Switches : Switches Cisco Nexus 7000 Series

O problema de registro do nexo 7000 pesquisa defeitos

14 Outubro 2016 - Tradução por Computador
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Inglês (22 Agosto 2015) | Feedback

Introdução

Este documento descreve pesquisa defeitos os procedimentos usados a fim fixar problemas de registro na plataforma do nexo 7000 de Cisco (N7K). Especificamente, este documento descreve duas encenações visadas: quando o interruptor não enviar logs novos ao arquivo histórico local e quando os logs novos estiverem deixados cair ou atrasados no trânsito ao arquivo histórico e ao servidor de SYSLOG locais.

Contribuído por Charles Youssef, engenheiro de TAC da Cisco.

O interruptor N7K não mostra mensagens de registro no buffer local do arquivo histórico

Esta seção descreve como pesquisar defeitos um interruptor N7K se os mensagens de registro não indicam no buffer local do arquivo histórico. A fim pesquisar defeitos estas edições, termine estas etapas:

  1. Verifique que os logs que você espera ver no buffer local do arquivo histórico têm um nível de registro inferior ou igual ao nível de registro do arquivo histórico. Por exemplo, se os logs faltantes são para notificações up/down da relação, verifique que o nível de registro do ethpm (neste exemplo, 5) é inferior ou igual à severidade do arquivo histórico de registro (notificações neste exemplo, que é 5):
    Nexus# show logging level ethpm

    Facility Default Severity  Current Session
                                    Severity

    --------  ----------------  ---------------
    ethpm             5                 5

    0(emergencies)  1(alerts)     2(critical)
    3(errors)       4(warnings)   5(notifications)
    6(information)  7(debugging)
    Nexus# show logging

    Logging logfile:enabled
    Name - test2: Severity -
     notifications
    Size -
     10000000
  2. Se todos os logs novos não são entrados o arquivo histórico local, não apenas os logs que pertencem a uma categoria específica, verificam:

    1. Se o diretório de /var/log é usado até 100%:
      Nexus# show system internal flash
      Mount-on                  1K-blocks      Used   Available   Use%  Filesystem
      /                            409600     61104      348496     15   /dev/root
      /proc                             0         0           0      0   proc
      /sys                              0         0           0      0   none
      /isan                        716800    315088      401712     44   none
      /var                          51200       612       50588      2   none
      /etc                           5120      1616        3504     32   none
      /nxos/tmp                     40960         4       40956      1   none
      /var/log                      51200     51200           0    100   none
      Nesta saída, /var/log é 100% usado.

    2. Se o sub-diretório /external tem um tamanho do arquivo muito grande de libdt_helper.log:
      Nexus# show system internal dir /var/log/external/
      ./                     420
      ../                    380
      glbp.debug             231
      libfipf.24944            0
      vdc_4/                  80
      libfipf.24115            0
      vdc_3/                  80
      libfipf.23207            0
      vdc_2/                  80
      libdt_helper.log    51523584
      libfipf.5582             0
      libfipf.4797             0
      libfipf.4717             0
      messages              651264
      syslogd_ha_debug       19184
      startupdebug             0
      eobc_port_test_result    3
      mgmt_port_test_result    3
      bootup_test.log        18634
      bootup_test.3432        2526
      dmesg@                  31
      Se é muito grande, a seguir suprima do arquivo de libdt_helper.log do diretório com este comando:
      Nexus# delete log:libdt_helper.log
      Nexus#
      Suporte as mensagens velhas no buffer do logging local a um arquivo no bootflash com este comando:
      Nexus# show logging log > bootflash:oldlogs.txt
      Nexus#
      Este comando reorienta a saída a um arquivo em oldlogs.txt chamado bootflash. Isto mantém uma cópia dos logs velhos porque o buffer do logging local deve ser cancelado em seguida com este comando:
      Nexus# clear logging logfile
      Nexus#
  3. Neste momento, o interruptor deve mostrar que novo entra o arquivo histórico local. A fim confirmar isto, incorpore o modo de configuração, e retire-o então a fim provocar o mensagem de registro VSHD-5-VSHD_SYSLOG_CONFIG:
    Nexus# conf t
    Enter configuration commands, one per line.  End with CNTL/Z.
    Nexus(config)# end
    Nexus# show logging log
    2013 Jul 30 11:53:55 Nexus %SYSLOG-1-SYSTEM_MSG :
     Logging logfile (test2) cleared by user
    2013 Jul 30 11:55:35 Nexus %VSHD-5-VSHD_SYSLOG_CONFIG_I:
     Configured from vty by admin on dhcp-peg3-vl30-144-254-7-77.ci
    Nexus#

Nota: Se você encontra a encenação precedente-descrita, a seguir o interruptor está afetado por um defeito do software descrito na identificação de bug Cisco CSCue98451: Mensagens novas que não são arquivo histórico entrado. O procedimento da pesquisa de defeitos descrito neste documento é uma ação alternativa. O reparo final é promover a um software release que tenha o reparo para o erro acima mencionado.

Os logs do Syslog e/ou do arquivo histórico N7K atrasaram ou têm a data/hora incorreta

Os mensagens de registro novos enviados ao servidor de SYSLOG e/ou ao buffer local do arquivo histórico puderam exibir um atraso (possivelmente entre cinco a oito minutos). Alguns dos mensagens de registro puderam ser deixados cair. O timestamp do log mostra o timestamp do evento real ou o timestamp da transmissão de mensagem ao servidor de SYSLOG ou ao buffer do arquivo histórico.

Se alguns ou todos estes sintomas são encontrados, a seguir verifique isso:

  1. Algum debuga é permitido no interruptor:
    Nexus# show debug

    Debug level is set to Minor(1)
    L2FM Daemon:
     Trace Detail is on
     default for new sessions logging level: 3
    debug ip arp event
    debug ip arp packet

    Nexus#
    Neste exemplo, L2FM e o ARP debugam são permitidos.

  2. O nível de registro é mudado a um valor mais alto do que os valores padrão para todos os processos:
    Nexus# show logging level

    Facility  Default Severity  Current Session
                                   Severity

    --------  ----------------  ---------------
    aaa               3                3
    acllog            2                2
    aclmgr            3                3
    auth              0                0
    authpriv          3                3
    Os mensagens de registro estão armazenados em um buffer interno, circular antes que estejam entregados ao Syslog/arquivo histórico. O número de mensagens realizadas neste buffer circular é visto com este comando:
    Nexus# show logging internal info |
     include circular

    Pending msgs in circular buffer
     (head: 8632, tail: 7333)
    Neste exemplo, o buffer tem (cabeça - cauda) 8632 - 7333 = 1299 mensagens.

  3. Se a etapa precedente se aplica, a seguir desabilite o active debuga e reduzem os níveis de registro.

Nota: Se a segunda encenação é encontrada, a seguir o interruptor está afetado por um defeito do software descrito é a identificação de bug Cisco CSCud40436: Os mensagens do syslog atrasados e deixados cair quando debuga são permitidos. Este erro não afeta a versão 6.0 do sistema operacional do nexo (NX-OS); é fixado em versões 6.1(3) e mais recente NX-OS.



Document ID: 116427