IP : Simple Network Management Protocol (SNMP)

Arquivos e imagens moventes entre um switch CatOS e um servidor TFTP através do SNMP

19 Setembro 2015 - Tradução por Computador
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Inglês (22 Agosto 2015) | Feedback


Índice


Introdução

Este documento descreve como mover arquivos de configuração e imagens de software de sistema entre um switch com os Catalyst Operating Systems (CatOS) e um servidor do Trivial File Transfer Protocol (TFTP) em UNIX com o Simple Network Management Protocol (SNMP).

Pré-requisitos

Requisitos

Verifique que você pode sibilar o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do servidor TFTP do Catalyst Switch:

Cat6509> (enable) ping 171.68.191.135
!!!!! 

----171.68.191.135 PING Statistics---- 
5 packets transmitted, 5 packets received, 0% packet loss 
round-trip (ms)  min/avg/max = 2/2/2

Estes procedimentos são:

Nome do objeto MIB OID
tftpHost .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.1
tftpFile .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.2
tftpModule .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.3
tftpAction .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.4
tftpResult .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.5

Veja o apêndice A para obter mais informações sobre destes objetos MIB com definições.

Componentes Utilizados

A informação neste documento é baseada no Switches que executa somente o Catalyst OS Software.

As informações neste documento foram criadas a partir de dispositivos em um ambiente de laboratório específico. Todos os dispositivos utilizados neste documento foram iniciados com uma configuração (padrão) inicial. Se a sua rede estiver ativa, certifique-se de que entende o impacto potencial de qualquer comando.

Convenções

Em todos os exemplos, estes valores são usados para a ilustração:

  • Catalyst 6509 Switch com CatOS

  • 172.16.99.66 = endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do Catalyst 6509 Switch

  • private = série de comunidade SNMP de leitura e gravação. Use a série de leitura/gravação configurada em seu interruptor. Verifique isto com o comando show snmp no interruptor CLI.

  • público = string de comunidade somente leitura do SNMP. Use a série de somente leitura configurada em seu interruptor. Verifique isto com o comando show snmp no interruptor CLI.

  • 171.68.191.135 = endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do servidor TFTP

Esta é a sintaxe para os comandos snmpset e snmpwalk nestes exemplos:

snmpset [options...] <hostname> {<community>} [<objectID> <type> <value> ...] 
snmpwalk [options...] <hostname> {<community>} [<objectID>] 

Consulte as Convenções de Dicas Técnicas da Cisco para obter mais informações sobre convenções de documentos.

Copie uma configuração do servidor TFTP ao Catalyst Switch que executa CatOS

Estas etapas guiam-no com o processo para copiar um arquivo de configuração.

Instruções passo a passo

Conclua estes passos:

  1. Crie um novo arquivo, switch-config, no diretório /tftpboot do servidor de TFTP. Em UNIX, use esta sintaxe: toque no <filename>.

    touch switch-config
    
  2. Mude as permissões do arquivo a 777. Use esta sintaxe: <permissions > <filename> do chmod.

    chmod 777 switch-config
    
  3. Defina o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do servidor TFTP com o objeto MIB do tftpHost:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.1.0 s 171.68.191.135
    enterprises.9.5.1.5.1.0 = "171.68.191.135"
  4. Defina o nome de arquivo TFTP que você se usará para copiar a configuração, com o objeto MIB do tftpFile:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.2.0 s switch-config
    enterprises.9.5.1.5.2.0 = switch-config
  5. Selecione o módulo no Catalyst Switch onde a configuração será entregada, com o objeto MIB do tftpModule. Selecione o módulo do supervisor e não o módulo MSFC ou MSFC2, se não falha. Verifique o número de módulo correto para o comando snmpset com um comando show module no interruptor CLI. Umas saídas típicas são:

