Switches : Switches Cisco Catalyst 6500 Series

Pesquisando defeitos o hardware e os problemas relacionados no MSFC, no MSFC2, e no MSFC2a

14 Outubro 2016 - Tradução por Computador
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Inglês (19 Setembro 2015) | Feedback


Índice


Introdução

Este documento ajuda a resolver problemas relacionados ao Multilayer Switch Feature Card (MSFC) e ao MSFC2 para os switches das séries Cisco Catalyst 6500/6000 e roteadores da série Cisco 7600.

Nota: Este documento não contém a informação sobre como pesquisar defeitos a configuração de software ou pesquisar defeitos edições do switching multicamada (MLS) ou do Cisco Express Forwarding (CEF) no MSFC. Consulte estes documentos para obter outras informações:

A fim pesquisar defeitos o Supervisor Engine, refira estes documentos:

Pré-requisitos

Requisitos

Uma visão geral de produto completa adiantadamente pode impedir os problemas de hardware que ocorrem durante instalações de campo ou durante a operação normal. Cisco recomenda que você tem o conhecimento destes assuntos para o Switches que este as capas de documento:

  • Sistema geral e requisitos de energia

  • Requisitos de redundância

  • Procedimento de instalação adequado

  • Gerenciamento de switch e considerações do software

Também, refira o sumário do Field Notice de produto para switch LAN antes que você continue com este documento.

Componentes Utilizados

A informação neste documento aplica-se a todos os software release do ½ do ¿  de Cisco IOSï para o MSFC e o MSFC2. Em alguns casos, as edições específicas afetam somente determinadas liberações. O documento indica aquelas liberações que são afetadas.

As informações neste documento foram criadas a partir de dispositivos em um ambiente de laboratório específico. Todos os dispositivos utilizados neste documento foram iniciados com uma configuração (padrão) inicial. Se a sua rede estiver ativa, certifique-se de que entende o impacto potencial de qualquer comando.

Convenções

Consulte as Convenções de Dicas Técnicas da Cisco para obter mais informações sobre convenções de documentos.

Descrição da plataforma

MSFC e MSFC2 são placas-filhas que se conectam diretamente ao Mecanismo do Supervisor. O MSFC e o MSFC2 contêm:

  • Um processador

  • Memória de processador

  • Um controlador do sistema

  • Bootflash

Estes dispositivos fornecem meios executar o switching multicamada (MLS) e o roteamento de interVLAN.

O MSFC tem uns MIPS R5000 CPU que é executado em 200 megahertz internamente. O MSFC apoia as opções de memória que variam do 64 MB ao 128 MB.

O MSFC2 tem uns MIPS R7000 CPU que é executado em 300 megahertz internamente. O MSFC2 apoia opções de memória do 128 MB ao 512 MB. O dispositivo igualmente tem a proteção de memória/correção do código de correção do erro (ECC) para erros de um bit e a detecção de erros de multibit.

Você pode visualmente distinguir o tipo de MSFC que você tem. Olhe o número de slots DRAM. O MSFC tem dois slots DRAM que são empilhados sobre um outro. O MSFC2 possui apenas um slot DRAM. As imagens nesta seção mostram os lugar diferentes do DRAM no MSFC e no MSFC2.

Local DIMM do DRAM MSFC

Dois slots DRAM são empilhados sobre um outro no MSFC.

Nota: Esta imagem não mostra os entalhes empilhados.

http://www.cisco.com/c/dam/en/us/support/docs/switches/catalyst-6000-series-switches/18000-hwts-msfc-18000a.gif

MSFC2 que enviou antes de novembro de 2001 o local DIMM DRAM

O MSFC2 possui apenas um slot DRAM.

http://www.cisco.com/c/dam/en/us/support/docs/switches/catalyst-6000-series-switches/18000-hwts-msfc-18000b.gif

MSFC2 que enviou depois de novembro de 2001 o local DIMM DRAM

O MSFC2 possui apenas um slot DRAM.

http://www.cisco.com/c/dam/en/us/support/docs/switches/catalyst-6000-series-switches/18000-hwts-msfc-18000c.gif

Informação da captação

A fim determinar a causa da edição, primeira captação tanta informação sobre o problema como possível. Esta informação é essencial a fim determinar a causa do problema:

  • Arquivos crashinfo (informaçoes de travamento) — Quando um MSFC ou um MSFC2 causam um crash, o dispositivo tenta redigir um arquivo crashinfo (informaçoes de travamento) a seu bootflash. Para obter mais informações sobre de como recuperar o arquivo crashinfo (informaçoes de travamento) do bootflash, refira a recuperação da informação do arquivo crashinfo (informaçoes de travamento).

