Guest

Cisco Unified Communications 300 Series for Small Business (UC300)

Cisco Unified Communications 300 Series Model UC320W Administration Guide (Portuguese, Portugal)

Cisco UC320W
Small Business Unified Communications System
Manual de Administração do Cisco UC320W

Índice

Iniciação

  • Descrição geral e requisitos do sistema
  • Iniciação - Ver iniciação
  • Iniciação - Objectivo: Seleccionar a topologia da rede
  • Iniciação – Objectivo: Actualizar firmware (Cloud Services)
  • Iniciação - Objectivo: Ligar todos os dispositivos
  • Local

  • Bem-vindo
  • Região
  • Acesso ao sistema (início de sessão e acesso de administrador)
  • Manutenção automática
  • Telefonia do local

  • Configuração da telefonia do local
  • Dispositivos (endereços MAC e estado de gateways, telefones e consolas laterais)
  • PBX/Sistema-chave
  • Funcionalidades do modo diurno/nocturno (activação do Atendimento automático, definição do agendamento para AA e encaminhamento de chamadas)
  • Marcação interna (tamanho da extensão, extensões do sistema e utilização de dígitos)
  • Restrição de marcação (classes de restrição para privilégios de marcação)
  • Música (fonte de música para chamadas em espera e retenção de chamadas)
  • Hardware

  • Configuração de hardware
  • Portas de linha (FXO) (para linhas telefónicas analógicas)
  • Ajustar ganho FXO
  • Correspondência de impedância FXO
  • Portas FXS (para dispositivos analógicos)
  • Ramais SIP/BRI (para serviços VoIP)
  • Ramais de saída
  • Utilizadores/Telefones

  • Configuração de utilizadores/telefones
  • Utilizadores (nomes e extensões)
  • Atribuir telefones (atribuições de telefones de utilizadores)
  • Botões de extensões

  • Botões de extensões
  • Linhas FXO partilhadas (linhas telefónicas analógicas reservadas para utilizadores ou grupos)
  • Extensões partilhadas (extensões partilhadas por vários utilizadores)
  • Extensões adicionais (extensões pessoais extra)
  • Encaminhamento cham.

  • Configuração do encaminhamento de chamadas
  • Paging de chamadas (paging externo e grupos de paging)
  • Grupos de busca (encaminhamento de chamadas simultâneo ou sequencial para grupos)
  • Atend. automático (mensagens e opções do menu AA)
  • Utilizar o gravador de mensagens de AA
  • Chamadas recebidas (encaminhamento de chamadas recebidas)
  • Func. de utiliz./grupo

  • Configuração das funcionalidades de utilizador/grupo
  • Reencaminhamento de chamadas (definições de reencaminhamento de chamadas de utilizadores)
  • Privilégios de marcação (permissões de marcação baseadas em classes de restrição)
  • Correio de voz
  • Botões de telefone (botões em telefones e consolas laterais)
  • Etiquetas de botões de telefone
  • Directório (directórios telefónicos para extensões e números externos)
  • Rede

  • Rede
  • Topologia
  • WAN (ligação à Internet)
  • LAN (definições de rede de voz e dados)
  • Sem fios (definições de segurança sem fios)
  • Reencaminhamento de portas (acesso a serviços alojados na rede)
  • Aplicar alterações

  • Resumo do local
  • Aplicar configuração
  • Módulo "Estado"

  • Visualização rápida
  • Dispositivos
  • Redes
  • Clientes DHCP
  • Correio de voz
  • Ramais externos
  • RDC
  • Ferramentas de suporte
  • Vizinhos CDP
  • Clientes sem fios
  • Como... ?

  • Como?

  • Índice

    Descrição geral e requisitos do sistema

    O Cisco UC320W Configuration Utility ajuda a configurar o Unified Communications System de forma rápida e fácil.

    A interface do utilizador dinâmica inclui dois modos para ajudar a instalar, configurar e gerir o Unified Communications System.

    • Configuração inicial: Ao criar uma nova configuração, a interface do utilizador facilita a ligação a serviços, a instalação do equipamento e a configuração das funcionalidades do local. Em primeiro lugar, irá utilizar o menu Iniciação para executar as principais tarefas de instalação. Em seguida, no módulo de configuração, a interface irá ajudá-lo em cada passo do processo de configuração. Enquanto trabalha, também pode aceder ao menu Estado para visualizar informações.
    • Gestão contínua: Ao trabalhar a partir de uma configuração aplicada, a interface do utilizador facilita a monitorização e a manutenção do Unified Communications System. A página Visualização rápida fornece uma descrição geral do estado. Utilize as ligações na página Visualização rápida e na árvore de navegação para visualizar informações detalhadas sobre a rede, os dispositivos e o sistema de telefonia. Também pode visualizar registos detalhados de chamadas e relatórios do sistema. É igualmente possível aceder ao menu Configuração para rever ou modificar as definições.

    Requisitos do sistema

    • Computador com um browser da Web. A Cisco recomenda o Internet Explorer versão 7 ou 8, o Firefox versão 3.6, o Safari versão 4 ou 5 e o Google Chrome 10. Para obter melhores resultados, defina a resolução do ecrã como 1024x768 ou superior. Tenha em atenção que as barras de ferramentas adicionais do browser irão reduzir a área do ecrã utilizável. Na resolução 1024x768, são apresentadas, no máximo, quatro barras de ferramentas.
    • Adobe Flash Player versão 11.0.1.152 ou posterior. Importante: Apenas a versão 10.x é compatível com as edições do Cisco UC320W anteriores à versão 2.1.2. Para instalar a versão 10.x, consulte kb2.adobe.com/cps/142/tn_14266.html#main_Archived_versions. Se tiver instalado a versão 2.1.2 ou posterior do firmware, pode instalar a última versão do Flash Player a partir de get.adobe.com/flashplayer.
    • Telefones IP Cisco SPA300 Series ou Cisco SPA500 Series. É possível ter até 25 utilizadores. Nota: Apenas podem ser licenciados 24 telefones, incluindo todas as portas FXS do Cisco SPA8800 activadas, para o Cisco UC320W. A porta FXS incorporada no Cisco UC320W não é contabilizada para este limite de licenças.
    • Transformadores para os telefones, conforme necessário. Os telefones Cisco SPA300 Series requerem sempre transformadores. Os telefones Cisco SPA500 Series podem receber alimentação de um comutador Power over Ethernet.
    • Cabos Ethernet para ligar telefones IP e computadores.
    • Para funcionamento sem fios, ligue correctamente as antenas à base. Poderá verificar-se a perda de sinal, caso uma antena não esteja colocada de forma correcta.
    • Serviço de Internet. É requerida uma ligação WAN para o funcionamento do Cisco UC320W. As definições de hora são fornecidas por um servidor NTP.
    • Serviço de voz sobre IP (VOIP) ou serviço telefónico analógico.

    Serviços e equipamentos opcionais

    • Router seguro para acesso à Internet: A Cisco recomenda a utilização de um router seguro, como, por exemplo, o Cisco SRP500 Series Services Ready Platform ou o Cisco SA500 Series Security Appliance.
    • Portas adicionais para telefones IP e dispositivos de rede: Pode adicionar portas Ethernet, ligando um comutador Ethernet a uma porta LAN do Cisco UC320W. (Tenha em atenção que não é recomendada a utilização de um concentrador Ethernet numa rede de voz sobre IP.) Para o melhor desempenho e uma fácil implementação, a Cisco recomenda o Cisco ESW520 24-Port 10/100 PoE Switch, o Cisco SF302-08P 8-Port 10/100 PoE Managed Switch com Uplinks Gigabit e o Cisco SF300-24P 24-Port 10/100 PoE Managed Switch com Uplinks Gigabit. Ao executar o último firmware disponível, estes comutadores têm as definições de VLAN e QoS requeridas para o funcionamento em conjunto com o Cisco UC320W. Poderão ser utilizados outros comutadores, mas poderá ser necessário configurar as definições de VLAN e QoS (VLAN de voz 100, sub-rede da VLAN de voz predefinida 10.1.1.1). Para obter mais informações, consulte o Manual de concepção em http://www.cisco.com/web/partners/sell/smb/tools_and_resources/unified_communications_300.html (início de sessão de parceiro requerido).
    • Portas adicionais para dispositivos analógicos e linhas telefónicas analógicas: Pode adicionar até dois gateways de telefonia IP Cisco SPA8800 com 4 portas FXO e 4 portas FXS. Nota: Apenas podem ser licenciados 24 telefones, incluindo todas as portas FXS do Cisco SPA8800 activadas, para o Cisco UC320W. A porta FXS incorporada no Cisco UC320W não é contabilizada para este limite de licenças.
    • Serviço ISDN BRI: Instale até dois Mediatrix 4400 Digital Gateways. Ligue o Cisco UC320W e os gateways BRI a um router seguro, tal como um Cisco SA500 Series Security Appliance. Estão disponíveis notas de aplicação com a documentação técnica do Cisco UC320W em cisco.com.
    • Kit de fixação do cabo de alimentação: Para evitar a remoção acidental do cabo de alimentação, pode instalar o kit de fixação do cabo de alimentação fornecido. Remova o parafuso junto à porta de alimentação. Coloque o grampo no cabo de alimentação. Introduza o parafuso e aperte o mesmo ao Cisco UC320W.

    Nota: Para obter melhores resultados, instale o firmware mais recente para quaisquer dispositivos de rede, tais como routers e comutadores Ethernet, antes de continuar.

    Processo de início

    Após iniciar sessão no utilitário de configuração, ocorre um dos seguintes processos.

    • Se estiver a iniciar o utilitário de configuração pela primeira vez, ser-lhe-á solicitado que introduza um novo nome de utilizador e palavra-passe. Em seguida, é apresentado o menu Introdução ao Cisco UC320W que irá ajudá-lo nas tarefas de configuração iniciais.
    • Se tiver aplicado uma configuração, o sistema carrega as definições e as informações de estado mais recentes. Pode rever ou modificar as definições conforme necessário. Nota: Se tiver uma sessão guardada com uma marca de hora mais recente do que a última configuração aplicada, ser-lhe-á solicitado que seleccione o ficheiro que pretende iniciar.

    Introdução ao Cisco UC320W

    O menu Iniciação fornece acesso a tarefas essenciais. Principalmente, se estiver a utilizar esta ferramenta pela primeira vez, recomenda-se vivamente que clique em cada ligação e execute cada tarefa pela ordem especificada. Uma nova janela irá apresentar mais informações sobre a tarefa seleccionada. Os utilizadores experientes podem optar por ignorar tarefas. Clique no botão Iniciar configuração para prosseguir para o módulo de configuração.

    Nota: O botão Iniciar configuração estará disponível após executar ou ignorar as tarefas no menu.


    Índice

    Objectivo: Ver o vídeo introdutório

    Pode abrir a iniciação a partir do menu Iniciação ou do menu Ajuda junto ao canto superior direito da janela. Se estiver a utilizar o utilitário de configuração pela primeira vez, poderá considerar útil ver este pequeno vídeo para se familiarizar com as funcionalidades. Após a visualização do vídeo, feche a janela de contexto.


    Índice

    Objectivo: Seleccionar a topologia da rede

    Seleccione a topologia da rede. Para obter ajuda, clique no botão Ajudar a seleccionar ou coloque o ponteiro do rato sobre os ícones de ponteiro no ecrã. Seleccione a topologia, introduza quaisquer definições requeridas e, em seguida, clique em Aplicar agora. O Cisco UC320W poderá reiniciar à medida que as definições são aplicadas. Consoante as alterações de topologia, poderá ser necessário ajustar o PC ao novo endereçamento de rede. Poderá ser igualmente necessário restabelecer a ligação ao utilitário de configuração, introduzindo um novo endereço IP de LAN no browser da Web.

    Atenção: Esta tarefa é especialmente importante, caso esteja a instalar o Cisco UC320W numa rede onde outro dispositivo funciona como o servidor DHCP. Se existirem dois servidores DHCP na mesma rede, irão ocorrer conflitos de endereços IP. Se tiver outro servidor DHCP, certifique-se de que executa esta tarefa antes de ligar quaisquer dispositivos LAN.


    Índice

    Objectivo: Actualizar firmware

    Este passo é importante para configurar a ligação à Internet, de forma a permitir o acesso à Web. Se for possível ao UC320W estabelecer uma ligação à Internet através de DCHP, será disponibilizado o último firmware disponível. Caso contrário, este será disponibilizado após configurar a ligação WAN. Embora possa ignorar este passo, recomenda-se que active a ligação à Internet e efectue a actualização para o último firmware imediatamente.

    Quando a ligação à Internet estiver activada, o Cisco UC320W Configuration Utility acede aos seguintes tipos de funcionalidades da nuvem:

    • Itens do menu Ajuda adicionais, tais como Small Business Support Community
    • Itens de menu de nível superior adicionais que executam aplicações da nuvem, tais como um formulário de comentários
    • Uma aplicação da nuvem que é executada automaticamente e que pode realizar qualquer uma das seguintes funções:
    • Disponibilizar actualizações de firmware que poderá instalar com apenas um clique num botão.
    • Enviar notificações que fornecem informações úteis para administradores do Cisco UC320W.
    • Gerir remotamente Ficheiros de Modificação da Plataforma.
    • Recolher informações do sistema, tais como ficheiros de configuração (excluindo palavras-passe), firmware instalado, Ficheiros de Modificação da Plataforma e definições de idioma.

    Definições de WAN

    Tipo de WAN : (disponível se não for possível estabelecer uma ligação DHCP automaticamente) Seleccione o tipo de ligação à Internet requerido pelo fornecedor de serviços. Em seguida, introduza as informações para o tipo de WAN especificado. (É efectuada uma ligação DHCP automaticamente.) Consulte as informações disponibilizadas pelo fornecedor de serviços relativas à sua conta do serviço de Internet. Para obter informações sobre os campos no ecrã, pode colocar o ponteiro do rato sobre um campo para ver uma descrição.

    Após a introdução das definições, clique em Aplicar agora para aplicar as mesmas imediatamente.

    Se pretender actualizar o firmware utilizando um ficheiro no PC, clique em Actualizar a partir do PC e seleccione o ficheiro.


    Índice

    Objectivo: Ligar todos os dispositivos

    Nesta etapa do processo de iniciação, pode instalar os telefones, os gateways de telefonia IP Cisco SPA8800 e os computadores. Utilize cabos Ethernet para ligar estes dispositivos directamente às portas LAN do Cisco UC320W ou ligue um comutador Ethernet a uma porta LAN e, em seguida, ligue os dispositivos às portas LAN do comutador. Após a detecção dos dispositivos, são apresentadas informações de estado no ecrã. Este processo pode demorar algum tempo.

    Quando concluir a ligação dos dispositivos, clique em Todos os dispositivos ligados.

    Nota: A Cisco recomenda a utilização de um Cisco ESW500 Series Ethernet Switch com Power over Ethernet. Poderão ser utilizados outros comutadores, mas estes podem requerer a configuração das definições de VLAN e QoS. A VLAN de voz predefinida é VLAN 100. A sub-rede de VLAN de voz predefinida é 10.1.1.x. Para obter mais informações sobre opções de implementação, consulte o Manual de concepção em http://www.cisco.com/web/partners/sell/smb/tools_and_resources/unified_communications_300.html (início de sessão de parceiro requerido).

    Atenção: Se estiver a utilizar outro dispositivo como o servidor DHCP para a LAN, não ligue dispositivos até concluir a tarefa Topologia da rede.


    Índice


    Índice

    Bem-vindo

    No módulo de configuração, a interface irá ajudá-lo em cada passo do processo de configuração. Antes de começar, deverá ler as informações abaixo para se familiarizar com as funcionalidades de introdução de dados e navegação.

    IMPORTANTE: As definições não são aplicadas aos dispositivos até aplicar a configuração. Se fechar o módulo de configuração sem aplicar a configuração ou guardar as definições, quaisquer alterações não guardadas são rejeitadas.

    Navegação para uma nova configuração

    • Ordem das tarefas: Ao criar uma nova configuração, tem de executar os passos pela ordem indicada. Clique em Seguinte para avançar para o próximo passo ou clique em Voltar para regressar à página anterior. Utilize as ligações na árvore de navegação para regressar a qualquer página visualizada anteriormente. As ligações não estão disponíveis para as páginas que ainda não visualizou.
    • Ignorar passos: Na maioria das páginas de configuração, caso não tenha a certeza quanto às definições ou não esteja pronto para introduzir as mesmas, pode clicar em Seguinte para ignorar esse passo. Poderá regressar a essas tarefas em sessões posteriores, conforme necessário. Serão apresentadas mensagens de erro, se tentar ignorar um passo obrigatório.
    • Ícones da árvore de navegação: São apresentados ícones na árvore de navegação para indicar o estado de cada tarefa de configuração:
    • Sinalizador azul: Foram efectuadas alterações.
    • X vermelho: Existem erros de validação nesta página. Não é possível aplicar a configuração até todos os erros estarem corrigidos.
    • Páginas de resumo: No final de cada secção, é apresentada uma página de resumo. Pode rever as definições de cada página na secção. As hiperligações tornam mais fácil avançar para uma página e alterar as definições. O sistema guarda automaticamente as definições após clicar em Seguinte.
    • Guardar automaticamente uma nova configuração: Para uma nova configuração, a funcionalidade GUARDAR AUTOMATICAMENTE guarda automaticamente as definições à medida que avança para a página Resumo seguinte. Também pode guardar a sessão, clicando no botão Guardar na barra de menus.
    • Regressar ao menu Iniciação: Até aplicar a configuração, pode regressar ao menu Iniciação, clicando em Iniciação na barra de menus.
    • Começar novamente: Para reiniciar no modo de configuração inicial, clique no botão Novo na barra de menus. Nota: A criação de uma nova configuração irá remover todas as definições de configuração. Não serão efectuadas alterações ao sistema de correio de voz ou a outras definições do local. Para repor as predefinições de fábrica do Cisco UC320W, mantenha premido o botão Reset (Repor) durante 10 segundos. As predefinições de fábrica do Cisco UC320W serão repostas. Perder-se-á toda a configuração. O nome de utilizador/palavra-passe serão repostos para cisco/cisco. Todas as chamadas serão desligadas e o tráfego de rede irá parar. Se seleccionou uma topologia de rede diferente de O Cisco UC320W encaminha voz e dados, deve desligar o Cisco UC320W da LAN para evitar que o servidor DHCP entre em conflito durante a reconfiguração do Cisco UC320W.
    • Visualizar as páginas Estado: Para visualizar as informações de estado do sistema, clique em Estado na barra de menus.