    Mod Slot  Ports  Module-Type                 Model               Sub  Status
    --- ----  -----  -------------------------  -------------------  ---  --------
    2   2     2      1000BaseX Supervisor       WS-X6K-SUP1A-2GE     yes  ok
    16  2     1      Multilayer Switch Feature  WS-F6K-MSFC          no   OK
    ....
    --<snip>--

    No exemplo de saída, o número de módulo de supervisor é 2 e está no número de slot 2. Uso 2 a fim definir o objeto MIB do tftpModule:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.3.0 i 2
    enterprises.9.5.1.5.3.0 = 2
  6. Use o objeto MIB do tftpAction a fim definir o arquivo de configuração de switch que deve ser transferida do servidor TFTP ao interruptor com o valor do objeto MIB de 2 = downloadConfig. Veja os detalhes do objeto MIB no apêndice A:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.4.0 i 2
    enterprises.9.5.1.5.4.0 = 2

Verifique os resultados

A fim verificar os resultados destas operações, execute uma destas etapas:

  1. Vote o .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5) objeto MIB do tftpGrp (e compare os resultados com o apêndice A:

    % snmpwalk 172.16.99.66 public .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5
    enterprises.9.5.1.5.1.0 = "171.68.191.135"   
    
    !--- IP address of the TFTP server
    
    enterprises.9.5.1.5.2.0 = "switch-config"   
    
    !--- name of the switch configuration file
    
    enterprises.9.5.1.5.3.0 = 2      
    
    !--- Module number. In this case, Supervisor module
    
    enterprises.9.5.1.5.4.0 = 2      
    
    !--- TFTP action. 2 = Download configuration from TFTP server to the switch
    
    enterprises.9.5.1.5.5.0 = 2      
    
    !--- Result of the TFTP action, 2 = Success
    
    
  2. Vote o objeto MIB do tftpResult e compare a saída com os detalhes do objeto MIB no apêndice A:

    % snmpwalk 172.16.99.66 public .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.5
    enterprises.9.5.1.5.5.0 = 2      
    
    !--- Result of the TFTP action, 2 = Success
    
    

Pesquise defeitos o processo

Se a transferência é bem sucedida, a saída do objeto MIB é igual a 2 (ou a sucesso). Se você recebe alguma outra saída, compare-a com o apêndice A para o objeto tftpresult e tome-o etapas apropriadas.

Copie uma configuração do Catalyst Switch que executa CatOS ao servidor TFTP

Estas etapas guiam-no com o processo para copiar um arquivo de configuração.

Instruções passo a passo

Conclua estes passos:

  1. Crie um novo arquivo, switch-config, no diretório /tftpboot do servidor de TFTP. Em UNIX, use esta sintaxe: toque no <filename>.

    touch switch-config
    
  2. Mude as permissões do arquivo a 777 com esta sintaxe: <permissions > <filename> do chmod.

    chmod 777 switch-config
    
  3. Defina o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do servidor TFTP com o objeto MIB do tftpHost. A sintaxe é:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.1.0 s 171.68.191.135
    enterprises.9.5.1.5.1.0 = "171.68.191.135"
  4. Defina o nome de arquivo TFTP que você se usará para copiar a configuração, com o objeto MIB do tftpFile:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.2.0 s switch-config
    enterprises.9.5.1.5.2.0 = switch-config
  5. Selecione o módulo no Catalyst Switch onde a configuração será entregada, com o objeto MIB do tftpModule. Selecione o módulo do supervisor e não o módulo MSFC ou MSFC2, se não falha. Verifique o número de módulo correto para o comando snmpset com um comando show module no interruptor CLI. Umas saídas típicas são:

    Mod Slot  Ports  Module-Type                 Model               Sub  Status
    --- ----  -----  -------------------------  -------------------  ---  --------
    2   2     2      1000BaseX Supervisor       WS-X6K-SUP1A-2GE     yes  ok
    16  2     1      Multilayer Switch Feature  WS-F6K-MSFC          no   OK
    ....
    --<snip>--