  • Logs do console e/ou informação de syslog — Se os sintomas múltiplos ocorrem, esta informação pode ser crucial para uma determinação da questão de origem. Se você estabeleceu o roteador para enviar logs a um servidor de SYSLOG, você pode ver alguma informação no que aconteceu. Para logs do console, seja certo que você conecta diretamente ao roteador com o logging de console permitido. A fim fazer isto, emita o comando logging console no modo de configuração global. A fim ganhar o acesso de console ao MSFC, emita o comando switch console 15 ou o comando switch console 16. O comando switch console 16 comuta a conexão de console ao MSFC do Supervisor Engine de Slot2. Você deve seguir uma introdução deste comando com o movimento do cabo do console do Supervisor Engine do slot1 ao console do Supervisor Engine de Slot2. A fim reverter para trás do console do MSFC, mantenha o CTRL no C do teclado e da imprensa três vezes.

  • comando show technical-support output — Quando um MSFC ou um MSFC2 causam um crash, o Suporte técnico de Cisco pode pedir que você emita o comando show technical-support. Este comando é uma compilação de muitos outros comandos do Cisco IOS Software que inclua:

    Depois que um impacto ocorre, você deve capturar esta informação antes de um reload ou de um ciclo da potência. Um reload ou um ciclo da potência causam a perda de muita informação sobre o impacto.

Pesquise defeitos edições gerais

Esta seção cobre as edições gerais conhecidas que se relacionam ao MSFC e ao MSFC2. Esta seção igualmente recomenda ações tomar.

O MSFC ou o MSFC2 não estão na saída do comando show module

Se você não vê que o MSFC ou o MSFC2 no comando show module output no Supervisor Engine, determine se um destes motivos comuns se aplica:

Motivos comuns e ação recomendada

  • O MSFC ou o MSFC2 podem desaparecer do comando show module output se o dispositivo não carreg corretamente. O MSFC ou o MSFC2 podem não carreg corretamente devido a uma destas edições:

    • Uma imagem do Cisco IOS Software corrompida

    • Um bootflash misseated

    • A gota do MSFC ou do MSFC2 ao monitor de rom (ROMMON)

    Para obter informações sobre dos vários procedimentos para recuperar o MSFC, consulte para recuperar um MSFC que falta do comando show module do Supervisor Engine.

  • O MSFC2 pode desaparecer do comando show module output se você assentou o dispositivo na placa do Supervisor Engine incorretamente. Use os procedimentos no documento recuperam um MSFC que falta do comando show module do Supervisor Engine a fim tentar recuperar o MSFC2. Se estes procedimentos não o recuperam, assente o dispositivo.

    cuidado Cuidado: Use o cuidado quando você assenta o MSFC2 para impedir o ESD ou dano físico ao MSFC2 ou a outros componentes. Você deve assentar o dispositivo off line porque você precisa de remover o Supervisor Engine do chassi.

Se você ainda não pode recuperar o MSFC, contacte o Suporte técnico de Cisco para o auxílio.

O MSFC ou o MSFC2 não respondem ao telnet ou ao comando session x

Determine se este Mensagem de Erro ou exibições de mensagem similares para o MSFC à espera quando você emitir os msfc_ip_address ou o comando session 15 ou session 16 do telnet:

CatOS-Console> (enable) session 15
Trying Router-15...
session: Unable to tunnel to Router-15 (57)

Esta seção fornece motivos comuns pelas quais o MSFC ou o MSFC2 não respondem aos msfc_ip_addesss ou ao comando session x do telnet.

Motivos comuns e ação recomendada

  • Há uma possibilidade que o MSFC não aparece na saída do comando show module. Se o MSFC não aparece corretamente na saída, veja que o MSFC ou o MSFC2 não estão na seção de emissor do comando show module a pesquisar defeitos.

