Voz : Qualidade de voz

Solucionando Problemas de Voz Unidirecional.

23 Março 2008 - Tradução Manual
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Tradução por Computador (29 Julho 2013) | Inglês (13 Outubro 2008) | Feedback


Índice

Introdução
Pré-requisitos
     Requisitos
     Componentes Usados
     Convenções
Problema
Soluções
     Assegurar que o IP Routing Esteja Habilitado nos Roteadores e Gateways do Cisco IOS
     Verifique a Alcançabilidade de IP Básica
     Vincule a Sinalização H.323 a um Endereço IP Específico no Gateway e nos Roteadores do Cisco IOS.
     Vincule a Sinalização MGCP á Interface de Origem do Pacote de Mídia MGCP no Gateway do Cisco IOS
     Verifique se o Telco ou o Switch Enviam e Recebem Corretamente Supervisão de Resposta
     Abrir Cedo Áudio Bidirecional com o Comando voice rtp send-recv no Gateway e nos Roteadores do Cisco IOS.
     Verifique as Configurações cRTP em uma Base Link a Link no Gateway e nos Roteadores do Cisco IOS
     Verifique o Nível Mínimo de Software para NAT no Gateway e nos Roteadores do Cisco IOS.
     Desabilite voice-fastpath no AS5350 e no AS5400
     Configurar o endereço IP de VPN com SoftPhone
     Configure a VPN 3002 para Trabalhar no Modo de Extensão de Rede
     Informações Adicionais Verifique o Áudio Unidirecional
     Coletar Informações sobre o Tráfego de Chamadas no Firewall PIX
Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

Introdução

Este documento resolve alguns dos problemas que podem ocorrer em conversações de áudio unidirecional de telefonia IP envolvendo gateways Cisco. Os gateways Cisco abordados por este documento são os gateways e roteadores do Cisco IOS®, switches Catalyst e gateways DT-24+.

Pré-requisitos

Requisitos

Este documento é direcionado às pessoas envolvidas com redes de telefonia IP e com conhecimento básico de redes de voz.

Componentes Usados

Este documento não está restrito a versões específicas de software ou de hardware.

Convenções

Consulte Convenções de Dicas Técnicas da Cisco para obter mais informações sobre as convenções de documentos.

Problema

Este documento também oferece cenários e soluções para estes problemas.

  • Quando uma chamada telefônica é estabelecida de uma estação IP por um gateway ou roteador de voz do Cisco IOS, somente uma das partes recebe o áudio (comunicação unidirecional).

  • Quando uma chamada de contorno de tarifa é estabelecida entre dois gateways Cisco, apenas uma das partes recebe o áudio (comunicação unidirecional).

  • Quando uma chamada telefônica é estabelecida de uma estação IP colocada atrás de um Cliente Hardware VPN 3002, somente uma das partes recebe o áudio (comunicação unidirecional).

Soluções

As causas do áudio unidirecional na Telefonia IP podem variar, mas a raiz do problema geralmente envolve os problemas de IP routing. Esta seção aborda alguns cenários e soluções encontradas no campo.

Assegurar que o IP Routing Esteja Habilitado nos Roteadores e Gateways do Cisco IOS

Alguns gateways do Cisco IOS, como o Vc 200, desabilitam o IP routing por padrão. Essa configuração padrão leva a problemas de voz unidirecionais.

Observação: Antes de prosseguir, assegure-se de que o IP routing esteja habilitado no roteador. Em outras palavras, verifique se o roteador não tem o comando de configuração global no ip routing.

