Óptica : Synchronous Digital Hierarchy (SDH)

Configurando bytes j1 e pesquisando defeitos alarmes HP-TIM em placas de linha POS

14 Outubro 2016 - Tradução por Computador
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Inglês (22 Agosto 2015) | Feedback


Índice


Introdução

Este documento descreve como configurar o byte j1 do SDH, o Path Overhead da alta ordem (HO-POH) no pacote sobre placas de linha SONET/SDH (POS). Este documento igualmente explica como cancelar alarmes da má combinação do identificador do rastreamento de caminho HO (HP-TIM).

Pré-requisitos

Requisitos

Não existem requisitos específicos para este documento.

Componentes Utilizados

Este documento não se restringe a versões de software e hardware específicas.

Convenções

Consulte as Convenções de Dicas Técnicas da Cisco para obter mais informações sobre convenções de documentos.

O byte J1

O padrão de Bellcore GR-253 define Synchronous Optical Network (SONET). O SONET usa uma arquitetura em camadas do Path Overhead (POH), do Line OverHead (LOH), e da carga adicional de seção (SOH). A coluna de POH inclui o byte j1, igualmente conhecido como o Path Trace Buffer (PTB).

pos_27043a.gif

O padrão G.707 do ITU-T define o Synchronous Digital Hierarchy (SDH), que é distribuído mais extensamente em Europa. O G.707 define o byte j1 como o primeiro byte no recipiente virtual. O Au-n associado (n = 3, 4) ou o ponteiro TU-3 indicam o lugar deste byte. É aqui como o padrão define o uso deste byte:

Este byte é usado para transmitir repetitivamente um identificador de ponto de acesso de caminho de modo que um terminal de recebimento do trajeto possa verificar sua conexão continuada ao transmissor com propósito. Um quadro 16-byte é definido para a transmissão de um identificador de ponto de acesso. Este quadro 16-byte é idêntico ao quadro 16-byte definido em 9.2.2.2 para a descrição do byte J0. Em limites internacionais, ou nos limites entre as redes de operadores diferentes, o formato definido na cláusula 3/G.831 será usado a menos que concordado de outra maneira mutuamente pelos operadores que fornecem o transporte. Dentro de uma rede nacional ou dentro do domínio de um único operador, este identificador de ponto de acesso de caminho pode usar um quadro 64-byte.

Figura 1 ilustra a posição do byte j1 na estrutura SDH:

Figura 1 – A posição do byte j1 na estrutura SDH

pos_27043.gif

Configurar o byte j1

Você pode configurar estes valores para o byte j1:

OSIRS20(config-controller)#overhead j1 ?
   expected  Expected Message
   length    Message length
   transmit  Transmit Message

em que:

  • Esperado = a corda esperada da linha. Toda a má combinação gerencie um alarme HP-TIM.

  • Comprimento = o comprimento da corda. Este poderia ser 16 bytes (SDH) ou 64 bytes (SONET).

  • Transmita = o valor de série que é transmitido na linha.

Está aqui um exemplo com os dois cartões POS que são conectados diretamente com uma fibra oculta. Este exemplo usa a configuração SDH:

OSIRS20(config-controller)#overhead j1 length 16
OSIRS20(config-controller)#overhead j1 expected expect123456789
OSIRS20(config-controller)#overhead j1 transmit transmit1234567

Neste exemplo, a corda entrante esperada da linha é expect123456789, e você transmite a corda transmit1234567.

Emita este comando a fim ver o que vem da linha:

OSIRS20#show controller sonet 9/1/0

Está aqui a saída:

OSIRS20#show controller sonet 9/1/0
SONET 9/1/0 is up.
Channelized OC-3/STM-1 SMI PA
      H/W Version : 24.257.2.3, ROM Version : 1.2
      FREEDM version : 2, F/W Version : 1.18.1
      Applique type is Channelized Sonet/SDH
      Clock Source is Line, AUG mapping is AU4.
                                        
Medium info:
   Type: SDH, Line Coding: NRZ, Line Type: Short SM

Regenerator Section Status:
   No alarms detected.

Multiplex Section Status:
   No alarms detected.
   No BER failure/degrade detected
   BER_SF threshold power : 3
   BER_SD threshold power : 6
                                
Higher Order Path Status:
   Path# 1 has defects HP-TIM
   Captured Trace for Path# 1 is (CRC - 4) transmit1234567

Alternativamente, emita este comando capturar a última linha:

OSIRS20#show controller sonet 9/1/0 | i Captured Trace

Como você pode ver, o alarme HP-TIM esta presente na saída, porque a corda esperada não combina a corda recebida da estação da ponta oposta. A fim cancelar o alarme, emita estes comandos:

OSIRS20(config-controller)#overhead j1 length 16
OSIRS20(config-controller)#overhead j1 expected transmit1234567

Está aqui a saída destes comandos:

OSIRS20#show controller sonet 9/1/0 
                                               
SONET 9/1/0 is up. 
Channelized OC-3/STM-1 SMI PA
   H/W Version : 24.257.2.3, ROM Version : 1.2
   FREEDM version : 2, F/W Version : 1.18.1
   Applique type is Channelized Sonet/SDH
   Clock Source is Line, AUG mapping is AU4. 

Medium info:    
  Type: SDH, Line Coding: NRZ, Line Type: Short SM
Regenerator Section Status:
  No alarms detected.
Multiplex Section Status:
  No alarms detected.
  No BER failure/degrade detected
  BER_SF threshold power : 3
  BER_SD threshold power : 6 

Higher Order Path Status:
  Path# 1 has no defects
  Captured Trace for Path# 1 is (CRC - 4) transmit1234567

Opções adicionais

Uma outra opção para cancelar este alarme é desabilitar o byte j1. Quando você faz assim, a placa já não lê a informação do byte j1. Em consequência, o alarme HP-TIM nunca ocorre.

OSIRS20#configure terminal
Enter configuration commands, one per line.  End with CNTL/Z.  
OSIRS20(config)#controller sonet 9/1/0    
OSIRS20(config-controller)#no over j1 
OSIRS20(config-controller)#end

Informações Relacionadas


Document ID: 27043