Switches : Switches Cisco Nexus 1000V Series

Capture o tráfego com o comando do vempkt em 1000V Series Switch do nexo

14 Outubro 2016 - Tradução por Computador
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Inglês (22 Agosto 2015) | Feedback


Índice


Introdução

Este documento descreve o uso do comando do vempkt a fim capturar o tráfego em 1000V Series Switch do nexo.

É difícil pesquisar defeitos edições nos 1000V Series Switch do nexo porque não há nenhum interruptor físico para pôr sobre suas mãos. Muito do tempo, uma captura de pacote de informação é necessário a fim determinar se os pacotes são enviados rio acima.

Nota: Contribuído por Joey Ristaino, por Chris Brown, e por Joe LeBlanc, engenheiros de TAC da Cisco.

Pré-requisitos

Requisitos

A Cisco recomenda que você tenha conhecimento destes tópicos:

  • 1000V Series Switch do nexo de Cisco

  • Software Cisco NX-OS

Componentes Utilizados

A informação neste documento é baseada em 1000V Series Switch do nexo.

As informações neste documento foram criadas a partir de dispositivos em um ambiente de laboratório específico. Todos os dispositivos utilizados neste documento foram iniciados com uma configuração (padrão) inicial. Se a sua rede estiver ativa, certifique-se de que entende o impacto potencial de qualquer comando.

Convenções

Consulte as Convenções de Dicas Técnicas da Cisco para obter mais informações sobre convenções de documentos.

comandos do vempkt

Um comando útil disponível para capturar o tráfego que deixa um host específico no 1000V Switch do nexo é o comando do vempkt. Este comando é muito similar a uma sessão span; contudo, é mais flexível porque pode ser aplicado a toda a relação sem a necessidade para um dispositivo de captura.

Comece a captação

A fim capturar o tráfego, inscreva o comando ssh do vempkt na linha de comando do host ESX que tem a máquina virtual (o VM) para que você quer capturar o tráfego. Depois que você incorpora este comando, a seguir incorpore estes comandos:

informação da mostra do vempkt - isto mostra a informação da captação a mais recente.

[x] vlan LTL do [y] das todo-fases da captação do vempkt

O LTL é a lógica de alvo local para o link. Se você não conhece o LTL ou o VLAN, inscreva o comando show port do vemcmd e os vlans do show port do vemcmd comandam. Cisco recomenda o LTL do Canal de porta porque inclui todo o tráfego que sae do host e incorpora o host.

Você pode igualmente capturar um sentido ou pacotes descartado que incorporam este comando:

captação do vempkt [ingresso | saída | gota | [y] vlan do [x] LTL das todo-fases]

Nota: Se um LTL não é especificado, a captação mostra todos os LTL, e se um VLAN não é especificado, a captação mostra todos os VLAN.

http://www.cisco.com/c/dam/en/us/support/docs/switches/nexus-1000v-switch-vmware-vsphere/115763-vempkt-capture-traffic-nexus1000-01.gif

http://www.cisco.com/c/dam/en/us/support/docs/switches/nexus-1000v-switch-vmware-vsphere/115763-vempkt-capture-traffic-nexus1000-02.gif

Incorpore o comando do [mtu size] do tamanho do vempkt especificar uma captação do tamanho da unidade de transmissão máxima (MTU).

Incorpore o comando da informação da captação da mostra do vempkt verificar seus parâmetros da captação.

http://www.cisco.com/c/dam/en/us/support/docs/switches/nexus-1000v-switch-vmware-vsphere/115763-vempkt-capture-traffic-nexus1000-03.gif

Inscreva o comando start do vempkt começar a captação.

Termine a captação

Depois que você termina as operações para a captação, incorpore estes comandos a fim terminar a captação e exportar o arquivo:

  1. parada do vempkt.

  2. informação da mostra do vempkt para indicar as estatísticas da captação.

  3. detalhe todo do indicador do vempkt > /tmp/vempkt_capture.txt. Este comando coloca o arquivo de captura no diretório de /tmp do host. Deste diretório, você pode copiá-lo em um datastore e exportá-lo através do vCenter.

  4. vempkt claro.

Exportação do arquivo

Você pode exportar o arquivo para uma captura de pacote de informação (PCAP) do CLI. Incorpore este comando no host: <filename> da exportação do pcap do #vempkt. Este comando coloca o arquivo no diretório em que você é ficado situado atualmente.


Informações Relacionadas


Document ID: 115763