Para habilitar o IP routing, emita este comando de configuração global no gateway do Cisco IOS:

voice-ios-gwy(config)#ip routing
         

Verifique a Alcançabilidade de IP Básica

Sempre verifique primeiro a alcançabilidade de IP básica. Como os fluxos do Real-Time Transport Protocol (RTP) não têm conexão (transportados por UDP), o tráfego pode viajar com êxito em uma direção, mas ficar perdido na direção oposta. Este diagrama mostra um cenário em que isso pode ocorrer:

fix_1way_voice.gif

As sub-redes A e B podem atingir a Sub-rede X. A Sub-rede X pode atingir as Sub-redes A e B. Isso permite o estabelecimento de conexões TCP entre as estações finais (A e B) e o Cisco CallManager. Portanto, a sinalização pode ser alcançada pelas duas estações finais sem qualquer problema, permitindo assim o estabelecimento de chamadas entre A e B.

Quando uma chamada é estabelecida, um fluxo de RTP que carrega o áudio deve sair nas duas direções, entre as estações finais. Em alguns casos, a Sub-rede B pode atingir a Sub-rede A, mas a Sub-rede A não pode atingir a Sub-rede B. Portanto, o fluxo de áudio de A para B sempre ficará perdido.

Esse é um problema básico de roteamento. Use métodos de solução de problemas de IP routing para chegar ao estágio em que seja possível efetuar o ping bem-sucedido do Telefone A do Gateway B. Tenha em mente que o ping é uma verificação bidirecional.

Este documento não abrange a solução de problemas de IP routing. Entretanto, confirme as etapas a seguir para começar:

  • Os gateways padrão são configurados nas estações finais.

  • As rotas IP desses gateways padrão levam às redes de destino.

Observação: A lista a seguir explica como verificar a configuração padrão do roteador ou do gateway em vários telefones IP Cisco:

  • Telefone IP Cisco 7910 – Pressione Settings (Configurações), selecione a opção 6 e pressione o volume para baixo até que o campo Default Router (Roteador Padrão) seja exibido.

  • Telefone IP Cisco 7960/40 – Pressione Settings (Configurações), selecione a opção 6 e percorra para baixo até que o campo Default Router (Roteador Padrão) seja exibido.

  • Telefone IP Cisco 2sp+/30vip – Pressione **# e, em seguida, pressione # até gtwy= ser exibido.

Observação: Ao usar o aplicativo Cisco IP SoftPhone e mais de uma placa de interface de rede (NIC) estiver instalada na caixa, certifique-se de que a caixa esteja originada na NIC correta. Esse problema costuma estar presente no software IP SoftPhone versão 1.1.x. A versão 1.2 deve resolver este problema.

Observação: Se estiver usando gateways Cisco DT-24+, verifique o Escopo DHCP e certifique-se de que exista uma opção de Gateway Padrão (roteador 003) no escopo. O parâmetro de roteador 003 preenche o campo Default Gateway (Gateway Padrão) nos dispositivos e PCs. A opção 3 do escopo deve ter um endereço IP da interface do roteador que roteará para o gateway.

Vincule a Sinalização H.323 a um Endereço IP Específico no Gateway e nos Roteadores do Cisco IOS.

Quando o gateway do Cisco IOS tiver várias interfaces de IP ativas, parte da sinalização do H.323 poderá ser originada de um endereço IP e outras sinalizações poderão ter como referência outro endereço de origem. É possível que isso gere vários problemas. Um deles é o de áudio unidirecional.

Para solucionar esse problema, você pode vincular a sinalização do H.323 a um endereço de origem específico. O endereço de origem pode pertencer a uma interface física ou virtual (loopback). Use o comando h323-gateway voip bind srcaddr ip-address no modo de configuração de interface. Configure esse comando na interface com endereço IP que possa ser apontado pelo Cisco CallManager.

Esse comando foi apresentado no Cisco IOS Software Release 12.1(2)T. Consulte Suporte de H.323 para Interfaces Virtuais.

cuidado Cuidado: Existe um erro no Cisco IOS Software Release 12.2(6) em que essa solução pode causar um problema de áudio unidirecional. Para obter mais informações, consulte a Identificação de Erro da Cisco CSCdw69681 (clientes registrados somente) .

