Voz e comunicações unificadas : Cisco Unity Express

Exemplo de Configuração do CallManager para o Cisco Unity Express

17 Julho 2008 - Tradução Manual
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Tradução por Computador (29 Julho 2013) | Inglês (6 Julho 2007) | Feedback

Índice

Introdução
Pré-requisitos
      Requisitos
      Componentes Utilizados
      Convenções
Tarefas de Configuração
      Criar Portas de CTI
      Adicionar Pontos de Rota de CTI
      Cisco CallManager Versões 5.0 e Posteriores: Criar Usuário JTAPI, Conceder Permissões CTI e Associar Dispositivos
      Cisco CallManager Versões Anteriores à 5.0: Criar Usuário JTAPI e Associar Dispositivos
      Configurar Perfis de Correio de Voz (Opcional)
      Configurar Usuários (Opcional)
      Configurar Transcodificação (Opcional)
      Configurar QoS (Opcional)
      Configurar o Cisco SRST (Opcional)
      Executar o Cisco Unity Express Initialization Wizard
Configuração de Exemplo do Cisco Unity Express
Verificação
Troubleshooting
Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

Introdução

Este documento explica a configuração básica do Cisco CallManager necessária para integração com o Cisco Unity Express, bem como apresenta outras considerações importantes para implementar, com êxito, o Cisco Unity Express em uma filial remota.

Consulte os documentos em Cisco Unity Express para obter mais informações sobre esse produto.

Pré-requisitos

Requisitos

Verifique se você atende a estes requisitos antes de tentar esta configuração:

  • Conhecimento básico sobre como configurar e usar o Cisco CallManger pela interface administrativa da Web.

  • Familiaridade com o Cisco CallManager Call Admission Control (CAC)

  • Familiaridade com pools de dispositivos

  • Familiaridade com regiões e localidades

  • Familiaridade com codificadores-decodificadores (codecs)

Componentes Utilizados

As informações neste documento são baseadas nestas versões de software e hardware:

  • Cisco Unity Express 1.1 e posterior

  • Cisco CallManager 3.3(3) e posterior (exceto o Cisco CallManager 4.0 e posterior)

Todas as saídas de tela e configurações de exemplo foram obtidas do Cisco Unity Express 1.1.1, do Cisco CallManager 3.3(3) e do Cisco CallManager 5.0.1. O Cisco Unity Express deve ser licenciado para o Cisco CallManager, e não para o Cisco CallManager Express. Não é possível executar ambos ao mesmo tempo.

Nota: Não há um método para converter ou fazer o backup e restaurar de um Cisco CallManager Express integrado com o Cisco Unity Express em um Cisco CallManager integrado com o Cisco Unity Express ou vice-versa. A imagem da placa deve ser criada novamente. Isso significa que é necessário reaplicar o software e a licença, e que toda a configuração e os dados, incluindo mensagens de correio de voz, serão perdidos.

Nota: O Cisco Unity Express 1.1.1 e 1.1.2 só podem ser integrados ao Cisco CallManager 3.3(3) e às releases anteriores ao Cisco CallManager 4.0. Essas releases do software não podem ser integradas ao Cisco CallManager 4.0 e versões posteriores. O Cisco Unity Express 2.0 pode ser integrado ao Cisco CallManager 4.0 ou 3.3. O Cisco Unity Express 2.1 permite integração com o Cisco CallManager 4.1, 4.0 ou 3.3. O método de integração é o mesmo. Os passos que devem ser seguidos para configurar esses recursos são praticamente os mesmos para todas as releases do software até o Cisco CallManager 5.0. Dessa release em diante, são necessários alguns passos adicionais para configurar o usuário JTAPI.

As informações neste documento foram criadas a partir de dispositivos em um ambiente de laboratório específico. Todos os dispositivos utilizados neste documento foram iniciados com uma configuração padrão. Se a sua rede estiver em um ambiente de produção, esteja ciente do impacto potencial de qualquer comando.

Convenções

Consulte as Convenções de Dicas Técnicas da Cisco para obter mais informações sobre convenções de documentos.