    No exemplo de saída, o número de módulo de supervisor é 2 e está no número de slot 2. Uso 2 a fim definir o objeto MIB do tftpModule:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.3.0 i 2
    enterprises.9.5.1.5.3.0 = 2
  6. Use o objeto MIB do tftpAction a fim definir que o arquivo de configuração de switch deve ser transferida do servidor TFTP ao interruptor com o valor do objeto MIB de 3 = uploadConfig. Veja os detalhes do objeto MIB no apêndice A:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.4.0 i 3
    enterprises.9.5.1.5.4.0 = 3

Verifique o processo

A fim verificar os resultados destas operações, execute uma destas etapas:

  1. Vote o .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5) objeto MIB do tftpGrp (e compare os resultados com o apêndice A:

    % snmpwalk 172.16.99.66 public .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5
    enterprises.9.5.1.5.1.0 = "171.68.191.135"    
    
    !--- IP address of the TFTP server
    
    enterprises.9.5.1.5.2.0 = "switch-config"    
    
    !--- name of the switch configuration file
    
    enterprises.9.5.1.5.3.0 = 2    
    
    !--- Module number. In this case, Supervisor module
    
    enterprises.9.5.1.5.4.0 = 1    
    
    !--- TFTP action
    
    enterprises.9.5.1.5.5.0 = 2   
    
    !--- Result of the TFTP action, 2 = Succes
    
    
  2. Vote o objeto MIB do tftpResult e compare a saída com os detalhes do objeto MIB no apêndice A:

    % snmpwalk 172.16.99.66 public .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.5
    enterprises.9.5.1.5.5.0= 2   
    
    !--- Result of the TFTP action, 2 = Success
    
    

Pesquise defeitos o processo

Se a transferência é bem sucedida, a saída do objeto MIB é igual a 2 (ou a sucesso). Se você recebe alguma outra saída, compare-a com o apêndice A para o objeto tftpresult e tome-o etapas apropriadas.

Nota:  Este procedimento transfere o padrão e as configurações fora de padrão do interruptor, como visto na saída do comando show config all no interruptor CLI no modo enable. O comando show config no interruptor mostra somente as configurações fora de padrão.

Copie uma imagem de software de sistema do servidor TFTP ao Catalyst Switch que executa CatOS

Estas etapas guiam-no com o processo para copiar uma imagem do software.

Instruções passo a passo

Conclua estes passos:

  1. Faça o download da imagem do arquivo de imagem correto do Supervisor e coloque-o no diretório /tftpboot no servidor TFTP. Nesse exemplo, cat6000-sup.5-4-2a.bin é usado para ilustrar.

  2. Mude as permissões do arquivo a 777 com esta sintaxe: <permissions > <filename> do chmod.

    chmod 777 cat6000-sup.5-4-2a.bin
    
    
  3. Defina o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do servidor TFTP que usa o objeto MIB do tftpHost:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.1.0 s 171.68.191.135 
    enterprises.9.5.1.5.1.0 = "171.68.191.135"
  4. Defina o nome do arquivo de TFTP que você utilizará para copiar o arquivo de imagem:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.2.0 s cat6000-sup.5-4-2a.bin 
    enterprises.9.5.1.5.2.0 = "cat6000-sup.5-4-2a.bin"
  5. Neste exemplo, o número de módulo de supervisor é 2 e está no número de slot 2 como visto na saída do comando show module. Uso 2 a fim definir o objeto MIB do tftpModule:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.3.0 i 2 
    enterprises.9.5.1.5.3.0 = 2

    Isto significa que a imagem de catos atual no diretório de /tftpboot no servidor TFTP está transferida ao flash do módulo do supervisor como visto na saída do comando show flash.

