Voz e comunicações unificadas : Cisco Unified Communications Manager (CallManager)

Configurar Rastreamentos do Cisco CallManager para o Suporte Técnico da Cisco

1 Julho 2009 - Tradução Manual
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Tradução por Computador (28 Julho 2013) | Inglês (12 Fevereiro 2007) | Feedback

Índice

Introdução
Pré-requisitos
      Requisitos
      Componentes Utilizados
      Convenções
Configuração de Rastreamentos para o Cisco CallManager
      Cisco CallManager 3.x e 4.x
      CallManager 5.x
      Diretrizes Gerais
      Dicas para Troubleshooting
Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

Introdução

Este documento explica como configurar e capturar rastreamentos do servidor Cisco CallManager para o Suporte Técnico da Cisco. Quando você ligar para o Suporte Técnico da Cisco, um engenheiro poderá solicitar que você capture esses rastreamentos para o troubleshooting do problema.

Pré-requisitos

Requisitos

Não existem requisitos específicos para este documento.

Componentes Utilizados

As informações neste documento baseiam-se nesta versão de software:

  • Cisco CallManager 4.0

  • Cisco Unified CallManager 5.1(1a)

As informações neste documento foram criadas a partir de dispositivos em um ambiente de laboratório específico. Todos os dispositivos utilizados neste documento foram iniciados com uma configuração padrão. Se a sua rede estiver em um ambiente de produção, esteja ciente do impacto potencial de qualquer comando.

Nota: Estes procedimentos se aplicam ao CallManager Versões 3.x, 4.x e 5.x.

Convenções

Para obter mais informações sobre convenções de documentos, consulte as Convenções de Dicas Técnicas da Cisco.

Configuração de Rastreamentos para o Cisco CallManager

Cisco CallManager 3.x e 4.x

Para configurar rastreamentos para o Cisco CallManager 3.x e 4.x, siga estes passos.

  1. Selecione Application > Cisco CallManager Serviceability.

    cm_trace1.gif

  2. Selecione Trace > Configuration.

    cm_trace2.gif

  3. Clique no endereço IP ou no nome do CallManager para o qual deseja configurar os rastreamentos.

  4. Clique em Cisco CallManager.

    cm_trace3.gif

  5. Configure os parâmetros e os valores de rastreamento conforme mostrado no passo 7.

    Nota: Se todos eles estiverem em branco quando você visitar a página pela primeira vez, clique em SetDefault para preencher a maioria dos campos automaticamente. Em seguida, faça as alterações necessárias.

    Nota: Não ative a saída formatada em XML.

  6. Selecione o nível de rastreamento na lista suspensa, conforme mostrado no passo 7. Defina-o como Detailed.

    É possível filtrar os rastreamentos por dispositivo, o que poderá ser muito útil para obter rastreamentos limpos.

    Nota: Configure esse recurso somente se solicitado pelo Suporte Técnico da Cisco.

  7. Clique em Update para salvar esses valores.

    cm_trace4a.gif

    cm_trace4b.gif

  8. Os rastreamentos do Cisco são geralmente necessários e podem ser suficientes. Entretanto, você provavelmente precisará coletar rastreamentos de outros serviços. Esses valores podem ser configurados para cada serviço para os quais você deseja produzir depurações. Esses serviços são mostrados aqui.

    Para configurar rastreamentos para um serviço específico, selecione o serviço na lista fornecida.

    cm_trace5.gif

  9. Os rastreamentos são armazenados no local especificado na pasta CallManager Trace Location:

    cm_trace7.gif

CallManager 5.x

O CallManager 5.0 e posterior utilizam a página Cisco CallManager Serviceability para ativar os rastreamentos e a RTMT (Real Time Monitoring Tool) para recuperar os rastreamentos do servidor.

  1. Em um computador que possua conectividade IP com o servidor CallManager, vá até o endereço http://<ip address>:8443/ccmservice/ ou escolha "CallManager Serviceability" no menu suspenso fornecido na página Administration, conforme mostrado. É necessário fazer login com o nome de usuário e a senha CCMAdministrator. cm_trace9.gif

    cm_trace8.gif

  2. Quando estiver na página Serviceability, escolha Trace > Configuration no menu superior.

    cm_trace10.gif

  3. Na página Trace Configuration carregada, escolha o servidor e o serviço para os quais deseja ativar os rastreamentos. Neste exemplo, escolhemos o Cisco CallManager Service no servidor CCM5-PUB. Quando as opções do serviço escolhido forem exibidas, clique na caixa de seleção Trace On. Certifique-se de que ativou o nível de rastreamento Detailed, pois ele fornece a quantidade máxima de dados para o TAC. Quando as opções estiverem definidas corretamente, role até a parte inferior da tela e clique no botão Save.

    cm_trace11.gif

  4. (opcional) O Cisco TAC poderá solicitar a obtenção de rastreamentos do SDL bem como do CallManager, do CTIManager ou de outros serviços. Siga estes passos a fim de ativar rastreamentos do SDL para o serviço Cisco CallManager.

    1. Na página Cisco CallManager Traces mostrada aqui (também conhecida como CallManager SDI Traces), escolha SDL Configuration no menu suspenso Related Links e clique em Go:

      cm_trace12.gif

    2. Para ativar rastreamentos do SDL, siga o mesmo procedimento utilizado para os rastreamentos do CallManager, conforme mostrado:

      cm_trace13.gif

  5. Execute a ação que reproduz o problema encontrado. As informações detalhadas de troubleshooting são registradas no servidor CallManager.

