Sem fio : Cisco Aironet 340 Series

Bridge de grupo de trabalho FAQ do Cisco Aironet

16 Janeiro 2016 - Tradução por Computador
Outras Versões: Versão em PDFpdf | Inglês (20 Dezembro 2015) | Feedback


A fim obter driveres de Aironet Cisco, o firmware, e o software de utilitário, seguem este link ao centro Cisco Wireless Software.


Perguntas


Introdução

Este documento fornece informações sobre as pergunta mais comuns sobre os Cisco Aironet Workgroup Bridges.

Q. Que é um bridge de grupo de trabalho?

A. Um Workgroup Bridge (WGB) é uma unidade stand-alone pequena que possa fornecer uma conexão de infra-etrutura Wireless para dispositivos capacitado por Ethernet. Os dispositivos que não têm um adaptador de cliente Wireless a fim conectar à rede Wireless podem ser conectados ao WGB através da porta Ethernet. O WGB associa à raiz AP através da relação wireless. Desta maneira, os clientes prendidos obtêm o acesso à rede Wireless. O WGB conecta a um hub através de uma porta Ethernet padrão que use um conector 10BaseT.

Q. Onde posso fazer o download da última versão de software?

A. O equipamento de Aironet Cisco opera-se melhor quando todos os componentes são carregados com a maioria de versão atual do software. Você pode fazer o download do software e drivers mais recentes no Cisco Wireless Software Center.

Q. Como eu promovo o software em um bridge de grupo de trabalho?

A. O procedimento pode variar de acordo com a versão de firmware a que você promove assim como o modelo WGB em que promover é feito. Termine estas etapas explicadas em promover o firmware de Bridge a fim promover um 350 Series WGB com sua versão 8.89 do firmware mais recente. Refira os procedimentos apropriados explicados dentro dos Release Note de versões de firmware diferentes para todas versões de firmware restantes dos vxworks.

Q. Como posso gerenciar a ligação de grupos de trabalho?

A. Um bridge de grupo de trabalho do 340 Series não tem um conector do console a configurar. Nesses casos, configurar o bridge de grupo de trabalho com um destes métodos.

Q. Os clientes Wireless podem se associar ao Workgroup Bridge?

A. Não, o bridge de grupo de trabalho é próprio um cliente Wireless. É usado a fim anexar clientes prendidos ao backbone Wireless.

Q. Como eu salvar as configurações no bridge de grupo de trabalho?

A. Não há nenhum método explícito nem comanda para salvar suas alterações de configuração. Muda-o fazem salvar automaticamente à memória Flash permanente cada vez que você ajusta ou altera um parâmetro. Isto assegura-se de que a configuração esteja mantida durante falhas de energia ou interrupções de energia intencionais. A maioria de ajustes de configuração tornam-se eficazes assim que o comando for executado. Aqueles que não se tornam imediatamente eficazes são notados na informação de comando.

Q. As ligações de grupo de trabalho funcionam com outros dispositivos IEEE 802.11b?

A. Não, o bridge de grupo de trabalho trabalha somente com o outro equipamento da Cisco. Comunica-se somente a Cisco AP ou Cisco Bridge. Não se comunica com nenhuns outros dispositivos da rede de comunicação Wireless do Cisco Aironet, nem sequer outros WGB, ou fabricação dos outros fornecedores dos dispositivos. Usa as extensões Aironet, que são para todos os efeitos práticos balizas proprietárias, a fim funcionar com Cisco AP. É um dispositivo do específico de Cisco.

Q. Com que dispositivos pode um bridge de grupo de trabalho associar?

  • Bridge de grupo de trabalho ao Access Point (AP)

  • Bridge de grupo de trabalho a construir uma ponte sobre (no modo AP)

  • Bridge de grupo de trabalho à estação base (no modo AP)

  • Bridge de grupo de trabalho ao AP no modo de repetidor, se o repetidor é associado com uma raiz AP

Q. Em que freqüência uma ligação de grupo de trabalho comunica?

A. Os bridges de grupo de trabalho transmitem e recebem em um de 11 canais dentro das 2.4 frequências em ghz. Esta frequência é pública. Refira as características de rádio para obter mais informações sobre das especificações de rádio.