    Introdução de dados no módulo de configuração

    • Mostrar/ocultar botões: Para simplificar a apresentação, algumas funcionalidades estão ocultas até ser necessário utilizar as mesmas. À medida que começa a introduzir informações numa página, podem ser apresentadas funcionalidades adicionais. Várias páginas incluem botões nos quais pode clicar para mostrar ou ocultar campos.
    • Deslocamento: Em algumas páginas, poderá ser necessário utilizar as barras de deslocamento vertical ou horizontal para visualizar todos os campos.
    • Campos obrigatórios: Os campos obrigatórios são indicados por um ícone junto ao nome do campo.
    • Erros: Se omitir informações requeridas ou introduzir informações inválidas, é apresentada uma mensagem de erro. Um ícone X vermelho é igualmente apresentado junto ao campo e na barra de navegação junto ao nome da página de configuração. Pode clicar no botão Seguinte para continuar sem corrigir os erros, mas não será possível aplicar a configuração até os erros estarem resolvidos.
    • Aplicar uma nova configuração: No final do processo de configuração inicial, a página Aplicar configuração é apresentada. Se forem apresentados quaisquer erros, resolva os mesmos. Em seguida, aplique a configuração e aguarde que todos os dispositivos reiniciem com as novas definições. As definições não são aplicadas aos dispositivos até concluir esta tarefa.
    • Trabalhar a partir de uma configuração existente: Após a aplicação de uma configuração, pode visualizar as páginas Estado ou utilizar o módulo de configuração para rever e actualizar as definições. Quando estiver pronto para aplicar as alterações, clique na ligação Aplicar configuração junto ao canto inferior direito da página ou clique na ligação Aplicar alterações > Aplicar configuração na árvore de navegação. Se forem apresentados quaisquer erros, resolva os mesmos. Em seguida, aplique a configuração e aguarde que todos os dispositivos reiniciem com as novas definições. As definições não são aplicadas aos dispositivos até concluir esta tarefa.
    • Agendar uma actualização da configuração para mais tarde: Pode pretender agendar uma actualização da configuração para uma hora em que a possível interrupção do serviço telefónico e do tráfego de rede seja menos inconveniente para a empresa. Na página Aplicar configuração, clique em Aplicar mais tarde para agendar uma hora para a actualização da configuração.

    Guardar uma sessão

    Se necessitar de fechar o utilitário de configuração antes de aplicar a configuração, pode guardar a sessão. O ficheiro de sessão inclui as definições que introduziu, mas não inclui mensagens de correio de voz, mensagens gravadas, Definições de ganho FXO ou Ficheiros de Modificação da Plataforma. Clique no botão Guardar na barra de menus. Em seguida, seleccione uma das opções descritas abaixo.

    • Guardar sessão num dispositivo: Seleccione esta opção para guardar a configuração não aplicada actual como um ficheiro .cfg no Cisco UC320W. Introduza uma Descrição e, em seguida, clique em Guardar.
    • Guardar sessão num ficheiro: Seleccione esta opção para guardar a configuração não aplicada actual como um ficheiro no PC. Em seguida, clique em Guardar. Quando a janela de contexto for apresentada, guarde o ficheiro .cfg no PC.

    Nota:

    • O nome de utilizador e a palavra-passe de administrador não são guardados neste procedimento, pelo que não são substituídos ao carregar uma sessão guardada.
    • As mensagens gravadas e as mensagens de correio de voz não são guardadas com a sessão. Estes ficheiros apenas são guardados ao criar uma cópia de segurança integral do local utilizando uma chave USB. Para obter mais informações, consulte a secção Criar uma cópia de segurança e restaurar a configuração abaixo.
    • Pode restaurar uma sessão guardada utilizando o botão Carregar. Para obter mais informações, consulte a secção Carregar uma sessão guardada ou uma configuração aplicada abaixo.
    • Neste processo, não está a aplicar a configuração aos dispositivos, mas a guardar ficheiros a partir dos quais pode trabalhar em futuras sessões, se necessário.

    Carregar uma sessão guardada ou uma configuração aplicada

    Para retomar uma sessão guardada ou para recarregar a configuração actualmente aplicada a partir do dispositivo, clique no botão Carregar na barra de menus. Em seguida, seleccione uma das opções descritas abaixo.

    • Retomar sessão a partir do dispositivo: Seleccione esta opção para retomar uma sessão que foi guardada no Cisco UC320W utilizando o botão Guardar. Também pode restaurar um ficheiro que foi guardado através da funcionalidade Guardar automaticamente. Após clicar na opção Retomar sessão a partir do dispositivo, seleccione uma sessão guardada ou um ficheiro guardado automaticamente a partir da lista pendente. Em seguida, clique em Carregar.
    • Carregar configuração aplicada a partir do dispositivo: Esta opção permite rejeitar as alterações não guardadas e recarregar as definições actualmente aplicadas no utilitário de configuração para edição. Após seleccionar esta opção, clique em Carregar.
    • Retomar sessão a partir de um ficheiro guardado: Seleccione esta opção para retomar uma sessão que foi guardada no PC utilizando o botão Guardar. Clique no botão de opção e, em seguida, clique em Seleccionar ficheiro para seleccionar um ficheiro .cfg no PC. Finalmente, clique em Carregar.

    Nota: O nome de utilizador e a palavra-passe de administrador existentes não são guardados no ficheiro de sessão, pelo que não são substituídos ao recarregar uma sessão. Continue a iniciar sessão com o nome de utilizador e a palavra-passe actuais.

    Criar uma cópia de segurança e restaurar a configuração

    Pode guardar a configuração actualmente aplicada como um ficheiro no PC ou pode criar uma cópia de segurança integral do local, incluindo a configuração do local, mensagens gravadas e mensagens de correio de voz utilizando uma chave USB. Pode restaurar facilmente uma configuração guardada ou uma cópia de segurança integral do local.

    Recomenda-se que guarde a configuração ou crie uma cópia de segurança integral do local antes de efectuar alterações importantes à configuração. Em seguida, se não estiver satisfeito com as alterações, pode restaurar facilmente a configuração anterior.

    Nota:

    • Para permitir transferências de ficheiros, desactive temporariamente o bloqueio de janelas de contexto nas opções da Internet do browser da Web.
    • A opção de cópia de segurança integral do local apenas está disponível após a aplicação de uma configuração.
    • O acesso ao correio de voz é interrompido enquanto a cópia de segurança está a ser guardada. Assim, a Cisco recomenda que efectue este procedimento durante um período em que não seja provável que os utilizadores e autores das chamadas necessitem de acesso ao correio de voz.
    • O restauro de uma configuração remove quaisquer Ficheiros de Modificação da Plataforma que estejam disponíveis na configuração actual.

    Para criar uma cópia de segurança ou restaurar a configuração, clique na ligação Cópia de seg./Restauro junto ao canto superior direito da janela do utilitário de configuração. Na janela Cópia de seg./Restauro, seleccione uma das opções descritas abaixo.

    Nota: Devido ao tamanho do ficheiro, não utilize uma ligação sem fios para criar uma cópia de segurança da configuração.

    • Restaurar configuração do local: Seleccione esta opção para restaurar uma configuração guardada utilizando a opção Guardar configuração do local. Após seleccionar esta opção, clique em Seleccionar ficheiro. Seleccione um ficheiro .site_backup guardado no PC ou na unidade de rede. Finalmente, clique em Restauro. São apresentadas mensagens de progresso. Quando a configuração for restaurada, será necessário iniciar sessão e voltar a aplicar a configuração aos dispositivos.
    • Restaurar cópia de segurança integral do local a partir de USB: Seleccione esta opção para restaurar e aplicar um ficheiro de cópia de segurança integral do local, incluindo todas as definições, mensagens gravadas e mensagens de correio de voz. Esta opção está disponível após introduzir uma chave USB na ranhura USB1 ou USB2. A chave USB tem de estar no formato FAT32. NTFS não é suportado. Se ambas as ranhuras USB tiverem chaves USB, são apresentadas duas listas pendentes. Seleccione um ficheiro tar.gz e, em seguida, clique em Restauro a partir de USB. São apresentadas mensagens de progresso. Quando a configuração for restaurada, será necessário iniciar sessão e voltar a aplicar a configuração aos dispositivos. Nota: O restauro das mensagens de correio de voz pode demorar entre minutos e horas, consoante o tamanho do correio de voz.
    • Para a opção Restaurar cópia de segurança integral do local a partir de USB: Seleccione uma porta USB.
    • Guardar configuração do local: Seleccione esta opção para guardar a configuração, incluindo todas as definições, mas não incluir mensagens de correio de voz, mensagens gravadas, Definições de ganho FXO ou Ficheiros de Modificação da Plataforma. Após seleccionar esta opção, clique em Guardar. Quando a janela de contexto da transferência for apresentada, guarde o ficheiro .site_backup no PC. Sugestão: O nome do ficheiro indica a data e hora da cópia de segurança.
    • Guardar cópia de segurança integral do local numa chave USB: Seleccione esta opção para guardar um ficheiro de cópia de segurança integral do local, incluindo todas as definições, saudações de correio de voz, mensagens de correio de voz, mensagens de atendimento automático, Definições de ganho FXO e Ficheiros de Modificação da Plataforma. Esta opção está disponível após introduzir uma chave USB na ranhura USB1 ou USB2. A chave USB tem de estar no formato FAT32. NTFS não é suportado. Se ambas as ranhuras USB tiverem chaves USB, seleccione a ranhura USB onde pretende guardar o ficheiro. Em seguida, clique em Cópia de segurança para USB.

    Actualizações de firmware

    Após iniciar sessão, poderá ser apresentada uma mensagem Firmware disponível. Esta mensagem de funcionalidades da nuvem indica que uma actualização de firmware recente está disponível. Pode efectuar a actualização imediatamente ou adiar a instalação. Neste caso, uma ligação Actualizar será apresentada junto ao canto superior direito da janela do utilitário de configuração. Quando estiver pronto, clique na ligação para abrir a janela Firmware disponível e instalar o novo firmware.

    Nota: Para obter melhores resultados, comece por fechar outras janelas do browser. Se existirem outras janelas do browser abertas, o browser pode apresentar erros de memória.

    Funcionalidades do sistema de ajuda

    • Descrições: Para obter ajuda sobre um campo, botão ou separador, coloque o ponteiro do rato sobre o objecto. As informações são apresentadas numa descrição.
    • Ajuda da página (se aplicável): Para ver informações sobre a página actual, clique no ícone de ponto de interrogação junto ao canto superior direito da página. Para ocultar a ajuda, clique novamente no ícone.
    • Recursos de ajuda adicionais: Para aceder ao índice completo da ajuda, ao vídeo introdutório e a outros recursos de ajuda, utilize a ligação Ajuda junto à parte superior da janela do utilitário de configuração.

    Enviar comentários para a Cisco

    A Cisco agradece o envio de comentários por parte dos respectivos clientes. Para enviar comentários e sugestões, clique na ligação Serviços junto ao canto superior direito da janela. Em seguida, clique em Comentários. Seleccione uma Categoria e introduza os comentários na caixa Problemas ou sugestões. Forneça igualmente uma Classificação para o produto. Indique o seu endereço de email, caso pretenda receber uma resposta. Finalmente, clique em Enviar. Nota: A ligação Comentários é apresentada após a activação das funcionalidades da nuvem.

    Terminar sessão

    Para terminar sessão imediatamente, clique na ligação Term sess junto ao canto superior direito da janela. Quaisquer alterações não guardadas serão rejeitadas.


    Índice

    Região

    Utilize a página Configuração > Local > Região para especificar a região, a opção de plano de marcação regional (se disponível) e o fuso horário.

    Nota: As definições do plano de marcação interna, tais como o tamanho da extensão e os dígitos para linhas externas, são configuradas na página Marcação interna.

    • Região: Seleccione a região. Esta definição determina as mensagens predefinidas do atendimento automático e do piloto de correio de voz, do plano de marcação regional e dos tons de processamento de chamadas regionais. Se o sistema estiver ligado à Internet, um botão fornece acesso aos pacotes de regiões disponíveis que pode instalar a partir da nuvem para expandir a lista Região. Também pode instalar pacotes de regiões armazenados no PC. Nota: A lista Região apresenta o nome de cada região no idioma predefinido dessa região.

    Nota: Para alterar o idioma no ecrã do telefone, utilize os menus do telefone.

    • Cisco SPA525G/G2: Prima o botão de configuração e, em seguida, seleccione Admin. do dispositivo > Idioma. Prima o botão de navegação de seta para a direita para visualizar os idiomas disponíveis. Utilize o botão de navegação para seleccionar um idioma e, em seguida, prima a tecla programável Selec.
    • Modelos Cisco SPA50x: Prima o botão de configuração e, em seguida, seleccione Idioma. Utilize o botão de navegação para seleccionar um idioma e, em seguida, prima a tecla programável Selec.
    • Plano de marcação: Se estiverem disponíveis várias opções para a região, seleccione uma opção a partir da lista pendente. Por exemplo, na América do Norte, pode seleccionar um plano de marcação de 7 ou 10 dígitos. Preencha quaisquer campos adicionais que sejam apresentados.
    • Indicativo de área predefinido: Introduza o indicativo de área do local. O campo é apenas activado quando requerido pelo Plano de marcação especificado.
    • Fuso horário: Seleccione o fuso horário do local.

    Nota: As definições de hora são fornecidas por um servidor NTP. Se a WAN não estiver ligada ou se o servidor NTP não estiver acessível, pode definir o relógio do sistema a partir de um telefone. Tenha em atenção que esta definição manual será perdida, caso o Cisco UC320W seja desligado.

    Para definir a hora do sistema utilizando um telefone IP Cisco SPA 300, SPA 50x ou SPA 51x Series:

    1. Prima o botão de configuração.

    2. Seleccione Hora/Data. Introduza a data no formato mm/dd/aa. Prima * ou # para introduzir a barra. Por exemplo, introduza 10*01*11 para 10 de Outubro de 2011.

    3. Prima o botão de navegação de seta para baixo e, em seguida, introduza a hora no formato hh:mm:ss. Prima * ou # para introduzir os dois pontos. Por exemplo, introduza 6*21 para 6:21.

    4. Prima o botão de navegação de seta para baixo e, em seguida, introduza o fuso horário de desfasamento no formato ±H:m:s. Prima * para introduzir + ou # para -. Prima * ou # para introduzir os dois pontos. Por exemplo, no fuso horário do Pacífico (EUA), introduza *8*00 para -8:00.

    5. Prima guardar.

    6. Prima o botão de configuração para fechar a janela. As definições de hora são propagadas para o UC320W e os outros telefones.

    Para definir a hora nos telefones IP Cisco SPA 525G e Cisco SPA 525G2:

    1. Prima o botão de configuração.

    2. Seleccione Admin. do dispositivo.

    3. Seleccione Data/Hora.

    4. Mova o cursor para Def. man. a hora actual. Prima o botão de navegação de seta para a direita.

    5. Na tabela, prima o botão de navegação para cima ou para baixo para percorrer a lista para cima ou para baixo. Prima o botão de navegação para a direita ou para a esquerda para aceder a outro campo.

    6. Após introduzir o ano, o mês, o dia, a hora e o minuto, prima Guardar.

    7. Prima Definir.

    8. Prima o botão de configuração para fechar a janela. As definições de hora são propagadas para o UC320W e os outros telefones.

    • Utilizar Hora de Verão: Seleccione esta caixa, se pretender que o sistema ajuste automaticamente o relógio para a Hora de Verão.


    Índice

    Acesso ao sistema

    Utilize a página Configuração > Local > Acesso ao sistema para actualizar o nome de utilizador e a palavra-passe de administrador. Opcionalmente, permita o acesso a este utilitário a partir da rede sem fios e WAN.

    Nota: O utilitário de configuração permite apenas uma sessão de cada vez.

    Utilizador administrativo

    Alterar nome de utilizador/palavra-passe de administrador: Clique neste botão para alterar o nome de utilizador e a palavra-passe de administrador. Em seguida, introduza as seguintes informações:

    • Nome de utilizador de administrador: Introduza um nome de utilizador para o administrador do sistema. O primeiro carácter tem de ser uma letra. Os seguintes caracteres são válidos: A-Z a-z 0-9 $!*_.,( ). Não é permitido introduzir cisco nem admin de forma alguma.
    • Palavra-passe: Introduza uma palavra-passe para o administrador do sistema. A palavra-passe tem de começar com uma letra e é sensível a maiúsculas e minúsculas. Os seguintes caracteres são válidos: A-Z a-z 0-9 $-+!*_.,( ) Não é permitido introduzir cisco nem admin de forma alguma. À medida que introduz a palavra-passe, é apresentada uma mensagem a indicar a respectiva segurança relativa: Muito segura, Segura, Média ou Insegura. Consulte as directrizes para uma palavra-passe segura abaixo.
    • Utilize, pelo menos, 8 caracteres.
    • Inclua números, símbolos e letras maiúsculas e minúsculas.
    • Não introduza uma palavra-passe que seja igual ao nome de utilizador.
    • Evite caracteres repetidos, tais como xxxYYY2222.
    • Evite números consecutivos, tais como 123, bem como letras consecutivas, tais como abc.
    • Evite variações da palavra Cisco, tais como c1sc0 ou ci$co.
    • Confirmar palavra-passe: Introduza a mesma palavra-passe novamente para confirmação. As palavras-passe têm de corresponder.

    As alterações efectuadas ao nome de utilizador e à palavra-passe são aplicadas após clicar em OK.

    Acesso remoto

    • Activar gestão remota do Cisco UC320W através de HTTPS: Seleccione esta caixa para permitir o acesso ao utilitário de configuração a partir da WAN do Cisco UC320W. Após a activação desta opção, pode aceder ao utilitário de configuração a partir da WAN, introduzindo o endereço IP da WAN do Cisco UC320W e o número da porta, tal como indicado no seguinte exemplo: https://WAN_ipaddress:8080.
    • Porta: Mantenha o número da porta predefinido indicado ou introduza outro número da porta. É requerido um número da porta ao introduzir o endereço.
  • Porta: :Mantenha o número da porta padrão mostrado ou digite outro número de porta. Um número de porta é necessário ao digitar o endereço.
  • Notas:

    • Clique no ícone de lápis para editar o número da porta.
    • Esta definição apenas está disponível se a opção Activar gestão remota do Cisco UC320W através de HTTPS estiver seleccionada.
    • Não defina o número da porta como 443. Uma vez que esta porta é utilizada por SSL e HTTPS, os browsers da Web tendem a remover a mesma de um URL quando este é introduzido. Contudo, o utilitário de configuração requer que seja especificado um número de porta.
    • Uma sessão de gestão remota é desligada após um longo período de inactividade.
    • Se o Cisco UC320W estiver localizado atrás de outro router, poderá ser necessário configurar o reencaminhamento de portas nesse router para permitir o tráfego da WAN para o Cisco UC320W.
    • Activar gestão sem fios do Cisco UC320W: Seleccione esta caixa para permitir o acesso ao utilitário de configuração a partir de um computador ligado à rede sem fios. Tenha em atenção os problemas de segurança ao submeter palavras-passe através da rede sem fios. Não utilize uma ligação sem fios para actualizar o firmware ou criar uma cópia de segurança da configuração.


    Índice

    Manutenção automática

    Utilize a página Configuração > Local > Manutenção automática para agendar as tarefas de manutenção do sistema e activar as cópias de segurança automáticas para uma chave USB.

    Período de manutenção

    Automaticamente, no horário especificado, o Cisco UC320W executa diagnósticos e realiza tarefas para assegurar a estabilidade do sistema. No final deste processo, o Cisco UC320W pode reiniciar. Efectue o agendamento de uma hora conveniente em que os utilizadores não sejam afectados.

    • Hora: Seleccione a hora do dia para executar as tarefas de manutenção.
    • Dia: Seleccione um dia. As tarefas de manutenção serão executadas de forma automática semanalmente no dia especificado.

    Cópia de segurança USB

    Utilize uma chave USB no formato FAT32. NTFS não é suportado. A chave USB deve ter uma capacidade de armazenamento de, pelo menos, 128 MB ou, preferencialmente, de 1 GB. Introduza a chave USB na porta USB1 ou USB2.

    O ficheiro de cópia de segurança irá incluir todas as definições, saudações de correio de voz, mensagens de correio de voz, mensagens de atendimento automático, Definições de ganho FXO e Ficheiros de Modificação da Plataforma. Serão armazenados até dois ficheiros na chave USB em qualquer altura. Se já existirem dois ficheiros, o ficheiro mais antigo será substituído pelo novo ficheiro.