  6. Agora que você reproduziu o problema com os rastreamentos ativados, será necessário obter os arquivos de rastreamento do servidor CallManager. Como o Cisco CallManager 5.0 e versões posteriores são executados em um sistema operacional Linux, o procedimento utilizado para o CallManager 3.x e 4.x não se aplica. A RTMT deverá ser utilizada para obter os arquivos de rastreamento. Para instalar a RTMT, siga estas instruções:

    1. Na página CallManager Administration, escolha Application > Plugins no menu superior.

      cm_trace14.gif

    2. Uma janela de pesquisa será exibida. Clique em Find com o campo de pesquisa vazio para mostrar todos os possíveis plug-ins. Localize a RTMT na lista de seu sistema operacional específico e clique no link Download à direita para salvar o arquivo no computador local.

    3. Quando o download terminar, execute o instalador e siga as instruções na tela.

      cm_trace15.gif

  7. Quando a instalação for concluída, execute o aplicativo RTMT. Especifique o servidor CallManager a partir do qual os rastreamentos são coletados, bem como o nome de usuário e a senha CCMAdministrator, conforme mostrado:

    cm_trace16.gif

  8. Escolha CM-Default na lista:

    cm_trace17.gif

  9. Escolha Tools > Trace & Log Central.

    cm_trace18.gif

  10. Clique duas vezes em Collect Files. Escolha os serviços e os servidores a partir dos quais deseja obter os arquivos de rastreamento e clique em Next:

    cm_trace19.gif

  11. Será exibida uma janela solicitando o intervalo de tempo e data com base no qual os rastreamentos serão coletados. Tente ser o mais específico possível aqui e utilize intervalos de tempo absolutos ou relativos conforme mostrado. A ferramenta também permite que você especifique onde desejar armazenar os arquivos em seu computador local. Você poderá alterar o local clicando no botão Browse. Ao enviar arquivos para o TAC, geralmente também é recomendável escolher a opção Zip Files para reduzir o número de arquivos que precisam ser enviados. Após definir as opções, escolha Finish.

    cm_trace20.gif

  12. Em seguida, a RTMT salvará os arquivos no computador local. O status é mostrado na janela principal:

    cm_trace21.gif

Diretrizes Gerais

Tome nota do local onde os arquivos são registrados. Por padrão, o Cisco CallManager 3.x e 4.x armazenam os arquivos de rastreamento no diretório C:\Program Files\Cisco\Trace\CCM\, mas é possível especificar o seu armazenamento em outro local na configuração do rastreamento. Outros serviços registram seus rastreamento em seus respectivos diretórios. Como mencionado anteriormente, nas Versões 5.x e posteriores, eles são armazenados no local especificado pela RTMT.

No Windows Explorer, navegue até o diretório de rastreamento para coletar os arquivos de rastreamento corretos. Depois, escolha View > Details na barra de menus para exibir as datas e horas. Amplie a janela o suficiente para ver esses valores.

cm_trace6.gif

Nota: Se você reproduzir um problema, certifique-se de selecionar o arquivo referente ao período de tempo em que o problema foi reproduzido. Examine a data de modificação e as marcações de data e hora do arquivo. A melhor maneira de coletar os rastreamentos corretos é reproduzir o problema, localizar rapidamente o arquivo mais recente e copiá-lo do Cisco CallManager.

Os arquivos são substituídos após um certo período de tempo. Para localizar o arquivo registrado no momento, clique em View > Refresh na barra de menus e examine as datas e as horas dos arquivos. Você poderá exibir e configurar o local, o tamanho e a duração dos arquivos de rastreamento, conforme mostrado no diagrama anterior.

Como os rastreamentos podem fazer uso intenso da CPU do servidor Cisco CallManager, convém desativá-los após coletá-los. Siga o mesmo procedimento utilizado para ativar os rastreamentos, mas desmarque as definições "Trace On" e salve.

Dicas para Troubleshooting

  • Saiba onde seus dispositivos estão registrados.

    Cada log do Cisco CallManager rastreia os arquivos localmente. Se um telefone ou um gateway for registrado em um CallManager específico, a chamada será processada nesse CallManager se for iniciada nesse local. Será necessário capturar os rastreamentos nesse Cisco CallManager para depurar um problema. Um erro comum é registrar os dispositivos em um Assinante, mas capturar os rastreamentos no Editor. Esses arquivos de rastreamento estão praticamente vazios (e a maioria não contém a chamada). Outro problema comum é ter o Dispositivo 1 registrado no Cisco CallManager 1 e o Dispositivo 2 registrado no Cisco CallManager 2. Se o Dispositivo 1 ligar para o Dispositivo 2, o rastreamento da chamada ocorrerá no Cisco CallManager 1; se o Dispositivo 2 ligar para o Dispositivo 1, o rastreamento ocorrerá no Cisco CallManager 2. Para fazer o troubleshooting em uma chamada bidirecional, você precisará obter os rastreamentos dos dois Cisco CallManagers para ter uma visão geral do problema.

  • Inclua DNs (números de telefone) ou endereços IP (em caso de gateways) para todos os dispositivos envolvidos no problema.

    Isso permitirá que o engenheiro do Suporte Técnico localize rapidamente os telefones e os outros dispositivos envolvidos nas chamadas com problema.

  • Saiba a hora aproximada da chamada com problema nos rastreamentos.

    Como provavelmente várias chamadas são feitas, será útil saber a hora aproximada da chamada em que o Suporte Técnico da Cisco precisará se concentrar.


Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

A Comunidade de Suporte da Cisco é um fórum onde você pode perguntar e responder, oferecer sugestões e colaborar com colegas.


Document ID: 10124