Óptica : Automatic Protection Switching (APS )

Entendendo o canal refletor APS

14 Outubro 2016 - Tradução por Computador
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Inglês (22 Agosto 2015) | Feedback


Índice


Introdução

Este documento explica o canal refletor, ou o modo refletor, do Automatic Protection Switching (APS) de Cisco sobre a característica do Pacote sobre SONET (POS). A fim aumentar a operação do APS, o modo refletor de APS diminui o intervalo remoto que ocorre quando um roteador remoto aprende de um switchover entre o roteador de funcionamento e protege o roteador em um circuito APS.

Pré-requisitos

Requisitos

Não existem requisitos específicos para este documento.

Componentes Utilizados

A informação neste documento é baseada no modo refletor de APS introduzido Software Release 12.0(7)S e 11.2(18)GS do ½ do ¿  de Cisco IOSï no Cisco 12000 Series (CSCdm64396).

Para mais informação, veja os Release Note. Todos os tipos de interface pos do 12000 Series que apoiam o modo refletor Linear do apoio de 1+1 APS. Estas relações incluem o 4xOC3, o 1xOC12, o 4xOC12, e o OC48. Os módulos Optical Services Modules (OS) para o Cisco 7600 Series igualmente apoiam o modo refletor.

As informações neste documento foram criadas a partir de dispositivos em um ambiente de laboratório específico. Todos os dispositivos utilizados neste documento foram iniciados com uma configuração (padrão) inicial. Se a sua rede estiver ativa, certifique-se de que entende o impacto potencial de qualquer comando.

Convenções

Consulte as Convenções de Dicas Técnicas da Cisco para obter mais informações sobre convenções de documentos.

Informações de Apoio

O modo refletor de APS estabelece um canal de comunicação entre o roteador local (ou par de roteador) e o roteador remoto (ou par de roteador) no outro extremo do SONET path. Este Roteadores atua como o Path Terminating Equipment (PTE). O modo refletor aproveita-se do fato de que o Multiplexers Add-Drop de intervenção (ADM) é o equipamento de terminação de linha SONET (LTE) e transmite Path Overhead inalterado.

Aqui está um exemplo:

refl_chan_16143.gif

W e P cada um transmitem uma assinatura diferente de identificação no Path Overhead do padrão SONET ou do quadro do Synchronous Digital Hierarchy (SDH). R reflete-o para trás em um diferente parte do Path Overhead.

O modo refletor fornece duas capacidades novas:

  • Apoio para o protocolo multiplexed switch (MSP) para SDH ADM que não executa o K1 MSP e o protocolo K2 (através dos bytes no Line OverHead do padrão SONET) em relações do tributário. (Tal ADM interruptor de outra maneira normalmente no modo unidirecional.) É aqui como o modo refletor obtém em torno deste problema:

    1. O ADM constrói uma ponte sobre a assinatura que R reflete de volta a W e a P.

    2. P lê a assinatura refletida, e aprende se o ADM escuta W ou P.

      Esta informação pode compensar a falta da informação K1/K2. Esta informação permite P reforçar um simples APS-como o protocolo.

    3. O comando aps refletora configura P neste modo, e faz com que toda a informação K1/K2 entrante seja rejeitada.

  • Melhorado distribuindo a convergência. O modo refletor aumenta a convergência do roteamento porque o roteador remoto tem agora a observação adiantada de um interruptor entre W a P, e pode rasgar para baixo sua adjacência NOW-antiquada com o sistema NOW-deselected, e não a precisa de esperar um intervalo. A melhora de convergência não depende sobre se o comando aps refletora está configurado. O Roteadores W, P, e R deve apoiar exigências do modo refletor. Modo refletor de APS dos apoios do Intermediate System-to-Intermediate System (IS-IS) até à data do Cisco IOS Software Release 12.0(7)S. Modo refletor de APS dos apoios do Open Shortest Path First (OSPF) até à data dos Cisco IOS Software Releases 12.0(11.03)S e 12.0(11.03)SC (CSCdr57673).

A saída nesta seção foi capturada em um ambiente de laboratório para ilustrar como um PTE remoto rasga para baixo uma adjacência da camada 3 imediatamente, e em resultados em aproximadamente quatro segundos a comutar à adjacência nova.

  1. Capture a saída do comando show clns neighbors. O vizinho IP na extremidade remota do SONET path é nomeado core-02.

    top#show clns neighbors
    System Id  Interface   SNPA    State    Holdtime  Type  Protocol 
    bottom     PO3/0       *HDLC*  Up       24         L2   IS-IS 
    core-02    PO0/0       *HDLC*  Up        2         L2   IS-IS
  2. Force um switchover à relação P. Observe o registro de saída.