  • Como cada roteador do Cisco IOS, o MSFC ou o MSFC2 permitem somente um número limitado de sessões de Telnet. Se você alcança este limite, o MSFC não permite umas sessões vty mais adicionais. A fim verificar se você é executado neste problema, comute o console do Supervisor Engine ao MSFC. Emita o comando switch console. Então, emita o comando show user. A saída do comando line interface(cli) deste comando mostra quantas linhas são ocupadas atualmente. Emita o comando clear line line_number a fim cancelar sessões Obsoletos.

    CatOS-console> (enable) switch console
    
    MSFC-console#show user
    Line     User    Host(s)      Idle     Location
    0 con 0         10.48.72.118 00:00:00 
    1 vty 0         10.48.72.118 00:00:00 10.48.72.118
    2 vty 1         10.48.72.118 00:00:00 10.48.72.118
    3 vty 2         10.48.72.118 00:00:00 10.48.72.118
    4 vty 3         10.48.72.118 00:00:00 10.48.72.118
    *5 vty 4         idle         00:00:00 10.48.72.118
    
    MSFC-console#clear line 1
    MSFC-console#clear line 2
    MSFC-console#...  
    
    !--- Output suppressed.
     
    
  • Configurar o idle timeout para as sessões e a linha de console vty a fim cancelar todas as sessões inativas.

    Este exemplo mostra a configuração para usar-se a fim ajustar o idle timeout aos minutos 10:

    MSFC-console#configure terminal
    Enter configuration commands, one per line.  End with CNTL/Z.
    MSFC-console(config)#line vty 0 4
    MSFC-console(config-line)#exec-timeout ?
      <0-35791>  Timeout in minutes
    
    MSFC-console(config-line)#exec-timeout 10 ?
      <0-2147483>  Timeout in seconds
      <cr>
    
    MSFC-console(config-line)#exec-timeout 10 0
    
    MSFC-console(config-line)#exit
    MSFC-console(config)#line con 0
    
    MSFC-console(config-line)#exec-timeout 10 0
    
    MSFC-console(config-line)#exit
    MSFC-console(config)#
  • Você também pode aumentar o número de sessões vty disponíveis. Use o comando line vty 0 6 em vez do line vty 0 4.

  • Em alguns casos, a saída do comando show user pode mostrar sessões inferiores vty não ativas, mas uma conexão ao MSFC com o uso do comando session x ainda falha com o Mensagem de Erro mencionado.

    % telnet connections not permitted from this terminal

    Neste caso, verifique se você configurou o vty corretamente. Emita o comando transport input all a fim permitir que o vty transporte tudo.

Se você não pode sessão ao MSFC, Suporte técnico de Cisco do contato para o auxílio.

O MSFC ou o MSFC2 jogam o erro SYS-6-READ_BOOTFILE_FAIL ao carreg

Este Mensagem de Erro indica que o nome de arquivo mencionado no comando boot não é acessível:

%SYS-6-READ_BOOTFILE_FAIL:	bootflash:c6msfc2-is-mz.121-2.E File boot failed 
-- File not accessible

Motivos comuns

Isto pode ocorrer devido a estas razões:

  • O arquivo está já não disponível no flash.

  • O dispositivo flash não é acessível.

  • O nome de arquivo datilografado no comando boot está incorreto.

Ação recomendada

  1. Emita o comando no boot system. Este comando remove toda os comandos boot mais adiantados que são configurados.

  2. Emita o <flash> do sistema da bota: comando do <filename> na mesma ordem que você quer o MSFC tentar ao carreg.

    Nota: Se os comandos boot não são configurados, o MSFC tenta para todos os arquivos inicializável na ordem que aparecem no dispositivo flash.

O formato do bootflash causa mensagens do %SYS-3-CPUHOG

Esta seção discute uma causa comum dos mensagens Cpuhog Messages que aparecem quando você formata o bootflash do route processor (RP) MSFC com o uso software do sistema do OS do Cisco IOS software do sistema ou do catalizador (Cactos).