Tarefas de Configuração

O Cisco CallManager é integrado ao Cisco Unity Express pelo protocolo Java Telephony Application Programming Interface (JTAPI) para correio de voz e funcionalidade de atendimento automático (AA). O usuário final chama o número do diretório (DN) configurado em um ponto da rota de integração de telefonia (CTI) de computador controlado pelo Cisco Unity Express. Um aplicativo do Cisco Unity Express, como o correio de voz, é acionado, e a chamada é redirecionada através da JTAPI para uma porta de CTI disponível. A saudação de áudio é tocada e o usuário pode gravar uma mensagem ou interagir com o sistema através de multifreqüência de tom dual (DTMF).

Crie uma região nova do Cisco CallManager para o novo site remoto do Cisco Unity Express se o CAC e a largura de banda limitada forem fatores no seu site remoto. Isso possibilita que você execute o G.729 através da WAN e o G.711 para o Cisco Unity Express em conjunto com o transcodificador no site remoto. A região é, em seguida, aplicada a um novo pool de dispositivos. Esse pool de dispositivos define outras opções, tal como se o Cisco Survivable Remote Site Telephony (SRST) está ou não em uso no site remoto. Além disso, pode ser necessário criar um novo local para este site remoto para usar o recurso CAC no Cisco CallManager. Você pode até configurar o transcodificador no Cisco IOS® antecipadamente e se certificar de que ele esteja registrado. Isso é explicado em detalhes posteriormente neste documento.

Estas tarefas de configuração são necessárias para integração com o Cisco Unity Express:

  • Crie uma porta de CTI para cada porta do Cisco Unity Express no Cisco CallManager. Por exemplo, crie oito portas de CTI se o sistema Cisco Unity Express for licenciado para oito portas. Execute o comando show software licenses para fazer isso. Lembre-se de que você deve configurar um DN para cada porta. Entretanto, o DN não tem correlação com o número real que os usuários ou os chamadores externos devem discar.

  • Adicione um ponto de rota de CTI para cada ponto de entrada no sistema Cisco Unity Express. Por exemplo, você pode adicionar um ponto de rota para o número piloto do correio de voz, um ou mais para um AA, e um para o Greeting Managment System (GMS). Estes dispositivos não refletem o número de portas de nenhuma forma. Por exemplo, caso deseje que o número do correio de voz seja a extensão 2500, o DN deve ser configurado no ponto de rota.

  • No Cisco CallManager versões 5.0 e posterioresCrie um usuário JTAPI que o Cisco Unity Express usará para fazer login no Cisco CallManager e assumir o controle do ponto de rota e dos dispositivos de porta de CTI. O usuário deve ser criado como um usuário de aplicativo. Em seguida, a política de grupo Standard CTI Enabled deve ser aplicada e todos os pontos de rota e portas de CTI devem ser associados ao usuário.

    No CallManager versões anteriores à 5.0 — Crie um usuário JTAPI que o Cisco Unity Express usará para fazer login no Cisco CallManager e assumir o controle do ponto de rota e dos dispositivos de porta de CTI. Marque a caixa de seleção Enable CTI application. Os pontos de rota e as portas de CTI devem ser associados a este usuário JTAPI.

  • (Opcional) Configure os perfis de correio de voz se desejar usar o Cisco Unity Express para correio de voz. Configure as definições de Call Forward Busy (CFB) ou Call Forward No Answer (CFNA) para usar este perfil. A criação do perfil de correio de voz implica em criar um número piloto do correio de voz. Esse número é usado no ponto de rota para configuração do correio de voz e o perfil de correio de voz.

  • (Opcional) Crie usuários no Cisco CallManager e associe telefones a eles se necessário. Esses usuários poderão ser importados posteriormente, quando o Cisco Unity Express Initialization Wizard for executado. Esse passo evita a reinserção de todos usuários criados no Cisco CallManager, no Cisco Unity Express. As contas são criadas uma vez no Cisco CallManager e, em seguida, são importadas no Cisco Unity Express.

  • (Opcional) A transcodificação poderá ser necessária se o módulo do Cisco Unity Express estiver em uma filial remota. O Unity Express exige mais largura de banda do que geralmente adequado para uma filial remota (80 kbps sem compactação) uma vez que o Cisco Unity Express somente permite o codec G.711 U-law. Você pode configurar a transcodificação para contornar essa limitação. Presume-se que recursos adequados de partes específicas do domínio do hardware (DSP) estejam disponíveis. Isso possibilita que o Cisco Unity Express faça fluxo de áudio com o G.711 para o gateway e com o G.729 do gateway através da WAN.

