Guest

Cisco e IBM juntas no combate ao cibercrime

Hierarchical Navigation

Este acordo pretende otimizar a capacidade de defesa dos clientes através da integração de tecnologia, serviços e cooperação de inteligência contra ameaças

Nova Iorque, 1 de junho de 2017. – A Cisco e a IBM anunciam uma parceria para proteger as empresas face ao às crescentes ameaças cibernéticas a nível global. Através deste novo acordo, a Cisco e a IBM irão trabalhar em conjunto nas diversas áreas de produtos, serviços, bem como na inteligência contra ameaças.

As soluções de segurança da Cisco serão integradas na plataforma QRadar da IBM para proteger as empresas através das redes, terminais e na Cloud. Os clientes também têm benefícios com o alcance do apoio da IBM Global Services para produtos da Cisco nas suas ofertas de serviços (Managed Security Service Provider, MSSP). Da mesma forma, o acordo estabelece uma nova relação entre as equipas de investigação da IBM X-Force e da Cisco Talos, que vão começar a trabalhar na inteligência contra ameaças e coordenar contra os principais incidentes de segurança cibernética.

Um dos maiores problemas das equipas de segurança é a proliferação de soluções de segurança pontuais, que não comunicam ou se integram entre si. De acordo com um estudo da Cisco realizado recentemente com 3.000 gestores de segurança, 65% das organizações usam seis a 50 diferentes produtos de segurança. Administrar esta complexidade é um desafio para as equipas de segurança que pode levar a potenciais falhas na segurança. A colaboração entre a Cisco e a IBM foca-se em ajudar as empresas a reduzir o tempo necessário para detetar ameaças, oferecendo-lhes algumas ferramentas integradas para automatizar a resposta à ameaça com mais rapidez e precisão.

Integrar a defesa contra ameaças nas redes e na Cloud

O custo dos incidentes de segurança e perda de dados continua a aumentar nas empresas. De acordo com o Ponemon Institute, em 2016 houve um registo que atingiu o máximo de custo, atingindo assim 4 milhões (29% mais em comparação com os últimos três anos). A resposta lenta a um caso destes pode também aumentar o custo do mesmo. Incidentes que tiveram mais de 30 dias de resolução podem ter um custo adicional de um milhão de dólares em comparação com um caso resolvido em menos de 30 dias. Assim, é necessária uma maior visibilidade das ameaças, bem como capacidade de bloqueá-las mais rapidamente, essencial numa estratégia de segurança contra ameaças.

A combinação de soluções de segurança da Cisco de última geração – baseadas numa arquitetura integrada – com a Cognitive Security Operations Platform da IBM, ajudará os clientes a proteger as suas empresas de forma mais eficaz a partir da rede até aos terminais e na Cloud.

Como parte da parceria, a Cisco desenhará novas aplicações para a segurança da plataforma analítica QRadar da IBM. As duas primeiras aplicações ajudarão as equipas de segurança a compreender e controlar ameaças avançadas e estará disponível no portal IBM Security App Exchange. Estas novas aplicações irão otimizar a experiência do utilizador e ajudar os clientes a identificar e corrigir incidentes de forma mais eficaz quando se utiliza o Next-Generation Firewall Cisco (NGFW), o Next-Generation Intrusion Protection System (NGIPS) e soluções de proteção avançada de Malware (AMP) e Threat Grid da Cisco.

Da mesma forma, a plataforma de Incident Response Resilient (IRP) da IBM será integrada com o Threat Grid da Cisco para fornecer às equipas a visibilidade de segurança que lhes permitem responder aos ataques mais rápido. Por exemplo, os analistas podem avaliar indicadores de compromisso IRP para a divisão de inteligência e ameaças Cisco Grade Threat ou bloquear malwares suspeitos através da tecnologia de sandbox. Isso permite que as equipas de segurança obtenham informações valiosas sobre os incidentes no momento da resposta.