Motivo comum e ação recomendada

O problema pode ser o problema conhecido esse referências da identificação de bug Cisco CSCdw53175 (clientes registrados somente). A edição é resolvida nos estes Cisco IOS Software Release e mais tarde

  • 12.1(11b)

  • 12.1(12c)E5

  • 12.1(13)E

Este exemplo de saída mostra o mensagem Cpuhog Messages que indica quando você formata o bootflash MSFC RP:

Catalyst6500#format bootflash:
Format operation may take a while. Continue? [confirm]
Format operation will destroy all data in "bootflash:". Continue? [confirm]
Formatting sector 6 
%SYS-3-CPUHOG: Task ran for 2632 msec (1/1), process = Exec, PC = 4024BBDC.
-Traceback= 4024BBE4 4024BDBC 4024C358 40244FA0 4024D450 401F0818 401FF8C4 40156398 
40349CCC 40163Formatting sector 1 
Format of bootflash complete

Se você já executa a imagem fixa e ainda experimenta o problema, contacte o Suporte técnico de Cisco para o auxílio.

Os Reloads MSFC e entram no modo ROMMON depois que o erro “versão de PFC detectada não combina a versão configurada”

Esta seção discute o caso em que o MSFC recarrega e entra no modo ROMMON depois que a versão de PFC detectada não combina o erro de versão configurado.

Motivo comum e ação recomendada

Em alguns casos, este é comportamento esperado. O MSFC causa um crash uma vez e, naquele tempo, a versão do Policy Feature Card (PFC) é corrigida. Então, as botas MSFC corretamente. Nenhuma ação mais adicional é necessária.

Indicadores de mensagem de configuração de memória não suportada após uma upgrade de memória

Esta seção discute o caso em que, depois que você instala uma upgrade DRAM 256-MB no MSFC2, a memória não é reconhecida. O MSFC2 para imediatamente depois da tira de bota e entra em ROMmon. Determine se você foi executado em um destes motivos comuns:

Motivos comuns e ação recomendada

Há um erro em ROMmon que pode impedir o reconhecimento do DRAM em um MSFC2. A identificação de bug Cisco é CSCdw69150 (clientes registrados somente). Este erro pode ocorrer depois que você promove o DRAM ao 256 MB com o uso do part number MEM-MSFC2-256MB de Cisco.

Quando você encontra este problema, este aparece nos logs do console MSFC2:

System Bootstrap, Version 12.1(4r)E, RELEASE SOFTWARE (fc1) 
Copyright (c) 2000 by cisco Systems, Inc. 
Unsupported memory configuration 
Unsupported memory configuration 
Unsupported memory configuration 
Unsupported memory configuration 
Cat6k-MSFC2 platform with 0 Kbytes of main memory

!--- The memory size is 0.

*** Mistral Interrupt on line 4 *** 
System memory parity error interrupt .. 
System memory uncorrectable ECC error interrupt .. 
PC = 0x8000803c, Cause = 0x4000, Status Reg = 0x3041c003 
rommon 1 >

Este problema é fixado no Cisco IOS Software Releases 12.1(11r)E01 ou 12.1(11r)E02 de ROMmon e mais tarde.

Se você executa o Cisco IOS Software Release 12.1(8a)E ou Mais Recente, você pode promover o ROMmon do software MSFC2 com o uso do comando line interface(cli). Refira o melhoramento da seção MSFC2 ROMMON dos Release Note para o catalizador 6000 e o software rommon do Cisco 7600 MSFC2. Você não precisa de executar um rommon upgrade do Supervisor Engine.

Esta linha identifica a liberação de ROMmon que é executado atualmente:

ROM: System Bootstrap, Version 12.1(4r)E, RELEASE SOFTWARE (fc1)

Neste caso, a liberação de ROMmon é Cisco IOS Software Release 12.1(4r)E.

%IPC-5-NULL: Registrando exibições de mensagem da porta de controle Id=0x2210003 cada 30 segundos

Esta seção endereça um interruptor do Catalyst 6500/6000 com MSFC dual que receba esta mensagem no console ou no Syslog cada 30 segundos:

%IPC-5-NULL: Registering Control Port Id=0x2210003, seq = 0
-Traceback= 6052DF9C 6052E018 602867B4 602867A0

O problema ocorre muito provavelmente porque ambos os MSFC não executam o mesmo Cisco IOS Software Release.

Os requisitos de redundância indicam que ambos os MSFC devem executar o mesmo Cisco IOS Software Release. Emita o comando show module do motor do supervisor ativo a fim verificar para ver se há uma má combinação da versão no MSFC. Depois que você corrige a anomalia, as mensagens cessam.