  • (Opcional) A configuração de QoS poderá ser necessária se o fluxo de áudio atravessar uma WAN IP para alcançar o Cisco Unity Express AIM.

  • (Opcional) Você poderá usar o Cisco SRST para telefones, correio de voz e funcionalidade AA durante uma falha da WAN. Isto exige uma licença e a configuração em um roteador Cisco SRST. É necessário instalar fisicamente o Cisco Unity Express AIM no roteador Cisco SRST.

    Nota: Antes do Cisco Unity Express versão 2.3, o MWI (message waiting indicator) não funcionava durante o modo de fallback.

  • Execute o Cisco Unity Express Initialization Wizard — Esta é uma maneira fácil de configurar a integração no lado do Cisco Unity Express e criar caixas de correio para os usuários importados. Você pode configurar o sistema Cisco Unity Express sem o Initialization Wizard. Execute o Initialization Wizard se a GUI for usada para administração.

A integração do Cisco Unity Express e do Cisco CallManager deverá agora funcionar. Você pode configurar outros recursos no Cisco Unity Express.

Nesta seção, você encontrará informações para configurar os recursos descritos neste documento.

Nota: Use a Command Lookup Tool (somente clientes registrados) para obter mais informações sobre os comandos usados nesta seção.

Criar Portas de CTI

As portas de CTI são linhas virtuais que podem enviar e receber áudio, mas que são controladas através do protocolo JTAPI pelo Cisco Unity Express. Uma porta de CTI deve ser definida para cada porta do Cisco Unity Express que for licenciada. O nome que cada porta recebe é irrelevante.

Nota: Não haverá efeitos colaterais sérios se forem definidas mais portas no Cisco CallManager do que o número de portas disponíveis no Cisco Unity Express. O número máximo de portas licenciadas no Cisco Unity Express ou o número total de portas de CTI definidas no Cisco CallManager será usado (o que for menor). Lembre-se de que o Cisco Unity Express Initialization Wizard verifica as portas licenciadas. Uma mensagem de aviso será exibida se mais portas forem associadas do que licenciadas no Cisco Unity Express. Essas portas poderão ser reassociadas posteriormente através da GUI ou CLI do Cisco Unity Express.

  1. Escolha Device > Phone na página de administração do Cisco CallManager.

  2. Clique em Add a new phone.

  3. Escolha CTI port para o tipo de telefone e atribua um nome.

    O pool de dispositivos deve corresponder ao pool de todos os dispositivos do site onde o Cisco Unity Express está instalado. Nesse caso, o pool de dispositivos será RemoteSite1. É muito importante estar familiarizado com esses conceitos, pois o pool de dispositivos controla o codec com a definição de regiões. O Cisco Unity Express deve ser G.711 somente. Portanto, é possível que o dispositivo de transcodificação também seja necessário neste pool de dispositivos para permitir o G.729 através da WAN. O espaço de pesquisa de chamada deve permitir que o sistema faça a transferência para qualquer número desejado. O Cisco Unity Express não impõe restrições sobre os números que podem ser chamados. Isto pode ser inesperado quando uma chamada de discagem por extensão for efetuada de um AA. Portanto, é importante aplicar restrições de chamada nesse espaço de pesquisa de chamadas. Pode ser necessário configurar o campo Location como usado para o CAC através da WAN. A localização remota é RemoteSite1 neste exemplo.

  4. Atribua um DN à porta de CTI depois da configuração do dispositivo.

    Atribua apenas um número. Geralmente, não existem outras opções além da possibilidade de uma partição que precisa ser atribuída na janela Directory Number. Isso ocorre porque itens como o espaço de pesquisa de chamadas já devem estar atribuídos no dispositivo. Não defina encaminhamento ou outras opções nesta porta. A única medida que pode ser útil é configurar um parâmetro de exibição como "Cisco Unity Express Port 1".

  5. Verifique se o espaço de pesquisa de chamadas no ponto de rota de CTI contém a partição (Site1CUE, neste exemplo) à qual os DNs das portas de CTI são adicionados.