  6. Use o objeto MIB do tftpAction a fim definir que o arquivo de imagem está transferido do servidor TFTP ao interruptor com o valor do objeto MIB de 4 = downloadSw. Veja os detalhes do objeto MIB no apêndice A:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.4.0 i 4
    enterprises.9.5.1.5.4.0 = 4 

Verifique o processo

A fim verificar os resultados do este as operações, executam uma destas etapas:

  1. Vote o .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5) objeto MIB do tftpGrp (e compare os resultados com o apêndice A:

    % snmpwalk 172.16.99.66 public .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5 
    enterprises.9.5.1.5.1.0 = "171.68.191.135"    
    
    !--- IP address of the TFTP server
     
    enterprises.9.5.1.5.2.0 = "cat6000-sup.5-4-2a.bin"  
    
    !--- name of the switch image file
    
    enterprises.9.5.1.5.3.0 = 0 
    enterprises.9.5.1.5.4.0 = 4    
    
    !--- TFTP action, 4 = downloadSw 
    
    enterprises.9.5.1.5.5.0 = 1    
    
    !--- Result of the TFTP action, 1 = In Process
    
    

    Nota: A última entrada mostra que a transferência de imagem está em andamento. Espere alguns minutos, a seguir vote o objeto MIB do tftpResult outra vez a fim verificar que transferiu com sucesso. Esta etapa pode tomar alguns minutos para terminar, que depende do tamanho do arquivo de imagem (bytes). Quando o processo de transferência de imagem for corrente, se você emite um comando show flash no interruptor, você verá:

    Cat6509> (enable) show flash 
    TFTP session in progress. Try again later.
  2. Vote o objeto MIB do tftpResult e compare a saída com os detalhes do objeto MIB no apêndice A:

    % snmpwalk 172.16.99.66 public .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.5 
    enterprises.9.5.1.5.5.0 = 2 
    
    !--- Result of the TFTP action, 2 = Success
    
    

Pesquise defeitos o processo

Se a transferência é bem sucedida, a saída do objeto MIB é igual a 2 (ou a sucesso). Se você recebe a outra saída, compare-a com o apêndice A para o objeto tftpresult e tome-o etapas apropriadas.

Uma vez que transferência de imagem termina com sucesso, verifique que os fósforos do tamanho do arquivo de imagem (bytes) que mostrado na saída do comando show flash ao arquivo no servidor TFTP (cat6000-sup.5-4-2a.bin, neste exemplo).

Copie uma imagem de software de sistema do Catalyst Switch que executa CatOS ao servidor TFTP

Estas etapas guiam-no com o processo para copiar uma imagem do software.

Instruções passo a passo

Conclua estes passos:

  1. Crie um arquivo novo image.bin no diretório de /tftpboot do servidor TFTP. Em UNIX, use esta sintaxe: toque no <filename>. Use .binas a extensão de arquivo.

    touch image.bin 
    
  2. Mude as permissões do arquivo a 777 com a sintaxe: <permissions > <filename> do chmod.

    chmod 777 image.bin 
    
  3. Defina o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do servidor TFTP usando o objeto MIB do tftpHost:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.1.0 s 171.68.191.135 
    enterprises.9.5.1.5.1.0 = "171.68.191.135"
  4. Defina o nome de arquivo que TFTP você se usará para copiar o arquivo de imagem com o objeto MIB do tftpFile:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.2.0 s image.bin 
    enterprises.9.5.1.5.2.0 = "image.bin"
  5. Neste exemplo, o número de módulo de supervisor é 2 e está no número de slot 2 como visto na saída do comando show module. Uso 2 a fim definir o objeto MIB do tftpModule:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.3.0 i 2
    enterprises.9.5.1.5.3.0 = 2

    Isto significa que a imagem de catos que é executado no módulo do supervisor no flash está transferida ao servidor TFTP como visto na saída do comando show flash.