%AAAA-3-BADREG: Exibições de mensagem ilegais do atendimento do registro

Esta seção endereça um Catalyst Switch com MSFC que recebe esta mensagem no console ou no Syslog:

error message %AAAA-3-BADREG: Illegal registry call

Da mensagem os indicadores provavelmente porque o MSFC reage do modo de boot.

Se as botas MSFC no modo de boot, mudam as configurações de variável de inicialização para apontar à imagem IOS Cisco real no bootflash do dispositivo.

Se não há nenhuma imagem no bootflash, use o TFTP para transferir uma imagem IOS Cisco real ao bootflash: no MSFC. Então, mude a configuração de variável de inicialização para apontar à imagem. Certifique-se de que o valor do registro de configuração é 0x2102, e salvar os ajustes. Reload de modo que as botas MSFC no modo normal do Cisco IOS.

MSFC2a entra no modo ROMMON após a conversão do Supervisor Engine 32 de Cactos ao Cisco IOS Software

Após a conversão de Cactos ao Cisco IOS Software, o MSFC pode entrar no modo ROMMON se o variável de inicialização ou o registro de configuração não são ajustados corretamente.

  1. Emita o comando set a fim encontrar os índices do variável de inicialização.

    rommon 1 > set
    
    PS1=rommon ! >
    BOOT=disk0:s3223-ipbase_wan-mz.122-18.SXF4.bin,1;?=1
    
    !--- Output suppressed.
    
    

    Se a configuração de variável de inicialização não aponta ao Cisco IOS correto nome de arquivo, mude-a com uso deste comando:

    rommon 3 >BOOT=disk0:s3223-ipbase_wan-mz.122-18.SXF4.bin
    
  2. Emita o comando confreg 0x2102 a fim ajustar o registro de configuração a 0x2102.

    Nota: Este comando é diferenciando maiúsculas e minúsculas.

    rommon 4 >confreg 0x2102
    
  3. Na alerta, emita o comando synchronization a fim sincronizar a bota e as configurações de registro de configuração, e emita então o comando reset.

    rommon 5 >sync
    
    rommon 6 >reset
    
    System Bootstrap, Version 12.2(17r)SX3, RELEASE SOFTWARE (fc1)
    Technical Support: http://www.cisco.com/techsupport
    Copyright (c) 2004 by cisco Systems, Inc.
    Cat6k-MSFC2A platform with 524288 Kbytes of main memory
    
    !--- Output suppressed.
    
    
  4. Após as botas MSFC, emita o comando show bootvar a fim certificar-se de que o variável de inicialização e os valores do registro de configuração estão ajustados corretamente no MSFC e no Supervisor Engine.

    Router#show bootvar
    BOOT variable = disk0:s3223-ipbase_wan-mz.122-18.SXF4.bin,1
    CONFIG_FILE variable does not exist
    BOOTLDR variable =
    Configuration register is 0x2102

    Esta saída parece mostrar que todas as variáveis estão ajustadas e que você pode carreg o interruptor automaticamente. Contudo, se você recarrega o roteador neste momento, você pode terminar acima no switch processor (SP) ROMmon porque o valor do registro de configuração para o SP pode ainda ser 0x0. Emita o comando remote command switch show bootvar a fim verificar esta indicação. O comando indica as configurações variável do ambiente atual no SP.

    Router#remote command switch show bootvar
    BOOT variable = disk0:s3223-ipbase_wan-mz.122-18.SXF4.bin,1
    CONFIG_FILE variable does not exist
    BOOTLDR variable does not exist
    Configuration register is 0x0

    Emita este conjunto de comandos no RP a fim mudar as configurações de registro de configuração no SP:

    
    !--- Set the configuration register.
    
    Router#configure terminal
    Enter configuration commands, one per line.  End with CNTL/Z.
    Router(config)#config-register 0x2102
    Router(config)#end
    
    !--- Save the changes.
    
    Router#write memory
    Building configuration...
    [OK]
    
    !--- Verify the settings on the SP.
    