    O produto finalizado possui a seguinte aparência:

    ccm-cue-config-1.gif

  6. Repita esses passos manualmente até que todas as portas estejam configuradas.

    Nota: Nenhuma das portas de CTI pode ser chamada diretamente. As chamadas somente chegam a essas portas quando um usuário disca o ponto de rota de CTI. O Cisco Unity Express as controla e redireciona para uma dessas portas, também controladas pelo Cisco Unity Express.

Adicionar Pontos de Rota de CTI

O ponto de rota de CTI é um ponto virtual controlado pelo Cisco Unity Express. O ponto de rota de CTI pode receber chamadas simultâneas e redirecioná-las para as portas de CTI configuradas anteriormente. Você pode reproduzir áudio e registrar mensagens aqui.

Pelo menos três pontos de rota de CTI são normalmente adicionados:

  • Um para correio de voz

  • Um para cada AA

  • Um para o GMS para gerenciar os prompts gravados no sistema.

Execute esses passos para configurar cada ponto de rota de CTI:

Nota: Você deve repetir esses passos para cada ponto de rota.

  1. Escolha Device > CTI Route Point na página de administração do Cisco CallManager.

  2. Clique em Add a New CTI Route Point.

  3. Atribua um nome ao dispositivo como, por exemplo, CUE_Voicemail, CUE_AA1 ou CUE_GMS.

  4. Configure o pool de dispositivos e a localização.

    Configure esses itens da mesma maneira que as portas de CTI.

  5. Configure o espaço de pesquisa de chamadas e certifique-se de que ele inclui a partição que contém os DNs das portas de CTI.

  6. Adicione um DN para cada novo ponto de rota.

    Use o mesmo espaço de pesquisa de chamadas selecionado para o dispositivo na configuração de linha. Isso é muito importante porque o MWI não funciona se o espaço de pesquisa de chamadas não for aplicado à configuração de linha de algumas primeiras releases do software Cisco CallManager 4.0. Consulte o bug da Cisco com ID CSCef80217 (somente clientes registrados). Esse problema só ocorrerá depois que o Cisco Unity Express for integrado ao Cisco CallManager 4.0. Configure o sistema para evitar esses problemas. Nenhuma outra opção é necessária, exceto uma partição possivelmente.

    Nota: A partição deve estar no espaço de pesquisa de chamadas de todos os dispositivos que pretendem acessar esse sistema Cisco Unity Express.

    Nota: Configure somente um DN para cada ponto de rota.

    Por exemplo:

    ccm-cue-config-2.gif

Cisco CallManager Versões 5.0 e Posteriores: Criar Usuário JTAPI, Conceder Permissões CTI e Associar Dispositivos

Para que o Cisco Unity Express possa atender às chamadas e funcionar corretamente no ambiente do Cisco CallManager, é necessário criar um usuário de aplicativo, o qual terá permissão para controlar os dispositivos (pontos de rota e portas de CTI) que ele deverá usar. Se você utilizar vários módulos do Cisco Unity Express, esse usuário poderá ser o mesmo para todos eles ou poderão existir vários usuários; além disso, verifique se todos os dispositivos que devem ser controlados pela conta estão associados a ela. O ponto de rota é essencialmente o número que um usuário disca para acessar o correio de voz, um atendimento automático ou um script personalizado no Cisco Unity Express. O Cisco Unity Express compara o número discado com um número em sua configuração a fim de determinar qual aplicativo, por exemplo, correio de voz, atendimento automático etc., precisa ser chamado.

  1. Escolha User Management > Application User na página de administração do Cisco CallManager.

    ccm-cue-config-4.gif

  2. Clique em Add New para criar um novo usuário.

  3. Especifique um ID de usuário.

  4. Clique em Save.

    ccm-cue-config-5.gif

  5. No campo Device Information, em Available Devices, selecione o(s) ponto(s) de rota e as portas de CTI associados ao ID e pressione a seta para baixo a fim de movê-los para a caixa Controlled Devices.

