Guest

Cisco acrescenta novos parceiros à Intercloud e simplifica a adoção da Cloud híbrida

Hierarchical Navigation

35 novos ISVs juntam-se à iniciativa, enquanto as novas funcionalidades de Intercloud Fabric optimizam o suporte de clouds públicas com maior segurança, controlo e flexibilidade


A Cisco acaba de anunciar a inclusão de 35 Independent Software Vendors (ISVs) à sua iniciativa Intercloud, a maior rede mundial de Clouds interligadas que a Cisco está a construir com os seus parceiros.

Este primeiro grupo de ISVs, escolhidos cuidadosamente, irá acelerar a criação de serviços cloud inovadores através de três áreas chave – plataformas de desenvolvimento de próxima geração, Big Data e analytics e serviços cloud para a Internet of Everything (IoE) –  com o objetivo final de ajudar as empresas a aproveitar as oportunidades que a IoE oferece.

A empresa também optimizou a sua solução Cisco Intercloud Fabric com novas funcionalidades de segurança, gestão entre clouds e suporte para hypervisors adicionais. Estas inovações reduzem ainda mais a complexidade da Cloud híbrida, facilitando o movimento flexível das cargas de trabalho e mantendo as políticas de rede e segurança através  de ambientes de Cloud públicos e privados.

A Cisco Intercloud Fabric conta com mais de 100 clientes e 65 parceiros em todo o mundo. Dez parceiros Intercloud – Cirrity, Datalink, iLand, Long View, Peak 10, Presidio, QTS, Quest, Sungard Availabity Services e Virtustream – anunciaram ontem no Cisco Live os novos serviços de cloud híbrida, construídos na Cisco Intercloud Fabric. A Cisco anunciou também que a KPIT Technologies, Macmillan Publishing e o Salvation Army estão a utilizar a Cisco Intercloud Fabric para implementar um modelo operacional único nos ambientes de desenvolvimento e teste, controlo de qualidade e  produção.

Desenvolver serviços Cloud para a Internet of Everything
A Cisco e os seus parceiros oferecem às empresas serviços e aplicações Cloud de próxima geração através do Cisco Intercloud Marketplace, um mercado global centrado nos parceiros que será lançado este outono. Assim, os novos serviços dos ISVs anunciados no Cisco Live são:

  • Plataformas de desenvolvimento: os especialistas estão a fazer a transição da utilização da cloud para ambientes simples de desenvolvimento/teste para a criação e distribuição de aplicações de produção. A Cisco anuncia que está a estabelecer parecerias com diferentes empresas de desenvolvimento de aplicações comerciais –  como por exemplo Apprenda, Active State e Docker – de forma a incluir os seus ambientes inovadores de desenvolvimento cloud na Intercloud. Na mesma linha, está também a expandir a sua participação nas principais comunidades de desenvolvimento open source, como Cloud Foundry, OpenShift e Kubernetes. Como complemento, a Cisco está a desenvolver um conjunto de ferramentas para a integração contínua e desenvolvimento que irá ajudar os especialistas a construir micro-serviços baseados em containers. Por último, a comunidade de desenvolvimento da Cisco pode aceder, através do DevNet, às últimas APIs e micro-serviços das tecnologias Cloud, IoE e Big Data da Cisco, que são oferecidas através da Intercloud.

 

  • Big Data e Analytics: As organizações procuram novas fórmulas de gerir o crescimento exponencial de dados e obter capacidade de análise em tempo real. Para responder a esta necessidade, a Cisco está a colaborar com os principais fornecedores de soluções big data, como por exemplo, MapR, Hortonworks, Cloudera e a Comunidade Apache Hadoop. Ao trabalhar com estes parceiros, a Cisco irá ampliar  de forma segura as soluções Hadoop on-premise à Cloud e proporcionará uma verdadeira implementação híbrida de soluções Big Data empresariais, tornando mais fácil para os clientes a manutenção das mesmas políticas, controlo e segurança nas suas próprias implementações de Big Data, oferecendo assim uma grande flexibilidade e uma escalabilidade virtualmente ilimitada.
  • Serviços Cloud para a IoE: Como complemento às plataformas de desenvolvimento e às funcionalidades poderosas de Big Data e analytics necessárias para a IoE, a Cisco proporcionará APIs à comunidade para garantir as funcionalidades de controlo, rendimento e segurança desde o data center até ao dispositivo, algo crítico quando se trata de gerir mil milhões de conexões. A Cisco irá também oferecer, através da Intercloud, serviços IoE chave como Virtualização de Dados, Energywise (gestão elétrica através da rede) e Cisco Services Exchange Platform. Com este modelo aberto em torno de APIs e micro-serviços, os especialistas e as empresas terão a capacidade de integrar estas funcionalidades nos seus próprios serviços e aplicações.