    Router#remote command switch show bootvar
    BOOT variable = disk0:s3223-ipbase_wan-mz.122-18.SXF4.bin,1
    CONFIG_FILE variable =
    BOOTLDR variable =
    Configuration register is 0x0 (will be 0x2102 at next reload)
  5. Recarregue o switch.

    Router#reload
    Proceed with reload? [confirm]
    
    !--- Output suppressed.
    
    

Desabilite o acesso do telnet ao MSFC

No modo do Cactos Software, você pode desabilitar o acesso do telnet ao MSFC de todos os dispositivos, que inclui o interruptor (Supervisor Engine). Mas se você impede o telnet do interruptor, você não pode alcançar o MSFC do Supervisor Engine com o uso da sessão {15 | comando 16}. O Supervisor Engine usa os endereços IP 127.0.0.11 com 127.0.0.15 a fim alcançar o MSFC. Configurar o MSFC para obstruir o acesso do telnet ao MSFC de toda a rede exceto o Supervisor Engine.


!--- Configure one vty line to the Supervisor Engine to access the MSFC.

line vty 0
transport input telnet
access-class 101 in

!--- Block the other vty lines.

line vty 1 4
transport input none

!--- This access list allows traffic from the Supervisor Engine only.

access-list 101 permit tcp 127.0.0.0 0.0.0.255 127.0.0.0 0.0.0.255 eq telnet
access-list 101 deny tcp any any
access-list 101 permit ip any any

Incapaz de ler o cartão de flash externo do MSFC2

Esta seção endereça um interruptor do Catalyst 6500/6000 que execute o modo híbrido e seja incapaz de ler a placa de PC flash do Supervisor Engine 2 (PCMCIA) ou o dispositivo instantâneo PC do MSFC2. O mesmo cartão de flash externo é que pode escrever-se pelo Cisco IOS no MSFC2 e legível por Cactos no módulo de Supervisor Engine.

Console> (enable) 
Console> (enable) dir slot0:
-#- -length- -----date/time------ name
  1 19769600 May 31 2007 00:39:30 c6sup22-js-mz.121-19.E1a


!--- This is the PCMCIA or Flash PC device with the name slot0:.
!--- slot0: is readable by CatOS on Supervisor 2.

5002880 bytes available (19769728 bytes used)
Console> (enable) session 15
Trying Router-15...
Connected to Router-15.
Escape character is '^]'.
Router>enable
Router#dir ?              
  /all             List all files
  /recursive       List files recursively
  all-filesystems  List files on all filesystems
  bootflash:       Directory or file name
  cns:             Directory or file name
  microcode:       Directory or file name
  null:            Directory or file name
  nvram:           Directory or file name
  slavebootflash:  Directory or file name
  slavenvram:      Directory or file name
  system:          Directory or file name
  
!--- slot0: is invisible on MSFC2.

Router#dir slot0: 
           ^
% Invalid input detected at '^' marker.
Router#dir sup-slot0: 
           ^
% Invalid input detected at '^' marker.
Router#copy bootflash:c6msfc2-boot-mz.121-8a.EX ?
  bootflash:       Copy to bootflash: file system
  ftp:             Copy to ftp: file system
  image:           Copy to image: file system
  null:            Copy to null: file system
  nvram:           Copy to nvram: file system
  rcp:             Copy to rcp: file system
  running-config   Update (merge with) current system configuration
  slavebootflash:  Copy to slavebootflash: file system
  slavenvram:      Copy to slavenvram: file system
  startup-config   Copy to startup configuration
  sup-bootflash:   Copy to sup-bootflash: file system
  sup-disk0:       Copy to sup-disk0: file system
  sup-image:       Copy to sup-image: file system
  sup-slot0:       Copy to sup-slot0: file system
  
!--- slot0: is available for writing from MSFC2.

  system:          Copy to system: file system
  tftp:            Copy to tftp: file system
Router#copy bootflash:c6msfc2-boot-mz.121-8a.EX sup-slot0:
Destination filename [c6msfc2-boot-mz.121-8a.EX]? 
!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
1693168 bytes copied in 30.840 secs (54902 bytes/sec)
Router#exit
Console> (enable) dir slot0:
-#- -length- -----date/time------ name
  1 19769600 May 31 2007 00:39:30 c6sup22-js-mz.121-19.E1a
  2  1693168 May 31 2007 01:02:18 c6msfc2-boot-mz.121-8a.EX

!--- The file is successfully written to slot0: by Cisco IOS on MSFC2.