    Opcionalmente, use os botões Find more Route Points e Find more Phones (para as portas de CTI) para localizar os dispositivos. Na janela que será aberta, os dispositivos poderão ser pesquisados e selecionados. Ao concluir, pressione o botão Add Selected a fim de mover as seleções para a caixa Controlled Devices.

    ccm-cue-config-6.gif

  6. Clique em Save.

  7. Na seção Permissions Information, clique em Add to User Group. Na janela aberta, procure Standard CTI Enabled. Escolha a caixa de seleção ao lado do grupo Standard CTI Enabled. Clique em Add Selected.

    ccm-cue-config-7.gif

  8. Clique em Save. Agora, a caixa Roles na seção Permissions Information inclui Standard CTI Enabled bem como a caixa Groups anterior.

Cisco CallManager Versões Anteriores à 5.0: Criar Usuário JTAPI e Associar Dispositivos

Quando você cria um usuário com o aplicativo CTI habilitado e seleciona as portas de CTI e os pontos de rota criados, isso permite que o Cisco Unity Express obtenha controle sobre as chamadas feitas para os números de pontos de rota e portas de CTI configurados anteriormente.

  1. Escolha User > Add a New User na página de administração do Cisco CallManager.

  2. Crie uma ID e um nome de usuário.

    Você pode usar algo lógico como, por exemplo, site1cue, ou algo semelhante, embora o nome seja arbitrário.

  3. Anote a senha com muito cuidado porque a combinação de ID e senha é exigida quando o Cisco Unity Express é configurado.

    Isso garantirá o login correto no Cisco CallManager. Crie um usuário mesmo que o PIN não seja usado.

  4. Escolha Enable CTI Application Use e pressione Insert para criar o usuário.

  5. Clique no hiperlink Device Association e escolha todos os dispositivos de porta de CTI e ponto de rota de CTI criados anteriormente.

    ccm-cue-config-3.gif

    Nenhuma extensão primária é necessária. Escolha Update Selected. Execute o Initialization Wizard. Feito isso, você poderá chamar os números configurados nas respostas dos pontos de rota e do Cisco Unity Express. Outras opções como perfis de correio de voz e transcodificação podem ser solicitadas.

Configurar Perfis de Correio de Voz (Opcional)

Os perfis de correio de voz são uma forma fácil de gerenciar vários sistemas de correio de voz. Um perfil de correio de voz é usado quando você pressiona o botão Messages em um telefone. Além disso, você também pode evitar a necessidade de configurar manualmente os números de CFB e CFNA quando encaminha chamadas para o correio de voz.

O número piloto do correio de voz é configurado com o DN no ponto de rota de CTI, configurado para correio de voz.

O Guia de Administração do Cisco CallManager explica em detalhes como configurar um perfil de correio de voz. Entretanto, em geral, basta adicionar um número piloto e um perfil de correio de voz (normalmente é selecionado um nome que identifica o site remoto), com o número piloto selecionado. O perfil é, em seguida, aplicado aos DNs de telefones individuais. Isso permite que você marque a opção Voicemail para CFB, CFNA ou mesmo Call Forward All (CFwdAll).

Nota: Como o Cisco Unity Express usa a JTAPI para interação com o Cisco CallManager, não é necessário configurar números liga e desliga para o MWI.

Configurar Usuários (opcional)

O Cisco Unity Express pode importar usuários e extensões de usuários criados no Cisco CallManager. O Cisco Unity Express também tem a capacidade de criar dinamicamente caixas de correio de voz para esses assinantes. Essa informação é importada através da AVVID XML Layer (AXL) enquanto o Cisco Unity Express Initialization Wizard é executado, ou posteriormente através da interface administrativa da Web do Cisco Unity Express. Para importar usuários, você deve primeiro criá-los no Cisco CallManager.

Uma conta de administrador e uma senha são necessários no Cisco CallManager para autenticação para importar usuários. Acesse a página de administração do Cisco CallManager e escolha User > Add a New User para importar um usuário. Deste ponto em diante, o usuário será criado e um telefone poderá ser associado ao hiperlink Device Association depois da adição do usuário.

