Voz : Sinalização de telefonia

Noções Básicas sobre o Problema de Desconexão de FXO

22 Maio 2008 - Tradução Manual
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Tradução por Computador (29 Julho 2013) | Inglês (2 Fevereiro 2006) | Feedback


Índice

Introdução
Pré-requisitos
     Requisitos
     Componentes Usados
     Convenções
Compreender o Problema de Desconexão de FXO
Cenários Comuns
Compreender os Métodos de Sinalização de Desconexão de Supervisão
     Desconexão de Sinalização de Início de Terra
     Desconexão de Supervisão com Base na Recusa de Potência
     Reversão de Bateria
     Desconexão de Supervisão Baseada em Tom
     Comparação entre VICs (Placas de Interface de Voz) FXS
Configurar Sinalização de Desconexão de Supervisão
     Configurar a Porta FXO para Suportar Recusa de Potência no Cisco IOS Software Versão 11.3MA e Posteriores
     Configurar a Porta FXO para Suportar Detecção de Reversão de Bateria no Cisco IOS Software Versão 12.0(7)XK e Anteriores
     Configurar a Porta FXO para Suportar Desconexão de Supervisão por Tom no Cisco IOS Software Versão 11.3MA
     Configurar a Porta FXO para Suportar Desconexão de Supervisão por Tom no Cisco IOS Software Versão 12.1(3)T
     Configurar a Porta FXO para Suportar Desconexão de Supervisão por Tom a partir do Cisco IOS Software Versões 12.1(5)XM e 12.2(2)T
Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

Introdução

Este documento ajuda os clientes a entender as questões que rodeiam os problemas de desconexão de FXO (Foreign Exchange Office) e fornece orientação para a correção desses problemas. Descreve também, resumidamente, os métodos conhecidos de sinalização criados para lidar com o problema e como eles podem ser implementados em várias versões do Cisco IOS® Software. Este não é um documento de configuração. Ele é um guia para ajudá-lo a entender as principais questões que podem estar envolvidas e as variações da implementação por versão.

Uma leitura adicional da documentação relacionada às várias versões do Cisco IOS Software discutidas neste documento é recomendada para garantir a configuração correta dos recursos.

Pré-requisitos

Requisitos

O conhecimento básico de sinalização de voz é necessário para entender melhor este documento. Para obter mais informações sobre as técnicas de sinalização de voz, consulte Controle e Sinalização de Rede de Voz.

Para obter um melhor entendimento de placas de interface de voz FXO, consulte Noções Básicas sobre as Placas de Interface de Voz FXO.

Componentes Usados

Este documento não está restrito a nenhuma versão específica de software e de hardware. Ele discute as questões com o Problema de Desconexão de FXO e é relevante para placas de interface de voz FXO.

Convenções

Para obter mais informações sobre convenções em documentos, consulte as Convenções de Dicas Técnicas da Cisco.

Compreender o Problema de Desconexão de FXO

Quando a sinalização inicial de loop é usada, uma interface FXO do roteador se assemelha a um telefone para o switch [central telefônica privada (PBX), rede comutada de telefonia pública (PSTN), Chave de sistema] ao qual ele se conecta. A interface FXO fecha o loop para indicar fora do gancho. O switch sempre fornece uma bateria de forma que não existe supervisão de desconexão do lado do switch. Como o switch espera que o usuário do telefone (exemplo de uma interface FXO) desligue o telefone ao terminar a chamada (em ambos os lados), ele espera também que a porta FXO do roteador seja desligada. Essa "intervenção humana" não está incorporada no roteador. A porta FXO espera que o comutador diga quando desligar (ou remova a bateria para indicar que está no gancho). Por essa razão, não há garantias de que uma porta FXO de extremidade próxima ou oposta desconecte quando alguma das extremidades da chamada desligar.

Os sintomas mais comuns desse problema são telefones que continuam a tocar mesmo depois de o chamador ter desligado ou as portas FXO que permanecem ocupadas depois que a chamada foi encerrada.