    Atenção: Os ficheiros de configuração incluem informações confidenciais, tais como palavras-passe da conta SIP/BRI e de email. Utilize as precauções apropriadas para proteger os dados.

    • Activar cópia de segurança para USB: Seleccione esta caixa para activar as cópias de segurança automáticas ou desmarque a caixa para desactivar esta funcionalidade.
    • USB1, USB2: Seleccione a porta USB a utilizar.
    • Hora: Seleccione a hora do dia para guardar a cópia de segurança.
    • Dia: Seleccione um dia da semana ou seleccione Diariamente para guardar o ficheiro todos os dias.


    Índice


    Índice

    Telefonia do local

    Na secção "Telefonia" do módulo de configuração, é efectuada a gestão dos telefones IP e gateways de telefonia IP. Também pode configurar o modo de funcionamento, as funcionalidades de Dia/Noite, o plano de marcação interna e a música.


    Índice

    Dispositivos

    Utilize a página Configuração > Telefonia do local > Dispositivos para rever os gateways de telefonia IP Cisco SPA8800, os telefones IP e os módulos de expansão Cisco SPA500S, também conhecidos como consolas de atendimento ou consolas laterais, detectados automaticamente. Também pode adicionar manualmente os gateways, os telefones e as consolas laterais que pretende instalar mais tarde.

    Nota: Para configurar Mediatrix BRI Gateways, consulte a página Ramais SIP/BRI.

    Informações gerais e opções para dispositivos

    • Clique no separador do tipo de dispositivo que pretende rever.
    • Os dispositivos são automaticamente detectados quando estão ligados à rede. Cada dispositivo é apresentado na lista pelo respectivo número do modelo e endereço MAC.
    • Se forem atribuídos telefones a utilizadores, os nomes de utilizadores são apresentados (não aplicável ao criar uma nova configuração). Nota: Os telefones são atribuídos a utilizadores na página Atribuir telefones.
    • Os ícones fornecem mais informações:
    • Marca de verificação: O dispositivo está actualmente disponível.
    • Sinal de adição: O dispositivo foi adicionado manualmente.
    • Sinal de subtracção: O dispositivo não está registado ou não tem ligação.
    • Ponto de interrogação: O dispositivo estava activo anteriormente, mas o respectivo estado actual é desconhecido.
    • Ponto de exclamação: Não é possível configurar o dispositivo devido a limites de capacidade. Pode adicionar até dois gateways de telefonia IP Cisco SPA8800 e até 30 telefones nesta página. Nota: Apenas podem ser licenciados 24 telefones, incluindo todas as portas FXS do Cisco SPA8800 activadas, para o Cisco UC320W. A porta FXS incorporada no Cisco UC320W não é contabilizada para este limite de licenças.

    Cisco SPA8800 IP Telephony Gateways

    • Criar um SPA8800: Clique neste botão para introduzir informações de um Cisco SPA8800 que ainda não está ligado.
    • Para substituir um SPA8800 existente por uma nova unidade, comece por desligar a unidade antiga. Em seguida, clique no ícone Substituir para clonar o endereço MAC para a nova unidade. Após a ligação da nova unidade, esta será detectada pelo Cisco UC320W.
    • Descrição: Mantenha a descrição predefinida ou clique no ícone de lápis para introduzir uma descrição. Esta etiqueta irá identificar o dispositivo nas páginas do utilitário de configuração. É possível introduzir até 25 caracteres. Nota: Após editar a descrição, pode clicar no ícone Restaurar para restaurar o valor predefinido.
    • Endereço MAC: Introduza o endereço MAC de 12 caracteres, que se encontra na etiqueta do hardware no painel inferior do dispositivo. Não é necessário introduzir pontuação. O endereço será formatado automaticamente.
    • Para remover um gateway adicionado manualmente ou um gateway em falta/não registado da lista: Clique no botão de eliminação (X) do gateway que pretende remover. Quando a mensagem de confirmação for apresentada, clique em OK para eliminar o dispositivo ou clique em Cancelar para manter o dispositivo.

    Adicionar e remover telefones IP e consolas laterais

    Pode adicionar manualmente um telefone IP que pretende ligar mais tarde. Também pode indicar o número de consolas laterais ligadas para cada telefone que adiciona. Em alternativa, pode adicionar telefones através da importação de uma lista.

    • Criar um telefone: Clique neste botão para introduzir informações de um telefone IP que ainda não está ligado.
    • Endereço MAC: Introduza o endereço MAC de 12 caracteres, que se encontra na etiqueta do hardware no painel inferior do telefone. Não é necessário introduzir pontuação. O endereço será formatado automaticamente.
    • Modelo: Seleccione o modelo do telefone.
    • Consolas laterais: Seleccione o número de consolas laterais que estão ligadas a este telefone.
    • Para transferir um ficheiro CSV como um modelo para introdução de dados ou como uma lista telefónica: Clique no ícone Transferir para guardar um ficheiro CSV para utilizar como modelo. Se ainda não tiver adicionado telefones, o ficheiro contém um registo exemplo e pode ser utilizado como modelo para introdução de dados. Se tiver adicionado telefones, o ficheiro inclui todos os registos telefónicos. Pode abrir o ficheiro phones.csv num programa de edição de texto, como o Bloco de notas, ou num programa de folha de cálculo, como o Microsoft Excel.
    • Para introduzir as informações dos telefones num ficheiro CSV: Pode utilizar um modelo transferido ou criar um novo ficheiro CSV. Edite-o num programa de edição de texto, como o Bloco de notas, ou num programa de folha de cálculo, como o Microsoft Excel. Tem de introduzir um número de modelo válido para cada telefone. Introduza igualmente o endereço MAC utilizando o seguinte formato: xxxx.xxxx.xxxx, em que x corresponde a um número ou letra. Num programa de edição de texto, separe os valores com vírgulas e crie cada entrada numa nova linha. Num programa de folha de cálculo, introduza cada valor numa célula separada e crie cada entrada numa nova linha. Se estiver a utilizar um modelo, elimine o registo exemplo. Guarde o ficheiro no formato CSV. Em seguida, pode importar o ficheiro, conforme descrito abaixo. Nota: Os números de modelos válidos são SPA301, SPA303, SPA501G, SPA502G, SPA512G, SPA504G, SPA514G, SPA508G, SPA509G, SPA525G e SPA525G2.
    • Para importar um ficheiro CSV: Clique no ícone Importar para importar uma lista de telefones num ficheiro CSV que tenha preparado. Seleccione o ficheiro e, em seguida, clique em Abrir. Se existirem valores inválidos, são apresentados erros. Os telefones importados são apresentados na parte inferior da lista de telefones.
    • Para substituir fisicamente um telefone: Se um telefone estiver danificado ou necessitar de ser substituído por um modelo diferente, comece por desligar o mesmo da rede através da remoção do respectivo cabo de rede da porta do Cisco UC320W ou do comutador Ethernet. Em seguida, aguarde cerca de 2 minutos para que o Cisco UC320W detecte a remoção do dispositivo. Pode agora ligar o novo dispositivo, que será apresentado na página Dispositivos quando for detectado automaticamente. Em seguida, pode utilizar a página Atribuir telefones para atribuir o novo telefone ao utilizador que tinha anteriormente o outro telefone.


    Índice

    PBX/Sistema-chave

    Utilize a página Configuração > Telefonia do local > PBX/Sistema-chave para seleccionar o modo de funcionamento para o sistema de telefonia. Sugestão: Para obter mais informações, utilize o botão Ajudar a seleccionar.

    Nota: Se alterar o modo depois de aplicar uma configuração, poderão ser apresentados erros noutras páginas devido às diferenças da funcionalidade descritas abaixo. Corrija os erros antes de aplicar a configuração.

    PBX

    No modo PBX, os utilizadores não têm acesso directo para seleccionar uma linha telefónica. Em alternativa, é seleccionado um ramal a partir do conjunto de ramais disponíveis. Ao efectuar uma chamada, tem de premir primeiro um dígito de marcação de saída, tal como 9. Não existem linhas FXO partilhadas (analógicas) (conforme descrito para Sistema-chave). Ao seleccionar o modo PBX, as seguintes funcionalidades são afectadas:

    • Ramais: O serviço de telefone pode ser fornecido por ramais SIP/BRI (serviço de voz sobre IP) e linhas FXO (analógicas).
    • Linhas FXO partilhadas: Não é possível configurar Linhas FXO partilhadas. Nota: Se tiver configurado anteriormente o sistema noutro modo, quaisquer Linhas FXO partilhadas existentes serão removidas.
    • Marcação de saída: Pode utilizar extensões pessoais para efectuar chamadas para um número externo.
    • Plano de marcação interna: É necessário especificar o dígito requerido para a marcação de saída. Se tiver mais do que um ramal, pode especificar um dígito diferente para cada ramal.

    Sistema-chave

    No modo Sistema-chave, podem ser atribuídas aos utilizadores linhas telefónicas analógicas, às quais é possível aceder através de botões de linha partilhada no telefone. Os utilizadores que partilham as mesmas linhas telefónicas analógicas podem monitorizar as chamadas nessas linhas. Se uma chamada for colocada em espera por um utilizador, esta pode ser retomada por qualquer utilizador que partilhe essa linha. Quando um utilizador prime um botão de linha partilhada, a linha é imediatamente agarrada para efectuar uma chamada, não sendo necessário introduzir um dígito de marcação de saída, tal como 9. Ao seleccionar o modo Sistema-chave, as seguintes funcionalidades são afectadas:

    • Ramais: O serviço de telefone é fornecido por linhas FXO (analógicas). Não é possível configurar ramais SIP/BRI (serviço de voz sobre IP). Nota: Se tiver configurado anteriormente o sistema noutro modo, quaisquer ramais SIP/BRI existentes serão removidos.
    • Marcação de saída: Não é possível utilizar uma extensão pessoal para efectuar uma chamada para um número externo. As extensões destinam-se a chamadas internas. Para as chamadas externas, utilize um botão de linha partilhada.
    • Plano de marcação interna: Não é requerido qualquer dígito de marcação de saída. Por exemplo, não é necessário marcar 9 para obter uma linha externa. Basta seleccionar um botão de linha partilhada.
    • Encaminhamento de chamadas recebidas: Configure o encaminhamento de chamadas recebidas para cada ramal na página Linhas FXO partilhadas. A página Chamadas recebidas não está disponível.

    Combinação

    O sistema funciona como um PBX, conforme descrito acima, mas permite a configuração de linhas FXO partilhadas (analógicas), tal como num sistema-chave. As chamadas efectuadas requerem um dígito de direccionamento, excepto quando uma Linha FXO partilhada é seleccionada ao premir um botão de linha partilhada num telefone. Podem ser utilizadas linhas FXO (analógicas) e ramais SIP/BRI. Todas as funcionalidades estão disponíveis para configuração.


    Índice

    Func. mod diurno/nocturno

    Utilize a página Configuração > Telefonia do local > Func. mod diurno/nocturno para seleccionar as opções de agendamento para o encaminhamento de chamadas recebidas e para o atendimento automático (se activado).

    Agendamento de chamadas

    Encaminhamento de chamadas

    Se necessário, pode activar diferentes opções de encaminhamento de chamadas quando a empresa está aberta ou fechada. Seleccione uma opção de agendamento.

    • Único: Clique neste botão para utilizar as mesmas definições de encaminhamento de chamadas para todas as horas do dia. Estas definições são configuradas na página Chamadas recebidas.
    • Dia/Noite: Clique neste botão para activar diferentes destinos de encaminhamento de chamadas para o dia (horas de funcionamento) e noite (horas de encerramento).

    Atend. automático

    Quando activado, o atendimento automático (AA) reproduz mensagens gravadas para responder a chamadas recebidas. Se necessário, pode activar diferentes menus de AA quando a empresa está aberta ou fechada.

    • Activ ou Desac: Clique em Activ para activar o atendimento automático ou clique em Desac para desactivar esta funcionalidade.
    • Único: Clique neste botão para utilizar o mesmo menu de Atendimento automático para todas as horas do dia. Estas definições são introduzidas na página Atend. automático.
    • Dia/Noite: Clique neste botão para activar um menu de Atendimento automático diferente para o dia (horas de funcionamento) e noite (horas de encerramento). Estas definições são introduzidas na página Atend. automático.

    Reencaminhamento de chamadas

    Se necessário, pode activar diferentes opções de reencaminhamento de chamadas quando a empresa está aberta ou fechada. Seleccione uma opção de agendamento.

    • Único: Clique neste botão para utilizar as mesmas definições de reencaminhamento de chamadas para todas as horas do dia.
    • Dia/Noite: Clique neste botão para activar diferentes definições de reencaminhamento de chamadas para o dia (horas de funcionamento) e noite (horas de encerramento). Se esta opção estiver activada, as opções de reencaminhamento de chamadas nocturnas estão disponíveis para Linhas FXO partilhadas, Extensões partilhadas, Extensões adicionais e Reencaminhamento cham do utilizador.

    Nota: Cada opção com o agendamento Dia/Noite seleccionado irá seguir o mesmo agendamento Dia/Noite especificado abaixo.

    Selec. comportamento do agendamento

    Se seleccionar uma opção de Dia/Noite, seleccione se pretende efectuar a operação manual ou activar um agendamento automático.

    Seleccionar um agendamento

    • Agendamento manual (botão Activar o modo nocturno): Seleccione esta opção se pretender activar os comportamentos diurno e nocturno, utilizando um botão Activar o modo nocturno no telefone de um utilizador. Quando a empresa fecha, um utilizador prime o botão Activar o modo nocturno para activar o comportamento nocturno. Quando a empresa abre, o utilizador prime o botão Activar o modo nocturno para retomar o funcionamento normal. Nota: Se seleccionar esta opção, pelo menos um telefone tem de ter um botão Activar o modo nocturno. Consulte a página Botões de telefone.
    • Agendamento automático: Seleccione esta opção se pretender que o Cisco UC320W active automaticamente os comportamentos diurno e nocturno com base no horário de funcionamento e nos feriados especificados. (As definições de agendamento estão disponíveis no ecrã depois de seleccionar esta opção.) Sugestão: Mesmo quando um agendamento está activado, é possível activar o modo nocturno no sistema ao premir um botão Activar o modo nocturno no telefone de um utilizador. Por exemplo, se a empresa fechar cedo devido a um evento especial, prima o botão Activar o modo nocturno para activar o comportamento nocturno. Quando a empresa abrir, prima novamente o botão para retomar a utilização do agendamento automático. Para adicionar um botão Activar o modo nocturno a um telefone, consulte a página Botões de telefone.

    Seleccione as horas de funcionamento da empresa

    Esta secção está disponível se seleccionar a opção Agendamento automático. Especifique o horário diurno (funcionamento) e nocturno (encerramento), conforme descrito abaixo. O Cisco UC320W irá alternar automaticamente entre o comportamento diurno e nocturno com base no horário especificado. Um utilizador pode activar o comportamento nocturno do sistema, premindo o botão da funcionalidade Activar o modo nocturno num telefone, caso esteja configurada (consulte a página Botões de telefone.)

    • Seleccionar as horas de funcionamento: Para seleccionar as horas de funcionamento (dia), coloque o ponteiro do rato na hora do dia a que a empresa abre. Arraste o ponteiro do rato para a hora do dia a que a empresa fecha. Quando soltar o botão do rato, uma barra verde indica as horas de funcionamento. A área cinzenta indica as horas de encerramento (noite). Deixe a linha em branco (toda a cinzento) se a empresa estiver fechada o dia inteiro. Se sentir dificuldades ao utilizar o rato para expandir ou contrair as horas seleccionadas, clique no ícone de borracha para apagar a selecção. Em seguida, arraste o rato para seleccionar as horas de funcionamento. Para obter melhores resultados, seleccione um segmento arrastando o rato num único movimento suave. Sugestão: Pode utilizar esta técnica para seleccionar vários períodos de funcionamento num dia, tal como das 8:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:00 (fechado do meio-dia às 13:00).
    • Apagar as horas seleccionadas: Clique no ícone de borracha para apagar as horas seleccionadas.

    Seleccionar feriados:

    Opcionalmente, pode adicionar feriados. Especifique as datas em que a empresa está fechada o dia inteiro. O Cisco UC320W mudará automaticamente para o comportamento nocturno em todos os feriados. Nota: Esta secção está disponível se seleccionar a opção Agendamento automático.

    • Para seleccionar uma data no calendário: Clique no botão de seta para a esquerda para seleccionar o mês anterior ou clique no botão de seta para a direita para seleccionar o mês seguinte. Em seguida, clique na data do feriado.
    • Para seleccionar um mês na lista: Seleccione o mês em que o feriado ocorre. Em seguida, clique na data do feriado.

    Feriados

    Introduza as informações sobre a data seleccionada.

    • Anualmente: Seleccione esta caixa se o feriado ocorrer todos os anos na mesma data.
    • Descrição: Introduza uma palavra ou uma frase breve para identificar este feriado.
    • Para remover um feriado: Clique no botão de eliminação (X) do feriado que pretende remover.
    • Para transferir um ficheiro CSV como um modelo para introdução de dados ou como uma lista de feriados: Clique no ícone Transferir para guardar um ficheiro CSV para utilizar como modelo. Se ainda não tiver adicionado feriados, o ficheiro contém um registo exemplo e pode ser utilizado como modelo para introdução de dados. Se tiver adicionado feriados, o ficheiro inclui todos os registos de feriados. Pode abrir o ficheiro holidays.csv num programa de edição de texto simples, como o Bloco de notas, ou num programa de folha de cálculo, como o Microsoft Excel.
    • Para introduzir as informações de feriados num ficheiro CSV: Pode utilizar um modelo transferido ou criar um novo ficheiro CSV. Edite-o num programa de edição de texto, como o Bloco de notas, ou num programa de folha de cálculo, como o Microsoft Excel.

    Notas:

    • Inclua as informações que se seguem para cada feriado, pela seguinte ordem: descrição, dia (valores de 1 a 31), mês (valores de 1 a 12), ano (quatro dígitos), anualmente (introduza true ou false).
    • Num programa de edição de texto, separe os valores com vírgulas e crie cada entrada numa nova linha. Exemplo: Ao utilizar um programa de edição de texto, introduziria Natal no dia 25 de Dez. de 2011, do seguinte modo: Natal,25,12,2011,true
    • Num programa de folha de cálculo, introduza cada valor numa célula separada e crie cada entrada numa nova linha. Não inclua uma linha de título.
    • Se estiver a utilizar um modelo, elimine o registo exemplo antes de guardar o ficheiro.
    • Guarde o ficheiro no formato CSV. Em seguida, pode importar o ficheiro, conforme descrito abaixo.
    • Importar feriados: Clique no ícone Importar para importar uma lista de feriados num ficheiro CSV que tenha preparado. Seleccione o ficheiro e, em seguida, clique em Abrir. Se existirem valores requeridos em falta, são apresentados erros. Os registos importados são apresentados no ecrã.


    Índice

    Marcação interna

    Utilize a página Configuração > Telefonia do local > Marcação interna para configurar o formato das extensões internas, as extensões do sistema e as funções dos dígitos marcados. Por exemplo, especifique quais os dígitos utilizados em números de extensões, quais os dígitos premidos para uma linha externa, etc.

    Nota: O plano de marcação externa é determinado pelas definições regionais (consulte a página Região). O plano de marcação externa inclui definições, tais como o tamanho obrigatório de um número de telefone marcado (por exemplo, 7 dígitos ou 10 dígitos) e os tons de processamento de chamadas utilizados.

