IP : Roteamento IP

Perguntas Mais Freqüentes Sobre EIGRP

2 Abril 2008 - Tradução Manual
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Tradução por Computador (29 Julho 2013) | Inglês (17 Julho 2012) | Feedback


Perguntas

Introdução
O EIGRP requer uma rede padrão para propagar uma rota padrão?
Eu sempre devo usar o comando log-neighbor-changes eigrp quando configuro o EIGRP?
O EIGRP suporta endereços secundários?
Quais são os recursos de depuração do EIGRP?
O que significa a palavra serno na extremidade de uma topologia EIGRP quando o comando show ip eigrp topology é executado?
Qual porcentagem de largura de banda e recursos do processador o EIGRP usa?
O EIGRP suporta agregação e máscaras de sub-rede de comprimento variável (VLSM)?
O EIGRP oferece suporte a áreas?
É possível configurar mais de um sistema autônomo EIGRP no mesmo roteador?
Se houver dois processos EIGRP executados e dois caminhos iguais forem aprendidos, um por processo EIGRP, ambos os roteadores são instalados?
O que significa a mensagem de EIGRP stuck in active?
O que a instrução de vizinho da seção de configuração do EIGRP faz?
Por que o comando de interface passiva de EIGRP remove todos os vizinhos de uma interface?
Por que as rotas recebidas de um vizinho em uma interface ponto a multiponto executando EIGRP não foram propagadas para outro vizinho na mesma interface ponto a multiponto?
Quando eu configuro o EIGRP, como posso fazer para configurar uma instrução de rede com uma máscara?
Eu tenho duas rotas: 172.16.1.0/24 e 172.16.1.0/28. Como eu posso negar 172.16.1.0/28 e permitir 172.16.1.0/24 no EIGRP?
Tenho um roteador que executa Cisco Express Forwarding (CEF) e EIGRP. Quem faz o balanceamento de carga quando há vários links para um destino?
Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco
Informações Relacionadas

Introdução

Este documento contém perguntas freqüentes sobre o EIGRP (Interior Gateway Routing Protocol) do IP.

P. O EIGRP requer uma rede padrão para propagar uma rota padrão?

Apesar de o EIGRP poder propagar uma rota diferente utilizando o método de rede padrão, isto não é obrigatório. O EIGRP redistribui as rotas padrão diretamente.

P. Eu sempre devo usar o comando log-neighbor-changes eigrp quando configuro o EIGRP?

Sim, esse comando torna mais fácil determinar por que um vizinho de EIGRP foi redefinido. Isso reduz o tempo para a solução de problemas.

P. O EIGRP suporta endereços secundários?

O EIGRP suporta endereços secundários. Como o EIGRP sempre origina pacotes de dados a partir do endereço primário, a Cisco recomenda que você configure todos os roteadores em uma rede específica com endereços primários pertencentes à mesma sub-rede. Os roteadores não formam vizinhos EIGRP em redes secundárias. Portanto, se todos os endereços de IP principais dos roteadores não concordarem, podem surgir problemas com adjacências de vizinhos.

P. Quais são os recursos de depuração do EIGRP?

Há comandos debug dependentes e independentes de protocolo. Também existe um conjunto de comandos show que exibem o status da tabela de vizinhos, o status da tabela de topologia e as estatísticas de tráfego do EIGRP. Alguns desses comandos são:

P. O que significa a palavra serno na extremidade de uma topologia EIGRP quando o comando show ip eigrp topology é executado?

Por exemplo:

               show ip eigrp topology
P 172.22.71.208/29, 2 successors, FD is 46163456
via 172.30.1.42 (46163456/45651456), Serial0.2, nº serial 7539273
via 172.30.2.49 (46163456/45651456), Serial2.6, nº serial 7539266

Serno significa número de série (serial number). Quando os DRDBs são alinhados para envio, eles recebem um número de série de um espaço de número circular compartilhado por todas as interfaces. Se você exibir a tabela da topologia no momento em que uma entrada for alinhada, o número de série associado ao DRDB será exibido.

Esse alinhamento é a técnica usada dentro do roteador para colocar os itens em fila para transmissão para seus vizinhos. As atualizações não são criadas até ser hora de elas saírem da interface. Antes disso, uma lista vinculada é criada com ponteiros para itens a serem enviados (por exemplo, a linha).

Estes sernos são locais no roteador e não são passados com a atualização do roteamento.