A importação real do Cisco Unity Express pode ser feita ao executar o Initialization Wizard ou em um sistema que já execute o Cisco Unity Express. Faça login na página do Cisco Unity Express na Web como um usuário com direitos de administração e escolha Configure > Users. Em seguida, clique em Import. Clique no hiperlink Find e digite o ID completo do usuário em cada caso. Você pode inserir vários IDs de usuários separados por vírgulas ou em novas linhas. O Cisco Unity Express fará login no Cisco CallManager e recuperará os nomes de usuário e as extensões quando você clicar em Find novamente. Após selecionar todos usuários desejados, especifique:

  • O número de telefone principal de cada usuário

  • Se os usuários poderão ter ou não uma caixa de correio de voz no sistema Cisco Unity Express

  • Se eles poderão ou não ter direitos administrativos no sistema.

Em seguida, clique em Import.

Nota: Somente IDs completos de usuário podem ser especificados. Curingas ou correspondências parciais não são permitidos ao pesquisar usuários.

Configurar Transcodificação (Opcional)

No momento, o Cisco Unity Express oferece suporte somente a fluxos de áudio no formato G.711 U-law. A largura de banda exigida para o G.711 (80 kbps por chamada não compactada) pode ser proibitiva em um ambiente onde os fluxos de áudio que chegam ao Cisco Unity Express AIM forem provenientes do outro lado da WAN. Portanto, use o G.729 através da WAN e os recursos de transcodificação no roteador para converter para G.711 para o Cisco Unity Express AIM. Consulte o Guia de Interoperabilidade do Cisco CallManager e do Cisco IOS para obter mais informações sobre essa configuração, bem como sobre os requisitos de hardware e software.

Isso é o exemplo de um roteador IOS com um High Density Voice Network Module (NM-HDV), configurado para transcodificação.

voice-card 1
dsp services dspfarm
...

sccp local FastEthernet0/0
sccp
sccp ccm 14.80.227.127 priority 1
sccp ip precedence 3
sccp mtp sessions 4
!
dspfarm transcoder maximum sessions 4
dspfarm
!

Um transcodificador é adicionado ao Cisco CallManager no formato MTPxxxxxxxxxxxx. O endereço MAC é xxxx para a interface que registra no Cisco CallManager. Nesse caso, execute o comando show interface FastEthernet 0/0 no Cisco IOS para localizar a FastEthernet 0/0.

Configurar QoS (Opcional)

Uma das limitações atuais é que os pacotes de sinalização JTAPI (codificação do buffer rápido - CTI [QBE]) são desmarcados (TOS = 0) quando o Cisco Unity Express AIM os transmite. Para corrigir isso, use uma lista de controle de acesso (ACL) no roteador que tenha o Cisco Unity Express AIM instalado para marcar e priorizar o tráfego.

A sinalização JTAPI do Cisco CallManager está corretamente marcada com um valor DSCP (differentiated services code point) de AF31 (TOS 0x68).

O protocolo de sinalização JTAPI usa a porta TCP 2748. Dedique 20 kbps para cada site do Cisco Unity Express para esse tráfego.

Todo o tráfego de áudio Real-Time Protocol (RTP) do Cisco Unity Express AIM ou do telefone IP está corretamente marcado com um valor DSCP de 0xEF.

Este exemplo mostra uma configuração de exemplo para isso no roteador, onde a.b.c.d é o endereço IP do Cisco Unity Express AIM:

access-list 101 permit tcp host a.b.c.d any eq 2748
!
class-map match-all cti-qbe
 match access-group 101
!
policy-map cti-qbe
 class cti-qbe
 set dscp af31
 bandwidth 20
!
interface Serial0/1
 service-policy output cti-qbe

Configurar o Cisco SRST (Opcional)

O Cisco SRST é usado como telefone de emergência e serviços de correio de voz quando a WAN que conecta um site remoto ao Cisco CallManager está inativa. Não há nada a fazer se o Initialization Wizard for usado para configurar o sistema no Cisco Unity Express. Você pode usar essa configuração básica no Cisco IOS:

dial-peer voice 1 voip
 description Local NM-CUE (CME) Voicemail
 destination-pattern 28000
 session protocol sipv2
 session target ipv4:172.18.106.107
 dtmf-relay sip-notify
 codec g711ulaw
 no vad
!
dial-peer voice 2 voip
 description Local NM-CUE (CME) Auto Attendant
 destination-pattern 28100
 session protocol sipv2
 session target ipv4:172.18.106.107
 dtmf-relay sip-notify
 codec g711ulaw
 no vad
!
dial-peer voice 3 voip
 description Local NM-CUE (CME) Greeting Management System
 destination-pattern 28111
 session protocol sipv2
 session target ipv4:172.18.106.107
 dtmf-relay sip-notify
 codec g711ulaw
 no vad
!
!
call-manager-fallback
 ip source-address 172.18.106.105 port 2000
 max-ephones 52
 max-dn 208
 voicemail 28000
 call-forward busy 28000
 call-forward noan 28000 timeout 12
!