    Tamanho da extensão

    Para Tamanho da extensão, especifique o tamanho dos números de extensões internas: 2 dígitos, 3 dígitos ou 4 dígitos. Para seleccionar os dígitos que podem iniciar cada intervalo de números de extensões, consulte a secção Significado do primeiro dígito marcado desta página.

    Padrões de marcação permitidos

    Seleccione a função que pretende atribuir a cada dígito. Depois de efectuar uma selecção, o campo Padrão de marcação apresenta um exemplo. Para extensões, o campo Utilização apresenta o número de atribuições possíveis. Por exemplo, com o tamanho de extensão de dois dígitos, cada dígito seleccionado pode suportar até 10 extensões.

    Nota: Atribua, pelo menos, um dígito a cada um dos seguintes padrões de marcação: Extensões, Prefixo do correio de voz e Reservado. No modo PBX ou Combinação, atribua igualmente, pelo menos, um dígito a Linha externa. São fornecidas mais informações abaixo.

    • Marcar imediatamente: O dígito pode ser utilizado como um número de extensão de um dígito. Por exemplo, a configuração predefinida permite a utilização de 0 para este fim e atribui 0 como o número da extensão do atendimento automático. Outra opção pode consistir em atribuir outro número de extensão ao atendimento automático e atribuir 0 a um utilizador, como por exemplo, a recepcionista. Nota: Se for atribuído um dígito a esta função, este não pode ser utilizado como um dígito de marcação rápida pessoal.
    • Extensões: O dígito é utilizado como o primeiro dígito de um número de extensão interna. Por exemplo, se atribuir esta função ao dígito 2 e o tamanho da extensão for de três dígitos, poderá configurar extensões, tais como 200, 201, 202, etc. Tem de ser atribuído, pelo menos, um dígito a esta função, de forma a suportar a numeração de extensões.
    • Prefixo do correio de voz: O dígito é utilizado para marcar uma caixa de correio de voz. Por exemplo, se este dígito for 7 e uma caixa de correio de voz for 201, pode premir 7201 para deixar uma mensagem nesta caixa de correio. Tem de ser atribuído, pelo menos, um dígito a esta função, de forma a suportar o acesso ao correio de voz.
    • Linha externa: O dígito é utilizado para efectuar uma chamada. Por exemplo, pode premir 9 para obter uma linha externa. Não aplicável quando o sistema está no modo Sistema-chave. No modo PBX ou Combinação, tem de ser atribuído, pelo menos, um dígito a esta função, de forma a suportar o encaminhamento de chamadas efectuadas. Nota: Se for atribuído um dígito a esta função, este não pode ser utilizado como um dígito de marcação rápida pessoal.

    Sugestão: No modo PBX ou no modo Combinação, se tiver ramais FXO e ramais SIP/BRI, poderá ser útil activar mais do que um dígito para obter uma linha externa. Em seguida, na página Ramais de saída, pode atribuir um dígito diferente a cada ramal. Por exemplo, os utilizadores podem premir em seguida 8 para o ramal FXO e 9 para o ramal SIP/BRI.

    • Não permitido: O dígito não é permitido como primeiro dígito numa sequência de marcação. Se um utilizador premir o dígito para iniciar uma chamada, é reproduzido um tom de erro.
    • Reservado: Este dígito suporta funções do sistema. Tem de ser atribuído um dígito a esta função.

    Extensões para funcionalidades do sistema

    Para cada funcionalidade do sistema, mantenha as predefinições ou introduza um número de extensão na caixa. Os números de extensões têm de ser exclusivos e têm de respeitar as definições do plano de marcação nesta página. Se introduzir um número de extensão inválido ou duplicado, é apresentada uma mensagem de erro. Sugestão: Para introduzir um número de extensão válido de forma rápida, clique no ícone de telefone junto ao campo do número da extensão.

    Nota: Por predefinição, 0 corresponde ao número da extensão do atendimento automático. No entanto, pode atribuir um número diferente ao AA e utilizar 0 para outros fins. Por exemplo, pode alterar a extensão do AA para 300 e utilizar a página Utilizadores para atribuir 0 à recepcionista.

    • Extensão do atendimento automático: Introduza um número de extensão que os utilizadores possam marcar para aceder ao atendimento automático.
    • Extensão do gravador de mensagens de atendimento automático: Introduza um número de extensão que os utilizadores possam marcar para aceder à ferramenta de configuração do sistema para gravar mensagens para o atendimento automático.
    • Palavra-passe: Introduza uma palavra-passe para o gravador de mensagens de atendimento automático. A palavra-passe predefinida é 12345.
    • Extensão do piloto de correio de voz: Introduza um número de extensão que os utilizadores possam marcar para aceder ao piloto de correio de voz para obter acesso ao sistema de correio de voz.
    • Extensão do paging externo: Se um sistema de colunas externo estiver ligado à porta Line Out (Saída de linha), introduza um número de extensão que os utilizadores possam marcar para iniciar um anúncio através do altifalante.
    • Extensão da música: Introduza um número de extensão que os utilizadores possam marcar para ouvir a música configurada para retenção de chamadas e/ou chamadas em espera.

    Restrição de marcação

    Utilize a página Configuração > Telefonia do local > Restrição de marcação para definir as classes de restrição para chamadas efectuadas. Através desta funcionalidade, pode bloquear ou permitir certos tipos de chamadas com base nos padrões de marcação conhecidos. As predefinições são adequadas para várias pequenas empresas, mas pode personalizar as mesmas de acordo com as suas necessidades.

    Nota: Utilize esta página para configurar as classes de restrição. Posteriormente, atribua privilégios de marcação a linhas FXO partilhadas, extensões partilhadas, extensões pessoais e extensões adicionais. Opcionalmente, pode activar códigos de autorização, que permitem aos utilizadores aceder a permissões de nível mais elevado a partir de qualquer extensão ou linha.

    Padrões de marcação

    Os padrões de marcação são representados pelos seguintes caracteres:

    • Números e símbolos: Um número ou um símbolo representa a tecla correspondente no teclado do telefone. O intervalo de números válidos é representado entre parêntesis rectos. Por exemplo, [2-9] representa qualquer número de 2 a 9.
    • A letra x: Qualquer número no teclado do telefone é válido na posição especificada do padrão de marcação. As letras repetidas indicam o número exacto de dígitos que tem de ser introduzido nessa posição. Por exemplo, xxx indica que são requeridos três dígitos.
    • Um ponto final: Um ponto final indica que o padrão de marcação pode ou não incluir ocorrências repetidas do dígito antes do ponto final. Por exemplo, 01. inclui 01, 011, 0111, etc.

    Classes de restrição

    Pode atribuir cada opção de marcação a uma das classes descritas abaixo ou colocar a mesma na classe Não permitidos para impedir a respectiva utilização. As opções de marcação disponíveis dependem da região seleccionada.

    • Totais: Utilize esta classe para as opções de marcação que são dispendiosas ou que são necessárias para apenas um conjunto limitado de cargos. Por exemplo, se os executivos e gestores de vendas necessitarem de efectuar chamadas internacionais, poderá colocar opções de marcação internacional nesta classe. Apenas os utilizadores com estes privilégios poderão efectuar chamadas com os padrões de marcação especificados. Esta classe inclui todas as opções de marcação especificadas para as classes inferiores.
    • Expandidos: Utilize esta classe para as opções de marcação que são permitidas para todos os utilizadores, excepto os utilizadores de telefones mais básicos. Por exemplo, esta classe poderá incluir os padrões de marcação para chamadas a pagar. Poderá atribuir estes privilégios aos gestores e funcionários de vendas externos, enquanto que outros utilizadores terão os privilégios predefinidos. Esta classe inclui todas as opções de marcação especificadas para Básicos.
    • Básicos: Utilize esta classe para as opções de marcação básicas que pretende permitir para todos os utilizadores. Por exemplo, poderá incluir os padrões de marcação para chamadas internas, chamadas de emergência e chamadas gratuitas. Esta classe será adequada para utilizadores que efectuam principalmente chamadas internas e para telefones que não estejam atribuídos a um funcionário, tais como telefones localizados num hall de entrada. Trata-se da classe predefinida para todos os utilizadores.
    • Não permitidos: Utilize esta classe para as opções de marcação que pretende proibir para todos os utilizadores. Por exemplo, se não tiver qualquer negócio internacional, poderá colocar as opções de marcação internacional nesta classe.

    Mover opções de marcação:

    • Arraste uma opção de marcação para uma classe de privilégios diferente.
    • Clique na seta para cima para mover uma opção de marcação uma classe para cima. Este botão não está disponível, se a opção de marcação estiver na primeira classe.
    • Clique na seta para baixo para mover uma opção de marcação uma classe para baixo. Este botão não está disponível, se a opção de marcação estiver na última classe.
    • Clique no ícone de adição para ver uma lista de opções de marcação agrupadas. Se pretender separar uma opção do grupo, clique na mesma. Em seguida, pode mover o grupo ou a opção separada para outra classe. O ícone de adição apenas é apresentado para opções de marcação agrupadas.
    • Clique no ícone X para voltar a colocar uma opção de marcação separada na lista de opções agrupadas. As opções agrupadas são indicadas por um ícone de adição.


    Índice

    Música

    Utilize a página Configuração > Telefonia do local > Música para seleccionar a fonte de música e para activar música para chamadas em espera e chamadas retidas. Defina igualmente a extensão que pode ser marcada para ouvir a música.

    Nota: Consulte a ilustração apresentada no ecrã para obter a localização da porta LINE IN (Entrada de linha), onde pode ligar uma fonte de música externa. Pode colocar o ponteiro do rato sobre o ícone de ponteiro para visualizar a imagem numa escala maior.

    • Interna: Utilize o servidor de música interna para qualquer funcionalidade de música que esteja activada. Um ficheiro de música padrão encontra-se armazenado no dispositivo para este fim.
    • Externa: Utilize um servidor de música externa para qualquer funcionalidade de música que esteja activada. Pode ligar um leitor de música à porta LINE IN para este fim. Se seleccionar esta opção, mas não for detectada uma fonte de música, o sistema irá activar, após a falha, a fonte de música interna.
    • Reproduzir música para chamadas em espera: Seleccione esta caixa para reproduzir música em chamadas colocadas em espera. Desmarque a caixa para desactivar esta funcionalidade.
    • Reproduzir música para chamadas retidas: Seleccione a caixa para reproduzir música em chamadas retidas utilizando a funcionalidade Retenção de chamadas. Desmarque a caixa para desactivar esta funcionalidade.
    • Reproduzir música através de paging externo: Seleccione a caixa para activar a reprodução de uma fonte de música externa através de uma coluna externa. Esta funcionalidade requer a existência de uma fonte de música externa ligada à porta Line In do Cisco UC320W e de uma coluna externa ligada à porta Line Out.
    • Extensão para ouvir música: Mantenha o número predefinido ou introduza um número de extensão que os utilizadores possam marcar num telefone IP para ouvir a música. Os números de extensões têm de ser exclusivos e têm de cumprir as regras introduzidas na página Marcação interna. Se introduzir um número de extensão inválido ou duplicado, é apresentada uma mensagem de erro. Sugestão: Para introduzir um número de extensão válido de forma rápida, clique no ícone de telefone junto ao campo do número da extensão.


    Índice


    Índice

    Hardware

    Na secção Hardware do módulo de configuração, pode activar os ramais FXO (analógicos), configurar os ramais SIP/BRI (voz sobre IP) e activar as portas FXS para dispositivos analógicos.


    Índice

    Portas de linha (FXO)

    Utilize a página Configuração > Hardware > Portas de linha (FXO) para activar as portas FXO para as linhas telefónicas analógicas. Esta página de configuração está disponível se o Modo do sistema estiver definido como Sistema-chave ou Combinação. (Consulte a página PBX/Sistema-chave.)

    Informações gerais e opções

    • Esta página apresenta as portas FXO do Cisco UC320W e quaisquer gateways de telefonia IP Cisco SPA8800 que estejam ligadas.
    • O Cisco UC320W suporta até 12 chamadas simultâneas em todos os ramais (incluindo ramais FXO e SIP/BRI).
    • Uma mensagem de erro é apresentada se não tiver activado ramais para chamadas efectuadas (incluindo ramais FXO e SIP/BRI).

    Definições para portas FXO

    • Activada: Seleccione a caixa para activar a porta. Desmarque a caixa para desactivar a porta.

    Nota: Consulte a ilustração apresentada no ecrã para obter a localização das portas FXO, onde pode ligar o serviço telefónico analógico. Pode colocar o ponteiro do rato sobre o ícone de ponteiro para visualizar a imagem numa escala maior.

    • Etiqueta: Mantenha a descrição predefinida ou clique no ícone de lápis para introduzir uma descrição. Por exemplo, introduza o número de telefone publicado, sem pontuação nem espaços. Esta etiqueta irá aparecer no ecrã do telefone como uma etiqueta predefinida para chamadas recebidas, excepto se for fornecido outro IDCH pelo escritório central. Também irá identificar quaisquer botões de Linha FXO partilhada que configurar para este ramal.

    Notas:

    • O campo Etiqueta apenas está disponível se a porta estiver activada.
    • Após editar a descrição, pode clicar no ícone Restaurar para restaurar o valor predefinido.

    Ferramentas de resolução de problemas para ramais FXO

    Estas ferramentas estão disponíveis após activar, pelo menos, uma porta FXO e aplicar a configuração.

    • Ajustar ganho FXO: Utilize esta ferramenta no caso de se deparar com problemas de volume num ramal FXO.
    • Correspondência de impedância FXO: Utilize esta ferramenta no caso de se deparar com problemas de qualidade de som, tais como eco ou cortes, num ramal FXO.


    Índice

    Ajustar ganho FXO

    Clique no botão Ajustar ganho FXO para ajustar o ganho (volume) para cada porta FXO, conforme necessário. Normalmente, é necessário efectuar apenas alguns ajustes menores.

    Atenção: As definições incorrectas podem originar problemas de qualidade de voz que podem incluir ruído, detecção incorrecta de sinais e distorção.

    Nota: Consulte a ilustração apresentada no ecrã para obter a localização das portas FXO, onde pode ligar as linhas telefónicas FXO (analógicas). Pode colocar o ponteiro do rato sobre o ícone de ponteiro para visualizar a imagem numa escala maior.

    • Transmissão (dB): Arraste o cursor de deslocamento para a esquerda para diminuir o volume do áudio transmitido na porta especificada. Arraste o cursor de deslocamento para a direita para aumentar o volume.
    • Recepção (dB): Arraste o cursor de deslocamento para a esquerda para diminuir o volume do áudio recebido na porta especificada. Arraste o cursor de deslocamento para a direita para aumentar o volume.
    • Aplicar agora: Clique neste botão para aplicar imediatamente as novas definições. Pode verificar as novas definições efectuando chamadas através dos ramais FXO. Se necessário, efectue ajustes adicionais.
    • Para repor as predefinições, clique em Repor predefinições ou Repor. As predefinições de fábrica do Cisco UC320W serão repostas. Perder-se-á toda a configuração. O nome de utilizador/palavra-passe serão repostos para cisco/cisco. Todas as chamadas serão desligadas e o tráfego de rede irá parar. Se seleccionou uma topologia de rede diferente de O Cisco UC320W encaminha voz e dados, deve desligar o Cisco UC320W da LAN para evitar que o servidor DHCP entre em conflito durante a reconfiguração do Cisco UC320W.
    • Para fechar a janela sem aplicar quaisquer definições, clique em Cancelar.


    Índice

    Corresp. impedância FXO

    Importante: Para testar, o ramal tem de estar ligado a uma porta FXO do Cisco UC320W. Após o teste, se, em alternativa, pretender ligar o ramal a um Cisco SPA8800, pode introduzir as definições recomendadas nos campos referentes ao SPA8800. Certifique-se de que liga fisicamente o ramal à porta correspondente do SPA8800.

    1. Número de telefone para teste: Introduza um número de telefone externo, sem espaços nem pontuação. Seleccione um telefone que possa atender durante este teste. Não é necessário um dígito de direccionamento para uma chamada FXO.

    2. Seleccione uma porta de teste no Cisco UC320W e ligue fisicamente o ramal de teste a esta porta. Todas as portas activadas são apresentadas.

    3. Iniciar: Clique neste botão para iniciar o teste. Quando o telefone tocar, atenda-o e prima imediatamente o botão de silenciamento. A chamada estará activa durante cerca de 2 minutos enquanto os tons de teste são transmitidos.

    Nota: Clique em Parar se não pretender continuar o teste.

    4. Quando o ícone de estado e as definições recomendadas forem apresentadas, desligue o telefone. Nota: Para obter mais informações sobre estes ícones de estado, coloque o ponteiro do rato sobre o botão de informações no ecrã.

    5. Na metade inferior do ecrã, localize a porta na qual pretende utilizar este ramal e introduza as definições:

    • Impedância: Com base nos resultados do teste, introduza a definição Impedância recomendada.
    • Co-Termination: Com base nos resultados do teste, introduza a definição Co-Termination recomendada.
    • Tipo de linha: Com base nos resultados do teste, introduza a definição Tipo de linha recomendada.

    6. Ligue fisicamente o ramal testado à porta seleccionada. Consulte as etiquetas de portas no dispositivo para garantir a utilização da porta correcta.

    7. Se necessário, repita os passos acima indicados para outros ramais.

    8. Complete o procedimento:

    • Aplicar agora: Clique para aplicar imediatamente as definições.
    • Cancelar: Clique para fechar a janela sem efectuar quaisquer alterações.


    Índice

    Portas FXS

    Utilize a página Configuração > Hardware > Portas FXS para activar as portas (FXS) do telefone no Cisco UC320W e nos gateways de telefonia IP Cisco SPA8800. Estas portas suportam dispositivos analógicos.

    Nota: Consulte a ilustração apresentada no ecrã para obter a localização das portas FXS, nas quais pode ligar dispositivos analógicos. Pode colocar o ponteiro do rato sobre o ícone de ponteiro para visualizar a imagem numa escala maior.

    Activada: Seleccione esta caixa para activar a porta. Desmarque a caixa para desactivar a porta. Recomenda-se que active as portas apenas conforme necessário, de modo a evitar um impacto desnecessário no limite de licença de 24 telefones. Nota: Apenas podem ser licenciados 24 telefones, incluindo todas as portas FXS do Cisco SPA8800 activadas, para o Cisco UC320W. A porta FXS incorporada no Cisco UC320W não é contabilizada para este limite de licenças.


    Índice

    Ramais SIP/BRI

    Utilize a página Configuração > Hardware > Ramais SIP/BRI para introduzir as definições para os fornecedores SIP e gateways BRI que fornecem serviços de voz sobre IP (VoIP). É possível adicionar até quatro serviços diferentes.

    Nota: Esta página de configuração está disponível se o Modo do sistema estiver definido como PBX ou Combinação. Não está disponível no modo Sistema-chave. (Para obter mais informações, consulte a página PBX/Sistema-chave.)

    Acerca dos ramais SIP/BRI

    • O Cisco UC320W suporta até 12 chamadas simultâneas em todos os ramais (incluindo ramais FXO e SIP/BRI).
    • Para configurar o prefixo de marcação para o encaminhamento de chamadas efectuadas através dos ramais FXO e dos ramais SIP/BRI, consulte a página Ramais de saída.
    • Para introduzir os números de telefone e configurar o encaminhamento de chamadas recebidas para estes ramais, consulte a página Chamadas recebidas.
    • Após aplicar a configuração, verifique as definições efectuando chamadas através deste ramal. Utilize igualmente um telefone externo, como um telemóvel, para efectuar uma chamada para os números de telefone deste ramal.