3409712 bytes available (21462896 bytes used)

Os sistemas de arquivos que estão disponíveis nos motores do supervisor (disk0:/disk1:/slot0:) são montados no processador de rotas (MSFC) como sistemas de arquivo de rede no modo híbrido. O comportamento é similar àquele de tftp: sistema de arquivos. No modo híbrido, é comportamento esperado que os sistemas de arquivo de rede não apoiam estes comandos:

  • dir

  • supressão

  • aperto

Como desabilitar o MSFC ou o módulo de roteamento

A fim desabilitar o MSFC, termine estas etapas:

  1. Emita o comando configure terminal a fim mover-se no modo de configuração:

    MSFC#configure terminal
    Enter configuration commands, one per line.  End with CNTL/Z.
    MSFC(config)#
  2. Mude o valor do registro de configuração a 0x0

    MSFC(config)#config-register 0x0
    
    
  3. Pressione o Ctrl-c três vezes a fim reactivate a porta de Console no motor do supervisor ativo.

  4. Restaure o módulo de MSFC com este comando:

    Supervisor>(enable) reset module 15
    
    

    Nota: O módulo de MSFC pode ser desabilitado somente em um Catalyst Switch que executa o Cisco IOS híbrido.

Pesquise defeitos questões de ruído MSFC

Esta seção cobre as questões de ruído conhecidas que se relacionam ao MSFC e ao MSFC2. Esta seção igualmente recomenda ações tomar.

O MSFC2 causa um crash com mensagens Mistral-3-Error no arquivo crashinfo (informaçoes de travamento)

Se seu MSFC2 causa um crash e você tem um arquivo crashinfo (informaçoes de travamento) em seu dispositivo de bootflash, emita mais bootflash: comando do crashinfo_filename. O comando indica a informação do arquivo crashinfo (informaçoes de travamento). Se você vê a mensagem Mistral-3-Error na seção de Log inicial do log do crashinfo, determine se você foi executado em um destes motivos comuns:

Nota: Estes erros são algumas das interrupções do possível erro que você vê no MSFC2. Um problema de software pode causar estes erros. Você encontra cada um destes erros na seção de Log inicial do arquivo crashinfo (informaçoes de travamento) também. Refira a recuperação da informação do arquivo crashinfo (informaçoes de travamento) para mais informação.

  • Se você vê a condição de erro de mensagem detectada: SYSAD_TIMEOUT_DPATH e o registro do sysad_dpath_addr_log estão dentro da escala de 0x10000000 a 0x10003FFF, você foram executado provavelmente na identificação de bug Cisco CSCdu83548 (clientes registrados somente). Esta edição é fixada no Cisco IOS Software Release 12.1(8a)E2 e Mais Recente. Aqui está um exemplo:

    
    !--- Output suppressed.
    
    %MISTRAL-3-ERROR: Error condition detected: SYSAD_TIMEOUT_DPATH
    %MISTRAL-3-INFO1: sysad_dpath_cmd_log=0x200
    %MISTRAL-3-INFO1: sysad_dpath_addr_log=0x100002E1
    
    !--- Output suppressed.
    
    
  • Se você vê que o Mensagem de Erro MISTRAL_GLOBAL_HW_HAZARD=0x100 e o valor global registro do perigo estão ajustados a 0x0140, a 0x0040, a 0x0180, ou a 0x0008, você foi executado na identificação de bug Cisco CSCdt92810 (clientes registrados somente) ou CSCdu80122 (clientes registrados somente). Aqui está um exemplo:

    
    !--- Output suppressed.
    
    	%MISTRAL-3-INFO1: GLOBAL_HW_HAZARD=0x100
    	%MISTRAL-3-INFO2: Interrupt Hi reg=0x00000000(0x00000000)
    	%MISTRAL-3-INFO2: Interrupt Lo reg=0x00000000(0x10000000)
    	%MISTRAL-3-DUMP: Mistral Global Registers Dump
    	%MISTRAL-3-INFO1: global hazard reg=0x140
    
    !---- Output suppressed.
    
    

    Neste exemplo, a identificação de bug Cisco CSCdu80122 (clientes registrados somente) causa o erro. O erro é resolvido no Cisco IOS Software Release 12.1(8a)E3 e Mais Recente.

