digit_begin (vdbPtr=0x61A1B1B4, callID=0x2520, digit=8,
flags=0x1, timestamp=0xCE279691, expiration=0x0)
Apr 19 19:23:18 PDT: sess_appl: ev(10=CC_EV_CALL_DIGIT_BEGIN), cid(9504), disp(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssa: cid(9504)st(0)oldst(0)cfid(-1)csize(0)in(1)fDest(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssaIgnore cid(9504), st(0),oldst(0), ev(10)
Apr 19 19:23:18 PDT: cc_api_call_digit (vdbPtr=0x61A1B1B4, callID=0x2520, digit=8,
duration=100)    << digit 8 received
Apr 19 19:23:18 PDT: sess_appl: ev(9=CC_EV_CALL_DIGIT), cid(9504), disp(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssa: cid(9504)st(0)oldst(0)cfid(-1)csize(0)in(1)fDest(0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssaSetupPeer cid(9504) peer list:  tag(20000)
Apr 19 19:23:18 PDT: ssaSetupPeer cid(9504), destPat(23198), matched(1), prefix(),
peer(61C04464)   << matched dial-peer 20000 voip

Apr 19 19:23:18 PDT: peer_tag=20000    << matched dial-peer voip 20000
Apr 19 19:23:18 PDT: ccIFCallSetupRequest: (vdbPtr=0x61A25524, dest=, callParams      <<
voip call setup
={called=23198, calling=+9.......T, fdest=0, voice_peer_tag=20000}, mode=0x0)
Apr 19 19:23:18 PDT: ccCallSetContext (callID=0x2521, context=0x61C12E18)
Apr 19 19:23:18 PDT: ccCallProceeding (callID=0x2520, prog_ind=0x0)
Apr 19 19:23:19 PDT: cc_api_call_alert(vdbPtr=0x61A25524, callID=0x2521, prog_ind=0x88,
sig_ind=0x1)
Apr 19 19:23:19 PDT: sess_appl: ev(7=CC_EV_CALL_ALERT), cid(9505), disp(0)
Apr 19 19:23:19 PDT: ssa:
cid(9505)st(1)oldst(0)cfid(-1)csize(0)in(0)fDest(0)-cid2(9504)st2(1)oldst2(0)
Apr 19 19:23:19 PDT: ccCallAlert (callID=0x2520, prog_ind=0x88, sig_ind=0x1)
Apr 19 19:23:19 PDT: ccConferenceCreate (confID=0x61A21670, callID1=0x2520,
callID2=0x2521, tag=0x0)
Apr 19 19:23:19 PDT: cc_api_bridge_done (confID=0x33, srcIF=0x61A25524, srcCallID=0x2521,
dstCallID=0x2520, disposition=0, tag=0x0)
Apr 19 19:23:19 PDT: cc_api_bridge_done (confID=0x33, srcIF=0x61A1B1B4, srcCallID=0x2520,
dstCallID=0x2521, disposition=0, tag=0x0)
Apr 19 19:23:19 PDT: cc_api_caps_ind (dstVdbPtr=0x61A25524, dstCallId=0x2521, sr
<< negotiating capabilities with the remote VoIP gateway

Apr 19 19:23:36 PDT: sess_appl: ev(8=CC_EV_CALL_CONNECTED), cid(9505), disp(0)
Apr 19 19:23:36 PDT: ssa:
cid(9505)st(4)oldst(1)cfid(51)csize(0)in(0)fDest(0)-cid2(9504)st2(4)oldst2(4)
<< the VoIP call is connected

 Apr 19 19:23:54 PDT: sess_appl: ev(12=CC_EV_CALL_DISCONNECTED), cid(9505),disp(0)
<< the VoIP call is disconnected
 Apr 19 19:23:54 PDT: ccCallDisconnect (callID=0x2520, cause=0x10 tag=0x0)
<< the VoIP call is disconnected by cause_code 0x10

Informação de Referência de Depuração

As informações nesta seção ajudam a interpretar a saída dos comandos debug e show.