    May 25 20:29:20.943 UTC: %SONET-6-APSREMSWI: POS0/0: 
    Remote APS status now Protect 
    May 25 20:29:23.387 UTC: %CLNS-5-ADJCHANGE: ISIS: 
    Adjacency to edge-02(POS0/0) Down, hold time expired 
    May 25 20:29:24.807 UTC: %CLNS-5-ADJCHANGE: ISIS: 
    Adjacency to  core-01 (POS0/0) Up, new adjacency
  3. Capture a saída do comando show clns neighbors. O vizinho IP na extremidade remota do SONET path mudou, e usa agora um hostname de core-01.

    top#show clns neighbors
    System Id Interface SNPA    State  Holdtime  Type Protocol 
    core-01   PO0/0     *HDLC*  Up     27        L2   IS-IS 
    bottom    PO3/0     *HDLC*  Up     22        L2   IS-IS

SONET-6-APSREMSWI

Os mensagens de registro SONET-6-APSREMSWI anunciam mudanças no status de APS do PTE remoto. Estas mensagens são suprimidas agora se os erros de nível de caminho como o PAIS ou o PRDI estam presente no sinal de SONET.

*Sep  5 17:41:46: %SONET-4-ALARM:  POS1/0: SLOS 
*Sep  5 17:41:46: %SONET-4-ALARM:  POS2/0: APS enabling channel 
*Sep  5 17:41:46: %SONET-6-APSREMSWI: POS2/0: Remote APS status now Protect 

*Jun 26 20:20:06.235: %SONET-6-APSREMSWI: POS3/0: Remote APS status now non-aps

Emita o comando show controller pos ver a informação de canal refletor atual recebida do PTE remoto.

GSR_A#show controller pos 1/0 
POS1/0 
SECTION 
  LOF = 0          LOS    = 0                            BIP(B1) = 0 
LINE 
  AIS = 0          RDI    = 0          FEBE = 0          BIP(B2) = 0 
PATH 
  AIS = 0          RDI    = 0          FEBE = 0          BIP(B3) = 0 
  LOP = 0          NEWPTR = 0          PSE  = 0          NSE     = 0 
Active Defects: None 
Active Alarms:  None 
Alarm reporting enabled for: SF SLOS SLOF B1-TCA B2-TCA PLOP B3-TCA 

Framing: SONET 
APS 
 working (active) 

 !--- Verify whether the show controller output displays the correct status 
 !--- of "working (active)".
 
  COAPS = 0          PSBF = 0 
  State: PSBF_state = False 
  ais_shut = FALSE 
  Rx(K1/K2): 00/00  S1S0 = 00, C2 = CF 
  Remote aps status working; Reflected local aps status working 

 !--- Verify a "working" status for the working APS interface. 

CLOCK RECOVERY 
  RDOOL = 0 
  State: RDOOL_state = False 
PATH TRACE BUFFER : STABLE 
  Remote hostname : GSR_B 
  Remote interface: POS1/0 
  Remote IP addr  : 192.168.1.1 
  Remote Rx(K1/K2): 00/00  Tx(K1/K2): 00/00 

BER thresholds:  SF = 10e-3  SD = 10e-6 
TCA thresholds:  B1 = 10e-6  B2 = 10e-6  B3 = 10e-6 
  
GSR_A#show controller pos 2/0 
POS2/0 
SECTION 
  LOF = 0          LOS    = 0                            BIP(B1) = 0 
LINE 
  AIS = 0          RDI    = 0          FEBE = 0          BIP(B2) = 0 
PATH 
  AIS = 0          RDI    = 0          FEBE = 0          BIP(B3) = 0 
  LOP = 0          NEWPTR = 0          PSE  = 0          NSE     = 0 

Active Defects: None 
Active Alarms:  None 
Alarm reporting enabled for: SF SLOS SLOF B1-TCA B2-TCA PLOP B3-TCA 

Framing: SONET 
APS 
 protect (inactive) 

 !--- Verify whether the show controller output displays the correct status 
 !--- of "protect (inactive)". 

  COAPS = 0          PSBF = 0 
  State: PSBF_state = False 
  ais_shut = FALSE 
  Rx(K1/K2): 00/05 Tx(K1/K2): 00/05 
  Signalling protocol: SONET APS by default 
  S1S0 = 00, C2 = CF 
  Remote aps status protect; Reflected local aps status protect 

  !--- Verify a "protect" status for the protect APS interface. 

RECOVERY 
  RDOOL = 0 
  State: RDOOL_state = False 
PATH TRACE BUFFER : STABLE 
  Remote hostname : GSR_B 
  Remote interface: POS2/0 
  Remote IP addr  : 192.168.1.1 
  Remote Rx(K1/K2): 00/05  Tx(K1/K2): 00/05 
BER thresholds:  SF = 10e-3  SD = 10e-6 
TCA thresholds:  B1 = 10e-6  B2 = 10e-6  B3 = 10e-6

Configuração remota de APS: (Zero)

O modo refletor exige uma relação capaz do modo refletor na extremidade remota do SONET path. Você não precisa de configurar a interface remota como um funcionamento APS e de proteger pares.

Um valor de “(zero)” no campo da Configuração remota de APS do comando show controller pos indica que a extremidade local não recebeu a informação de canal refletor do PTE remoto. Se o PTE remoto apoia a capacidade de canal refletor, um problema existe provavelmente entre o PTE remoto e o ADM remoto.


Informações Relacionadas


Document ID: 16143