Guest

Cisco UCS B-Series

Cisco UCS B-Series #5

8 Janeiro 2014


Introdução

Esta é a 5ª edição da newsletter sobre Cisco UCS, em português, para clientes de UCS. Foram vários meses a acumular novidades e desenvolvimentos, que hoje vos deixamos aqui. Como sempre, agradecemos comentários ou sugestões. O destaque desta edição vai para UCS Manager versão 2.2 e a aquisição da empresa Whiptail, dedicada a solid-state storage.


Eventos

Cisco Live Milão, Itália - 27-31 Janeiro 2014
Visite o site Cisco Live Milão para mais informação.


Fontes de Informação

  • Repositório online das newsletters
  • Cisco UCS em Português, mantido pela equipa DCV da Cisco Portugal: www.cisco.pt/maisvaliasdcv
  • Tudo sobre UCS
  • Interoperabilidade do UCS: software, hardware, sistemas operativos, storage
  • UCS Advantage Video Library
  • Novos vídeos sobre UCS no Canal Data Center do Youtube
  • Vídeo/apresentação (13min) sobre zoning de Fibre Channel no UCS
  • Se pretende ter informação detalhada sobre um modelo específico de servidor blade ou rack-mount, procure o respectivo "spec sheet". A título de exemplo, consulte o spec sheet do servidor B200 M3: link
  • FlexPod with Microsoft Private Cloud v3 Design Guide Se tem servidores Cisco UCS, networking Cisco Nexus e storage NetApp, então tem um FlexPod. Este "design guide" ensina a configurar o FlexPod com Microsoft Hyper-V para criar uma Private Cloud.
  • Foi criada a "Comunidade UCS", onde pode participar e ter acesso a informação sobre tecnologia, arquiteturas, visão, business drivers, produtos, melhores práticas, etc. Participe também no "Cisco UCS User Group" para influenciar a direção dos produtos e para ter acesso antecipado a novas releases de software. Esta comunidade está aberta para "browsing", mas encorajamos que se crie um perfil no site da Cisco, faça logon, e interaja com a comunidade.
  • Acesso rápido a Soluções UCS:

 


Software UCS

A versão 1.4 do Cisco UCS Manager entrou em End-of-Sale e End-of-Life a 5 de Dezembro 2013. Clientes com esta versão devem planear atualização.
À data desta newsletter, as versões mais recentes de software/firmware para UCS B-Series (blades) são:

  • 2.0(5f)
  • 2.1(3b)
  • 2.2(1b)

Documentação sobre "bug fixes" e novas funcionalidades podem ser encontradas em:

 


Tools

A Cisco disponibiliza uma série de ferramentas para clientes e parceiros que se podem encontrar neste link. Algumas dessas ferramentas são particularmente interessantes para quem gere sistemas Cisco UCS:

Cisco Unified Computing System Power Calculator

Como o nome indica, esta ferramenta permite calcular o consumo energético de uma determinada configuração Cisco UCS, tendo a possibilidade de misturar servidores C-Series (rack-mount) e servidores B-Series (blades) em qualquer configuração.
Link para a ferramenta.

Cisco Notification Services

Qualquer pessoa com login no site da Cisco (CCO) pode subscrever um serviço de notificações de alertas neste link.
Com esta ferramenta, pode receber notificações sobre qualquer produto Cisco - não só UCS - com a periodicidade desejada (diária, semanal ou mensal), nas seguintes categorias:

  • End-of-Sale and End-of-Life Announcements
  • Field Notices
  • Security Advisories & Responses

Desta forma, será avisado sempre que sejam identificadas vulnerabilidades de segurança ou "bugs" que podem comprometer o bom funcionamento do UCS.

 


Novidades

  • VIC 1225T
    Já está disponível a nova placa de rede VIC 1225T do tipo CNA (Converged Network Adapter, com suporte de FCoE) para servidores C-Series (rack-mount). Esta placa tem dois interfaces 10G Base-T (cablagem Cat 6A e Cat 7 com interfaces RJ-45). O suporte de FCoE está limitado a 30m, enquanto que em Ethernet clássico suporta 100m.

  • UCS Storage Accelerator LSI 400GB SLC WarpDrive
    Esta placa aceleradora está disponível para as blades modelos B200 M3, B22 M3 e B420 M3. Trata-se de uma placa adequada para aplicações sensíveis à latência (no acesso a storage) ou com necessidade de elevado número de IOPS (IO's por segundo). Bases de Dados como Oracle ou MySQL podem beneficiar fortemente desta solução com redução de latência e melhorando o tempo de resposta. Soluções de VDI também beneficiam desta solução, conferindo melhor experiência aos utilizadores. A placa LSI 400GB SLC WarpDrive também suporta XtremSW da EMC (anteriormente conhecida por VFCache). Neste caso, a placa LSI 400GB SLC WarpDrive funcionar como memoria cache (tier-1) no acesso ao storage EMC.

