Voz : Roteamento de chamadas / Planos de discagem

Compreendendo Peers de Discagem de Entrada e de Saída em Plataformas Cisco IOS

2 Abril 2008 - Tradução Manual
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Tradução por Computador (29 Julho 2013) | Inglês (2 Fevereiro 2006) | Feedback


Índice

Introdução
Pré-requisitos
     Requisitos
     Componentes usados
     Convenções
Peers de discagem de entrada e saída e trechos de chamadas
Importância dos Peers de Discagem de Entrada
Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco
Informações Relacionadas

Introdução

Este documento explica as diferenças entre peers de discagem de entrada e saída e trechos de chamada. Ele também enfatiza a importância da correspondência de peer(s) de discagem de entrada usados para correspondência quando são usados serviços fora do padrão, aplicativos e/ou recursos para configurar e completar chamadas de voz.

Pré-requisitos

Requisitos

Os leitores deste documento devem ter conhecimento de Compreendendo Peers de Discagem e Trechos de Chamadas em Plataformas Cisco IOS®.

Componentes usados

Este documento não está restrito às versões específicas de software e de hardware.

Convenções

Consulte Convenções de Dicas Técnicas da Cisco para obter mais informações sobres as convenções de documentos.

Peers de discagem de entrada e saída e trechos de chamadas

Os peers de discagem são usados para trechos de chamadas de entrada e saída. É importante lembrar que estes termos são definidos a partir da perspectiva do roteador/gateway. Um trecho de chamada de entrada é originado quando uma chamada recebida pelo roteador ou gateway. Um trecho de chamada de saída é originado quando uma chamada é feita ou ligada a partir do roteador/gateway.

Figura 1. Trechos de Chamada da Perspectiva do Roteador/Gateway originador

in_out_dial_peers2.gif

Para chamadas recebidas de uma interface de Serviço de Telefonia Tradicional (POTS) destinadas à rede de pacotes, o roteador/gateway combina um peer de discagem POTS de entrada para o trecho de chamada de entrada primeiro. A seguir, o roteador/gateway originador cria um peer de discagem de rede de voz de saída, como VoIP (Voz sobre IP) ou VoFR (Voz sobre Frame Relay) para o trecho de chamada de saída. Depois disso, o roteador/gateway liga os dois trechos de chamadas.

Figura 2. Trechos de Chamada da Perspectiva do Roteador/Gateway de Destino

in_out_dial_peers3.gif

Para chamadas recebidas de uma interface de rede de voz destinadas a uma interface POTS, o roteador/gateway de destino combina um peer de discagem de rede de voz de entrada para o trecho de chamada de entrada. Em seguida, um peer de discagem POTS é criado para o trecho de chamada de saída.

Importância dos Peers de Discagem de Entrada

Um erro comum sobre peers de discagem de voz é que eles são configurados apenas para a funcionalidade de saída, isto é, para mapear uma série de discagem para um dispositivo de rede remoto (com os comandos Cisco IOS destination-pattern e session target) ou uma porta de voz POTS (com os comandos Cisco IOS destination-pattern e port). Entretanto, os peers de discagem precisarão ser configurados para a funcionalidade de entrada quando se tratar de cenários nos quais estejam presentes serviços não-padrão, aplicativos e/ou recursos.

Nos trechos de chamada de POTS de entrada recebidos no roteador/gateway de origem, alguns serviços e aplicativos fora de padrão, relacionados a chamadas de entrada, incluem:

Ao utilizar tais serviços ou aplicativos, é importante ter certeza de que o peer de discagem de POTS de entrada correto está configurado com o serviço apropriado ou de que o aplicativo é compatível. Para obter mais informações sobre correspondência de peers de discagem, consulte Entendendo como Peers de Discagem de Entrada e Saída são Combinados em Plataformas do Cisco IOS.

Quando as capacidades de Rede de Voz e/ou aplicativos de TCL fora de padrão são requisitados pelo roteador/gateway de origem, é necessário que o roteador/gateway de destino corresponda a essas capacidades e/ou aplicativos configurados com um peer de discagem de Rede de Voz de entrada. Se o Cisco IOS Software não puder fazer a correspondência de um peer de discagem de entrada não-padrão, ele utilizará um peer de discagem definido internamente para corresponder as chamadas de voz de entrada. A configuração da chamada pode falhar se o trecho da chamada de entrada tiver recursos ou aplicativos fora do padrão e for combinado com um peer de discagem padrão.

Os recursos padrão de Voz-rede incluem:

  • codec g729r8 (payload 20 bytes)

  • vad enable

  • dtmf-relay disable

  • fax-relay disable

  • fax rate voice

  • req-qos best-effort

  • acc-qos best-effort

  • huntstop disabled

  • preference 0

  • playout-delay 40 ms

  • register E.164 number with GK

  • digit-strip enabled

  • protocolo de sessão cisco (for H.323).

Observação: Os recursos padrão não são exibidos na saída da configuração de IOS de roteador/gateway. Execute o comando show dial-peer voice number para ver os recursos, serviços e aplicativos configurados em peers de discagem POTS e de Rede de Voz.

Observação: O DSCP padrão para voz é ef codepoint 101110 (RFC 2598) e o DSCP padrão para sinalização é af31 codepoint 011010 (RFC 2597). O peer de discagem padrão, PID 0, não marca pacotes para DSCP 0. Todos os pacotes de voz nos roteadores são marcados por padrão (podem ser sobrescritos pelo peer de discagem), sinalizando com AF31 e mídia com EF. Chamadas que atendam ao peer de discagem padrão 0 também devem ter este comportamento.

Para obter mais informações e um exemplo prático, consulte o caso prático Entendendo como Peers de Discagem de Entrada e Saída são Combinados em Plataformas do Cisco IOS.

Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

A Comunidade de Suporte da Cisco é um fórum onde você pode perguntar e responder, oferecer sugestões e colaborar com colegas.


Informações Relacionadas


Document ID: 12425