    Adicionar e remover ramais SIP/BRI

    • Adicionar um ramal SIP/BRI: Clique neste botão para adicionar um novo ramal SIP/BRI.
    • Fornecedor: Seleccione o tipo de ramal.
    • Após seleccionar um fornecedor, preencha todos os campos obrigatórios ou elimine o registo. Uma entrada incompleta produz um erro, indicado por um X vermelho na árvore de navegação.
    • Para remover um ramal SIP/BRI: Clique no botão de eliminação (X) do ramal que pretende remover.
    • Para introduzir uma lista de números de telefone para um ramal SIP/BRI: Consulte a página Chamadas recebidas.

    Definições de fornecedores SIP

    Esta secção está disponível após seleccionar um fornecedor. Para introduzir as definições, clique em Definições. Para ocultar as definições, clique novamente no botão. Os campos obrigatórios estão indicados por ícones junto aos nomes dos campos. No entanto, o fornecedor de serviços pode requerer outras definições que não estão assinaladas desta forma. Introduza todas as informações do fornecedor.

    • Descrição: Introduza uma breve descrição deste serviço para referência.
    • Proxy: Introduza o endereço IP ou o nome do domínio do servidor proxy SIP.
    • Requerer registo: Seleccione a caixa se o servidor proxy SIP requerer registo SIP.
    • Proxy de saída: Se o fornecedor tiver especificado um proxy para chamadas efectuadas, introduza o endereço IP do servidor proxy de saída.
    • Permitir apenas chamadas de: Especifique os números de telefone válidos para tráfego de voz de entrada. Utilize esta definição para bloquear tráfego de voz não autorizado. Introduza um número de telefone exacto ou utilize caracteres universais. Um x representa qualquer dígito individual. Um asterisco * representa qualquer cadeia. Recomenda-se a introdução de um padrão específico que inclua todos os números de telefone que o operador tenha atribuído ao utilizador. Exemplos: * não é recomendado, uma vez que permite qualquer número. Um campo em branco também permite qualquer número. 214* é mais específico, mas menos do que 214xxxxxxx, que requer um número de telefone com 10 dígitos começado por 214. 214842xxxx é melhor, uma vez que inclui todos os números atribuídos, mas não é demasiado geral.
    • Capacidade de chamadas: Seleccione o número máximo de chamadas simultâneas suportadas neste ramal pelo fornecedor de serviços.
    • Colocar nos números marcados o prefixo: Seleccione a caixa, se esta funcionalidade for requerida pelo fornecedor de serviços. Quando esta funcionalidade está activada, o sistema insere automaticamente o prefixo de marcação apropriado para um número externo (tal como +1 nos EUA ou +44 no Reino Unido, com base nas definições regionais especificadas).
    • Nome da empresa: Introduza o nome da empresa. Nota: Os caracteres especiais podem fazer com que alguns fornecedores SIP rejeitem chamadas.
    • ID da conta: Introduza o ID da conta, que normalmente corresponde ao número de telefone principal para o ramal. Este número pode ser utilizado como o ID da linha de chamada para as chamadas efectuadas, caso seja permitido pelo fornecedor de serviços.
    • ID de autenticação: Se o fornecedor requerer autenticação SIP, introduza o código de autenticação para a conta. Normalmente, este código é sensível a maiúsculas e minúsculas.
    • Palavra-passe: Se o fornecedor requerer autenticação SIP, introduza a palavra-passe para a conta. Normalmente, esta palavra-passe é sensível a maiúsculas e minúsculas.
    • Procura de registos SRV: Se requerido pelo fornecedor, seleccione esta caixa para utilizar a procura SRV de DNS para proxy e proxy de saída ou deixe a caixa desmarcada para desactivar a procura SRV.
    • Prefixo automático SRV: Se tiver activado a Procura de registos SRV, pode seleccionar esta caixa para anexar automaticamente o nome do proxy ou proxy de saída com o prefixo _sip._udp ao executar uma procura SRV de DNS desse nome. Desmarque a caixa para desactivar este serviço.
    • Porta SIP local: Apresenta o número de porta local utilizado para este serviço. Estas informações servem para referência, se necessário.
    • Mapeamento NAT: Seleccione esta caixa se o mapeamento NAT não for facultado pelo fornecedor SIP e, por isso, for requerido o mapeamento NAT local. Em seguida, especifique as definições NAT na secção Parâmetros SIP da totalidade do sistema. Nota: A função NAT (Network Address Translation) permite que vários dispositivos numa rede privada partilhem o mesmo endereço IP público e encaminhável para estabelecer ligações à Internet. Para activar o VoIP para coexistir com NAT, é requerida alguma forma de NAT Traversal. Alguns fornecedores de serviços disponibilizam NAT Traversal, outros não. Caso não tenha a certeza, contacte o seu fornecedor SIP.
    • Enviar manutenção da ligação de NAT: Seleccione esta caixa para permitir que o Cisco UC320W envie periodicamente mensagens Manter ligada para o servidor, para manter o actual mapeamento NAT. Nota: Esta opção está disponível se seleccionar a caixa Mapeamento NAT.

    Nota: Outras definições NAT são configuradas na secção Parâmetros SIP da totalidade do sistema abaixo.

    Definições de Mediatrix Gateways

    Esta secção está disponível após seleccionar um fornecedor. Para introduzir as definições, clique em Definições. Para ocultar as definições, clique novamente no botão. Os requisitos variam consoante o fornecedor. Consulte as informações do seu fornecedor.

    Nota: Pode instalar até dois Mediatrix 4400 Digital Gateways. Ligue o Cisco UC320W e o gateway BRI a um router seguro, tal como o Cisco SA500. Para obter notas de aplicação, visite a Small Business Support Community.

    • Descrição: Introduza uma breve descrição deste serviço para referência.
    • Endereço IP do Mediatrix: Introduza o endereço IP para o servidor Mediatrix.
    • Capacidade de chamadas: Seleccione o número máximo de chamadas simultâneas suportadas neste ramal pelo fornecedor.
    • Colocar nos números marcados o prefixo: Seleccione a caixa, se esta funcionalidade for requerida pelo fornecedor de serviços. Quando esta funcionalidade está activada, o sistema insere automaticamente o prefixo de marcação apropriado para um número externo (tal como +1 nos EUA ou +44 no Reino Unido, com base nas definições regionais especificadas).
    • Número de telefone da conta: Introduza o número de telefone principal para o serviço BRI.
    • Iniciar interface do Mediatrix: Clique nesta ligação para abrir a ferramenta de configuração do Mediatrix (não é um produto Cisco).
    • Porta SIP local: Apresenta o número de porta local a utilizar para este serviço. Este número de porta será necessário quando configurar o Mediatrix Gateway para funcionar em conjunto com o Cisco UC320W.

    Parâmetros SIP da totalidade do sistema

    Esta secção da página está disponível após seleccionar um fornecedor. Estas definições aplicam-se a todos os fornecedores SIP.

    • Codec: Mantenha as predefinições ou seleccione o codec para chamadas efectuadas. Esta lista inclui os codecs apropriados para a região em questão. Sugestão: G711 proporciona uma qualidade de áudio superior, mas utiliza mais largura de banda do que G729. Com G729, o áudio é comprimido e pode ter uma ligeira distorção, mais perceptível durante a reprodução de música.
    • FAX de saída Seleccione uma definição de transmissão de fax.
    • Tamanho da criação de pacotes em milissegundos: Seleccione o intervalo da criação de pacotes, em milissegundos. Esta definição determina o tamanho das amostragens de áudio em cada pacote. A predefinição é a opção recomendada para a maioria dos cenários. Um valor mais baixo pode evitar os problemas de qualidade de voz, reduzindo o atraso geral. Contudo, a utilização da largura de banda será superior ao enviar mais pacotes com tamanho inferior. Um valor mais alto pode melhorar a utilização da rede.
    • Servidor STUN de NAT (botão): Se tiver activado o mapeamento NAT para um fornecedor SIP, pode seleccionar esta opção para utilizar um servidor STUN para detectar o mapeamento NAT. Esta definição é aplicável a todos os fornecedores SIP com mapeamento NAT activado. Não aplicável a Mediatrix BRI Gateways.
    • Servidor STUN de NAT (caixa de texto): Introduza o endereço IP ou o nome de sistema anfitrião do servidor STUN de NAT. Nota: Esta opção está disponível se tiver activado o mapeamento NAT para um ou mais fornecedores SIP. Esta definição é aplicável a todos os ramais SIP.
    • Endereço IP estático do local (botão): Especifique o endereço IP estático público utilizado para ligações à Internet no local. Nota: Esta opção está disponível se tiver activado o mapeamento NAT para um ou mais fornecedores SIP. Esta definição é aplicável a todos os ramais SIP.
    • Endereço IP estático do local (caixa de texto): Introduza o endereço IP estático encaminhável publicamente para o local.


    Índice

    Ramais de saída

    Utilize a página Configuração > Hardware > Ramais de saída para especificar os ramais que estão seleccionados para cada dígito de linha externa no plano de marcação interna.

    Nota: Esta selecção é relevante se tiver activado vários ramais. Se activou apenas ramais FXO ou apenas um serviço SIP/BRI, esta página apresenta a atribuição de ramais para os dígitos de linha externa.

    • Atribuição de ramal de saída: Clique no botão para mostrar ou ocultar esta secção. Pode atribuir um ou mais ramais a cada dígito utilizado para obter uma linha externa. Pode atribuir ramais diferentes a dígitos diferentes. Por exemplo, pode pretender que os utilizadores primam 8 para um ramal FXO e 9 para um ramal SIP/BRI.

    Notas:

    • Se existir mais do que um ramal, clique no botão Utilizar como dígito de direccionamento de remarcação correspondente para seleccionar esse ramal para o dígito de direccionamento de remarcação. É apenas possível seleccionar um ramal de cada vez.
      • Assinale a caixa para seleccionar um ramal. A ordem pela qual selecciona as caixas corresponde à ordem pela qual os ramais são utilizados. Por exemplo, se seleccionar em primeiro lugar um ramal FXO e um fornecedor SIP em segundo lugar, o fornecedor SIP é utilizado apenas quando o ramal FXO estiver ocupado.
      • O grupo FXO inclui todos os ramais FXO não atribuídos, ou seja, os ramais que não estão reservados para Linhas FXO partilhadas (consulte a página Linhas FXO partilhadas).
      • Pode alterar a ordem dos ramais, arrastando um ramal para cima ou para baixo na lista. Em alternativa, desmarque todas as caixas e, em seguida, seleccione as mesmas pela ordem pretendida.


      Índice


      Índice

      Utilizadores/Telefones

      Na secção Utilizadores/Telefones do módulo Configuração, pode adicionar os utilizadores, definir as respectivas permissões e atribuir os respectivos telefones.


      Índice

      Utilizadores

      Utilize a página Configuração > Utilizadores/Telefones > Utilizadores para introduzir os nomes dos utilizadores, atribuir números de extensões e activar o correio de voz, se necessário. Pode introduzir os dados directamente nos campos, escrever os dados numa janela de contexto ou importar uma lista de utilizadores estruturada a partir de um ficheiro CSV (valores separados por vírgulas).

      Informações gerais e opções

      • Para simplificar a apresentação, apenas os campos Nome próprio e Apelido são apresentados quando visualizar esta página pela primeira vez. Depois de introduzir o nome, serão apresentadas outras funcionalidades. O nome próprio ou o apelido são obrigatórios. Complete a entrada ou elimine a mesma. Uma entrada incompleta produz um erro, indicado por um X vermelho na árvore de navegação.
      • Tem de criar, pelo menos, um utilizador. É possível ter até 25 utilizadores. Nota: Apenas podem ser licenciados 24 telefones, incluindo todas as portas FXS do Cisco SPA8800 activadas, para o Cisco UC320W. A porta FXS incorporada no Cisco UC320W não é contabilizada para este limite de licenças.
      • Crie uma entrada de utilizador para cada telefone que pretende activar. Para um telefone que não esteja atribuído a um funcionário, introduza uma descrição, tal como Hall de entrada, no campo Nome próprio ou Apelido.
      • O sistema permite até 25 caixas de correio de voz para extensões pessoais principais e 15 caixas de correio de voz para extensões adicionais e extensões de grupo. Cada caixa de correio de voz tem capacidade para armazenar até 30 minutos de mensagens.
      • Se activar o correio de voz, informe os utilizadores de que a palavra-passe predefinida do correio de voz é 12345.
      • A função de telefone directo está disponível para um máximo de dois telefones. Pode atribuir esta função aos telefones na página Atribuir telefones.
      • Um telefone directo não pode receber chamadas nem efectuar uma chamada para qualquer telefone que não o destino especificado.
      • O número de destino de um telefone directo é especificado na página Botões de telefone.
      • Dependendo do modelo do telefone, é possível um utilizador efectuar uma chamada, levantando o auscultador ou premindo o botão de altifalante, se aplicável. Poderá ocorrer um atraso de alguns segundos antes da ligação da chamada ser estabelecida.

      Definições para registos de utilizador

      A página apresenta automaticamente um registo de utilizador em branco. Introduza as informações, conforme descrito abaixo.

      • Nome próprio: Introduza o nome do utilizador, tal como pretende que o mesmo seja apresentado no ID de chamada para chamadas internas e no directório. É requerido um Nome próprio ou um Apelido. Se estiver a introduzir o nome de um telefone directo, introduza aqui o nome completo do telefone directo.
      • Apelido: Introduza o apelido, tal como pretende que apareça no Directório da empresa no menu do telefone e no ID de chamada para chamadas internas. É requerido um Nome próprio ou um Apelido.
      • Extensão: Mantenha o número de extensão predefinido ou introduza um número exclusivo que respeite as definições da extensão na página Marcação interna. Sugestão: Para introduzir um novo número de extensão de forma rápida, clique no ícone de telefone junto a este campo.

      Nota: Se um utilizador necessitar de um número de extensão de um dígito, tal como 0, verifique se as definições do Marcação interna permitem que o dígito seja utilizado desta forma. Em seguida, basta introduzir o dígito no campo Extensão.

      • Correio de voz: Seleccione a caixa para criar uma caixa de correio de voz para este utilizador. Desmarque a caixa se não for requerido correio de voz. O número da caixa de correio de voz é idêntico ao número da extensão. A palavra-passe predefinida é 12345. Um utilizador pode consultar as mensagens de correio de voz premindo o botão Mensagens no telefone.
      • Criar um utilizador: Clique neste botão para criar um novo utilizador.
      • Para remover um utilizador: Clique no botão de eliminação (X) do utilizador que pretende remover.

      Outras opções de introdução de dados

      • Para adicionar rapidamente nomes de uma lista: Clique no ícone de área de transferência para abrir uma janela de contexto, na qual pode colar ou escrever uma lista de utilizadores. Inclua as informações que se seguem para cada utilizador, pela seguinte ordem: nome próprio, apelido, número da extensão e preferência de correio de voz (introduza true ou false). É obrigatório especificar um nome próprio ou um apelido. Consulte as Notas abaixo.

      Notas:

      • O ícone de área de transferência e os ícones de importação não estão disponíveis se tiver 25 utilizadores, o máximo permitido.
      • O número da extensão tem de ser um número exclusivo que respeite as definições de extensões na página Marcação interna. Se não introduzir um número de extensão na janela de contexto, pode introduzir o mesmo no ecrã. Sugestão: Para introduzir um novo número de extensão de forma rápida, clique no ícone de telefone junto ao campo.
      • Para o correio de voz, introduza true para criar uma caixa de correio de voz para este utilizador ou introduza false se o utilizador não necessitar de correio de voz.
      • Introduza um espaço entre cada valor. No final de um registo de utilizador, introduza uma vírgula ou prima a tecla Enter.
      • Para transferir um ficheiro CSV como um modelo para introdução de dados ou como uma lista de utilizadores: Clique no ícone Transferir para guardar um ficheiro CSV para utilizar como modelo. Se ainda não tiver adicionado utilizadores, o ficheiro contém um registo exemplo e pode ser utilizado como modelo para introdução de dados. Se tiver adicionado utilizadores, o ficheiro inclui todos os registos de utilizador. Pode abrir o ficheiro users.csv num programa de edição de texto, como o Bloco de notas, ou num programa de folha de cálculo, como o Microsoft Excel.
      • Para introduzir informações de utilizadores num ficheiro CSV: Pode utilizar um modelo transferido ou criar um novo ficheiro CSV. Edite-o num programa de edição de texto, como o Bloco de notas, ou num programa de folha de cálculo, como o Microsoft Excel. Inclua as informações que se seguem para cada utilizador, pela seguinte ordem: nome próprio, apelido, número da extensão e preferência de correio de voz (introduza true ou false). É obrigatório especificar um nome próprio ou um apelido.

      Notas:

      • O número da extensão tem de ser um número exclusivo que respeite as definições de extensões na página Marcação interna. Se não introduzir um número de extensão no ficheiro CSV, pode introduzir o mesmo no ecrã.
      • Para o correio de voz, introduza true para activar o mesmo ou false para desactivar.
      • Num programa de edição de texto, separe os valores com vírgulas e crie cada entrada numa nova linha.
      • Num programa de folha de cálculo, introduza cada valor numa célula separada e crie cada entrada numa nova linha. Não inclua uma linha de título.
      • Se estiver a utilizar um modelo, elimine o registo exemplo antes de guardar o ficheiro.
      • Guarde o ficheiro no formato CSV. Em seguida, pode importar o ficheiro, conforme descrito abaixo.
      • Os telefones directos não são suportados num ficheiro CSV.
      • Para importar uma lista de utilizadores de um ficheiro: Clique no ícone Importar para importar registos de utilizador de um ficheiro CSV que tenha preparado. Seleccione o ficheiro e, em seguida, clique em Abrir. Se existirem valores obrigatórios em falta ou se tentar importar mais do que 25 utilizadores, são apresentados erros. Os registos de utilizador importados são apresentados no ecrã.

      Nota: O ícone de importação não está disponível se tiver 25 utilizadores, o máximo permitido.


      Índice

      Atribuir telefones

      Utilize a página Configuração > Utilizadores/Telefones > Atribuir telefones para atribuir telefones a utilizadores e à função de telefone directo, se necessário. Um telefone directo é utilizado exclusivamente para efectuar uma chamada para um número de destino.

      Acerca das atribuições de telefones

      • Para o ajudar a seleccionar um telefone apropriado para cada utilizador, a descrição inclui o modelo e o número de botões. Se o telefone tiver um módulo de expansão Cisco SPA 500S, também conhecido como consola de atendimento ou consola lateral, o número de botões da consola lateral também é apresentado. Os botões do telefone podem ser utilizados para extensões adicionais, extensões partilhadas e linhas FXO partilhadas (analógicas). Os botões do telefone e os botões da consola lateral podem ser utilizados para funcionalidades especiais, tais como marcação automática (marcação rápida), atendimento de chamadas e Monitorizar linha. As funções dos botões são atribuídas na página Botões de telefone.
      • Em alguns telefones, poderá ver um círculo amarelo com um sinal de subtracção. O ícone indica que o telefone não está registado (não tem ligação ao Cisco UC320W). Possivelmente, este registo telefónico foi adicionado manualmente para utilização futura ou o telefone foi desligado, mas o registo não foi removido. Pode atribuir o telefone a um utilizador, mas este não está em funcionamento.
      • Os utilizadores são introduzidos na página Utilizadores. É necessário um registo de utilizador, mesmo para um telefone que não esteja atribuído a um funcionário, tal como um telefone num hall de entrada.
      • Se um utilizador repartir as horas de trabalho entre duas localizações no escritório, pode atribuir um telefone emparelhado. Após a atribuição de um telefone principal, arraste um telefone para a entrada de telefone emparelhado.