Q. Como eu fixo os dados através do link de rádio de um bridge de grupo de trabalho?

A. Permita o Wired Equivalent Privacy (WEP) de cifrar o payload de pacotes enviado através de um link de rádio.

Com a versão de software (8.8) você pode adicionar o bridge de grupo de trabalho como um cliente do protocolo light extensible authentication (PULO). O bridge de grupo de trabalho autentica a um Access Control Server (ACS). Refira a utilização do menu de configuração do guia de configuração de produto para mais informação.

Q. Que autenticação de EAP datilografa pode o WGB se usar ao falar ao AP ascendente?

A. Todo o AP IO WGB pode usar o PULO, EAP-FAST ou o EAP-TLS para autenticar ao AP ascendente. O apoio PEAP não deve ser necessário para o AP1130 e o AP1240 porque EAP-FAST pode apoiar o PEAP como um tipo interno EAP-FAST EAP. A única razão que a falta do PEAP é uma edição é se seus servidor AAA apoiam somente o PEAP e não EAP-FAST ou o EAP-TLS. Mas nessa encenação, podem usar o autenticador local com EAP-FAST.

Q. O que é uma chave Privacidade equivalente ligada com fio (WEP)?

A. Uma chave de WEP é uma série de caractere definida pelo utilizador usada para cifrar e decifrar dados.

Q. Qual é o intervalo típico para uma ligação de grupo de trabalho?

A. O intervalo típico depende de muitos fatores, tais como a taxa de dados (largura de banda) desejada, o tipo de antena e o comprimento do cabo de antena, e o dispositivo que recebe a transmissão. Em uma ótima instalação, a escala pode ser até 300 pés (90 medidores).

Q. Que está a uma velocidade da porta Ethernet do bridge de grupo de trabalho?

A. A porta Ethernet da ponte apoia o 10 Mbps sobre um conector 10BaseT RJ-45, e somente metade-frente e verso é apoiado.

Q. Quais são as possíveis fontes de interferência para o enlace de freqüência da ligação de grupo de trabalho?

A. A interferência pode vir de um número de fontes, tais como telefones sem fio 2.4 gigahertz, impropriamente fornos de micro-ondas protegidos, e equipamento Wireless fabricado por outras empresas. Radar vigia, motores elétricos, e partes de metal de maquinaria que o movimento pode causar a interferência também. Refira pesquisando defeitos os problemas que afetam uma comunicação de frequência de rádio para mais informação.

Q. Como defino a ligação de grupo de trabalho de volta para seus padrões de fábrica?

A. Há diversas opções disponíveis a fim restaurar um 350 Series WGB de volta a sua instalação padrão de fábrica.

Se você telnetting no WGB, incorpore o comando telnet e então o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do WGB. Escolha a opção Diagnóstico do menu principal de VxWorks. Dos diagnósticos, escolha padrões. A opção de padrões retorna a configuração de bridges a suas configurações padrão de fábrica. A ponte apaga atualmente a configuração salva e executa um comando do reinício.

Escolha a opção da restauração do menu de diagnóstico a fim restaurar somente porções selecionada. Há três opções da entrada:

  • ident_save — todas as partes da configuração exceto o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT são optadas.

  • radio_default — somente a configuração de rádio é optada.

  • filter_default — somente a informação do filtro é optada.

Você pode igualmente restaurar o WGB aos padrões de fábrica, com o uso de um grampeador no furo pequeno da restauração, e usa então o endereço padrão 192.168.200.1 se o DHCP a fim não o alcançar.

Você pode igualmente usar a Web GUI a fim restaurar o 350 Series WGB ao padrão de fábrica. Abra seu navegador da Web e datilografe dentro o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do WGB no campo de endereço. Da página principal WGB, escolha permitir alterações de configuração. Clique então sobre diagnósticos.

A página resultante fornece-o um número de artigos e a coluna de valor correspondente a fim restaurar seu WGB às instalações padrão de fábrica. Entre estes artigos, escolha o retorno à configuração padrão a fim restaurar o WGB aos padrões de fábrica.

Escolha algum do ident_save de três valores: , radio_default: , filter_default: que corresponda ao artigo do “peças padrão da configuração” a fim restaurar somente porções selecionada.