Vincule a Sinalização MGCP á Interface de Origem do Pacote de Mídia MGCP no Gateway do Cisco IOS

A voz unidirecional poderá ocorrer em gateways do Media Gateway Control Protocol (MGCP), se a interface de origem de pacotes de mídia e sinalização não for especificada. Você poderá vincular a mídia do MGCP à interface de origem se emitir o comando mgcp bind media source-interface interface-id e, em seguida, o comando mgcp bind control source-interface interface-id . Redefina o gateway do MGCP no Cisco CallManager depois de emitir os comandos.

Se o comando mgcp bind não estiver habilitado, a camada de IP ainda fornecerá o melhor endereço local.

As diretrizes para o comando mgcp bind são:

  • Quando houver chamadas de MGCP ativas no gateway, o comando mgcp bind é rejeitado para controle e mídia.

  • Se a interface de vinculação não estiver em operação, o comando é aceito, mas não tem efeito até a interface ficar ativa.

  • Se o endereço IP não for atribuído na interface de vinculação, o comando mgcp bind é aceito, mas só tem efeito depois que um endereço IP válido é atribuído. Durante esse tempo, se as chamadas de MGCP ficarem ativa, o comando mgcp bind é rejeitado.

  • Quando a interface de vinculação fica inativa, seja por um desligamento manual ou por uma falha operacional, a atividade de vinculação é desabilitada na interface.

  • Quando a vinculação não é configurada no Media Gateway Controller (MGC), o endereço IP usado para o controle e a mídia do MGCP de origem é o melhor endereço IP disponível.

Verifique se o Telco ou o Switch Enviam e Recebem Corretamente Supervisão de Resposta

Se você tem um gateway do Cisco IOS conectado a um Telco ou switch, verifique se uma supervisão de resposta é enviada corretamente, quando o dispositivo chamado por trás do Telco ou switch responde a chamada. Uma falha no recebimento da supervisão da chamada faz com que o gateway do Cisco IOS falhe ao abrir o caminho de áudio em uma direção progressiva. Essa falha causa voz unidirecional. Uma solução é emitir o comando voice rtp send-recv on.

Para obter mais informações, consulte Abrir Cedo Áudio Bidirecional com o Comando voice rtp send-recv no Gateway e nos Roteadores do Cisco IOS.

Abrir Cedo Áudio Bidirecional com o Comando voice rtp send-recv no Gateway e nos Roteadores do Cisco IOS.

O caminho de voz é estabelecido na direção retrógrada, no começo do fluxo de RTP. O caminho do áudio de encaminhamento não usará atalhos enquanto o gateway do Cisco IOS não receber uma mensagem Connect da extremidade remota.

Em alguns casos, é necessário estabelecer um caminho de áudio bidirecional assim que o canal RTP for aberto, ou seja, antes do recebimento da mensagem Connect. Para conseguir isso, emita o comando de configuração global voice rtp send-recv .

Verifique as Configurações cRTP em uma Base Link a Link no Gateway e nos Roteadores do Cisco IOS

Esse problema se aplica a cenários, como o desvio de tarifa, em que mais de um roteador ou gateway do Cisco IOS é envolvido no caminho de voz e o RTP compactado (cRTP) é usado. O cRTP, ou Compressão do Cabeçalho RTP, é um método para tornar os cabeçalhos VoIP menores e assim ganhar largura de banda. O cRTP coloca o IP de 40 bytes, o User Datagram Protocol (UDP) ou o cabeçalho de RTP em um pacote de VoIP e o compacta para 2 a 4 bytes por pacote. Essa compressão rende aproximadamente 12 kbps de largura de banda para uma chamada codificada do G.729 com cRTP. Para obter mais informações sobre cRTP, consulte Voz sobre IP – Consumo de Largura de Banda de Chamada.