A Tabela 1 mostra as causas de uma desconexão de chamada R2. Nos exemplos que seguem, as desconexões são causadas por limpeza normal de chamada.

Tabela 1 Q.931 Causas de Desconexão de Chamadas

Valor da Causa de Desconexão de Chamada
Significado e Número

CC_CAUSE_UANUM = 0x1

/* número não atribuído. (1) */

CC_CAUSE_NO_ROUTE = 0x3

/* sem rota para destino. (3) */

CC_CAUSE_NORM = 0x10

/* limpeza normal de chamada. (16) */

CC_CAUSE_BUSY = 0x11

/* usuário ocupado. (17) */

CC_CAUSE_NORS = 0x12

/* nenhuma resposta de usuário. (18) */

CC_CAUSE_NOAN = 0x13

/* nenhuma resposta do usuário. (19) */

CC_CAUSE_REJECT = 0x15

/* chamada rejeitada. (21) */

CC_CAUSE_INVALID_NUMBER = 0x1C

/* número inválido. (28) */

CC_CAUSE_UNSP = 0x1F

/* normal, não especificado. (31) */

CC_CAUSE_NO_CIRCUIT = 0x22

/* sem circuito. (34) */

CC_CAUSE_NO_REQ_CIRCUIT = 0x2C

/* nenhum circuito solicitado. (44) */

CC_CAUSE_NO_RESOURCE = 0x2F

/* sem recurso. (47) */

CC_CAUSE_NOSV = 0x3F

/* serviço ou opção não disponível,

 

Não especificado. (63) */


Tabela 2 Tipos de Tons e Seus Significados

Tipo do Tom
Significado

CC_TONE_RINGBACK

0x1 - Tom de Toque

CC_TONE_FAX

0x2 - Tom de Fax

CC_TONE_BUSY

0x4 - Tom de Ocupado

CC_TONE_DIALTONE

0x8 - Tom de Discagem

CC_TONE_OOS

0x10 - Tom de Sem Serviço

CC_TONE_ADDR_ACK

0x20 - Tom de Reconhecimento de Endereço

CC_TONE_DISCONNECT

0x40 - Tom Desconectado

CC_TONE_OFF_HOOK_NOTICE

0x80 - Tom que indica que o telefone foi deixado fora do gancho

CC_TONE_OFF_HOOK_ALERT

0x100 /* Uma versão mais urgente de CC_TONE_OFF_HOOK_NOTICE*/

CC_TONE_CUSTOM

0x200 - Tom Personalizado - utilizado para especificar um tom personalizado

CC_TONE_NULL

0x0 - Tom Nulo


Estes são bits de recursos codec que podem aparecer na saída do comando:

CC_CAP_CODEC_G711U 0x1

CC_CAP_CODEC_G711A 0x2

CC_CAP_CODEC_G723ar63 0x2000

CC_CAP_CODEC_G723ar53 0x4000

CC_CAP_CODEC_G723r63 0x100

CC_CAP_CODEC_G723r53 0x200

CC_CAP_CODEC_G726r16 0x10

CC_CAP_CODEC_G729 0x4

CC_CAP_CODEC_G729 0x8000

CC_CAP_CODEC_G729a 0x8

CC_CAP_CODEC_G729b 0x800

CC_CAP_CODEC_G729ab 0x1000

Estes são bits de recursos de fax que podem aparecer na saída do comando. Os números a seguir de "FAX_" referem-se à velocidade do fax (por exemplo, "144" significa 14.400 bps):

CC_CAP_FAX_NONE 0x1

CC_CAP_FAX_VOICE 0x2

CC_CAP_FAX_144 0x4

CC_CAP_FAX_96 0x8

CC_CAP_FAX_72 0x10

CC_CAP_FAX_48 0x20

CC_CAP_FAX_24 0x40

CC_CAP_FAX_120 0x80

Estes são os bits de recursos VAD de ligar e desligar:

CC_CAP_VAD_OFF 0x1

CC_CAP_VAD_ON 0x2