Q. Que recursos de segurança um Workgroup Bridge (WGB) apoia?

A. O firmware WGB o mais atrasado em suportes do dispositivo WGB:

  • Wired Equivalent Privacy (WEP) 40-bit e de 128-bit

  • Hashing-chave

  • Message Integrity Check (MIC)

  • esboço 10 do protocolo do 802.1x

Todo o protocolo lightweight extensible authentication do apoio do Access Point (AP) IO WGB (AP que atuam como um WGB) (PULO), Autenticação Flexível de EAP através do Tunelamento seguro (EAP-FAST) ou Segurança da camada do EAP-transporte (EAP-TLS) a autenticar ao AP ascendente. O apoio protegido EAP (PEAP) não deve ser necessário para o P1130 e o AP1240 porque EAP-FAST pode apoiar o PEAP como um tipo interno EAP-FAST EAP. A única razão que a falta do PEAP poderia ser uma edição é se seus servidor AAA apoiam somente o PEAP e não EAP-FAST ou o EAP-TLS. Mas nessa encenação, podiam usar o autenticador local com EAP-FAST. Igualmente apoiam o Wi-Fi Protected Access (WPA).

Q. Quantos dispositivos pode o bridge de grupo de trabalho apoiar?

A. O bridge de grupo de trabalho apoia até oito endereços MAC no segmento dos Ethernet ligada com fio. Mas, quando um Access point do 1200 Series funciona como um bridge de grupo de trabalho, pode tratar até 254 clientes no lado de Ethernet, quando presumir que nenhum outro cliente Wireless está associado à raiz bridge/AP a que este AP no modo WGB é associado.

Mas, mantenha na mente que quando o AP atua em um modo WGB, o AP toma na associação a nível do cliente, que significa que não é uma ponte verdadeira. Assim é sempre aconselhável limitar os usuários a um pequeno ou a um número razoável.

Q. Quais são as aplicações típicas para uma ligação de grupo de trabalho?

  • Hotéis com um backbone Wireless que fornecem a Conectividade aos convidados prendidos

  • Impressoras com adaptadores dos Ethernet embutidas que conectam a um backbone Wireless

  • Esticando o infraestrutura Wireless aos clientes prendidos-somente

  • salas de aula Sem fio-prontas que acomodam laptop para estudantes prendidos-somente

Q. Pode um bridge de grupo de trabalho ser usado em uma encenação exterior (da construção-à-construção), como uma ponte?

A. Sim. Recorde que o bridge de grupo de trabalho está tratado como um cliente Wireless. Não pode associar a um outro bridge de grupo de trabalho. A distância é limitada a aproximadamente uma milha sob circunstâncias ideal (linha de vista, Antenas, e assim por diante) quando conecta a um AP.

Q. Que IO autônomos AP podem atuar como um WGB?

A. Todos O AP1100, os AP1130, os AP200, os AP1240, e os BR1310 apoiam o modo WGB de operação. O AP350 e os BR1400 não apoiam o WGB.

Q. O LWAPP AP apoia o WGB?

A. A funcionalidade WGB é executada somente em IO autônomos AP, não em LWAPP AP.

Q. Que são as configurações padrão para um WGB (350 Series)?

  • Nome de rede de rádio — tsunami

  • Chave de criptografia de WEP — 3031323334353637383930313233

  • Tipo de rede — Infraestrutura

  • Taxa de dados — Auto

  • Criptografia — Permitido

  • Tipo do autenticação — Abra

  • Criptografia — criptografia do 128-bit

  • Associação — Pilhas misturadas permitidas

Q. Pode um AP340 ser convertido a um WGB?

A. Não Os AP340 não têm nenhuma funcionalidade apoiada a fim permitir que servam como um WGB.

Q. Podem uns 340 WGB ser convertidos a uma ponte ou a um AP?

A. Não. Os 340 WGB não podem ser convertidos a um AP ou a uma ponte. As 340 corridas VxWorks WGB, e o Produtos do Novo Cisco IOS (tal como o br1310) adaptaram o WGB, a raiz/bridge sem raiz, e a funcionalidade AP.

Q. Que é o endereço IP padrão de um WGB?

A. Uma vez que o WGB é restaurado de volta aos padrões de fábrica, atribui-se um endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT de 192.168.200.1.