      Nota:

      • Um telefone emparelhado herda os botões do telefone principal, até ao número total de botões no modelo de telefone seleccionado. Por exemplo, se o telefone principal tiver 5 botões e o telefone secundário tiver 3, o telefone emparelhado herda os primeiros três botões. O aspecto dos botões do telefone indica o estado:
      • Apagado: Inactivo.
      • Verde (fixo): Ligado a uma chamada neste telefone.
      • Verde (intermitente): Com uma chamada em espera neste telefone. Para retomar a chamada, prima o botão.
      • Laranja (intermitente): A tocar.
      • Vermelho (fixo): Ligado a uma chamada noutro telefone.
      • Vermelho (intermitente): Com uma chamada em espera noutro telefone. Para atender a chamada, prima o botão.
      • Um telefone emparelhado não possui teclas programáveis para reencaminhar todas as chamadas. Configure o reencaminhamento de chamadas para chamadas não atendidas e ocupadas em Reencaminhamento cham na página.
      • Se premir a tecla programável Não Incomodar (DND) num telefone principal, as chamadas não tocarão no telefone. As chamadas tocarão no telefone emparelhado. A chamada será desviada para o destino de Reencaminhamento de chamadas Não atendida quando o período de tempo for atingido. Se premir a tecla programável DND no telefone emparelhado, todas as chamadas serão desviadas para o destino de Reencaminhamento de chamadas Não atendida.
      • Pode atribuir telefones a utilizadores e à função de telefone directo. Um telefone directo é utilizado exclusivamente para efectuar uma chamada para um número de destino. Por exemplo, um responsável por entregas na porta de serviço poderá utilizar um telefone directo para ligar imediatamente para um funcionário. Esta função está disponível para um máximo de dois telefones. A Cisco recomenda a utilização de telefones FXS (analógicos) e telefones IP com uma linha, tais como o Cisco SPA 301 e o Cisco SPA 502G, para esta função.
      • Os utilizadores, telefones directos e telefones só estão activos se for efectuada uma atribuição.
      • É necessário efectuar, pelo menos, uma atribuição de telefone. Caso contrário, é apresentado um erro.

      Atribuir telefones a um utilizador ou à função de telefone directo

      É possível utilizar vários métodos para atribuir, reatribuir ou remover telefones.

      • Seleccionar um telefone na lista pendente: Clique no botão grande de seta para baixo na extremidade direita da entrada Telefone atribuído e, em seguida, seleccione um telefone não atribuído na lista.
      • Utilizar o método arrastar e largar para atribuir um telefone não atribuído: Para atribuir um telefone não atribuído a um utilizador, arraste o telefone para a entrada vazia junto ao nome de utilizador. Quando a entrada estiver realçada a verde, solte o botão do rato. Se o utilizador já tiver uma atribuição de telefone, o telefone anterior volta para Telefones não atribuídos. Se o novo telefone tiver menos botões de telefone do que aqueles configurados actualmente para o utilizador, é apresentado um aviso.
      • Remover uma atribuição de telefone com o botão Eliminar: Clique no botão de eliminação (X) junto ao telefone atribuído. O telefone volta para a lista de telefones não atribuídos. Se remover um telefone directo, remova igualmente o destino ou atribua outro telefone.
      • Arrastar e largar um telefone atribuído para voltar a atribuir o mesmo ou devolver o mesmo à lista Telefones não atribuídos: Para remover um telefone, arraste-o para a lista de telefones não atribuídos. Para trocar telefones atribuídos entre dois utilizadores, arraste o telefone para a entrada de atribuição de telefone do outro utilizador. Quando o outro telefone estiver realçado a verde, solte o botão do rato.
      • Para telefones directos, é requerido um número de destino. Ao criar uma nova configuração, especifica o destino de um telefone directo na página Botões de telefone. Este último passo é necessário durante o processo de configuração inicial, uma vez que os destinos, tais como extensões partilhadas e grupos de paging, ainda não estão criados. Ao trabalhar a partir de uma configuração existente, pode atribuir um destino utilizando a lista pendente por baixo da atribuição de telefone.

      Nota: Se necessário, pode utilizar a caixa Mostrar telefones atribuídos para mostrar os telefones atribuídos na lista Telefones não atribuídos. Seleccione a caixa para mostrar os telefones atribuídos ou desmarque a caixa para mostrar apenas os telefones não atribuídos.


      Índice


      Índice

      Botões de extensões

      Na secção "Botões de extensões" do módulo de configuração, pode adicionar botões aos telefones dos utilizadores para Linhas FXO partilhadas, extensões partilhadas e extensões pessoais adicionais.


      Índice

      Linhas FXO partilhadas

      Utilize a página Configuração > Botões de extensões > Linhas FXO partilhadas para reservar um ramal FXO (analógico) para utilização por parte dos utilizadores especificados.

      No escritório: No escritório de uma seguradora, uma Linha FXO partilhada inclui dois agentes como membros. Estes podem monitorizar e gerir facilmente as chamadas para garantir um bom serviço ao cliente.

      Nota: Esta página está disponível se tiver seleccionado Sistema-chave ou Combinação na página PBX/Sistema-chave e tiver activado, pelo menos, uma porta FXO na página Portas de linha (FXO).

      Funcionalidades de uma Linha FXO partilhada

      • Um botão Linha FXO partilhada será adicionado ao telefone de cada membro. Se a Linha FXO partilhada incluir vários ramais, existirá um botão de linha para cada ramal. Por predefinição, o botão de linha apresenta o número de porta. Se tiver configurado uma etiqueta na página Portas de linha (FXO), essa etiqueta é apresentada em alternativa. Pode editar as etiquetas dos botões de linha na página Etiquetas botões telefone.
      • Se o grupo tiver apenas um membro, a Linha FXO partilhada seleccionada é uma linha privada dessa pessoa.
      • As chamadas recebidas através da porta FXO especificada farão com que os telefones de todos os membros toquem em simultâneo.
      • Para efectuar uma chamada, um utilizador prime o botão de linha partilhada para agarrar o ramal. Não é necessário qualquer dígito de marcação de saída, tal como 9.
      • O aspecto do botão de linha indica o estado da linha telefónica analógica.
      • Apagado: Inactiva.
      • Verde (fixo): Ligada a uma chamada neste telefone.
      • Verde (intermitente): Com uma chamada em espera neste telefone. Para retomar a chamada, prima o botão do telefone.
      • Laranja (intermitente): A tocar.
      • Vermelho (fixo): Ligada a uma chamada noutro telefone.
      • Vermelho (intermitente): Com uma chamada em espera noutro telefone. Para atender a chamada, prima o botão de linha.
      • Laranja (fixo): Existência de um erro. Contacte o administrador do telefone para obter assistência.
      • Os botões de Linha FXO partilhada têm prioridade sobre os botões de funcionalidades programáveis. Se adicionar uma Linha FXO partilhada depois de configurar os botões de telefone de um utilizador, todos os botões deslocar-se-ão para baixo no telefone. Se o limite de botões for excedido, o botão da funcionalidade programável que estiver mais abaixo é retirado.
      • Uma Linha FXO partilhada não é utilizada para chamadas entre estações no sistema telefónico. É utilizada para chamadas recebidas e efectuadas no ramal FXO especificado.

      Informações gerais e opções para linhas partilhadas

      • Para simplificar a apresentação, apenas o campo Etiqueta está disponível quando visualizar esta página pela primeira vez. Depois de digitar uma etiqueta, ficarão disponíveis outras funcionalidades.
      • Etiqueta: Introduza uma descrição, para referência, no utilitário de configuração. Após a introdução de uma etiqueta, complete a entrada ou elimine a mesma. Uma entrada incompleta produz um erro, indicado por um X vermelho na árvore de navegação.
      • Criar uma linha FXO partilhada: Clique neste botão para criar uma nova Linha FXO partilhada. Em seguida, escreva uma Etiqueta, introduza as definições e seleccione um membro.
      • Para remover uma Linha FXO partilhada: Clique no botão de eliminação (X) da Linha FXO partilhada que pretende remover.

      Definições para linhas FXO partilhadas

      • Definições de linha FXO partilhada: Este botão estará disponível após a introdução de uma etiqueta. Clique neste botão para abrir ou fechar a secção "Definições".
      • Nível de privilégio: Seleccione a classe de restrição apropriada na lista. Esta definição determina os privilégios de marcação para as chamadas efectuadas utilizando este botão de linha. Tenha em atenção que os membros apenas podem incluir utilizadores atribuídos a esta classe ou a uma classe superior na página Privilégios de marcação.
      • Para atribuir ou anular a atribuição de um ramal FXO: Para atribuir um ramal FXO a uma Linha FXO partilhada, utilize o rato para arrastar o ramal da lista Ramais FXO disponíveis para a lista Ramais FXO atribuídos. É apresentado um ícone na lista Ramais FXO disponíveis para indicar que o ramal está atribuído à Linha FXO partilhada especificada. Para anular a atribuição de um ramal FXO, arraste-o da lista Ramais FXO atribuídos para a lista Ramais FXO disponíveis.

      Nota: Se necessário, pode utilizar a caixa Mostrar ramais FXO atribuídos. para mostrar os ramais FXO atribuídos na lista Ramais FXO disponíveis. Seleccione a caixa para mostrar os ramais FXO atribuídos ou desmarque a caixa para mostrar apenas os ramais FXO não atribuídos.

      • Para mover um ramal FXO para uma Linha FXO partilhada diferente: Clique no botão Mover e, em seguida, seleccione uma linha partilhada na lista ou clique em Nova linha FXO partilhada. Nota: A opção Nova linha FXO partilhada apenas está disponível se ainda existirem Ramais FXO atribuídos.
      • Encaminham. nocturno: Disponível apenas se tiver activado o encaminhamento de chamadas de Dia/Noite na página Func. mod diurno/nocturno. Seleccione um destino para as chamadas recebidas quando o sistema está no modo nocturno. As chamadas serão reencaminhadas imediatamente para o destino especificado.
      • Caixa de correio de voz partilhada: Seleccione esta caixa para criar uma caixa de correio de voz para esta Linha FXO partilhada. É apresentado o número da caixa de correio. A palavra-passe da caixa de correio predefinida é 12345. Desmarque esta caixa se não for requerido correio de voz. Pode editar o número da caixa de correio, se necessário. Qualquer utilizador pode deixar uma mensagem nesta caixa de correio de voz, marcando o dígito de acesso ao correio de voz (a predefinição é 7) e o número da caixa de correio, conforme apresentado no ecrã. Para obter mensagens para esta Linha FXO partilhada, um utilizador pode marcar o número da extensão do piloto de correio de voz e introduzir o número da caixa de correio (sem o 7) e a palavra-passe. O botão de linha no telefone apresentará um ícone de envelope para indicar a existência de novas mensagens.

      Nota: O sistema permite até 25 caixas de correio de voz para extensões pessoais principais e 15 caixas de correio de voz para extensões adicionais e extensões de grupo. Cada caixa de correio de voz tem capacidade para armazenar até 30 minutos de mensagens.

      • Incluir na marcação de saída: Seleccione esta caixa se pretender incluir o ramal FXO especificado no conjunto de linhas que podem ser agarradas para chamadas efectuadas por todos os utilizadores. Desmarque esta caixa se pretender permitir que o ramal FXO especificado seja utilizado apenas quando alguém premir este botão de Linha FXO partilhada. Se desmarcar esta caixa, certifique-se de que existe, pelo menos, um ramal FXO não atribuído e disponível para chamadas efectuadas por outros utilizadores.
      • Se ocupado ou não atendida, reencaminhar para: Disponível depois de aplicar a configuração inicial. Durante a configuração inicial, pode definir o reencaminhamento de chamadas na página Reencaminhamento cham. Utilize a primeira lista pendente para seleccionar um destino para uma chamada não atendida. Utilize a segunda lista pendente para especificar o período de tempo limite em segundos. Se tiver activado um agendamento de Dia/Noite para o reencaminhamento de chamadas na página Func. mod diurno/nocturno, pode especificar um destino diferente para o modo nocturno. Nota: Se seleccionar Nenhum para o destino, a definição de tempo limite não estará disponível. O telefone toca até a chamada ser desligada ou atendida.

      Seleccionar membros para Linhas FXO partilhadas

      • Seleccionar membros: Este botão estará disponível após a introdução de uma etiqueta. Clique neste botão para abrir ou fechar a secção "Membros".
      • Para adicionar um membro: Seleccione a caixa para adicionar o utilizador. Desmarque a caixa para remover o utilizador. Os membros adicionados com êxito aparecem com um fundo verde. Os erros são indicados por um fundo vermelho. Botões disponíveis indica os botões que não estão a ser utilizados de momento para linhas partilhadas, extensões partilhadas ou extensões adicionais. O botão de nova linha poderá substituir o botão de uma funcionalidade anteriormente configurada, como, por exemplo, marcação rápida ou Monitorizar linha.
      • Seleccionar tudo: Clique para seleccionar todos os utilizadores.
      • Limpar tudo: Clique para desmarcar todos os utilizadores.
      • Para remover um utilizador do grupo: Desmarque a caixa junto ao nome. Os utilizadores não seleccionados aparecem com um fundo branco.

      Nota:

      • A opção Botões disponíveis inclui apenas botões do telefone. Esta funcionalidade só pode ser atribuída a um botão do telefone e não a um botão de consola lateral.
      • A lista inclui todos os utilizadores. Se um utilizador não tiver um telefone atribuído, possuir um telefone FXS ou não tiver botões de telefone suficientes disponíveis, o fundo é cinzento. Se tiver configurado anteriormente uma linha partilhada e, em seguida, uma atribuição de telefone tiver sido removida, o fundo aparece a vermelho.
      • Para configurar utilizadores, consulte a página Utilizadores. Para atribuir telefones a utilizadores, consulte a página Atribuir telefones.


      Índice

      Extensões partilhadas

      Utilize a página Configuração > Botões de extensões > Extensões partilhadas para permitir que um grupo de utilizadores atenda, monitorize e efectue a gestão de chamadas.

      No escritório: Numa loja de animais, o departamento de tratamento tem dois telefones, um na área de recepção e um nas traseiras. Com uma extensão partilhada que inclua ambos os telefones, os funcionários da loja de animais podem transferir chamadas para um único número de extensão. O tratador pode atender chamadas em qualquer um dos telefones. A extensão partilhada também faz com que seja mais fácil ao tratador colocar uma chamada em espera num telefone e retomá-la no outro telefone.

      Funcionalidades de extensões partilhadas

      • Cada membro do grupo terá um ou mais botões de telefone para gerir e monitorizar a extensão partilhada.
      • O grupo pode ser contactado marcando o número da extensão, seleccionando a extensão no directório ou utilizando um botão do telefone que tenha marcação rápida configurada para este grupo.
      • O grupo pode ser contactado a partir de um telefone externo se o grupo estiver especificado como um destino de chamadas numa opção do menu AA, num grupo de encaminhamento de chamadas recebidas ou numa opção de reencaminhamento de chamadas.
      • Uma chamada recebida tocará simultaneamente nos telefones de todos os membros.
      • As extensões partilhadas e os grupos de busca são semelhantes, mas têm funcionalidades exclusivas. Com uma extensão partilhada, uma chamada toca simultaneamente em todos os utilizadores e todos os membros podem monitorizar e gerir as chamadas através de um botão de linha no telefone. Com um grupo de busca, é possível activar o encaminhamento de chamadas simultâneo ou sequencial, mas este não permite aos membros monitorizar ou gerir as chamadas.

      Nota: O aspecto do botão de linha indica o estado da extensão partilhada.

      • Apagado: Inactiva.
      • Verde (fixo): Ligada a uma chamada neste telefone. Nota: A extensão partilhada não mostra como estando em utilização quando uma chamada é efectuada através da Linha FXO partilhada.
      • Verde (intermitente): Com uma chamada em espera neste telefone. Para retomar a chamada, prima o botão do telefone.
      • Laranja (intermitente): A tocar.
      • Vermelho (fixo): Ligada a uma chamada noutro telefone.
      • Vermelho (intermitente): Com uma chamada em espera noutro telefone. Para atender a chamada, prima o botão de linha.
      • Laranja (fixo): Existência de um erro. Contacte o administrador do telefone para obter assistência.
      • Os botões de extensões partilhadas têm prioridade sobre os botões de funcionalidades programáveis. Se adicionar uma extensão partilhada depois de configurar os botões de telefone de um utilizador, todos os botões deslocar-se-ão para baixo no telefone. Se o limite de botões for excedido, o botão da funcionalidade programável que estiver mais abaixo é retirado.

      Informações gerais e opções para extensões partilhadas

      • Para simplificar a apresentação, apenas o campo Etiqueta está disponível quando visualizar esta página pela primeira vez. Depois de digitar uma etiqueta, ficarão disponíveis outras funcionalidades.
      • Após a introdução de uma etiqueta, complete a entrada ou elimine a mesma. Uma entrada incompleta produz um erro, indicado por um X vermelho na árvore de navegação.
      • Para criar a primeira extensão partilhada: Introduza uma etiqueta. Em seguida, introduza as definições e seleccione os membros.
      • Criar uma extensão partilhada: Clique neste botão para criar uma nova extensão partilhada. Em seguida, digite uma etiqueta, introduza as definições e seleccione os membros.
      • Para remover uma extensão partilhada: Clique no botão de eliminação (X) da extensão partilhada que pretende remover.

      Definições de extensão partilhada

      • Definições de extensão partilhada: Este botão estará disponível após a introdução de uma etiqueta. Clique no botão para abrir ou fechar a secção "Definições".
      • Etiqueta: Introduza um nome, o qual identificará esta extensão no botão de linha, no Directório e no utilitário de configuração.
      • Extensão: Introduza um número de extensão para a extensão partilhada. Os números de extensões têm de ser exclusivos e têm de cumprir as regras introduzidas na página Marcação interna. Se introduzir um número de extensão inválido ou duplicado, é apresentada uma mensagem de erro. Sugestão: Para introduzir um número de extensão válido de forma rápida, clique no ícone de telefone junto ao campo do número da extensão.
      • Nível de privilégio: Seleccione a classe de restrição apropriada na lista. Esta definição determina os privilégios de marcação para as chamadas efectuadas utilizando este botão de linha. Tenha em atenção que os membros apenas podem incluir utilizadores atribuídos a esta classe ou a uma classe superior na página Privilégios de marcação.
      • Número de botões/chamadas: Clique no botão + ou - para aumentar ou diminuir o número de botões a atribuir a esta extensão. O sinal + ou - pode não estar disponível, consoante o número de botões do telefone. Podem ser utilizados até quatro botões.
      • Caixa de correio de voz partilhada: Seleccione esta caixa para criar uma caixa de correio de voz para esta extensão. O número da caixa de correio é idêntico ao número da extensão. A palavra-passe da caixa de correio predefinida é 12345. Desmarque esta caixa se não for requerido correio de voz. Para obter mensagens para esta extensão partilhada, o utilizador pode marcar o número da extensão do piloto de correio de voz e introduzir o número da caixa de correio e a palavra-passe. O botão de linha no telefone apresentará um ícone de envelope para indicar a existência de novas mensagens.

      Nota: O sistema permite até 25 caixas de correio de voz para extensões pessoais principais e 15 caixas de correio de voz para extensões adicionais e extensões de grupo. Cada caixa de correio de voz tem capacidade para armazenar até 30 minutos de mensagens.