Os três padrões de destino configurados (28000, 28100 e 2111) correspondem aos três DNs atribuídos aos pontos de rota. Não há nenhuma referência às portas de CTI.

O Cisco Unity Express será automaticamente configurado quando o Initialization Wizard for usado. Esta parte deve estar na ordem de configuração a ser verificada na CLI:

ccn subsystem sip
 gateway address "172.18.106.105"
 end subsystem

...
ccn trigger sip phonenumber 28000
 application "voicemail"
 enabled
 locale "en_US"
 maxsessions 4
 end trigger

ccn trigger sip phonenumber 28100
 application "autoattendant"
 enabled
 locale "en_US"
 maxsessions 4
 end trigger

ccn trigger sip phonenumber 28111
 application "promptmgmt"
 enabled
 locale "en_US"
 maxsessions 1
 end trigger

O endereço do gateway é o roteador Cisco SRST. Os parâmetros de números de telefone devem ser os mesmos nos DNs dos pontos de rota.

Executar o Cisco Unity Express Initialization Wizard

O Initialization Wizard configura o sistema com os parâmetros de integração e pode importar usuários e criar caixas de correio. Estes itens são necessários para configurar o Cisco CallManager para redundância:

  • Portas e pontos de rota de CTI configurados no Cisco CallManager

  • O usuário JTAPI criado e os dispositivos associados ao usuário

  • Um nome de usuário e senha para acesso à Web do Cisco CallManager

  • O endereço IP do Cisco CallManager juntamente com qualquer outro Cisco CallManager no cluster

Nota: O campo Web User Name não é a conta de administrador do Cisco CallManager quando o MLA (multilevel administration access) é instalado no Cisco CallManager. Em vez disso, você deve usar uma conta de administrador de sistema local, tal como "administrador", juntamente com a senha.

Nota: O Initialization Wizard verifica se as senhas e as contas de usuário da Web e da JTAPI estão corretas. O Initialization Wizard também certifica-se de que o nível do Cisco CallManager instalado é compatível. O Initialization Wizard não permitirá a continuação a menos que todos esses valores estejam corretos.

Consulte Configurando o Sistema pela Primeira Vez para obter mais informações sobre o Initialization Wizard.

Você pode executar o Initialization Wizard somente uma vez durante a instalação ou após a reinstalação ou atualização. Ele é necessário se você desejar acesso da GUI ao Cisco Unity Express.

Configuração de Exemplo do Cisco Unity Express

Uma configuração de exemplo completa do Cisco Unity Express integrada ao Cisco CallManager possui a seguinte aparência:

Nota: Nunca copie ou cole esta configuração em um sistema em produção. Atenção para o fato de que você possui a JTAPI e de que o Interface Protocol (SIP) do Switched Multimegabit Data Service (SMDS) aciona este ponto para os mesmos aplicativos, possuindo os mesmos números de telefone que lhe foram atribuídos. Os pontos de endereço de gateway do SIP do subsistema CCN para o roteador Cisco SRST e os pontos JTAPI do subsistema CCN apontam para o Cisco CallManager. Os parâmetros MWI são os parâmetros padrão e não são usados. Não é possível fazer o MWI funcionar no modo Cisco SRST independente do que tenha sido configurado.