O cRTP é feito em uma base salto a salto, com descompressão e recompressão em cada salto. Cada cabeçalho de pacote deve ser examinado para o roteamento. Portanto, o cRTP deve ser habilitado nos dois lados de um link de IP.

Também é importante verificar se o cRTP está funcionando como esperado nas duas extremidades do link, Os níveis da versão do Cisco IOS Software variam em termos de caminhos de comutação e suporte simultâneo a cRTP.

Em resumo, o histórico é:

  • Em versões do Cisco IOS Software mais antigas que o Cisco IOS Software Release 12.0(5)T, o cRTP é switch por processo.

  • No Cisco IOS Software Release 12.0.(7)T, e continuando na Release 12.1.(1)T, foi apresentado o suporte para comutação rápida e comutação para encaminhamento do Cisco Express (CEF) para cRTP.

  • No Cisco IOS Software Release 12.1(2)T, foram introduzidos aprimoramentos de desempenho de algoritmo.

Se você executar o cRTP nas plataformas do Cisco IOS (Cisco IOS Software Release 12.1), verifique se a ID de erro da Cisco CSCds08210 (clientes registrados somente) não afeta sua versão do Cisco IOS Software. O sintoma desse erro é a falha da atuação de VoIP e fax sobre IP na compressão do cabeçalho do RTP.

Verifique o Nível Mínimo de Software para NAT no Gateway e nos Roteadores do Cisco IOS.

Se você usar Tradução de Endereço de Rede (NAT), os requisitos mínimos de nível de software deverão ser atendidos. As versões antigas de NAT não suportam a tradução de protocolos mirrados. As versões mais antigas levam a problemas de voz unidirecional.

É necessário executar o Cisco IOS Software Release 12.1(5)T ou posterior para que os gateways do Cisco IOS suportem versões mirradas e 2 do H.323 com a NAT ao mesmo tempo. Para obter mais informações, consulte Suporte de NAT do Telefone IP para o Cisco CallManager.

Observação: Se o Cisco CallManager estiver usando uma porta TCP para sinalização mirrada diferente do padrão 2000, você precisará ajustar o roteador NAT. Emita o comando de configuração global ip nat service skinny tcp port number .

O nível mínimo de software exigido para usar NAT e skinny simultaneamente em um firewall PIX é 6.0. Para obter informações, consulte Cisco PIX Firewall Version 6.0.

Observação: Esses níveis de software não necessariamente suportam todas as mensagens de Registro, Admissão e Status (RAS) necessárias para o suporte completo do gatekeeper. O suporte de gatekeeper está fora do escopo deste documento.

Desabilite voice-fastpath no AS5350 e no AS5400

O comando do Cisco IOS Software voice-fastpath enable é um comando oculto de configuração global para o AS5350 e o AS5400, que é ativado por padrão. Para desabilitá-lo, emita o comando de configuração global no voice-fastpath enable.

Quando o comando é habilitado, ele armazena as informações do endereço IP e do número da porta UDP em cache para o canal lógico que está aberto para uma chamada específica. O comando impede que o fluxo de RTP atinja a camada do aplicativo. Em vez disso, os pacotes são encaminhados em uma camada inferior. Isso ajuda a reduzir a utilização da CPU em cenários de alto volume de chamadas.

Quando serviços complementares, como espera ou transferência, são usados, o comando voice-fastpath faz com que o roteador transmita o áudio para o endereço IP em cache e a porta UDP. As novas informações do canal lógico geradas depois de uma chamada em espera são retomadas. Ou, depois da conclusão de uma transferência, são desconsideradas. Para solucionar esse problema, o tráfego deve passar constantemente pela camada de aplicativo para que a redefinição do canal lógico seja levada em consideração e o áudio seja canalizado em fluxo para o novo par de portas UDP e endereço IP. Portanto, assegure-se de desabilitar voice-fastpath para suportar serviços suplementares.