Q. Exige-se que o PC IPSU instalado deve estar na mesma sub-rede enquanto a ponte a fim atribuir um endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT a um WGB através do IPSU?

A. Não, desde que o IPSU usa o Protocolo IP multicast, pode ajustar o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT da ponte e o SSID quando o computador que executa o IPSU está em uma sub-rede diferente do que a ponte.

Q. Que é significado pelo loop de bridge? Que são as causas possíveis para que um loop de bridge ocorra?

A. Se o bridge de grupo de trabalho é conectado ao LAN ligado com fio e se comunica com um Access point no mesmo LAN, um problema de rede conhecido como um loop de bridge pode ocorrer. Desligue o bridge de grupo de trabalho do LAN ligado com fio imediatamente depois que você o configura a fim evitar um loop de bridge. Um loop de bridge pode igualmente ocorrer se dois ou mais bridges de grupo de trabalho são conectados ao mesmo hub remoto. Conecte sempre somente um bridge de grupo de trabalho a um hub remoto a fim impedir este loop de bridge.

Q. Que é o uso da configuração de tempo de Staleout?

A. O sistema de administração do bridge de grupo de trabalho inclui uma configuração de tempo do staleout do LAN ligado com fio na página da configuração > dos Ethernet. Use este ajuste a fim controlar o número de segundos que o bridge de grupo de trabalho continua a seguir um dispositivo em sua tabela de associação quando o dispositivo é inativo. Incorpore um valor entre 5 e 1000 segundos. Cinco minuto iguais 300 segundos; dez minuto iguais 600 segundos.

Se os mesmos dispositivos são conectados sempre ao bridge de grupo de trabalho, incorpore 5 para a configuração de tempo do staleout. Se os dispositivos conectados ao bridge de grupo de trabalho mudam frequentemente, incorpore 300 (igual a cinco minutos) para a configuração de tempo do staleout. Se você desliga o cabo do Ethernet do bridge de grupo de trabalho e o reconecta, o bridge de grupo de trabalho remove todos os dispositivos de sua tabela de associação e relearns os, apesar da configuração de tempo do staleout.

Q. Que são as opções da antena em um 350 Series WGB?

A. A ponte vem com duas configurações possíveis da antena: um capturou a antena ou dois conectores de antena reversos-TNC a que o usuário pode anexar uma ou dois Antenas.

Q. Que é a especificação de energia para um WGB350?

A. A potência no DC para o WGB350 é +5 volts e 1.25 ampères. A corrente real desenhada é 600 ampères do milli. O máximo e a escala mínima são os volts 5 ou realmente perto como 4.8-5.2 volts DC.

Também, um 350 Series WGB não apoia a potência em linha. Apoia somente a potência direta. Use um adaptador da potência, a fim pôr acima, que termine diretamente na porta de energia WGB350 no painel traseiro do WGB. O modelo do adaptador da potência é 100-120V~1.0A/50-60 hertz e a saída é +5V a 1.25A.

Q. Eu sou incapaz de alcançar os bridges de grupo de trabalho associados com o Access point. Por quê?

A. Quando um bridge de grupo de trabalho (WGB34x ou WGB352) é associado a um Access point, você não pode alcançar os menus de console WGB ou sibilar o WGB de uma estação no LAN ligado com fio conectado à porta Ethernet do Access point. Mas, você pode alcançar o WGB de todo o dispositivo do cliente conectado à porta Ethernet WGB e de qualquer dispositivo do cliente associado ao Access point que é associado ao WGB. O tráfego de rádio entre o Access point e o WGB não é afetado.

Q. Que são os tipos de modulação diferentes apoiados em uns 350 WGB?

A. Os tipos de modulação diferentes apoiados em uns 350 WGB são:

  • DBPSK @1 Mbps

    O deslocamento de fase binário diferencial que fecha a técnica de modulação (DBPSK) é usado pelo Sem fio LAN da IEEE 802.11-compliant para a transmissão no 1 Mbps.

  • 2 Mbps DQPSK @

    A técnica de modulação diferencial do ajuste de troca de fase de quadratura (QPSK) (DQPSK) é usada pelo Sem fio LAN da IEEE 802.11-compliant para a transmissão no 2 Mbps.