P. Qual porcentagem de largura de banda e recursos do processador o EIGRP usa?

O EIGRP versão 1 apresentou um recurso que evita que um único processo EIGRP utilize mais que cinqüenta por cento da largura de banda configurada em qualquer link durante períodos de convergência de rede. Cada protocolo ou AS (por exemplo, IP, IPX ou Appletalk) servido pelo EIGRP é um processo separado. É possível utilizar o comando de configuração ip bandwidth-percent eigrp interface para configurar apropriadamente a instrução de largura de banda em cada interface da WAN. Consulte o White Paper sobre EIGRP para obter mais detalhes sobre o funcionamento do recurso.

R. Além disso, a implementação de atualizações parciais e incrementais significa que o EIGRP envia informações de roteamento apenas quando ocorre uma alteração de topologia. Esse recurso reduz significativamente o uso da largura de banda.

O recurso sucessor viável de EIGRP reduz a quantidade de recursos do processador usados por um sistema autônomo (AS). Ele requer apenas os roteadores afetados por uma alteração de topologia para execução de re-computação de rota. A re-computação de rota ocorre somente para rotas afetadas, o que reduz o tempo de pesquisa em estruturas de dados complexas.

P. O EIGRP suporta agregação e máscaras de sub-rede de comprimento variável (VLSM)?

Sim, EIGRP suporta agregação e VLSM (máscaras de sub-rede de comprimento variável). Diferente do OSPF (Open Shortest Path First), o EIGRP permite o sumário e a agregação em qualquer ponto na rede. O EIGRP suporta agregação para qualquer bit. Isto permite que redes EIGRP bem desenhadas sejam excepcionalmente bem dimensionadas sem o uso de áreas. O EIGRP também suporta o sumário automático de endereços de rede nas principais bordas de rede.

P. O EIGRP oferece suporte a áreas?

Não, um único processo de EIGRP é análogo a um protocolo de status de link de área. Entretanto, dentro do processo, as informações podem ser filtradas e agregadas em qualquer fronteira de interface. Para restringir a propagação das informações de roteamento, você pode usar o recurso de sumarização para criar uma hierarquia.

P. É possível configurar mais de um sistema autônomo EIGRP no mesmo roteador?

É possível configurar mais de um sistema autônomo EIGRP no mesmo roteador, mas a Cisco não recomenda. Vários sistemas EIGRP autônomos no mesmo roteador utilizando redistribuição mútua podem causar discrepâncias na tabela de topologia EIGRP. A Cisco recomenda que você configure apenas um sistema autônomo EIGRP em qualquer sistema autônomo. Utilize também um outro protocolo, como BGP, para conectar os dois sistemas autônomos EIGRP.

P. Se houver dois processos EIGRP executados e dois caminhos iguais forem aprendidos, um por processo EIGRP, ambos os roteadores são instalados?

Não, apenas um roteador é instalado. O roteador instala o último caminho aprendido.

P. O que significa a mensagem de EIGRP stuck in active?

Quando um EIGRP retorna uma mensagem SAI (stuck in active), isto significa que ele não recebeu uma resposta a uma consulta. O EIGRP envia uma consulta quando uma rota é perdida e outra rota viável não existe na tabela de topologia. O SIA é gerado por dois eventos seqüenciais:

  • A rota relatada pelo SIA foi eliminada.
  • Um vizinho (ou vizinhos) EIGRP não respondeu à consulta daquela rota.

Quando o SIA ocorre, o roteador limpa o vizinho que não respondeu à consulta. Quando isto ocorre, determine que vizinho deve ser limpo. Lembre-se de que este roteador podem estar a muitos nós de distância. Consulte O que a mensagem de erro EIGRP DUAL-3-SIA significa? para obter mais informações.

P. O que a instrução de vizinho da seção de configuração do EIGRP faz?

O comando neighbor é utilizado no EIGRP para definir um roteador da vizinhança com a qual informações de roteamento serão trocadas. Devido ao comportamento atual deste comando, o EIGRP troca informações com os vizinhos em forma de pacotes unicast sempre que o comando neighbor é configurado para uma interface. O EIGRP interrompe o processamento de todos os pacotes multicast que entram na interface. Ele também interrompe o envio de todos os pacotes multicast na interface.

R. O comportamento ideal deste comando é o EIGRP iniciar o envio de pacotes EIGRP como pacotes unicast para o vizinho especificado, sem parar o envio e recebimento dos pacotes multicast na interface. Como o comando não se comporta como o pretendido, o comando neighbor deve ser utilizado com cuidado, com compreensão do impacto causado na rede.