  6. Use o objeto MIB do tftpAction a fim definir que o arquivo de imagem está transferido do servidor TFTP ao interruptor com o valor do objeto MIB de 5 = uploadSw. Veja os detalhes do objeto MIB no apêndice A:

    % snmpset 172.16.99.66 private .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.4.0 i 5 
    enterprises.9.5.1.5.4.0 = 5

Verifique o processo

A fim verificar os resultados destas operações, execute uma destas etapas:

  1. Vote o .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5) objeto MIB do tftpGrp (e compare os resultados com o apêndice A:

    % snmpwalk 172.16.99.66 public .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5 
    enterprises.9.5.1.5.1.0 = "171.68.191.135"    
    
    !--- IP address of the TFTP server
    
    enterprises.9.5.1.5.2.0 = "image.bin"    
    
    !--- name of the switch image file 
    
    enterprises.9.5.1.5.3.0 = 2    
    
    !--- Module number. In this case, Supervisor module 
    
    enterprises.9.5.1.5.4.0 = 5    
    
    !--- TFTP action, 5 = uploadSw 
    
    enterprises.9.5.1.5.5.0 = 1    
    
    !--- Result of the TFTP action, 1 = In Process 
    
    

    Nota: A última entrada mostra que a transferência de imagem está em andamento. A espera vota por alguns minutos e então o objeto MIB do tftpResult outra vez a fim verificar que transferiu com sucesso. Esta etapa pode tomar alguns minutos para terminar, que depende do tamanho do arquivo de imagem (bytes).

  2. Vote o objeto MIB do tftpResult e compare a saída com os detalhes do objeto MIB no apêndice A:

    % snmpwalk 172.16.99.66 public .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.5 
    enterprises.9.5.1.5.5.0 = 2 --> Result of the TFTP action, 2 = Success

Pesquise defeitos o processo

Se a transferência é bem sucedida, a saída do objeto MIB é igual a 2 (ou a sucesso). Se você recebe a outra saída, compare-a com o apêndice A para o objeto tftpresult e tome-o etapas apropriadas.

Uma vez que transferência de imagem termina com sucesso, verifique os fósforos do tamanho do arquivo de imagem (bytes) que são mostrados na saída do comando show flash ao arquivo no servidor TFTP (image.bin, neste exemplo).

Nota: Se você tem imagens múltiplas no flash (flash da mostra), simplesmente a imagem de que o módulo do supervisor foi carreg acima, é ao servidor TFTP com este procedimento. Usado o comando show boot ver o variável de inicialização =, que mostra que imagem do flash é usada pelo módulo do supervisor para carreg acima. Refira imagens de software em upgrade e trabalho com arquivos de configuração em Catalyst Switches para mais informação.

Exemplo de Script UNIX

Nota: Estes scripts são fornecidos como exemplos somente e não apoiados em nenhuma maneira pelo Cisco Systems.

Passar pelo processo de script para automatizar a migração do arquivo de configuração e do Cisco IOS no Switches

#!/bin/sh
# Script to automate config file & IOS migration of switches
# supporting STACK-MIB including 5000, 5500, 1400, 2900, 1200
if [ ! -f SW ] ;
then
echo
echo "File SW does not exist!!!"
echo
echo "Syntax is 'switch.sh'"
echo "where each line in file SW lists:"
echo "Switchname Filename Serverip Module# Moduleaction Community"
echo
echo "Switchname must resolve"
echo "Filename must exist in server tftpboot directory 777"
echo "Serverip is the ip of the server for the file"
echo "Module# is usually '1'"
echo "Module action is as per STACK-MIB: "
echo "- 2 - config file - server > switch"
echo "- 3 - config file - switch > server"
echo "- 4 - software image - server > switch"
echo "- 5 - software image - switch > server"
echo "Community is *write* community"
echo
exit
fi
cat SW | 
while read SW
do
  SWNAME=\Qecho $SW | cut -d' ' -f 1\Q 
  FILE=\Qecho $SW | cut -d' ' -f 2\Q
  SERVER=\Qecho $SW | cut -d' ' -f 3\Q
  MODULE=\Qecho $SW | cut -d' ' -f 4\Q
  ACTION=\Qecho $SW | cut -d' ' -f 5\Q
  CMTY=\Qecho $SW | cut -d' ' -f 6\Q
  echo
  echo $SWNAME
  echo $FILE
  echo $SERVER
  echo $MODULE
  echo $ACTION
  echo $CMTY
  echo
  # '-t #' can be modified to adjust timeout
  snmpset -t 100 -c $CMTY $SWNAME .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.1.0 octetstring $SERVER
  sleep 5
  snmpset -t 100 -c $CMTY $SWNAME .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.2.0 octetstring $FILE
  sleep 5
  snmpset -t 100 -c $CMTY $SWNAME .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.3.0 integer $MODULE
  sleep 5
  snmpset -t 100 -c $CMTY $SWNAME .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.4.0 integer $ACTION
sleep 60
echo
echo Check Progress...
echo
echo
echo "Switch $SWNAME: \\c"; snmpget -t 100 -c $CMTY $SWNAME .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.5.0 | cut 
-d":" -f 3
done