VNT-AIM-CUE1#show run
Generating configuration:


clock timezone America/New_York

hostname VNT-AIM-CUE1

ip domain-name cisco.com

ntp server 172.18.106.15

groupname Administrators create

username administrator create
username marschne create
username jdoe create
username marschne phonenumber "2104"
username jdoe phonenumber "2103"

groupname Administrators member administrator
groupname Administrators member marschne
groupname Administrators privilege superuser
groupname Administrators privilege ManagePrompts

backup server url "ftp://127.0.0.1/ftp" credentials hidden
"EWlTygcMhYmjazXhE/VNXHCkplVV4KjescbDaLa4fl4WLSPFvv1rWUnfGWTYHfmPSd8ZZNgd+
Y9J3xlk2B35jwAAAAA="

ccn application autoattendant
 description "autoattendant"
 enabled
 maxsessions 4
 script "aa.aef"
 parameter "MaxRetry" "3"
 parameter "operExtn" "0"
 parameter "welcomePrompt" "AAWelcome.wav"
 end application

ccn application ciscomwiapplication
 description "ciscomwiapplication"
 enabled
 maxsessions 4
 script "setmwi.aef"
 parameter "strMWI_OFF_DN" "8001"
 parameter "strMWI_ON_DN" "8000"
 parameter "CallControlGroupID" "0"
 end application

ccn application promptmgmt
 description "promptmgmt"
 enabled
 maxsessions 1
 script "promptmgmt.aef"
 end application

ccn application voicemail
 description "voicemail"
 enabled
 maxsessions 4
 script "voicebrowser.aef"
 parameter "logoutUri" "http://localhost/voicemail/vxmlscripts/mbxLogout.jsp"
 parameter "uri" "http://localhost/voicemail/vxmlscripts/login.vxml"
 end application

ccn engine
 end engine

ccn subsystem jtapi
 ctiport 28001 28002 28003 28004
 ccm-manager address 14.80.227.127 14.80.227.128
 ccm-manager credentials hidden "+DuGhIBvqsghj6p6aBUoRQ4E0vzCD5YHSd8ZZNgd+
 Y9J3xlk2B35j0nfGWTYHfmPSd8ZZNgd+Y9J3xlk2B35jwAAAAA="
 end subsystem

ccn subsystem sip
 gateway address "172.18.106.105"
 end subsystem

ccn trigger jtapi phonenumber 28000
 application "voicemail"
 enabled
 locale "en_US"
 maxsessions 4
 end trigger

ccn trigger jtapi phonenumber 28100
 application "autoattendant"
 enabled
 locale "en_US"
 maxsessions 4
 end trigger

ccn trigger jtapi phonenumber 28111
 application "promptmgmt"
 enabled
 locale "en_US"
 maxsessions 1
 end trigger

ccn trigger sip phonenumber 28000
 application "voicemail"
 enabled
 locale "en_US"
 maxsessions 4
 end trigger

ccn trigger sip phonenumber 28100
 application "autoattendant"
 enabled
 locale "en_US"
 maxsessions 4
 end trigger

ccn trigger sip phonenumber 28111
 application "promptmgmt"
 enabled
 locale "en_US"
 maxsessions 1
 end trigger

voicemail default expiration time 30
voicemail default language en_US
voicemail default mailboxsize 420
voicemail recording time 900
voicemail default messagesize 60
voicemail operator telephone 0
voicemail capacity time 480
voicemail mailbox owner "jdoe" size 420
 description "jdoe mailbox"
 end mailbox

voicemail mailbox owner "marschne" size 420
 description "marschne mailbox"
 end mailbox

end

Verificação

Utilize esta seção para confirmar se a sua configuração está funcionando corretamente.

A Output Interpreter Tool (somente clientes registrados) (OIT) oferece suporte a determinados comandos show. Use a OIT para exibir uma análise da saída do comando show.

Faça uma chamada para os DNs configurados para cada ponto de rota. Escolha Device > Phone na página de administração do Cisco CallManager e localize as portas a fim de verificar se as portas de CTI estão registradas. A coluna Status mostra o endereço IP do Cisco CallManager no qual a porta está registrada. A coluna IP Address mostra o endereço IP do Cisco Unity Express. A porta não estará registrada se esse campo indicar Not found.

No módulo do Cisco Unity Express, execute o comando show ccn status ccm-manager.

br2011-cue>show ccn status ccm-manager
JTAPI Subsystem is currently registered with Call Manager: 14.86.11.11
JTAPI Version: 3.0(2.3) Release

Troubleshooting

No momento, não há informações de troubleshooting disponíveis para esta configuração.


Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

A Comunidade de Suporte da Cisco é um fórum onde você pode perguntar e responder, oferecer sugestões e colaborar com colegas.


Document ID: 60002