 

Entre este primeiro grupo de novos especialistas de aplicações para a Cisco Intercloud Marketplace encontram-se: ActiveState, Apprendra, Basho, Chef, Citrix, CliQr, Cloud Enabled, CloudBerry Lab, Cloudera, Cloudify, CloudLink, Couchbase, CTERA, Datadog, Davra Networks, Desktopsites, Druva, Egnyte, ElasticBox, F5 Networks, Hortonworks, Informatica, MapR, MongoDB, Moonwalk, Nirmata, Panzura, Pegasystems, Platfora, Sanovi, ScaleArc, Skytree, StoAmigo Talisen Technologies e Zenoss.

Simplificar a Cloud Híbrida com a Cisco Intercloud Fabric
À medida que as empresas conectam as clouds privadas às públicas, deparam-se com uma grande complexidade gerada pelos ambientes heterógenos distintos, formados por diferentes infraestruturas, hypervisors, interfaces de utilizador e requisitos de segurança.

Com a Cisco Intercloud Fabric, as organizações podem eliminar essa complexidade mantendo o mesmo modelo operacional único, assim como as políticas de rede e segurança, e obtendo um movimento flexível de cargas de trabalho através de ambientes híbridos independentes do hypervisor escolhido, e tudo a partir de uma única consola de gestão.

As novas funcionalidades da Cisco Intercloud Fabric simplificam ainda mais a adoção da cloud híbrida, suportando a grande maioria das clouds públicas e dos hypervisors em três grandes áreas chave:

  • Segurança: A Cisco ampliou o suporte de VSG para a plataforma Microsoft Azure. A firewall Cisco Intercloud Fabric permite garantir a segurança do tráfego entre máquinas virtuais sem necessidade de o redirecionar ao extremo da rede graças ao Cisco Virtual Security Gateway (VSG). Com o suporte de VSG na Cisco Intercloud Fabric, os clientes que utilizam VSG nos switches Cisco Nexus® 1000V Series no data center das suas empresas, podem expandir as mesmas políticas à instância VSG, na cloud pública. Assim, podem ter políticas de firewall consistentes em toda a sua infraestrutura de cloud híbrida.

 

  • Controlo: A Cisco está a expandir o suporte de máquinas virtuais a Amazon VPC. As funcionalidades de suporte permitem às organizações ampliar facilmente a gestão das máquinas virtuais já implementadas nas clouds públicas, identificando máquinas virtuais pré-existentes e movendo-as sob o controlo da Cisco Intercloud Fabric.
  • Flexibilidade: Cisco Intercloud Fabric suporta agora OpenStack KVM e Microsoft Hyper-V, que se juntam ao suporte a VMware vSphere, oferecendo assim uma grande flexibilidade e capacidade para conectar qualquer tipo de ambiente cloud público, independentemente do hypervisor.

 

Recursos Adicionais

  • Blog de Nick Earle, senior vice president, Global Cloud and Managed Services, Cisco
  • Blog de Peder Ulander, vice president, Cloud Services, Cisco.
  • Blog de Gee Rittenhouse, senior vice president, Cloud and Virtualization Group, Cisco
  • Blog de Edison Peres, senior vice president, Global Cloud and Managed Services Partner Organization, Cisco
  • Vídeo: The Salvation Army utiliza Cisco Intercloud Fabric.