Configurar o endereço IP de VPN com SoftPhone

O Cisco IP SoftPhone permite que um PC trabalhe como um telefone Cisco IP Phone 7900 Series. Os usuários remotos que se conectam de volta à sua rede empresarial através da Rede Virtual Privada (VPN) precisam definir algumas configurações adicionais para evitar problemas de voz unilateral. Isso ocorre porque o fluxo de mídia precisa conhecer o ponto de extremidade da conexão.

A solução é configurar o endereço IP da VPN, em vez de o endereço IP do adaptador de rede, em Network Audio Settings. Para obter mais informações, consulte Como Usar o Cisco IP SoftPhone em VPN.

Configure a VPN 3002 para Trabalhar no Modo de Extensão de Rede

Um Cliente de Hardware da Cisco VPN 3002 pode operar em dois modos: no modo cliente e no modo de extensão de rede (NEM). No modo cliente, todos os hosts por trás do cliente da Cisco VPN 3002 têm o endereço de porta traduzido para o endereço IP externo do cliente da VPN 3002. O H.323 não trabalha com tradução de endereço de porta (PAT) e resulta em um áudio unidirecional quando um telefone IP é colocado atrás de um cliente da VPN 3002. Quando a VPN 3002 operam em NEM, as redes remotas podem ver uma a outra pelos endereços IP reais, e não por um endereço baseado em NAT ou PAT. Se a VPN 3002 for configurada para operar em NEM, o H.323 não poderá funcionar. Em outras palavras, os telefones IP que estão atrás de um cliente de VPN só podem funcionar quando a VPN 3002 estiver em NEM. Portanto, para evitar problemas de voz unidirecional com um cliente de VPN 3002, configure o cliente da VPN 3002 para usar NEM.

Para configurar o Cliente do Hardware da Cisco VPN 3002 para usar NEM, selecione Configuration > Quick > PAT (Configuração > Rápida > PAT) e clique na janela No, use Network Extension mode PAT.

Para obter mais informações, consulte Configurando o Cliente de Hardware da Cisco VPN 3002 para o Roteador do Cisco IOS com EzVPM no Modo de Extensão de Rede.

Informações Adicionais Verifique o Áudio Unidirecional

Dois comandos úteis para usar para verificar o fluxo do pacote são o debug cch323 rtp e o debug voip rtp. O comando debug cch323 rtp exibe os pacotes transmitidosX) e recebidos (R) pelo roteador. Um caractere em letra maiúscula indica transmissão ou recepção bem-sucedida. Um caractere em letra minúscula indica uma queda no pacote.

voice-ios-gwy#debug cch323 rtp

RTP packet tracing is enabled
voice-ios-gwy#
voice-ios-gwy#
voice-ios-gwy#
voice-ios-gwy#
voice-ios-gwy#

               !--- Essa é uma chamada de saída não respondida.
!--- Observe que o caminho de voz só é aberto na direção progressiva e
!--- que os pacotes são descartados. Na realidade, os pacotes recebidos são tráfego do
!--- telefone IP para o telefone PSTN. Eles são descartados até a chamada ser respondida.

            Mar 3 23:46:23.690: ****** cut through in FORWARD direction *****
XXXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXr
XrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXr
XrXrXXrrrrrrrrrrrrrrrr
voice-ios-gwy#
voice-ios-gwy#

               !--- Essa é um exemplo de uma chamada respondida:
            
voice-ios-gwy#
voice-ios-gwy#
*Mar 3 23:53:26.570: ****** cut through in FORWARD direction *****
XXXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXr
XrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXr
XXrrrrrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrXrrXXrrXrXrXrXrXrXXXXXXXXXXXXXXXXrXXXXXXXXrXrXrXXrrXr
XrXrXrXrXrXrXrXrXXrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

               !--- Nesse momento, a extremidade remota pega o telefone.
            