P. Por que o comando de interface passiva de EIGRP remove todos os vizinhos de uma interface?

O comando passive-interface desabilita a transmissão e o recebimento de pacotes de saudação EIGRP em uma interface. Diferentemente de IGRP ou RIP, o EIGRP envia pacotes de saudação para formar e sustentar adjacências vizinhas. Sem uma adjacência de vizinho, o EIGRP não pode trocar rotas com um vizinho. Portanto, o comando passive-interface evita o intercâmbio de rotas na interface. Apesar de o EIGRP não enviar ou receber atualizações de roteamento em uma interface configurada com o comando passive-interface, ele inclui o endereço da interface em atualizações de rotas enviadas por outras interfaces não passivas. Consulte Como o recurso de interface passiva funciona em EIGRP? para obter mais informações.

P. Por que as rotas recebidas de um vizinho em uma interface ponto a multiponto executando EIGRP não foram propagadas para outro vizinho na mesma interface ponto a multiponto?

A regra de horizonte dividido proíbe que um roteador anuncie uma rota em uma interface que o roteador utiliza para atingir o destino. Para desabilitar o comportamento de horizonte dividido, use o comando de interface no ip split-horizon eigrp as-number . Alguns pontos importantes a serem lembrados sobre o horizonte dividido do EIGRP são:

  • O comportamento de horizonte dividido é ativado por padrão.
  • Quando você altera a configuração de horizonte dividido de EIGRP em uma interface, isto redefine todas as adjacências com vizinhos EIGRP que podem ser alcançados por aquela interface.
  • O horizonte dividido deve ser desativado apenas num site de hub, numa rede de hub-and-spoke.
  • Desativar o horizonte dividido nos spokes aumenta drasticamente o consumo de memória do EIGRP no roteador do hub, assim como a quantidade de tráfego gerada nos roteadores do spoke.
  • O comportamento de horizonte dividido não é controlado ou influenciado pelo comandoip split-horizon.

Para obter mais detalhes sobre horizonte dividido e poison reverse, consulte Horizonte Dividido e Poison Reverse. Para obter mais informações sobre comandos, consulte Comandos de EIGRP.

P. Quando eu configuro o EIGRP, como posso fazer para configurar uma instrução de rede com uma máscara?

O argumento de máscara de rede opcional inicialmente foi adicionado à instrução de rede no Cisco IOS Software Release 12.0(4)T. O argumento de máscara pode ser configurado em qualquer formato (como máscara de rede ou bits de caractere geral). Por exemplo, você pode utilizar network 10.10.10.0 255.255.255.252 ou network 10.10.10.0 0.0.0.3.

P. Eu tenho duas rotas: 172.16.1.0/24 e 172.16.1.0/28. Como eu posso negar 172.16.1.0/28 e permitir 172.16.1.0/24 no EIGRP?

Para fazer isto, você precisa utilizar uma lista de prefixos, conforme mostrada aqui:

router eigrp 100
       network 172.16.0.0
       teste de prefixo de lista de distribuição em 
       auto-summary
       no eigrp log-neighbor-changes
       !
       seq de teste de lista de prefixo de ip 5 permissão 172.16.1.0/24
            

Isto permite apenas o prefixo 172.16.1.0/24 e portanto, nega 172.16.1.0/28.

Observação: Usar ACL e lista de distribuição em EIGRP não funciona neste caso. Isto ocorre porque os ACLs não verificam a máscara, eles só verificam a parte de rede. Como a parte da rede é a mesma, quando você permite 172.16.1.0/24, também permite 172.16.1.0/28.

P. Tenho um roteador que executa Cisco Express Forwarding (CEF) e EIGRP. Quem faz o balanceamento de carga quando há vários links para um destino?

O CEF faz o switching do pacote de acordo com a tabela de roteamento que está sendo ocupada pelos protocolos de roteamento, como EIGRP. Resumindo, o CEF faz o balanceamento de carga uma vez que a tabela de protocolo de roteamento tenha sido calculada. Consulte Como Funciona o Balanceamento de Carga? para obter mais detalhes sobre balanceamento de carga.


Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

A Comunidade de Suporte da Cisco é um fórum onde você pode perguntar e responder, oferecer sugestões e colaborar com colegas.


Informações Relacionadas


Document ID: 13681