  • CCK @ 5.5 e 11 Mbps

    O código complementar que fecha a técnica de modulação (CCK) é usado pelo Sem fio LAN da IEEE 802.11-compliant para a transmissão em 5.5 e o 11 Mbps.

Q. Que é o intervalo típico coberto por um 350 Series WGB?

A. Varia baseado uso interno/exterior e na taxa de dados usada.

Interno:

  • 130 11 Mbps ft (40m) @

  • 350 1 Mbps ft (107m) @

Exterior:

  • 800 11 Mbps ft (244m) @

  • 2000 1 Mbps ft (610m) @

Q. Que são as opções de configuração remotas apoiadas no WGB?

A. Use qualqueras um opções a fim configurar o WGB de uma posição remota:

  • Telnet

  • HTTP

  • FTP

  • TFTP

  • SNMP:

Q. Eu mando meu AP1200 atuar como o WGB. Posso eu ter minhas duas Antenas em meu AP a trabalhar no modo WGB?

A. Se seu Access point tem dois rádios, o rádio 2.4-GHz ou o rádio 5-GHz podem funcionar no modo do bridge de grupo de trabalho. Quando você configura uma interface de rádio como um bridge de grupo de trabalho, a outra interface de rádio está desabilitada automaticamente.

Q. Como eu configuro meu AP que atua como o WGB para comutar dinamicamente entre os Access point do pai baseados na recepção do sinal?

A. Use este comando a fim configurar o bridge de grupo de trabalho como uma estação móvel:

ap(config)#mobile station

Quando você permite este ajuste, o bridge de grupo de trabalho faz a varredura para uma associação de pai nova quando encontra um indicador deficiente da força de sinal recebido (RSSI), interferências de rádio excessivas, ou uma porcentagem alta da perda de frame. Com o uso destes critérios, um bridge de grupo de trabalho configurado como uma estação móvel procura por uma associação de pai nova e vagueia a um pai novo antes que perca sua associação atual. Quando o ajuste móvel da estação é desabilitado, a configuração padrão, o bridge de grupo de trabalho não procura por uma associação nova até que perca sua associação atual.

Refira configurar um bridge de grupo de trabalho para a seção vagueando para mais informação.

Q. Que é o número máximo de Access point um WGB pode ser configurado a fim tentar a associação?

A. Você pode incorporar endereços MAC para até quatro Access point do pai. O bridge de grupo de trabalho tenta associar primeiramente ao MAC address 1. Se esse Access point não responde, o bridge de grupo de trabalho tenta o Access point seguinte em sua lista de pai e assim por diante. Mas, mantenha na mente que em um momento um WGB pode ser associado com o somente um AP. Esta lista de endereços MAC denota somente o número máximo de AP a que um WGB pode sequencialmente enviar seu pedido da associação e tentar associar.

Q. Como faz um AP trata um WGB à revelia? É possível mudar este status padrão?

A. Um AP trata um WGB à revelia como um dispositivo do cliente. Use o comando infrastructure-client como o comando configuration da interface de rádio a fim configurar Access point e pontes para tratar bridges de grupo de trabalho como dispositivos de infraestrutura. O tratamento de um bridge de grupo de trabalho como um dispositivo de infraestrutura significa que o Access point entrega confiantemente pacotes de transmissão múltipla, que inclui pacotes do Address Resolution Protocol (ARP), ao bridge de grupo de trabalho. A configuração dos Access point e das pontes para tratar um bridge de grupo de trabalho como um dispositivo do cliente permite que mais bridges de grupo de trabalho associem ao mesmo Access point mas ao mesmo tempo, esta não assegura a entrega confiável dos pacotes de transmissão múltipla. Com confiança reduzida, o Access point não pode confirmar se os pacotes de transmissão múltipla alcançam o bridge de grupo de trabalho pretendido, assim que os bridges de grupo de trabalho na borda da área de cobertura do Access point puderam perder a conectividade IP.