*Mar 3 23:53:30.378: ****** cut through in BOTH direction *****
XRXRXRXRXRXRXRXRXXRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRXRXRXRXRXRXRXR
XRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXXRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRXRXRXRXRXR
XXRRXRXRXXRRXRXRXRXRXXRXRXRXRXRXRRXRXXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXR
XRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXR
XRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXXRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXR
XRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR
RRRRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRRXXRXRXRXRXRXRRXRXRXRXRXRXRXRXR
XRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXXRRRRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXR
XXRRRRRRRRRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXR
XRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXR
XRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXRXXRRRXR

               !--- Este é o fim da conversa.
            
         

Observação: No Cisco IOS Software Release 12.2(11)T e posteriores, o comando debug cch323 rtp da interface da linha de comando (CLI) foi substituído pelo comando debug voip rtp.

voice-ios-gwy#debug voip rtp

--------cut through in BOTH direction-------------------

*Mar 27 19:52:08.259: RTP(32886): fs rx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=4FFBF0, ssrc=8E5FC294
*Mar 27 19:52:08.275: RTP(247): fs tx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=5D00C8D9, ssrc=1F1E5093
*Mar 27 19:52:08.279: RTP(32887): fs rx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=4FFC90, ssrc=8E5FC294
*Mar 27 19:52:08.295: RTP(248): fs tx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=5D00C979, ssrc=1F1E5093
*Mar 27 19:52:08.299: RTP(32888): fs rx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=4FFD30, ssrc=8E5FC294
*Mar 27 19:52:08.315: RTP(249): fs tx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=5D00CA19, ssrc=1F1E5093
*Mar 27 19:52:08.319: RTP(32889): fs rx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=4FFDD0, ssrc=8E5FC294
*Mar 27 19:52:08.335: RTP(250): fs tx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=5D00CAB9, ssrc=1F1E5093
*Mar 27 19:52:08.339: RTP(32890): fs rx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=4FFE70, ssrc=8E5FC294
*Mar 27 19:52:08.355: RTP(251): fs tx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=5D00CB59, ssrc=1F1E5093
*Mar 27 19:52:08.359: RTP(32891): fs rx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=4FFF10, ssrc=8E5FC294
*Mar 27 19:52:08.375: RTP(252): fs tx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=5D00CBF9, ssrc=1F1E5093
*Mar 27 19:52:08.379: RTP(32892): fs rx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=4FFFB0, ssrc=8E5FC294
*Mar 27 19:52:08.395: RTP(253): fs tx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=5D00CC99, ssrc=1F1E5093
*Mar 27 19:52:08.399: RTP(32893): fs rx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=500050, ssrc=8E5FC294
*Mar 27 19:52:08.976: RTP(282): fs tx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=5D00DEB9, ssrc=1F1E5093
*Mar 27 19:52:08.980: RTP(32922): fs rx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=501270, ssrc=8E5FC294
*Mar 27 19:52:08.996: RTP(283): fs tx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=5D00DF59, ssrc=1F1E5093
*Mar 27 19:52:09.000: RTP(32923): fs rx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=501310, ssrc=8E5FC294
*Mar 27 19:52:09.016: RTP(284): fs tx d=10.48.79.181(20002),
pt=0, ts=5D00DFF9, ssrc=1F1E5093

Coletar Informações sobre o Tráfego de Chamadas no Firewall PIX

Você pode solucionar o problema de chamadas unidirecionais reunindo todas as informações de tráfego no Firewall PIX. O comando capture do PIX pode ser usado para verificar a porta aberta e usada quando ocorre uma chamada. Consulte Handle VoIP Traffic with the PIX Firewall para obter informações sobre o tráfego de VoIP no Firewall IPX.

Observação: Assegure-se de desabilitar o comando capture depois de gerar os arquivos de captura que precisa para solucionar o problema.


Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

A Comunidade de Suporte da Cisco é um fórum onde você pode perguntar e responder, oferecer sugestões e colaborar com colegas.


Document ID: 5219