  • UCS Storage Accelerator Fusion-io 356GB MLC Adapter
    Esta placa aceleradora está disponível para as blades modelos B200 M3, B22 M3 e B420 M3. Trata-se de uma placa adequada para aplicações sensíveis à latência (no acesso a storage) ou com necessidade de elevado número de IOPS (IO's por segundo). Bases de Dados como Oracle ou MySQL podem beneficiar fortemente desta solução com redução de latência e melhorando o tempo de resposta. Soluções de VDI também beneficiam desta solução, conferindo melhor experiência aos utilizadores.

  • Novos processadores Intel Xeon E5-2600 v2 (IvyBridge-EP)
    Os novos processadores oferecem melhor desempenho, mais cores (até 12 cores por CPU) e tiram partido de memória mais rápida (DIMM's até 1866 MHz). Os novos CPU e memórias podem ser utilizados nos mesmos modelos de servidores que a família anterior, desde que seja efectuado o upgrade necessário ao firmware da infraestrutura e dos servidores. Com os novos CPU, a Cisco bateu novamente novos records:
    • 81 World-Record Performance Results: Cisco Unified Computing System and Intel Xeon Processors: link
    • Cisco Publishes Industry's First and Best VMware View Planner Benchmark Result: link
    • High-Density Cisco UCS Rack Servers Set World Record for Java Business Application Performance: link
    • Cisco Improves Performance by Up to 48 Percent in World-Record SPECjbb2013 Benchmark Results: link
    • Cisco UCS B200 M3: Industry-Leading Performance for Oracle E-Business Suite: link
    • Cisco UCS B200 M3: Scalable Performance for SAP Business Suite Applications: link

  • Novas versões do "Cisco UCS Platform Emulator"
    O Cisco UCS Platform Emulator consiste no software "UCS Manager" em formato máquina virtual (VM). A VM inclui software que emula a comunicação entre o UCS Manager e hardware UCS. Por exemplo, podem utilizar o UCS Platform Emulator para criar e testar uma configuração suportada, duplicar uma configuração existente para fazer troubleshooting, ou para fazer desenvolvimento. Download neste link.

  • UCS Blade Server Diagnostics tool, version 1.0(1a)
    Está disponível para download o UCS Blade Server Diagnostics tool. Trata-se de uma ferramenta "offline", standalone, para verificar a saúde de componentes hardware em blades UCS. Esta ferramenta disponibiliza uma série de testes que permitem avaliar vários subsistemas como CPU e memória. Recomenda-se a utilização sempre que seja efectuada uma intervenção no hardware (substituição, adição ou alteração de hardware).

  • UCS Central 1.1(1B)
    Está disponível nova versão do UCS Central, que foi descrito numa edição anterior desta newsletter. Para ter uma descrição detalhada desta nova release, consulte as release notes.

Integração de Ferramentas de Gestão Microsoft com

PowerTool
PowerTool é uma "Microsoft PowerShell library" para UCS. A versão 1.0.1 tem suporte para UCS versão 2.1. A documentação e código estão disponíveis neste link. Mais informação no site da Cisco dedicado a programadores (developer.cisco.com) neste link.

Microsoft System Center Orchestrator Integration Pack for UCS
A versao 1.0 do Integration Pack (IP) para o System Center Orchestrator (SCO) encontra-se neste link, e tem suporte para o UCS versão 2.1. Este Integration Pack permite automatizar os processos de gestão de uma infraestrutura Cisco UCS. Os administradores podem criar runbooks para fazer, de forma integrada, o provisionamento, monitorização e gestão da infraestrutura física e virtual, e do software a correr nessa infraestrutura.

Management Pack para System Center Operations Manager (SCOM)
O Management Pack para SCOM já não é novidade. A última versão (2.6.1) encontra-se disponível para download neste link. Mais informação no site da Cisco dedicado a programadores (developer.cisco.com) neste link.

Add-in para Microsoft System Center Virtual Machine Manager
O Add-in para SCVMM, encontra-se disponível para download neste link. Este add-in para SCVMM permite que os administradores de sistemas Microsoft controlem na mesma plataforma a infra-estrutura física (UCS) e virtual. Mais informação no site da Cisco dedicado a programadores (developer.cisco.com) neste link

Podem ver neste link um webinar sobre UCS Power Tool e integração com MSFT System Center.


Cisco UCS Manager 2.2

Está disponível mais uma importante release do UCS Manager. Pode encontrar uma descrição interessante no site "UCS Communities", com links para downloads, documentação e descrição das novidades. Resumidamente:

Fabric Enhancements

  • Fabric Scaling: 2000 VLANs, 2750 VIFs, 4000 IGMP Groups, 240 vHBAs, e 240 Network Adapter Endpoints;
  • IPv6 Management Support: Gestão do UCS Manager e das blades com endereçamento IPv6; acesso a servidores externos com IPv6 (DNS, NTP); suporte para protocolos cliente em IPv6 (scp, ftp, tftp) e serviços em IPv6 (sshd, httpd, snmpd).
  • Suporte para UDLD (Uni-Directional Link Detection): UDLD é um "data link layer protocol" que deteta quebras de links numa direção (Tx ou Rx), e permite opcionalmente desabilitar completamente o link.
  • User Space NIC (usNIC) para Baixa Latência: usNIC é uma tecnologia para HPC (high performance computing) que permite às aplicações utilizar MPI (Message Passing Interface) e fazer "bypass" ao Sistema Operativo nas operações de I/O, com escrita/leitura direta no hardware das cartas de rede. Suportado com cartas Cisco VIC (VIC 1240, VIC 1280, VIC 1225).
  • Suporte para Virtual Machine Queue (VMQ): suporte para Microsoft VMQ nas cartas de rede Cisco VIC. Permite que a cartas de rede Cisco VIC dediquem um par de queues de leitura/escrita a cada NIC das VM's Hyper-V. O suporte de VMQ aumenta o desempenho de I/O e diminui o consumo de CPU do host Hyper-V.

