Voz e comunicações unificadas : Cisco Unity Connection

Únicas questões de sincronização da caixa de entrada com disposições dos Em-locais do Microsoft Exchange

14 Outubro 2016 - Tradução por Computador
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Inglês (22 Agosto 2015) | Feedback

Introdução

Este documento fornece a informação nas questões de sincronização consideradas entre o Cisco Unity Connection (CUC) e as disposições dos Em-locais do Microsoft Exchange.

Contribuído por Ratnesh Nath e por Anirudh Mavilakandy, engenheiros de TAC da Cisco.

Pré-requisitos

Requisitos

Cisco recomenda que você tem o conhecimento de CUC.

Componentes Utilizados

Este documento não se restringe a versões de software e hardware específicas.

As informações neste documento foram criadas a partir de dispositivos em um ambiente de laboratório específico. Todos os dispositivos utilizados neste documento foram iniciados com uma configuração (padrão) inicial. Se a sua rede estiver ativa, certifique-se de que entende o impacto potencial de qualquer comando.

Problemas

Há três tipos de questões de sincronização:

  • Nenhuma sincronização
  • Sincronização atrasada dos ambos os lados (CUC ao server de câmbio e vice-versa)
  • Sincronização atrasada do server de câmbio a CUC

Troubleshooting

Esta seção fornece a informação em como pesquisar defeitos as três edições. As primeiras duas edições são combinadas em uma seção porque a aproximação para pesquisar defeitos as edições é a mesma.

Atrasado ou nenhuma sincronização entre CUC e troca

Poderia haver as várias razões para que há nenhum ou sincronização atrasada entre CUC e troca. Nesta encenação, verifique falhas de comunicação entre CUC e o server de câmbio através do CLI ou pela coleção do log através da ferramenta do monitoramento em tempo real (RTMT).

RTMT

Escolha o traço & a central do log > recolhe arquivos. Escolha logs da sincronização da caixa postal da conexão e continue.

Root

Em CUC (/var/log/active/cuc) através do CLI:

A fim ver o arquivo, incorpore o <filename> do gato ou vi <filename>, onde o <filename> é diag_CuMbxSync_xxxxxxxx.uc.

Admin CLI

Os logs podem igualmente ser vistos através do Admin CLI, mas é bastante difícil.

A fim alistar os arquivos, incorpore o activelog /cuc/diag_CuMbxSync da lista do arquivo * detalhe o reverso.

A fim ver um arquivo, incorpore o activelog /cuc/diag_CuMbxSync_xxxxxxxx.uc da opinião do arquivo onde o xxxxxxxx é o número de arquivo.

A fim transferir os arquivos a um server seguro FTP (SFTP), incorpore o arquivo obtêm o activelog /cuc/diag_CuMbxSync *.

Verifique os logs os mais atrasados de CuMbxSync para ver se há todas as falhas ou avisos HTTP. Desde que os erros ou os avisos são escritos à revelia nos traços, não há nenhuma necessidade de permitir neste momento traços.

As falhas HTTP poderiam parar (intermitentemente ou completamente) a sincronização da operação da Mensagem de CUC ao server de câmbio e vice-versa. Se as falhas HTTP são consideradas nos logs, a seguir a próxima etapa é pesquisar defeitos e fixar estas edições.

A única caixa de entrada da conexão de unidade que pesquisa defeitos o documento de TechNote fornece alguma informação nos vários erros vistos nos logs de CuMbxSync.

Se não há nenhuns erro/falha no log de CuMbxSync, a seguir permita CsEws e o micro de CuMbxSync segue - todos os níveis. Escolha a utilidade > o traço do Cisco Unity Connection > micro traço. Clique a opção da restauração na página unificada da conta da Mensagem do usuário e recolha os logs mais uma vez. Contacte o centro de assistência técnica da Cisco (TAC) para a assistência adicional.

Sincronização atrasada do server de câmbio a CUC

A troca comunica-se ao server CUC na porta 7080. Esta seção fornece etapas a fim pesquisar defeitos a edição.