O interruptor espera o script executar um comando específico no interruptor

#!/usr/nms/bin/expect
# Above line points to your expect interpreter
# Add '-d' option to expect line above to enable debugging
# Tested on Cat5000 with regular login; no error-checking 
# except for number arguments, but will timeout on failure.
# Tacacs+ lines left in for future releases
set argc [llength $argv]
if { $argc < 4} {
        puts "Syntax is:"
        puts "(For system with no Tac+)"
        puts "switch.exp destination \"command\" vtypassword enapassword"
        exit 0 }
set destination [lindex $argv 0]
puts -nonewline "Where we're going:  "
puts $destination
set command [lindex $argv 1]
puts -nonewline "What we're doing:  "
puts $command
set vtypassword [lindex $argv 2]
puts -nonewline "What our password is (vty):  "
puts $vtypassword
set enapassword [lindex $argv 3]
puts -nonewline "What our password is (enable):  "
puts $enapassword
# username only for Tac+
set username [lindex $argv 4]
puts -nonewline "What our username is if Tac+:  "
puts $username
#
set timeout 10
spawn telnet $destination
expect {
        "Enter password:" {
        send "$vtypassword\r" }
        "Username:" {
        send "$username\r"  
        exec sleep 1
        expect "Password:" 
        send "$vtypassword\r"
        }
        }
# Look for non-enable router 'prompt>'
expect  -re "(^.*)(\r\n\[^ \]+> \$)" 
# Get into enable mode
send "en\r"
expect { 
        "password: " {
        send "$enapassword\r" }
        "Username:" {
        send "$username\r"
        exec sleep 1
        expect "Password:"
        send "$enapassword\r" }
        }
# Look for enable router 'prompt#'
expect -re "(^.*)(\r\n\[^ \]+(enable) \$)"
# Send the command
send "$command\r"
expect {
        -re "(^.*)(\r\n\[^ \]+ (enable) \$)" {
                append buffer $expect_out(1,string)
                }
        -re "(^.*)(\r\n\ --More-- \$)" {
                append buffer $expect_out(1,string)
        send " "
        }
        -re "(^.*)(\r\n\ --More-- \$)" {
                append buffer $expect_out(1,string)
        send " "
        }
        }
# Done with command - disable prior to exit
send "disable\r"
expect -re "(^.*)(\r\n\[^ \]+> \$)"
exec sleep 1
send "logout"

O Perl passa pelo processo de script para mostrar através do SNMP a mesma saída como da “a came mostra dinâmica”

#!/usr/local/bin/perl
open(TABLE, "bridge-table.csv") || die "Cant' open file: $!\n"; 
while (<TABLE>) {
	($vlan, $unicast_mac, $mod_ports) = split (/,/, $_);
	write;
}
exit;
 
format STDOUT =
set cam permanent @<<<<<<<<<<<<<<<<<< @<<< @<
$unicast_mac, $mod_ports, $vlan