Operational Enhancements

  • Ligação directa de servidores Cisco UCS C-Series (rack-mount) aos Fabric Interconnects: esta nova funcionalidade permite ligar servidores C-Series diretamente aos Fabric Interconnect, desde que estejam equipados com cartas de rede Cisco VIC
  • "Two-factor Authentication" no login do UCS Manager: é possível obrigar a utilização de um "token" para além do tradicional username/password no acesso ao UCS Manager e ao KVM dos servidores.
  • VM-FEX para Hyper-V com gestão no Microsoft SCVMM: O VM-FEX dedica um interface virtual da carta de rede Cisco VIC a cada interface virtual das VM's. O network I/O passa a ser efectuado em hardware, em oposição ao virtual switch, e as definições dos interfaces de rede passam a ser centralizados no UCS Manager. Com esta versão, passa a haver uma integração complete entre UCS Manager e SCVMM (via plug-in).
  • CIMC in-band Management: o acesso para gestão às blades (KVM console, vMedia, SoL), era efectuado através dos interfaces de gestão dos Fabric Interconnect (FI), estando portanto limitados a 1Gbps. Com a versão 2.2 do UCS Manager, passa a ser possível ter a gestão das blades através dos uplinks de dados dos FI. Desta forma, ganha-se em largura de banda (relevante para CD-ROM virtual) e os interfaces dos FI ficam dedicados ao UCS Manager.
  • Acesso Direto ao KVM: passa a ser possível aceder diretamente ao KVM de cada blade via URL http://<IP_address of CIMC> ou https://<IP_address of CIMC>
  • Server Firmware Auto Sync: assegura a consistência e compatibilidade de firmware quando se adiciona um servidor novo ou de substituição (RMA) a um domínio UCS. É possível definir globalmente uma versão de firmware, que vai assegurar que novos servidores sejam "sincronizados" para essa versão antes de entrarem em produção.

Compute Enhancements

  • Secure Boot: estabelece uma cadeia de confiança na sequência de boot que previne a execução de imagens de BIOS não autorizadas.
  • Gestão melhorada do storage local: melhor monitorização da controladora RAID e dos discos locais;
  • Precision Boot Order Control: permite a criação de políticas de boot com vários devices de boot locais (e.g. FlexFlash, Local LUN, USB, vMedia, LAN, SAN, and iSCSI)
  • Suporte para FlexFlash (local SD card): passa a ser possível controlar a utilização e o RAID em cartões SD internos.
  • Flash e HDD firmware Management: gestão de firmware das cartas flash e dos discos locais baseada em políticas
  • Trusted Platform Module (TPM) Inventory: permite o acesso e inventários do módulos TPM, sem ser necessário aceder à BIOS via KVM.
  • DIMM Blacklisting and Correctable Error Reporting: as DIMM são monitorizadas e colocadas numa "lista negra" caso apresentem erros incorrigíveis. Em boots subsequentes dos servidores, esses DIMM's não vão ser utilizados.

Cisco Whiptail Storage Solutions

A Cisco completou a aquisição da empresa Whiptail em finais de Outubro 2013. A Whiptail (agora parte integrante da Cisco), é líder em sistemas de memória "solid-state", escaláveis e de elevado desempenho. A utilização destes sistemas acelera claramente o desempenho das aplicações reduzindo drasticamente a latência das operações de I/O e aumentando substancialmente a quantidade de IOPS (IO's por segundo).
A estratégia da Cisco é desenvolver os produtos Whitpail e Cisco UCS de forma a obter-se uma elevada integração entre computação e storage, o que vai beneficiar os nossos clientes quer em termos de desempenho das aplicações quer em termos de gestão unificada da infraestrutura subjacente.


A imagem anterior antecipa a próxima geração de inovações ao nível do UCS e tecnologias relacionadas. Uma delas, "Data Acceleration", consiste em disponibilizar memória persistente, escalável e de elevado desempenho, como mais um recurso na pool de recursos físicos disponibilizados aos sistemas operativos e aplicações. A aquisição da Whiptail vem ajudar a materializar esta estratégia.


Os sistemas Cisco Whiptail são:

  • ACCELA: sistemas entry-level desde 3TB a 24TB;
  • INVICTA: sistemas mid-range e high-end até 720TB

Estes sistemas correm o sistema operativo RaceRunner que foi desenvolvido especificamente para sistemas de storage solid-state.

Informação técnica mais detalhada no respectivo datasheet.