  1. Assegure-se de que a porta 7080 esteja aberta e CUC escute nesta porta.

    Admin CLI

    Root

  2. Recolha uma captação da rede no server de câmbio e no server CUC a fim confirmar que o server de câmbio envia notificações do molhe e CUC recebe estas notificações do molhe.

    No CUC CLI, incorpore o tamanho TODO da contagem 100000 de SIBTrace do arquivo de captura da rede dos utils.

    Na troca, transfira e execute Wireshark.

    Na captação CUC, você deve ver este teste padrão do pacote na porta 7080 (porta usada para receber notificações):

    Confirme (com a ajuda do endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT destacado na captura de tela) que a notificação foi enviada do server de câmbio a CUC e não a algum servidor proxy. Se você não vê o mesmo teste padrão na porta 7080 (ou não veja nenhum tráfego na porta 7080), verifique com a equipe do server de câmbio. As notificações da troca a CUC podiam ser de dois tipos:

    • Notificações da manutenção de atividade
    • Notificação da operação da mensagem

    As mensagens da manutenção de atividade são enviadas da troca a CUC. Está aqui um mensagem de notificação da manutenção de atividade da amostra:

    O server de câmbio envia a esta notificação cada cinco minutos (à revelia) para cada usuário subscrito. Esta notificação é enviada pela troca ao cliente dos serviços de Web da troca (EWS) (CUC neste caso) a fim manter assinaturas vivas em CUC.

    As notificações do server de câmbio são recebidas no server CUC pelo molhe, que analisa gramaticalmente as notificações e atualiza dados na tabela do tbl_ExSubscription.

    Entradas da amostra no tbl_ExSubscription:

    A mesma informação pode ser vista através do Admin CLI. Incorpore o unitydyndb primeiro 10 seleto do dbquery do cuc da corrida * do comando do tbl_exsubscription.

    o tbl_ExSubscription armazena a informação sobre cada assinatura da caixa postal registrada com troca através de EWS. o timestamputc (destacado no tiro de tela precedente) é uma das colunas nesta tabela. Contém o Data-tempo no tempo UTC que indica que o tempo onde uma notificação para esta assinatura foi recebida por último por CUC do server de câmbio.

    O processo de CuMbxSync tem uma linha que os monitores para assinaturas velhas cada dois minutos e façam um resubscription para todas as entradas velhas. No log da amostra, a linha considera um grupo de entradas da assinatura como velho. Este não é um caso ideal (se tudo é muito bem e a troca envia notificações da manutenção de atividade em tempo oportuno). Este campo é usado para detectar assinaturas velhas pelo processo de CuMbxSync. A circunstância usada para filtrar para fora as assinaturas velhas é timestamputc < (CurrentTime - 15 minutos).

    Mesmo se não há nenhuma mudança em uma caixa postal do assinante no lado da troca, o server de câmbio à revelia ainda envia notificações para cada subscritor (subscritor no server de câmbio) em um intervalo cinco minuto.

    As notificações da manutenção de atividade que vêm da troca podem ser consideradas da “em logs do molhe conexão”. Estes logs podem ser recolhidos de RTMT (escolha o traço & a central do log > recolhe arquivos > molhe da conexão e continua) ou através do acesso raiz (/usr/local/jetty/logs).

    Este log mostra a resposta enviada por CUC que corresponde às notificações da manutenção de atividade enviadas pelo server de câmbio. Se as notificações da manutenção de atividade não chegam em CUC da troca então que a assinatura resubscribed após cada 16 minutos (aproximadamente) e somente faz então a sincronização da caixa postal ocorrem.

    Os motivos potenciais para tal comportamento podiam ser um destes:

    • Configuração de proxy no server de câmbio
    • Configuração do Network Address Translation (NAT) em CUC
    • Configuração de firewall entre CUC e o server de câmbio, e assim por diante

    Envolva a equipe da rede e troque a equipe a fim obter a razão real deste comportamento.

    Se CUC recebe a notificação do tempo ligado do server de câmbio e a atualização não está refletida na caixa postal CUC, contacte o TAC para que o auxílio pesquise defeitos a edição.



Document ID: 118883