Cenários Comuns

Como um princípio básico simples, se o roteador local tiver uma porta FXO e originar a chamada de uma porta FXO, ele terá o controle sobre essa chamada e poderá fornecer a desconexão local. Se o roteador local tiver uma porta FXO e receber a chamada, ele exigirá que o switch conectado forneça esse sinal de desconexão.

fxo_disconnect3.gif

Observação: Todos os cenários supõem que não haja recursos de Desconexão de Supervisão configurados nos PBXs.

Cenário 1

Telefone A chama telefone B. O telefone B não responde. O telefone A é colocado no gancho, mas o telefone B continua a tocar, pois o FXO do roteador não tem informações de sinalização da alteração (colocado no gancho) feita pelo telefone A. Se a chamada for atendida, ela permanecerá ativa até que o telefone B seja desligado, independentemente das ações do telefone A.

Cenário 2

Telefone B chama telefone A. Quando os usuários desligam ou se o telefone B for desligado antes de o telefone A atender, a chamada será desconectada, pois a porta FXO do roteador originou a chamada. No entanto, se o telefone A for desligado antes do telefone B, a chamada permanecerá ativa até que o telefone B seja desligado.

Cenário 3

Esse é o pior cenário possível, pois as chamadas feitas em qualquer uma das direções resultarão no roteador recebendo uma chamada em sua porta FXO. No caso de uma chamada proveniente da PSTN, talvez não seja tão ruim. Isso ocorre porque o switch PSTN geralmente fornece uma desconexão (início de terra ou recusa de potência) e o roteador da extremidade oposta encerra a chamada da porta FXO. No entanto, as chamadas para a PSTN terão os mesmos problemas discutidos neste documento, pois a chamada é proveniente da porta FXO do roteador.

Compreender os Métodos de Sinalização de Desconexão de Supervisão

Desconexão de Sinalização de Início de Terra

A sinalização de início de terra poderá ser usada na porta FXO do roteador, caso o switch seja capaz de fornecer uma conexão de início de terra. Quando configurado, o switch remove o terra da conexão e a porta FXO é colocada no gancho. Essa opção está disponível nos roteadores de multisserviço Cisco das séries 1750, 2600, 3600, 3700 e MC3810.

Desconexão de Supervisão com Base na Recusa de Potência

A detecção de recusa de potência é uma interrupção de potência de linha do switch ou PBX até a porta FXO, que dura pelo menos 350 ms. A interface FXO no roteador detecta que a potência não está mais presente e interpreta isso como uma indicação de desconexão de supervisão. Isso está disponível nas portas FXO analógicas do roteador Cisco das séries 1750, 2600, 3600, 3700 e MC3810 em todas as versões do Cisco IOS que tenham suporte de voz. Essa figura fornece uma ilustração:

fxo_disconnect1.gif

Reversão de Bateria

A reversão de bateria é implementada pela reversão da polaridade da bateria no PBX. Isso é feito inicialmente quando a chamada é conectada (resposta à distância), com a polaridade revertida pela conversação inteira. Quando a extremidade oposta se desconecta, a polaridade da bateria volta ao normal para indicar a desconexão da chamada. O PBX usa a indicação de reversão de bateria para iniciar o faturamento.

Observação: As portas FXS (Foreign Exchange Station) normalmente revertem a bateria na conexão da chamada. Entretanto, se uma porta FXS estiver conectada a uma porta FXO que não suporta detecção de reversão de bateria, você deverá desabilitar a reversão de bateria na porta FXS para evitar comportamento inesperado.

Desconexão de Supervisão Baseada em Tom

Tons de Supervisão são freqüências audíveis que um PBX pode produzir para indicar que uma chamada foi liberada (chamador colocado no gancho) e a conexão deve ser desconectada. Os tons são diferentes em vários países. A porta FXO do roteador pode ser configurada para interpretar os tons como Desconexão de Supervisão e para desconectar a chamada.