Apêndice A — Detalhes de objetos MIB

Objeto tftpHost
OID .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.1
Tipo DisplayString
Permissão leitura-gravação
Sintaxe OCTET STRING (0..64)
Status Atual
MIB CISCO-STACK-MIB
Descrição Nome do host de origem/destino para a transferência TFTP ou transferência de dispositivo de armazenamento. Se o nome é para transferência de TFTP, pode ser o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT ou o nome de host. Se o nome para transferência de dispositivo de armazenamento, ele está no formato do deviceName: (por exemplo slot 0: , slot1:)
OID em árvore :: = {iso(1) org(3) dod(6) internet(1) private(4) enterprises(1) cisco(9) workgroup(5) ciscoStackMIB(1) tftpGrp(5) 1}

Objeto tftpFile
OID .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.2
Tipo DisplayString
Permissão leitura-gravação
Sintaxe OCTET STRING (0..64)
Status Atual
MIB CISCO-STACK-MIB
Descrição Nome do arquivo para a transferência TFTP ou para a transferência de dispositivo de armazenamento.
OID em árvore :: = {iso(1) org(3) dod(6) internet(1) private(4) enterprises(1) cisco(9) workgroup(5) ciscoStackMIB(1) tftpGrp(5) 2}

Objeto tftpModule
OID .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.3
Tipo Número inteiro
Permissão leitura-gravação
Status Atual
Faixa 0 - 16
MIB CISC O-STACK-MIB
Descrição Que código/configuração do módulo é transferida.
OID em árvore :: = {ISO(1) org(3) DOD(6) Internet(1) private(4) enterprises(1) cisco(9) workgroup(5) ciscoStackMIB(1) tftpGrp(5) 3}

Objeto tftpAction
OID .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.4
Tipo Número inteiro
Permissão leitura-gravação
Status Atual
Valores
  1. outros
  2. downloadConfig
  3. uploadConfig
  4. downloadSw
  5. uploadSw
  6. downloadFw
  7. uploadFw
MIB CISCO-STACK-MIB
Descrição Se você ajusta este objeto a um dos valores aceitáveis, inicia a ação solicitada com a informação dada no tftpHost, tftpFile, tftpModule. downloadConfig(2): receba a configuração do host/arquivo uploadConfig(3): envie hospedar da configuração/arquivo downloadSw(4): receba a imagem do software do host/arquivo uploadSw(5): envie hospedar da imagem do software/arquivo downloadFw(6): receba a imagem de firmware do host/arquivo uploadFw(7): envie hospedar da imagem de firmware/arquivo se você ajusta este objeto a qualquer outro valor, você obtêm um erro.
OID em árvore :: = {ISO(1) org(3) DOD(6) Internet(1) private(4) enterprises(1) cisco(9) workgroup(5) ciscoStackMIB(1) tftpGrp(5) 4}

Objeto tftpResult
OID .1.3.6.1.4.1.9.5.1.5.5
Tipo Número inteiro
Permissão somente leitura
Status Atual
Valores
  1. inProgress
  2. sucesso
  3. noResponse
  4. tooManyRetries
  5. noBuffers
  6. noProcesses
  7. badChecksum
  8. badLength
  9. badFlash
  10. serverError
  11. userCanceled
  12. wrongCode
  13. fileNotFound
  14. invalidTftpHost
  15. invalidTftpModule
  16. accessViolation
  17. unknownStatus
  18. invalidStorageDevice
  19. insufficientSpaceOnStorageDevice
  20. insufficientDramSize
  21. incompatibleImage
MIB CISCO-STACK-MIB
Descrição Contém o resultado da solicitação de ação TFTP mais recente
OID em árvore :: = {ISO(1) org(3) DOD(6) Internet(1) private(4) enterprises(1) cisco(9) workgroup(5) ciscoStackMIB(1) tftpGrp(5) 5}

Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

A Comunidade de Suporte da Cisco é um fórum onde você pode perguntar e responder, oferecer sugestões e colaborar com colegas.


Informações Relacionadas


Document ID: 13504