  • Se você vê o Mensagem de Erro MISTRAL_GLOBAL_HW_HAZARD: 29 0x40 ou MISTRAL_GLOBAL_HW_HAZARD: 29 0x8 e o valor global registro do perigo são 0x8 ou 0x40, você foram executado na identificação de bug Cisco CSCdt92810 (clientes registrados somente). O erro é resolvido no Cisco IOS Software Release 12.1(7a)E e Mais Recente.

Contacte o Suporte técnico de Cisco em qualquer um destes casos:

  • Você executa um Cisco IOS Software Release que contenha o reparo, mas você ainda é executado nos problemas que esta seção descreve.

  • Você tem outros Mensagens de Erro do MISTRAL que esta seção não menciona.

O MSFC causa um crash com um erro de paridade

O MSFC não contém a proteção de memória ECC. Consequentemente, o MSFC causa um crash na detecção de um erro de paridade. Estes são alguns dos erros que você pode ver quando este acontece:

No console, você vê:

*** System received a Cache Parity Exception *** 
signal= 0x14, code= 0xa405c428, context= 0x60dd1ee0 
PC = 0x6025b2a8, Cause = 0x6420, Status Reg = 0x34008002

Na saída do comando show version, você vê:


!--- Output suppressed.

System returned to ROM by processor memory parity error at PC 0x6020F4D0, 
address 0x0 at 18:18:31 UTC Wed Aug 22 2001   

!--- Output suppressed.

No arquivo crashinfo (informaçoes de travamento), gravado no bootflash: ou console, você vê:

Error: primary data cache, fields:  data, SysAD 
virtual addr 0x4B288202, physical addr(21:3) 0x288200, vAddr(14:12) 0x0000 
virtual address corresponds to pcimem, cache word 0 
Address: 0x4B288200 not in L1 Cache      
Address: 0x4B288202 Can not be loaded into L1 Cach

Se o erro ocorre mais de uma vez, você deve substituir o MSFC. Se o erro acontece somente uma vez, você pode ter experimentado um single event upset. Neste caso, monitore o MSFC. Para obter mais informações sobre dos erros de paridade, refira os erros de paridade de memória de processador (PMPE).

O MSFC2 causa um crash com um erro de paridade

O MSFC2 contém a proteção de memória ECC. Contudo, há os locais de memória em que a paridade é verificada mas os erros de um bit não podem ser corrigidos. Estes são alguns Mensagens de Erro que você pode ver no arquivo crashinfo (informaçoes de travamento) que indica um erro de paridade:

  • MISTRAL_TM_DATA_PAR_ERR_REG_MASK_HI: 42

  • Error condition detected: TM_NPP_PARITY_ERROR

  • Error condition detected: SYSAD_PARITY_ERROR

  • Error condition detected: SYSDRAM_PARITY

Se estes Mensagens de Erro são registrados somente uma vez, você pode ter experimentado um single event upset. Monitore o MSFC2. Se os erros acontecem mais frequentemente, substitua o MSFC2. Para obter mais informações sobre dos erros de paridade, refira os erros de paridade de memória de processador (PMPE).

O MSFC causa um crash com uma exceção de erro de barramento

O MSFC pode causar um crash com uma exceção de erro de barramento. Um ou outro um problema de software ou hardware pode causar este erro. Estes são alguns dos erros que você pode ver:

No console, você vê:

*** System received a Bus Error exception ***
signal= 0xa, code= 0x10, context= 0x60ef02f0
PC = 0x601d22f8, Cause = 0x2420, Status Reg = 0x34008002

Na saída do comando show version, você vê:


!--- Output suppressed.

System was restarted by bus error at PC 0x0, address 0x0 at 15:31:54 EST Wed Mar 29 2000

!--- Output suppressed.

Refira pesquisando defeitos ruídos bondes de erro de barramento para detalhes em como pesquisar defeitos estes tipos de travamento.

Se o endereço indicado é um endereço inválido que seja fora do alcance de memória, você tem um Bug de Software. Se o endereço está dentro do intervalo válido, a causa do problema é provavelmente uma falha do hardware da memória de processador.


Informações Relacionadas


Document ID: 18000