Roteadores : Cisco Network Convergence System 6000 Series Routers

Pesquise defeitos edições da linha de console RP no NCS6008

19 Setembro 2015 - Tradução por Computador
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Inglês (22 Agosto 2015) | Feedback

Introdução

Este documento descreve como pesquisar defeitos o hardware ou os problemas de comunicação entre a linha de console e as portas de Console de um route processor (RP) em um sistema da convergência de rede do Cisco 6008 Series (NCS6008).

Contribuído por Nikhil Kapoor, engenheiro de TAC da Cisco.

Informações de Apoio

O NCS6008 RP tem três portas de Console:

  • Porta de Console 0 – Esta porta conecta à porta de Console de Calvados, que é o nome de código para a máquina virtual que fornece o plano do administrador para o sistema. Durante o processo de boot, a porta de Console 0 mostra a tela BIOS (relevante se você deve mudar o dispositivo de inicialização ou similar). A interface CLI de Calvados opera-se maneira ativa/à espera virtual, assim que significa que se RP0 é o processo de Calvados CLI/login do active e você abre uma sessão de console ao RP1, está reorientado internamente à sessão RP0 Calvados. Este processo pode criar a confusão às vezes, assim que pague a toda atenção à alerta nos casos onde o RP físico com que você interage realmente matérias. Por exemplo, de RP0 de um sistema NCS6008: sysadmin-vm:0_RP0#.

  • Porta de Console 1 – Esta porta conecta ao console e às funções regulares do ® XR do Cisco IOS apenas como a porta de Console em todo o outro sistema IO XR. Durante o processo de boot, o RP1 mostra as mensagens da bota do operating system (OS) do host, que neste contexto é o shell o mais de baixo nível do Linux OS. Uma vez que o OS XR é carreg, o RP que executa o OS ativo IO XR responde a uma sessão de console com a alerta normal do nome de usuário e senha. Uma vez que entrado, você pode executar todas as ações necessários, sujeita às permissões e aos níveis de acesso que são definidos na configuração de sistema. Uma sessão de console que seja iniciada ao RP que é executado enquanto a máquina virtual à espera IO XR dá a um familiar este (D) nó RP não é pronta ou ativa para a mensagem de /configuration do início de uma sessão.

  • Porta de Console 2 – Esta porta conecta a um controlador intercultural interno da conexão (CCC), e (pelo menos para o espaço deste documento) não precisa de ser configurada ou anexado a qualquer coisa.

Impacto e riscos associados

Os serviços normais são impactados pelo processo que está descrito neste documento se as portas de Console não são acessíveis. Não haverá nenhum impacto de negócios aos serviços.

Antes de Começar

Antes que você tente o processo que está descrito na próxima seção, assegure-se de que você não tenha problemas de cabo. Use o mesmo cabo a fim confirmar se você pode consolar a um RP diferente.

Também, incorpore o comando do devc-conaux-engodo do processo da mostra a fim verificar o status de sistema:

show processes devc-conaux-con

Se alguma edição é descoberta, a seguir execute um coredump e reinicie o processo. Se a saída confirma que não há nenhuma edição, a seguir continue à próxima seção a fim isolar a edição. 

Estão aqui umas saídas de exemplo:

[host:~]$ stty -aF /dev/ttyS0

speed 115200 baud; rows 0; columns 0; line = 0;intr = ^C; quit = ^\; erase = ^?;
kill = ^U; eof = ^D; eol = <undef>; eol2 = <undef>; swtch = <undef>; start = ^Q;
stop = ^S;susp = ^Z; rprnt = ^R; werase = ^W; lnext = ^V; flush = ^O; min = 1;
time = 0;-parenb -parodd cs8 hupcl -cstopb cread clocal -crtscts-ignbrk -brkint
-ignpar -parmrk -inpck -istrip -inlcr -igncr -icrnl -ixon -ixoff -iuclc -ixany
-imaxbel -iutf8opost -olcuc -ocrnl onlcr -onocr -onlret -ofill -ofdel nl0 cr0
tab0 bs0 vt0 ff0-isig -icanon -iexten -echo echoe echok -echonl -noflsh -xcase
-tostop -echoprt echoctl echoke[host:~]$

Pesquise defeitos edições RP

Nota: Neste exemplo, console 0 de RP0 é usado para propósitos de Troubleshooting. O Troubleshooting do console deve ser executado do host.

Termine estas etapas a fim isolar a edição RP:

  1. Log no sistema como um administrador:
    RP/0/RP0/CPU0:NCS6008-A#admin
    Tue Mar 17 13:51:05.919 UTC

    <username> connected from 127.0.0.1 using console on xr-vm_node0_RP0_CPU0
    sysadmin-vm:0_RP0#
  2. Da página da administração do sistema, tente estabelecer uma sessão do Shell Seguro (ssh) ao host para o console 0.

    Nota: O endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT para o console 0 neste exemplo é 10.0.2.2.

    sysadmin-vm:0_RP0# run chvrf 0 ssh 10.0.2.2
    Thu Mar  12 05:03:37.262 UTC
    [host:~]$
    [host:~]$ >> Console 0 host.
  3. A fim isolar o sentido da perda, execute um teste do eco do host à linha de console, e da linha de console ao host. Neste exemplo, olá! eu sou mensagem do console 0 sou enviado do host à linha de console:
    host:~]$ echo Hello I am console 0 >/dev/ttyS0 >> Sending from S0 i.e. Console0

    [host:~]$
    Na linha de console, você pode ver a mensagem que foi enviada do host do console 0:
    Connecting to Device Port 30.Connected to port 30. Escape sequence is ESC A TEST
    Hello I am console 0
  4. A fim confirmar que uma comunicação ocorre entre a linha de console e o host do console 0, incorpore algum texto na linha de console. Você não poderá ver o que está sendo datilografado, mas imprimirá na extremidade do host:
    [host:~]$ cat < /dev/ttyS0 >>>

    Connecting to Device Port 30.Connected to port 30. Escape sequence is ESC A
     <Typed Hello console 0 redirect.>
    Como mostrado, você pode ver os mesmos caráteres aparecer no host do console 0:
    [host:~]$
    Hello console 0 redirect. >>> Message coming from console line. 
  5. Depois que você confirmou que uma comunicação ocorre ambas as maneiras, você pode tentar cancelar o ruído na linha de console do host do console 0:
    [sysadmin-vm:0_RP0:~]$ stty -F /dev/hvc0 -ignpar -ignbrk[sysadmin-vm:0_RP0:~]$

    [Console Server ]> c d d 30
    Connecting to Device Port 30.Connected to port 30. Escape sequence is ESC A

    sysadmin-vm:0_RP0# run
    Thu Mar 12 05:18:14.486 UTC
    [sysadmin-vm:0_RP0:~]$ stty -F /dev/hvc0 -ignpar -ignbrk
    [sysadmin-vm:0_RP0:~]$

Nota: Se este processo resolve a edição, a seguir você pôde ter encontrado a identificação de bug Cisco CSCuq84495.


Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

A Comunidade de Suporte da Cisco é um fórum onde você pode perguntar e responder, oferecer sugestões e colaborar com colegas.


Document ID: 118961