      • Se ocupado ou não atendida, reencaminhar para: Disponível depois de aplicar a configuração inicial. Durante a configuração inicial, pode definir o reencaminhamento de chamadas na página Reencaminhamento cham. Utilize a primeira lista pendente para seleccionar um destino para uma chamada não atendida. Utilize a segunda lista pendente para especificar o período de tempo limite em segundos. Se tiver activado um agendamento de Dia/Noite para o reencaminhamento de chamadas na página Func. mod diurno/nocturno, pode especificar um destino diferente para o modo nocturno. Nota: Se seleccionar Nenhum para o destino, a definição de tempo limite não estará disponível. O telefone toca até a chamada ser desligada ou atendida.

      Seleccionar membros para extensões partilhadas

      • Seleccionar membros: Este botão estará disponível após a introdução de uma etiqueta. Clique neste botão para abrir ou fechar a secção "Membros".
      • Para adicionar um membro: Seleccione a caixa para adicionar o utilizador. Desmarque a caixa para remover o utilizador. Os membros adicionados com êxito aparecem com um fundo verde. Os erros são indicados por um fundo vermelho. Botões disponíveis indica os botões que não estão a ser utilizados de momento para linhas partilhadas, extensões partilhadas ou extensões adicionais. O botão de nova linha poderá substituir o botão de uma funcionalidade anteriormente configurada, como, por exemplo, marcação rápida ou Monitorizar linha.
      • Seleccionar tudo: Clique para seleccionar todos os utilizadores.
      • Limpar tudo: Clique para desmarcar todos os utilizadores.
      • Para remover um utilizador do grupo: Desmarque a caixa junto ao nome. Os utilizadores não seleccionados aparecem com um fundo branco.

      Nota:

      • A opção botões disponíveis inclui apenas botões do telefone. Esta funcionalidade só pode ser atribuída a um botão do telefone e não a um botão de consola lateral.
      • A lista inclui todos os utilizadores. Se um utilizador não tiver um telefone atribuído, possuir um telefone FXS ou não tiver botões de telefone suficientes disponíveis, o fundo é cinzento. Se tiver configurado anteriormente uma extensão partilhada que inclua um utilizador e a atribuição de telefone tiver sido removida, o fundo aparece a vermelho.
      • Para configurar utilizadores, consulte a página Utilizadores. Para atribuir telefones a utilizadores, consulte a página Atribuir telefones. Em seguida, volte a esta página para atribuir membros.


      Índice

      Extensões adicionais

      Por predefinição, cada utilizador tem uma extensão pessoal. Pode utilizar a página Configuração > Botões de extensões > Extensões adicionais para criar extensões pessoais adicionais para utilizadores.

      Informações gerais e opções para extensões adicionais

      • Para criar a primeira extensão adicional: Seleccione o utilizador e, em seguida, introduza as definições. A extensão adicional será adicionada a este telefone, se existirem botões de telefone disponíveis. (Consulte a página Botões de telefone.)
      • Depois de seleccionar um utilizador, complete a entrada ou elimine a mesma. Uma entrada incompleta produz um erro, indicado por um X vermelho na árvore de navegação.
      • Para remover uma extensão adicional: Clique no botão de eliminação (X) da extensão que pretende remover.
      • Os botões de extensões adicionais têm prioridade sobre os botões de funcionalidades programáveis. Se adicionar uma extensão adicional depois de configurar os botões de telefone de um utilizador, todos os botões deslocar-se-ão para baixo no telefone. Se o limite de botões for excedido, o botão da funcionalidade programável que estiver mais abaixo é retirado.

      Definições para extensões adicionais

      • Criar uma extensão adicional: Clique neste botão para criar uma extensão adicional. Em seguida, seleccione um utilizador e introduza as definições, conforme descrito abaixo.
      • Extensão adicional: Seleccione o utilizador a quem pretende atribuir esta extensão. Nota: Depois de seleccionar o utilizador, não pode alterar a selecção. Para remover uma extensão, clique no botão de eliminação (X).
      • Definições de extensão adicional: Este botão estará disponível após a selecção de um utilizador. Clique neste botão para abrir esta secção. Para fechar esta secção, clique novamente no botão.
      • Extensão: Mantenha o número de extensão predefinido ou introduza um número exclusivo que respeite as definições da extensão na página Marcação interna. Sugestão: Para introduzir um novo número de extensão de forma rápida, clique no ícone de telefone junto a este campo.
      • Número de botões/chamadas: Clique no botão + ou - para aumentar ou diminuir o número de botões a atribuir a esta extensão. Cada botão suporta duas chamadas simultâneas.

      Nota: Botões disponíveis indica os botões que não estão a ser utilizados de momento para linhas partilhadas, extensões partilhadas ou extensões adicionais. O botão de nova linha poderá substituir o botão de uma funcionalidade anteriormente configurada, como, por exemplo, marcação rápida ou Monitorizar linha..

      • Criar caixa de correio de voz: Seleccione a caixa para criar uma caixa de correio de voz para esta extensão. É apresentado o número da caixa de correio. A palavra-passe da caixa de correio predefinida é 12345. Desmarque esta caixa se não for requerido correio de voz. Para obter mensagens, o utilizador pode marcar o número da extensão do piloto de correio de voz e, em seguida, introduzir o número da caixa de correio e a palavra-passe.

      Nota: O sistema permite até 25 caixas de correio de voz para extensões pessoais principais e um total de 15 caixas de correio de voz para outros tipos de extensões, tais como extensões adicionais, Linhas FXO partilhadas e grupos de busca. Cada caixa de correio tem capacidade para armazenar até 120 minutos de mensagens.

      • Se ocupado ou não atendida, reencaminhar para: Disponível depois de aplicar a configuração inicial. Durante a configuração inicial, pode definir o reencaminhamento de chamadas na página Reencaminhamento cham. Utilize a primeira lista pendente para seleccionar um destino para uma chamada não atendida. Utilize a segunda lista pendente para especificar o período de tempo limite em segundos. Se activou um agendamento diurno/nocturno para o reencaminhamento de chamadas na página Func. mod diurno/nocturno, pode especificar um destino diferente para o modo nocturno. Nota: Se seleccionar Nenhum para o destino, a definição de tempo limite não estará disponível. O telefone toca até a chamada ser desligada ou atendida.


      Índice


      Índice

      Encaminhamento cham

      Na secção "Encaminhamento de chamadas" do utilitário de configuração, pode configurar as funcionalidades do encaminhamento de chamadas, tais como paging de chamadas, grupos de busca, atendimento automático e encaminhamento de chamadas recebidas.


      Índice

      Paging de chamadas

      Utilize a página Configuração > Encaminhamento cham. > Paging de chamadas para configurar as definições para um sistema de colunas externo, se estiver ligado, e para configurar grupos de utilizadores para o envio de paging a todos os membros em simultâneo através dos altifalantes dos respectivos telefones.

      Nota: Consulte a ilustração apresentada no ecrã para obter a localização da porta Line Out (Saída de linha), onde pode ligar uma coluna externa. Pode colocar o ponteiro do rato sobre o ícone de ponteiro para visualizar a imagem numa escala maior.

      Paging externo

      A funcionalidade Paging externo é utilizada para fazer um anúncio através de um sistema de colunas externo que esteja ligado à porta Line Out (Saída de linha) do Cisco UC320W. Qualquer outro áudio no altifalante, tal como música, será interrompido durante o paging. Nota: Se pretender utilizar um altifalante externo apenas para música, pode desactivar o Paging externo, eliminando o número da extensão.

      • Extensão: Introduza o número da extensão que os utilizadores podem marcar para iniciar um anúncio através do sistema de colunas externo. Os números de extensões têm de ser exclusivos e têm de cumprir as regras introduzidas na página Marcação interna. Se introduzir um número de extensão inválido ou duplicado, é apresentada uma mensagem de erro. Sugestão: Para introduzir um número de extensão válido de forma rápida, clique no ícone de telefone junto ao campo do número da extensão.
      • Volume: Arraste o botão do cursor de deslocamento para cima para aumentar o volume ou para baixo para diminuir o volume.

      Grupos de paging

      Esta funcionalidade é utilizada para fazer um anúncio intercom através dos altifalantes de todos os telefones dos membros. Normalmente, os pagings são apenas transferidos para as extensões sem chamadas activas, mas pode activar a funcionalidade Paging de prioridade para interromper chamadas. Tenha em atenção que os grupos de paging não podem ser seleccionados como destinos para chamadas recebidas ou reencaminhamento de chamadas.

      Informações gerais e opções para grupos de paging

      • Para simplificar a apresentação, apenas o campo Etiqueta está disponível. Depois de digitar uma etiqueta, ficarão disponíveis outras funcionalidades.
      • Após a introdução de uma etiqueta, complete a entrada ou elimine a mesma. Uma entrada incompleta produz um erro, indicado por um X vermelho na árvore de navegação.
      • Para criar o primeiro grupo de paging: Introduza uma etiqueta. Em seguida, introduza as definições e seleccione os membros.
      • Criar um grupo de paging: Clique neste botão para adicionar outro grupo de paging. Em seguida, digite uma etiqueta, introduza as definições e seleccione os membros.
      • Para remover um grupo de paging: Clique no botão de eliminação (X) do grupo de paging que pretende remover.

      Definições de grupo de paging

      • Etiqueta: Introduza um nome, o qual identificará este grupo no Directório no utilitário de configuração e o directório.
      • Definições de grupo de paging: Depois de introduzir uma etiqueta, pode clicar neste botão para abrir ou fechar a secção "Definições".
      • : Seleccione esta caixa para evitar que o paging interrompa um utilizador que tem uma chamada activa.
      • Paging de prioridade: Seleccione esta opção para enviar o paging para todos os telefones dos membros, incluindo aqueles com chamadas activas.
      • Introduza um número de extensão para este grupo de paging ou mantenha o número atribuído automaticamente.

      Seleccionar membros para grupos de paging

      • Seleccionar membros: Este botão estará disponível após a introdução de uma etiqueta. Clique neste botão para abrir esta secção. Para fechar esta secção, clique novamente no botão.
      • Incluir paging externo: Seleccione esta caixa se pretender enviar o anúncio para os telefones dos membros e para o sistema de colunas externo (se estiver ligado). Desmarque a caixa para utilizar apenas os altifalantes nos telefones dos membros. Nota: Se pretender utilizar um altifalante externo apenas para música, pode desactivar o Paging externo, eliminando o número da extensão.
      • Para adicionar um membro: Seleccione a caixa para adicionar o utilizador. Desmarque a caixa para remover o utilizador. Os membros adicionados com êxito aparecem com um fundo verde.
      • Seleccionar tudo: Clique para seleccionar todos os utilizadores.
      • Limpar tudo: Clique para desmarcar todos os utilizadores.
      • Para remover um utilizador do grupo: Desmarque a caixa junto ao nome. Os utilizadores não seleccionados aparecem com um fundo branco.

      Nota: Esta lista inclui todos os utilizadores. Se um utilizador não tiver um telefone atribuído, ou tiver um telefone sem altifalante, o fundo é cinzento. Se tiver configurado anteriormente um grupo de paging que inclua um utilizador e a atribuição de telefone tiver sido removida, o fundo aparece a vermelho. Para configurar utilizadores, consulte a página Utilizadores. Para atribuir telefones a utilizadores, consulte a página Atribuir telefones. Em seguida, volte a esta página para atribuir membros.


      Índice

      Grupos de busca

      Utilize a página Configuração > Encaminhamento cham. > Grupos de busca para criar grupos de utilizadores para encaminhar chamadas para todos os membros simultaneamente, sequencialmente ou aleatoriamente. As funcionalidades são descritas abaixo:

      No escritório: Numa loja com muito movimento, o gerente quer assegurar que as chamadas dos clientes são atendidas por operadores de serviço, em vez de irem para o correio de voz. O administrador do telefone criou um grupo de busca utilizando a opção Sequencial a partir do início. Cada nova chamada toca primeiro no Service Desk. Uma chamada não atendida é encaminhada para o primeiro operador, depois para o segundo e, em seguida, volta ao Service Desk. Após seis tentativas, se a chamada continuar a não ser atendida, vai para o correio de voz.

      Funcionalidades de grupos de busca

      • Um grupo de busca pode ser contactado marcando o número da extensão do grupo, seleccionando a extensão no directório ou utilizando um botão do telefone que tenha marcação rápida configurada para este grupo.
      • Um grupo de busca pode ser contactado a partir de um telefone externo se o grupo estiver especificado como um destino de chamadas numa opção do menu AA, num grupo de encaminhamento de chamadas recebidas ou numa opção de reencaminhamento de chamadas.
      • Os grupos de busca e as extensões partilhadas são semelhantes, mas têm funcionalidades exclusivas. Com uma extensão partilhada, uma chamada toca simultaneamente em todos os utilizadores e todos os membros podem monitorizar e gerir as chamadas através de um botão de linha no telefone. Com um grupo de busca, é possível activar o encaminhamento de chamadas simultâneo ou sequencial, mas este não permite aos membros monitorizar ou gerir as chamadas.

      Informações gerais e opções para grupos de busca

      • Para simplificar a apresentação, apenas o campo Etiqueta está disponível quando visualizar esta página pela primeira vez. Depois de digitar a etiqueta, ficarão disponíveis outras funcionalidades.
      • Após a introdução de uma etiqueta, complete a entrada ou elimine a mesma. Uma entrada incompleta produz um erro, indicado por um X vermelho na árvore de navegação.
      • Para criar o primeiro grupo de busca: Introduza uma etiqueta. Em seguida, introduza as definições e seleccione os membros.
      • Criar um grupo de busca: Clique neste botão para adicionar outro grupo de busca. Em seguida, digite uma etiqueta, introduza as definições e seleccione os membros.
      • Para remover um grupo de busca: Clique no botão de eliminação (X) do grupo de busca que pretende remover.

    Definições de grupo de busca

    • Definições de grupo de busca: Este botão estará disponível após a introdução de uma etiqueta. Clique neste botão para abrir ou fechar a secção "Definições".
    • Etiqueta: Introduza um nome, o qual identificará este grupo no Directório e no utilitário de configuração.
    • Extensão: Mantenha o número de extensão predefinido ou introduza um número exclusivo que respeite as definições da extensão na página Marcação interna. Sugestão: Para introduzir um novo número de extensão de forma rápida, clique no ícone de telefone junto a este campo.
    • Ordem: Seleccione um método de encaminhamento: Simultâneo (toca em todos os membros ao mesmo tempo), Sequencial a partir do início (começa sempre pelo primeiro membro da lista), Sequencial a partir do último atendimento (selecciona o próximo membro a seguir à pessoa que atendeu a chamada anterior) ou Aleatório (selecciona um membro aleatoriamente). Nos tipos sequenciais, certifique-se de que selecciona os membros pela ordem pretendida.
    • Duração do toque para cada telefone: Introduza o número de segundos durante o qual um telefone toca até a chamada ser encaminhada para outro telefone. Na ordem Simultâneo, todos os telefones tocam durante o período de tempo especificado. Sugestão: O tempo de toque total corresponde à Duração do toque para cada telefone multiplicada pelo Máximo de tentativas.
    • Máximo de tentativas: Introduza o número de extensões a tentar até que a chamada seja transferida para o número de reencaminhamento da chamada específico. Por exemplo, se tiver 3 membros numa ordem Sequencial e pretender efectuar duas tentativas em cada telefone, introduza 6. Não aplicável se Ordem for Simultâneo ou se a opção Se ocupado ou não atendida, reencaminhar para estiver definida como Nenhum.
    • Se ocupado ou não atendida, reencaminhar para: Disponível depois de aplicar a configuração inicial. Durante a configuração inicial, pode definir o reencaminhamento de chamadas na página Reencaminhamento cham. Seleccione um destino para uma chamada não atendida. Se tiver activado um agendamento de Dia/Noite para o reencaminhamento de chamadas na página Func. mod diurno/nocturno, pode especificar um destino diferente para o modo nocturno. No modo nocturno, o reencaminhamento de chamadas é imediato. Nota: Se seleccionar Nenhum para o destino, o telefone toca até a chamada ser desligada ou atendida.
    • Correio de voz de grupo: Seleccione a caixa para criar uma caixa de correio de voz para este grupo de busca. Desmarque a caixa se não for requerido correio de voz. O número da caixa de correio é idêntico ao número da extensão. A palavra-passe da caixa de correio predefinida é 12345. Para obter mensagens, o utilizador pode marcar o número da extensão do piloto de correio de voz e, em seguida, introduzir o número da caixa de correio e a palavra-passe. Sugestão: Pode utilizar a página Botões de telefone para adicionar um botão Monitor de correio de voz de grupo aos telefones dos utilizadores.

    Nota: O sistema permite até 25 caixas de correio de voz para extensões pessoais principais e 15 caixas de correio de voz para extensões adicionais e extensões de grupo. Cada caixa de correio de voz tem capacidade para armazenar até 30 minutos de mensagens.

    Seleccionar membros para grupos de busca

    • Seleccionar membros sequencialmente: Este botão estará disponível após a introdução de uma etiqueta. Clique neste botão para abrir esta secção. Para fechar esta secção, clique novamente no botão.
    • Para adicionar um membro: Seleccione a caixa para adicionar a extensão. Desmarque a caixa para remover a extensão. Para um tipo Sequencial, seleccione os membros pela ordem pretendida. Os membros adicionados com êxito aparecem com um fundo verde. Os erros são indicados com um fundo vermelho.
    • Seleccionar tudo: Clique para seleccionar todas as extensões.
    • Limpar tudo: Clique para desmarcar todas as extensões.
    • Para remover uma extensão do grupo: Desmarque a caixa junto ao nome. As extensões não seleccionadas aparecem com um fundo branco.

    Nota:

    • A lista inclui todas as extensões.
    • Se tiver configurado anteriormente um grupo de busca que inclua uma extensão e a atribuição de telefone tiver sido removida, o fundo aparece a vermelho. Todos os membros a vermelho têm de ser desmarcados.
    • Para configurar utilizadores, consulte a página Utilizadores. Para atribuir telefones a utilizadores, consulte a página Atribuir telefones. Em seguida, volte a esta página para atribuir membros.


    Índice

    Atend. automático

    Um Atendimento automático consiste numa funcionalidade que pode configurar para responder automaticamente às chamadas recebidas e reproduzir mensagens gravadas para anunciar opções e fornecer informações. Utilize a página Configuração > Encaminhamento cham. > Atend. automático para definir os botões que os autores das chamadas podem premir para contactar extensões, grupos e números externos. Se seleccionar uma região bilingue, com, por exemplo, inglês e francês, esta página inclui um separador Menu bilingue. Se tiver activado a opção de menu Dia/Noite do Atendimento automático na página Func. mod diurno/nocturno, esta página inclui separadores para um menu Dia e um menu Noite. Para cada opção no menu Noite, pode especificar novas definições ou seleccionar Igual ao modo diurno. (Consulte a página Func. mod diurno/nocturno.)

    Definições para menus AA

    Especifique as definições para os menus de AA.

    Menu bilingue

    Este menu está disponível se tiver seleccionado uma opção bilingue como, por exemplo, inglês/francês, na página Região) Introduza as definições para permitir que o atendimento automático forneça aos autores das chamadas uma opção de idiomas para as mensagens.