Nessa figura de exemplo de Desconexão de Supervisão por Tom, a chamada é feita na extremidade oposta.

fxo_disconnect2.gif

Comparação entre VICs (Placas de Interface de Voz) FXS

VIC

Desconexão de Sinalização de Início de Terra

Desconexão de Supervisão com Base na Recusa de Potência

Reversão de Bateria

Desconexão de Supervisão Baseada em Tom

VIC-2FXO

SIM

SIM

não

SIM

VIC-2FXO-M1/VIC-2FXO-M2

SIM

SIM

SIM

SIM

VIC2-2FXO/VIC2-4FXO

SIM

SIM

SIM

SIM

Configurar Sinalização de Desconexão de Supervisão

Configurar a Porta FXO para Suportar Recusa de Potência no Cisco IOS Software Versão 11.3MA e Posteriores

O comando supervisory disconnect signal ativa o suporte para reconhecimento de recusa de potência. Essa é a configuração padrão. A configuração do comando no supervisory disconnect signal desativa o suporte para recusa de potência nessa versão e também habilita o suporte para desconexão básica de supervisão por tom. Consulte Configurar a Porta FXO para Suportar Desconexão de Supervisão por Tom.

FXO_Paper(config)#voice-port 2/1/1
FXO_Paper(config-voice)#supervisory disconnect signal
FXO_Paper(config-voice)#end
FXO_Paper#

Configurar a Porta FXO para Suportar Detecção de Reversão de Bateria no Cisco IOS Software Versão 12.0(7)XK e Anteriores

Para configurar suporte para reversão de bateria, o comando battery-reversal é aplicado à porta de voz. Esse recurso tinha suporte no roteador Cisco MC3810 Series a partir da inicialização. As plataformas Cisco 2600/3600 foram inicialmente suportadas no Cisco IOS Software versão 12.0(7)XK (integrado ao Cisco IOS Software versão 12.1(3)T) e necessita da adição de hardware FXO especial VIC-2FXO-M1 e VIC-2FXO-M2.

FXO_Paper(config)#voice-port 2/1/1
FXO_Paper(config-voice)#battery-reversal
FXO_Paper(config-voice)#end
FXO_Paper#

Para obter mais informações sobre o VIC-2FXO-M1 e o VIC-2FXO-M2, consulte Noções Básicas sobre as Placas de Interface de Voz FXO.

Para obter mais informações sobre como configurar a reversão de bateria, consulte Melhorias na Porta de Voz nos Cisco 2600 e 3600 Series Routers e nos MC3810 Series Concentrators.

Configurar a Porta FXO para Suportar Desconexão de Supervisão por Tom no Cisco IOS Software Versão 11.3MA

A desconexão de supervisão por tom foi inicialmente suportada no Cisco IOS Software versão 11.3MA. A ativação foi com a configuração do comando no supervisory disconnect signal . Nesta versão, a detecção foi mínima, com o FXO sendo capaz de detectar apenas um tom de 600 hertz como sinal de desconexão.

FXO_Paper(config)#voice-port 2/1/1
FXO_Paper(config-voice)#no supervisory disconnect signal
FXO_Paper(config-voice)#end
FXO_Paper#

Configurar a Porta FXO para Suportar Desconexão de Supervisão por Tom no Cisco IOS Software Versão 12.1(3)T

A detecção de supervisão por tom foi alterada no Cisco IOS Software versão 12.1(3)T para fornecer suporte mais detalhado. A CLI (interface de linha de comando) também foi alterada. A partir desta versão, agora é possível configurar os tons de desconexão a serem detectados continuamente durante as chamadas (pela configuração do comando mid-call ) ou apenas durante a configuração da chamada (usando o comando pre-connect na configuração). A detecção de qualquer tom (configurada pelo comando anytone ) opera apenas durante a configuração da chamada. Se você configurar a detecção de anytone, deverá habilitar também o cancelamento de eco para evitar desconexão devido à detecção de tom de rediscagem do próprio roteador.

Outro recurso novo é a capacidade de criar classes de voz. Isso permite que os vários componentes usados para construir um tom a ser configurado correspondam ao tom criado por PBXs de vários países. Como há vários comandos que podem compor uma classe de voz, está além do escopo deste documento explicar sua funcionalidade. Consulte a documentação da versão para obter informações detalhadas.

