Cisco Interfaces and Modules : Cisco IGX 8400 Modules

Erros de paridade C-bit BTM

19 Setembro 2015 - Tradução por Computador
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Inglês (22 Agosto 2015) | Feedback


Índice


Introdução

Este erro aplica-se ao módulo de tronco de banda larga (NTM) IGX com uma placa traseira T3.

Pré-requisitos

Requisitos

Não existem requisitos específicos para este documento.

Componentes Utilizados

Este documento não se restringe a versões de software e hardware específicas.

Convenções

Para obter mais informações sobre convenções de documento, consulte as Convenções de dicas técnicas Cisco.

Definição de erro

A paridade C-bit erra indica contra isso em serviço, erros de bit fim-a-fim é recebida durante a transmissão. Há três Bits C (bit do controle) esse enchimento de bit do controle em cada subframe DS3. O BTM apoia somente o formato do paridade-quadro do C-bit DS3, que não exige os 21 Bits C para o controle do enchimento de bit. Os Bits C DS3-level são usados para o monitoramento de desempenho em serviço, do caminho de ponta a ponta e os links de dados da em-faixa. Os três Bits C no subframe 3 são chamados bit CP (paridade C-bit) e usados para a paridade do trajeto DS3. No transmissor DS3, os CP-bit são ajustados ao mesmo valor como os dois P-bits e não sidos recalculados na rede. Porque os CP-bit não são mudados pelo equipamento de transmissão, fornecem a monitoração do caminho de ponta a ponta quando avaliados no receptor. O formato de frame da paridade C-bit DS3 oferece vantagens significativas sobre o formato de frame M13. O M13 apoia somente a paridade do P-bit para a detecção de erros do segmento local.

Exemplo de erro

O local provável dos erros de equipamento é mostrado no amarelo:

/image/gif/paws/10846/21.gif

Troubleshooting

Os passos de Troubleshooting descritos nesta seção são intrusivos. Execute as etapas em uma janela de manutenção somente se o tráfego de usuário é afetado ou se o comando dsptrks indica uma condição de erro ainda persiste, como quando o tronco não está Apagar - OK no estado.

O ambas as extremidades do tronco deve ser ativo durante o Troubleshooting.

  1. Use o comando dsptrks verificar que o tronco é ativo. Se o número de tronco não é indicado na saída do comando dsptrks, o tronco não é ativo. Use o comando uptrk ativar um tronco.

  2. Verifique a configuração do BTM e do próximo dispositivo rio acima.

    O formato de frame para a paridade C-bit deve ser aderido através da rede para o tronco DS3.

  3. Verifique os cabos entre o BTM e o próximo dispositivo rio acima. Tipicamente, o próximo dispositivo rio acima é a terminação de rede local (NT). Saa do cabo local conectado à placa traseira de BTM mas remova-o de NT.

    1. Conecte transmitir (Tx) à recepção (RX) do cabo aberto para dar laços n de volta à placa traseira de BTM local. Alternativamente, coloque NT local no loop metálico para o módulo de tronco local do Customer Premises Equipment (CPE). Neste exemplo, o CPE é a placa de retorno IGX BTM. Se o status de tronco na saída do comando dsptrks muda a Apagar - OK e o comando dsptrkerrs output já não mostra erros de acréscimo, o cabo e o módulo de tronco local estão trabalhando corretamente.

    2. Use o comando dsptrkerrs monitorar por alguns minutos a saída, e continue então com etapa 3. Se o status de tronco não muda a Apagar - OK ou se o comando dsptrkerrs output já não mostra erros de acréscimo, continue com etapa 2.

  4. Verifique o hardware local colocando um cabo de loopback nos conectores na placa traseira do BTM.

    Se o status de tronco na saída do comando dsptrks muda a Apagar - OK e a saída do comando dsptrkerrs não mostra erros de acréscimo, o BTM e a placa traseira estão trabalhando corretamente.

    1. Espere pelo menos dez segundos mais por muito tempo do que a configuração de temporizador configurada no comando cnftrkparm verificar a mudança de status do tronco.

    2. Substitua os cabos e verifique se o comando dsptrkerrs output já não mostra erros de acréscimo.

  5. Verifique os cabos entre o cartão do tronco remoto e o próximo dispositivo rio abaixo.

    Tipicamente, este é NT remoto. Deixe o cabo remoto conectado ao cartão do tronco remoto mas remova-o de NT remoto.

    1. Conecte Tx ao RX do cabo aberto para dar laços n de volta à placa de tronco. Alternativamente, coloque NT remoto no loop metálico para o módulo de tronco do CPE. Se a saída do comando dsptrkerrs no tronco remoto não começa contar erros, o cabo e o módulo de tronco estão trabalhando corretamente.

    2. Use o comando dsptrkerrs monitorar no mínimo a saída cinco minutos antes que você continue.

  6. Verifique a linha Telco.

    1. Conecte Tx e RX de NT remoto para dar laços n de volta à linha Telco que usa um cabo apropriado BNC. Se nenhum equipamento de teste de linha está disponível, verifique se a saída do comando dsptrkerrs no tronco local já não mostre erros de acréscimo.

    2. Use o comando dsptrkerrs monitorar no mínimo as saídas cinco minutos antes que você continue. Esta encenação fornece somente um teste básico e não substitui um teste da linha completa pelo telco.

    3. Reconecte o cabo a NT quando o teste está completo.

  7. Assegure-se de que a intensidade de sinal seja suficiente e que o comprimento máximo de cabo não está excedido. Para os troncos T3, você deve configurar o line build-out (LBO) da linha campo do comprimento de cabo do comando cnftrk. Suprima do tronco para corrigir a linha ajuste do comprimento de cabo.

    Nota: Se você suprime do tronco, você poderia remover todas as conexões distribuídas através do tronco. Antes que você suprima de um tronco, verifique se uma rota alternativa para as conexões existe, ou grave todas as conexões e parâmetros enquanto necessário para adicionar novamente as conexões.

  8. Peça o telco para testar a linha.

Se o problema persiste após ter executado os passos de Troubleshooting, contacte o Suporte técnico do Cisco Systems no (800) 553-24hr, (408) 526-7209, o Web site do Suporte técnico de Cisco, ou envie o email a tac@cisco.com.

Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

A Comunidade de Suporte da Cisco é um fórum onde você pode perguntar e responder, oferecer sugestões e colaborar com colegas.


Informações Relacionadas


Document ID: 10846