Inteligência de ameaças e serviços geridos

As equipas de investigação da IBM X-Force e da Cisco Talos vão colaborar na investigação de segurança para atender aos principais desafios de cibersegurança que os clientes enfrentam. Para clientes em comum, oferecem uma integração da IBM X-Force Threat Exchange e do Cisco Grid. Esta integração expande a inteligência de ameaças tanto histórica como em tempo real, que os analistas de segurança podem então correlacionar ganhando maior visibilidade.

Por exemplo, a Cisco e a IBM partilharam recentemente inteligência de ameaças para controlar o ataque de ransomware WannaCry. Coordenados com as suas equipas de resposta e investigadores, trocaram conhecimento sobre a forma de propagação do malware. Irão continuar a colaborar nesta investigação para garantir que os clientes e a indústria têm toda a informação relevante disponível.

Através desta parceria, a equipa da IBM Managed Security Services, que gere a segurança de mais de 3.700 clientes a nível global, irá trabalhar com a Cisco para fornecer novos serviços que permitam reduzir a complexidade. Uma das primeiras ofertas é projetada para o crescente mercado da Cloud híbrida. À medida que as organizações migram a sua infraestrutura de segurança para fornecedores de Cloud públicos e privados, a IBM Security fornece serviços de segurança geridos, dando apoio à plataforma de segurança da Cisco em Clouds públicas líderes.

Declarações de Apoio

  • David Ulevitch, Vice-Presidente e Diretor Geral da Divisão de Segurança da Cisco: A estratégia de segurança da Cisco, baseada na arquitetura, permite que as organizações possam detetar ameaças uma vez e detê-las em qualquer lugar. Ao combinar o portfólio completo de segurança Cisco com a plataforma de resposta e operações da IBM Security, oferecemos as melhores soluções e serviços de segurança através da rede, terminais e Cloud, combinadas com análises avançadas e capacidades de orquestração”.
  • Marc van Zadelhoff, Diretor Geral da IBM Security: “A IBM aposta desde há muito numa estratégia de uma colaboração aberta e de partilha de conhecimento para lutar contra as ameaças cibernéticas. Com a colaboração da Cisco, os clientes podem aumentar a capacidade de otimizar o uso de tecnologias cognitivas como a IBM Watson para a cibersegurança. Além disso, a colaboração entre as equipas da IBM X-Force e Cisco Talos é um avanço na luta do ‘bem’ contra o cibercrime”.

Sobre a IBM Security

IBM Security oferece um dos portfólios de soluções e serviços de segurança para empresas mais avançadas e integradas. O portfolio, apoiado pelo grupo de pesquisa de segurança X-Force® IBM, permite às organizações gerir riscos de forma mais eficaz e de se defender contra ameaças inesperadas. A IBM administra uma das maiores organizações de pesquisa de segurança, desenvolvimento e implementação do mundo, monitorizando 35.000 milhões de eventos de segurança todos os dias em mais de 130 países e possui mais de 3.000 patentes de segurança. Para mais informações, visite www.ibm.com/security, siga @IBMSecurity no Twitter ou visitar o blog IBM Security Intelligence.

Acerca da Cisco

A Cisco (NASDAQ: CSCO) é líder mundial em tecnologia que tem mantido a Internet a funcionar desde 1984. As nossas pessoas, produtos e parceiros ajudam a sociedade a estar conectada de forma segura e encontrar hoje a oportunidade digital de amanhã. Para ter acesso aos Comunicados de Imprensa em português visitar http://www.cisco.com/web/PT/press/press_home.html.

Para mais informações visite http://thenetwork.cisco.com e http://newsroom.cisco.com/emearnetwork/.

Siga a Cisco Portugal no Twitter:

Para obter mais informação:

Cisco Portugal
Ariadna Hernández, Diretora de Comunicação
ariahern@cisco.com

LEWIS
Ana Luzia, Head of Lisbon
Tel.: 213 245 016
E-mail: ana.luzia@teamlewis.com

Conte connosco

  • Ligue grátis 800 880 456
  • Dias úteis, 9h-13h e 14h-18h