FXO_Paper #configure terminal 
FXO_Paper(config)#voice-port 3/1/1
FXO_Paper(config-voiceport)#supervisory disconnect dualtone pre-connect voice-class 90
FXO_Paper(config-voiceport)#end

 FXO_Paper(config)# voice class dualtone 90
     FXO_Paper(config-voice-class)# freq-pair 1 350 440
     FXO_Paper(config-voice-class)# freq-pair 2 480 850
     FXO_Paper(config-voice-class)# freq-pair 3 1000 1250
     FXO_Paper(config-voice-class)# freq-max-deviation 10
     FXO_Paper(config-voice-class)# freq-max-power 6
     FXO_Paper(config-voice-class)# freq-min-power 25
     FXO_Paper(config-voice-class)# freq-power-twist 15
     FXO_Paper(config-voice-class)# freq-max-delay 16
     FXO_Paper(config-voice-class)# cadence-min-on-time 50
     FXO_Paper(config-voice-class)# cadence-max-off-time 500
     FXO_Paper(config-voice-class)# cadence-list 1 100 100 300 300 100 200 200 200
     FXO_Paper(config-voice-class)# cadence-list 2 100 200 100 400 100 200 300 300
     FXO_Paper(config-voice-class)# cadence-variation 8
     FXO_Paper(config-voice-class)# exit
         

Observação: Todos os comandos diferentes do comando freq-pair no modo de comando voice class dualtone são ocultos.

Observação: O comando supervisory disconnect dualtone é modificado e aprimorado a partir do Cisco IOS Software Versões 12.1(5)XM e 12.2(2)T.

Configurar a Porta FXO para Suportar Desconexão de Supervisão por Tom a partir do Cisco IOS Software Versões 12.1(5)XM e 12.2(2)T

No Cisco IOS Software Versões 12.1(5)XM e 12.2(2)T, foram introduzidos vários aprimoramentos e alterações. Isso inclui uma alteração na linha de comando, a adição de Classes de "Tolerância de Detecção de Tom", alterações na configuração da classe de voz personalizada, permitindo a criação de Cptones Personalizados e a capacidade de usar os tons predefinidos de andamento da chamada específicos do país. Os tons predefinidos de andamento da chamada específicos do país oferecem um meio de não precisar configurar uma classe de voz personalizada. Isso reduz significativamente a configuração geral necessária para implementar o recurso. Isso é configurado pela aplicação do comando cptone locale à porta de voz. É recomendável que esse método seja tentado primeiro inicialmente, antes de tentar usar qualquer configuração personalizada.

Essa é uma configuração de exemplo. Observe a inclusão dos comandos timeouts wait-release 5 e timeouts call-disconnect 5. Os padrões desses cronômetros são trinta e sessenta segundos, o que pode provar ser excessivo em uso normal. Portanto, os cronômetros devem ser reduzidos para se adequar à condição local. Como guia, cinco segundos podem ser considerados como um valor mais satisfatório para ambos.

FXO_Paper#configure terminal
FXO_Paper(config)#voice-port 3/1/1
FXO_Paper(config-voiceport)#supervisory disconnect dualtone mid-call
FXO_Paper(config-voiceport)#cptone us
FXO_Paper(config-voiceport)#timeouts wait-release 5
FXO_Paper(config-voiceport)#timeouts call-disconnect 5
FXO_Paper(config-voiceport)#exit
         

Observação: O comando timeouts call-disconnect está oculto no Cisco IOS Software versão 12.1(5)XM.

A supervisão de desconexão FXO não tem suporte em chamadas hair pinned locais entre portas de voz analógicas (FXS e FXO) no Cisco MC3810 Series Concentrators, pois o DSP (Digital Signal Processor) é ignorado. Se hair pinning for desativado com o comando de configuração global no voice local-bypass , a supervisão de desconexão FXO será suportada.

O Cisco MC3810 Series Concentrators deve ser equipado com HCMs (módulos de compactação de alto desempenho) para suportar detecção de tom. Os VCMs (módulos de compactação de voz) padrão não suportam o recurso de Supervisão de Desconexão FXO.

Observação: Para configurar tolerâncias de detecção de tom não-padrão, use o comando voice class dualtone-detect-params . Para obter mais informações, consulte Supervisão de Desconexão FXO.

Observação: Para obter mais informações sobre qualquer um dos comandos deste documento, consulte a Ferramenta de Consulta de Comando (clientes registrados somente) .


Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

A Comunidade de Suporte da Cisco é um fórum onde você pode perguntar e responder, oferecer sugestões e colaborar com colegas.


Document ID: 8120