Q. Quanto o WGB pode associar a um único AP?

A. Quando o AP trata o WGB como um dispositivo do cliente, que ocorra à revelia, o mínimo 20 WGB pode associar a um AP.

Q. O que significam os LEDs na parte superior da ligação de grupo de trabalho?

A. Refira a verificação dos indicadores do painel superior.

Q. Que tipo de cabo do Ethernet eu preciso de usar a fim conectar meu dispositivo final ao bridge de grupo de trabalho?

A. O tipo de cabo depende do tipo de dispositivo a que você conecta. A porta Ethernet no bridge de grupo de trabalho não é cruzada internamente, assim que use as mesmas diretrizes que você com todo o dispositivo da outra extremidade: cabo straight-through a um hub ou switch, cabo crossover a um outro dispositivo final.

PC --> [Crossover Cable] --> Workgroup Bridge 

Hub --> [Straight-through Cable] --> Workgroup Bridge 

Q. Como posso me comunicar se minha ligação de grupo de trabalho estiver associada?

A. Há três métodos diferentes que você pode se usar a fim dizer se seu bridge de grupo de trabalho é associado:

  1. Verifique o LED de sistema no painel superior. Se é verde contínuo, o bridge de grupo de trabalho é associado.

  2. Faça uma conexão Telnet a seu bridge de grupo de trabalho. Escolha o cano principal > a associação > o indicador do menu.

  3. Verifique a tabela de associação de seu Access Point (AP) ou de sua ponte no modo AP a fim ver se o bridge de grupo de trabalho aparece sob repetidores.

Q. Um WGB apoia rapidamente vaguear seguro?

A. Um dispositivo do bridge de grupo de trabalho não apoia rapidamente vaguear seguro. Isto é porque vaguear seguro rápido exige o apoio CCKM, que não está disponível em um dispositivo WGB, visto que, um bridge Wireless do 1300 Series que atue no modo WGB apoia rapidamente vaguear seguro.

Q. Um WGB apoia vlan múltiplos nele?

A. Não. Um dispositivo de Cisco WGB não apoia vlan múltiplos nele. Uns 1100 AP, contudo, que atuem no modo WGB possam apoiar vlan múltiplos nele mas com estas limitações:

  • Os VLAN devem ser atribuídos na raiz AP e em lados WGB.

  • O WGB deve ser conectado a um interruptor dot1Q-capable.

  • A infraestrutura SSID deve ser traçada ao VLAN nativo na raiz e no WGB.

    Nota: Os associados WGB na infraestrutura SSID.

Com esta configuração, é possível associar WGB (interface de BVI WGB) como um VLAN nativo e ter prendido os clientes configurados atrás de um interruptor do dot1q associado aos VLAN (NON-nativos) diferentes.

Q. O trunking VLAN é apoiado através do bridge de grupo de trabalho?

A. O papel de um bridge de grupo de trabalho é estender o backbone Wireless a um cliente prendido. Quando você usa um WGB, os clientes prendidos não podem estar nos vlan múltiplos. Uma raiz/construção de construção de uma ponte sobre não-raiz é usada para a extensão da rede ligada com fio a um outro local sobre o Sem fio. A raiz/bridges sem raiz pode segurar vlan múltiplos.

Os WGB apoiam VLAN quando se operam no modo de infraestrutura. O problema é que o modo de infraestrutura está configurado na raiz AP (infraestrutura-cliente do comando interface). Porque o cliente da infraestrutura não está disponível no LWAPP, os VLAN não estão apoiados em WGB quando os WGB associam a LWAPP AP.

Q. Há uma solução comparável para o bridge de grupo de trabalho disponível em um ambiente de pouco peso do protocolo do Access point (LWAPP)?

A. Os Access point autônomos do Cisco Aironet que se operam no modo WGB podem agora associar ao Cisco Aironet o Lightweight Access Points (exceto Access point do AP1000 Series de Cisco Airespace) para fornecer uma conexão Wireless do 802.11 aos dispositivos prendidos. O WGB é apoiado somente no modo de cliente e não no modo de infraestrutura e deve executar o Cisco IOS Software Release 12.4(3g)JA ou Mais Recente (nos Access point 32-MB) ou o Cisco IOS Software Release 12.3(8)JEB ou Mais Recente (nos Access point 16-MB). A funcionalidade WGB não é apoiada para o uso com híbrido COLHE.

Discussões relacionadas da comunidade de suporte da Cisco

A Comunidade de Suporte da Cisco é um fórum onde você pode perguntar e responder, oferecer sugestões e colaborar com colegas.


Informações Relacionadas


Document ID: 8018