    • Saudação opcional: Esta mensagem é reproduzida antes de qualquer outra. Seleccione uma mensagem personalizada criada para saudar os autores das chamadas. Certifique-se de que a gravação anuncia as mesmas opções de botões que é possível seleccionar na lista Modo bilingue. Para adicionar uma nova mensagem à lista, clique no botão de adição (+). Em seguida, escreva a descrição. Para gravar uma nova mensagem, marque o número da extensão do gravador de mensagens de AA, introduza a palavra-passe (a predefinição é 12345) e siga as instruções. (Para obter instruções detalhadas, consulte o botão de informações na página Mensagens.) Consulte o campo Modo bilingue para obter as opções de botões que podem ser utilizadas.
    • Modo bilingue: Seleccione um método para implementar um atendimento automático bilingue.
    • Forçar o autor da chamada a seleccionar um idioma: Seleccione esta opção para reproduzir uma mensagem em cada idioma e para requerer que um autor da chamada seleccione um idioma. Se um autor da chamada não efectuar uma selecção dentro do período de tempo limite especificado, as mensagens são novamente reproduzidas. Este ciclo é repetido, no máximo, quatro vezes. Após seleccionar esta opção, utilize as listas pendentes para seleccionar as mensagens para cada idioma e para definir o período de tempo limite em segundos.
    • Permitir ao autor da chamada mudar para o idioma secundário: Seleccione esta opção para permitir que um autor da chamada seleccione o idioma secundário, mas para continuar no idioma principal, caso não seja efectuada qualquer selecção. Após seleccionar esta opção, seleccione igualmente a mensagem e defina o período de tempo limite.
    • Seleccione o número de segundos que o AA irá aguardar até que o autor da chamada efectue uma selecção. Quando este limite expirar, o AA executa a acção especificada no campo Modo bilingue.

    Menu principal, Menu Dia, Menu Noite

    • Extensão para aceder ao atendimento automático: (apenas para os menus Principal e Dia) Introduza um número de extensão que os utilizadores possam marcar para aceder ao atendimento automático.
    • Mensagem do menu inicial: Seleccione a mensagem gravada que o AA irá reproduzir.
    • Para editar a descrição: Clique no ícone de lápis para editar a descrição de uma mensagem seleccionada. Depois de escrever a nova descrição, clique em Concluído.
    • Para adicionar uma nova mensagem: Clique no botão de adição (+) para adicionar uma nova mensagem. Em seguida, escreva a descrição. Para gravar mensagens, marque o número da extensão do gravador de mensagens de AA, introduza a palavra-passe (a predefinição é 12345) e siga as instruções. (Para obter instruções detalhadas, consulte o botão de informações na página "Mensagens".)
    • Marcar extensões em qualquer altura: Seleccione Activ para permitir que os autores de chamadas marquem números de extensões em qualquer altura. Seleccione Desac para permitir que os autores de chamadas seleccionem apenas as opções de menu anunciadas. A activação desta opção restringe os dígitos disponíveis para o menu.

    Notas:

    • A opção Marcar extensões em qualquer altura está activada por predefinição e é anunciada como uma opção válida na Mensagem 1 predefinida (Se souber a extensão, pode marcá-la agora.). Se desactivar esta funcionalidade, certifique-se de que grava uma mensagem personalizada para substituir a Mensagem 1 predefinida. Para obter instruções sobre o gravador de mensagens de atendimento automático, consulte o botão de informações na página "Mensagens".
    • Quando a opção Marcar extensões em qualquer altura está activada, o menu Atendimento automático não pode incluir dígitos que estão reservados para padrões de marcação interna. Se desactivar a opção Marcar extensões em qualquer altura, pode utilizar dígitos de 0 a 9 no menu.

    Botões para menus AA

    Utilize esta secção para definir as acções realizadas quando o utilizador prime um número no teclado do telefone.

    Nota: Se seleccionou a caixa Marcar extensões em qualquer altura, as opções de menu só podem utilizar os dígitos que não são utilizados pelo plano de marcação. Por exemplo, se o plano de marcação utilizar 1 e 2 para extensões e 0 para marcação imediata, o menu não pode incluir os números 0, 1 ou 2. Para efectuar alterações no plano de marcação, consulte a página Marcação interna.

    • Ocultar botões não definidos: Seleccione esta caixa se pretender ocultar os botões não definidos nesta página. Desmarque esta caixa para mostrar todos os botões.
    • Lista pendente de acções: Seleccione a acção que ocorre quando um utilizador prime o dígito especificado. Pode optar por transferir a chamada, terminar a chamada, reproduzir uma mensagem e, em seguida, executar outra acção ou abrir um submenu. Se seleccionar Não definido, o dígito é considerado uma entrada inválida. Estas opções são descritas abaixo:
    • Não definido: Este botão não é uma opção válida neste menu.
    • Transferir chamada: Quando o autor da chamada prime este botão, o AA encaminha a chamada para o número interno ou externo especificado.
    • Terminar chamada: Quando o autor da chamada prime o botão, a chamada é desligada.
    • Reproduzir mensagem e, em seguida,...: Quando o autor da chamada prime o botão, o AA reproduz a mensagem especificada e, em seguida, executa a acção especificada (Regressar ao menu, Transferir chamada ou Terminar chamada). Para editar a descrição de uma mensagem seleccionada, clique no ícone de lápis, escreva uma nova descrição e, em seguida, clique em Concluído. Para adicionar uma nova mensagem, clique no botão de adição (+). Para obter mais informações sobre mensagens, clique no separador Mensagens. Nota: Para permitir que utilizadores externos marquem extensões enquanto ouvem a mensagem de solicitação do directório interno, defina essas acções na lista pendente de acções Submenu em vez de o fazer nesta lista pendente de acções Reproduzir mensagem e, em seguida,....
    • Submenu: Quando o autor da chamada prime o botão, o AA abre um submenu que pode configurar. Clique em Editar para mostrar as definições. Seleccione a mensagem e outras definições gerais (conforme descrito acima). Em seguida, configure os botões. Para ocultar os detalhes do submenu, clique no botão Ocultar.
    • Entrada inválida: Seleccione a acção que ocorre se o utilizador premir uma tecla inválida ou uma sequência de teclas.
    • Tempo limite: Seleccione a acção que ocorre quando o tempo limite é atingido. Na lista junto ao ícone de relógio, seleccione o período de tempo limite. Seleccione o número de segundos que o AA irá aguardar até que o autor da chamada efectue uma selecção. Quando este limite expirar, o AA executa a acção especificada pelo utilizador no campo Tempo limite.

    Nota: O período de tempo limite não é aplicável quando o Tempo limite corresponde a Não definido ou Igual ao modo diurno.

    Configurar mensagens

    Clique no separador Mensagens para gerir as mensagens reproduzidas pelo atendimento automático para ajudar os autores das chamadas. Pode utilizar as mensagens predefinidas ou gravar mensagens personalizadas.

    No escritório: Um administrador do telefone substitui a saudação predefinida por uma que inclui o nome da empresa e anuncia opções de menu especiais: Obrigado por contactar a Médicos de Família. Prima 1 para obter informações sobre horário e localização. Prima 2 para marcar uma consulta. Prima 3 para obter informações de facturação.

    Informações gerais e opções para mensagens de AA

    • É possível gravar 20 mensagens. No modo bilingue, existem dois conjuntos de 20 mensagens. Cada mensagem no conjunto do idioma principal corresponde a uma mensagem no conjunto do idioma secundário: A mensagem 1 corresponde à mensagem 21, a mensagem 2 à 22, etc.
    • Mensagens predefinidas de AA: O sistema inclui quatro mensagens predefinidas no idioma seleccionado na página Região. Mensagem 1: Se sabe a extensão, introduza-a agora Mensagem 2: A sua chamada está a ser encaminhada. Mensagem 3: Não é uma extensão válida, tente novamente Mensagem 4: Adeus

    IMPORTANTE: A mensagem 2 é reproduzida quando for iniciada uma transferência de marcação de extensão directa. Se alterar esta mensagem, grave uma mensagem apropriada a esse fim.

    Definições para mensagens de AA

    Pode adicionar mensagens, editar as descrições e combinar as mesmas em sequências. Para gravar mensagens, utilize qualquer telefone IP para marcar a extensão do gravador de mensagens de atendimento automático.

    Nota: A coluna Núm. mensagem apresenta o número da mensagem. Se seleccionar uma região bilingue, com, por exemplo, inglês e francês, existe um número para o idioma principal e um para o idioma secundário. Os números das mensagens são utilizados ao gravar e editar mensagens com o gravador de mensagens de AA.

    Extensão do gravador de mensagens de atendimento automático: Introduza um número de extensão que os utilizadores possam marcar para aceder ao gravador de mensagens de atendimento automático.

    Adicionar mensagens:

    • Nome da mensagem: Introduza uma descrição ou o texto completo da mensagem, para referência.
    • Impedir interrupção: Seleccione esta caixa para requerer que o AA reproduza a totalidade da mensagem ou sequência de mensagens antes de permitir que o autor da chamada efectue uma selecção. Deixe a caixa desmarcada para permitir que o autor da chamada efectue uma selecção sem ouvir a mensagem completa ou a sequência de mensagens. Por predefinição, a interrupção é permitida.
    • Criar uma mensagem: Clique neste botão para adicionar uma nova mensagem à lista. Em seguida, escreva uma descrição. Para gravar uma mensagem, utilize o gravador de mensagens de atendimento automático (consulte o botão de informações na página "Mensagens").
    • Para remover uma mensagem da lista: Clique no botão de eliminação (X) da mensagem que pretende remover da lista. Para eliminar uma gravação, utilize o gravador de mensagens de atendimento automático. (Para obter instruções detalhadas, consulte o botão de informações na página "Mensagens".)

    Combinar mensagens em sequências:

    • Criar uma sequência de mensagens: Clique neste botão para combinar várias mensagens numa nova sequência de mensagens que pode ser seleccionada com maior facilidade num menu de AA. É possível incluir até 10 mensagens.
    • Nome da mensagem: Introduza um nome para a sequência.
    • Impedir interrupção: Seleccione esta caixa para requerer que o AA reproduza a totalidade da sequência de mensagens antes de permitir que o autor da chamada efectue uma selecção. Deixe a caixa desmarcada para permitir que o autor da chamada efectue uma selecção sem ouvir a sequência de mensagens completa. Por predefinição, a interrupção é permitida.
    • Adicionar mensagem à sequência: Utilize a lista pendente para seleccionar a primeira mensagem a incluir nesta sequência. Repita esta acção conforme necessário para adicionar cada mensagem pela ordem pretendida. Para remover uma mensagem da sequência, clique no botão de eliminação (X).
    • Para remover uma sequência de mensagens da lista: Clique no botão de eliminação (X) da sequência que pretende remover da lista. Esta acção não elimina as entradas de mensagens nem as gravações.


    Índice

    Utilizar o gravador de mensagens de AA

    É possível gravar 20 mensagens. No modo bilingue, existem dois conjuntos de 20 mensagens. Cada mensagem no conjunto do idioma principal corresponde a uma mensagem no conjunto do idioma secundário: A mensagem 1 corresponde à mensagem 21, a mensagem 2 à 22, etc.

    IMPORTANTE: Quando guardar as novas mensagens, os telefones serão reiniciados. Todas as alterações de mensagens de AA devem ser agendadas durante um período de manutenção conveniente.

    1. Num telefone IP ligado, levante o auscultador ou prima o botão de altifalante para efectuar uma chamada. Em seguida, introduza o número da extensão do gravador de mensagens de atendimento automático. (Consulte os números de extensões na página Marcação interna.)

    2. Quando solicitado, introduza a palavra-passe, seguida de #. A palavra-passe predefinida é 12345. Nota: Pode alterar esta palavra-passe na página Marcação interna.

    3. Introduza o número da mensagem que pretende alterar (as entradas válidas correspondem a números de 1 a 20). Em seguida, prima #.

    4. Ouça e siga as instruções para gravar, rever ou eliminar a mensagem seleccionada. Para sair e ir para o menu anterior sem alterar uma mensagem, pode premir *.

    5. Quando ouvir a mensagem de confirmação (Valor guardado), pode introduzir o número de outra mensagem que pretenda modificar.

    6. Termine a chamada voltando a colocar o auscultador no telefone ou premindo o botão de altifalante. Aguarde alguns segundos até o processo de salvaguarda estar concluído. Os telefones são reiniciados e as gravações são guardadas na memória flash do Cisco UC320W.

    Notas:

    • Se as predefinições de fábrica do dispositivo forem repostas, as mensagens personalizadas serão apagadas.
    • Se editar uma mensagem, certifique-se de que actualiza o Nome da mensagem.
    • Se adicionar uma mensagem, adicione-a a esta página utilizando o botão Criar uma mensagem.


    Índice

    Chamadas recebidas

    Utilize a página Configuração > Encaminhamento cham. > Chamadas recebidas para especificar os destinos para chamadas recebidas através de cada ramal FXO e SIP/BRI. Se um encaminhamento estiver direccionado para um utilizador ou grupo de busca, pode utilizar o número de telefone como ID da linha de chamada para as chamadas efectuadas pelo utilizador ou grupo.

    Informações gerais e opções para encaminhamento de chamadas recebidas

    • Clique no separador do ramal que pretende configurar.
    • Cada ramal SIP/BRI tem um encaminhamento predefinido que inclui todos os números de telefone para o fornecedor especificado. Tal como descrito na secção "Definições para grupos de encaminhamento" abaixo, utilize o botão Mover ou o botão Criar um encaminhamento de chamadas recebidas para criar novos grupos de encaminhamento para os números de telefone que especificar.
    • Se tiver activado um agendamento de Dia/Noite para o encaminhamento de chamadas na página Func. mod diurno/nocturno, pode especificar destinos diferentes para o modo diurno (horas de funcionamento) e para o modo nocturno (horas de encerramento). As chamadas recebidas são imediatamente direccionadas para o destino especificado.
    • Estas definições não se aplicam a portas FXO configuradas como linhas partilhadas. As chamadas recebidas em linhas partilhadas são encaminhadas para os telefones dos membros do grupo. (Consulte a página Linhas FXO partilhadas.)

    Definições para grupos de encaminhamento

    • Etiqueta: Mantenha a descrição predefinida ou clique no ícone de lápis para introduzir uma descrição. Esta etiqueta é utilizada para referência no utilitário de configuração. É possível introduzir até 25 caracteres. Nota: Após editar a descrição, pode clicar no ícone Restaurar para restaurar o valor predefinido.
    • Mover: Clique neste botão para mover a origem da chamada seleccionada para um encaminhamento diferente. Em seguida, seleccione o encaminhamento ou clique em Novo encaminhamento... para mover o mesmo para um novo encaminhamento.
    • Arrastar e largar: Pode utilizar o rato para arrastar e largar uma origem de chamada para um encaminhamento diferente. Cada botão representa uma origem de chamada. No caso dos ramais SIP/BRI, inclui todos os números de telefone, excepto aqueles que foram especificamente adicionados para um encaminhamento diferente. Para mover uma origem de chamada para um encaminhamento diferente, clique no botão Mover ou utilize o rato para arrastar a mesma para outro encaminhamento.
    • Criar um encaminhamento de chamadas recebidas: Clique neste botão para criar um novo encaminhamento. Em seguida, introduza uma etiqueta, mova origens de chamadas para o encaminhamento e especifique o destino.
    • Para eliminar um encaminhamento: Para eliminar um encaminhamento, clique no botão de eliminação (X). Não é possível eliminar o encaminhamento predefinido.
    • Tocar: Seleccione o destino da chamada. Se tiver activado um agendamento de Dia/Noite para o encaminhamento de chamadas na página Func. mod diurno/nocturno, pode especificar destinos diferentes para o modo diurno (horas de funcionamento) e para o modo nocturno (horas de encerramento). Durante as horas de encerramento, as chamadas são reencaminhadas imediatamente.
    • Utilizar como ID da linha de chamada: Seleccione a caixa para utilizar este número de telefone como ID da linha de chamada (IDCH) para as chamadas efectuadas pelo utilizador ou grupo seleccionado para o Tocar diurno. O ID do nome da chamada será o nome do utilizador. Se o Tocar for um grupo de busca, o número de telefone especificado será o IDCH para todos os membros, embora seja utilizado o nome de chamada do indivíduo. Se um membro tiver um IDCH individual, este será utilizado em alternativa. Se a caixa Utilizar como ID da linha de chamada não for seleccionada, o IDCH será o número de telefone predefinido do ramal.

    Especificar números de telefone com destinos diferentes

    É possível ter vários números de telefone para um único ramal SIP/BRI. Se pretender encaminhar todos os números para o mesmo destino, não é necessário introduzir os números individuais. No entanto, para encaminhar números de telefone individuais para destinos diferentes, tem de especificar os números de telefone e criar novos encaminhamentos para especificar os destinos.

    • Adicionar núm. especificado: Clique neste botão se necessitar de especificar um encaminhamento diferente para um número de telefone específico neste grupo de ramais. Ao introduzir o número, não inclua espaços ou símbolos. Introduza o número exacto, conforme especificado pelo fornecedor de serviços, por exemplo 19725550123. Cada número de telefone pode ser movido para um encaminhamento diferente, se necessário. Para especificar um encaminhamento, clique em Mover e, em seguida, seleccione o encaminhamento ou crie um novo encaminhamento.
    • Para eliminar um número de telefone: Clique no botão de eliminação (X).


    Índice


    Índice

    Func. de utiliz./grupo

    Na secção "Funcionalidades de utilizador/grupo" do módulo de configuração, pode configurar as funcionalidades de utilizador e de grupo, tais como reencaminhamento de chamadas, notificações de correio de voz para email, botões de telefone e o directório.


    Índice

    Reencaminhamento cham

    Utilize a página Configuração > Func. de utiliz./grupo > Reencaminhamento cham para configurar o reencaminhamento de chamadas para utilizadores e grupos.

    Notas:

    • Após aplicar a configuração inicial, também é possível configurar o reencaminhamento de chamadas de grupo na página de configuração relativa a um grupo (tal como Linhas FXO partilhadas ou Extensões partilhadas).
    • Os utilizadores podem definir o reencaminhamento de todas as chamadas no telefone utilizando o botão Reencaminhar ou encam. O utilitário de configuração não apresenta definições de reencaminhamento de chamadas de utilizador.
    • Quando uma chamada analógica (FXO) é reencaminhada para um número externo, o ramal permanece em utilização até a chamada terminar.
    • Uma chamada pode ser reencaminhada até cinco vezes.

    Para abrir a secção "Utilizadores" ou "Grupos", clique no botão Reencaminhamentos cham. de utilizador ou Reencaminhamentos cham. de grupo. Para ocultar uma secção, clique novamente no botão.

    • Reenc. ch. se ocupado/não atendida: Seleccione um destino para as chamadas recebidas quando a extensão está ocupada ou quando a chamada não é atendida.
    • Seleccione um destino. A selecção predefinida é o correio de voz, se estiver activado.
    • Opcionalmente, especifique um destino diferente para o modo nocturno. A selecção predefinida é Igual ao modo diurno. Tenha em atenção que não existe qualquer opção de tempo limite. No modo nocturno, o reencaminhamento de chamadas é imediato. Esta opção está disponível, se tiver activado o Reencaminhamento de chamadas de Dia/Noite na página Func. mod diurno/nocturno.
    • Após (segundos): Introduza o número de segundos durante o qual uma chamada pode tocar até que seja considerada não atendida.


    Índice

    Privilégios de marcação

    Utilize a página Configuração > Func. de utiliz./grupo > Privilégios de marcação para atribuir privilégios de marcação com base em classes de restrição. Estas classes são definidas na página Configuração > Telefonia do local > Restrição de marcação.

    Informações gerais e opções

    • As classes de restrição permitem bloquear ou autorizar certos tipos de chamadas com base nos padrões de marcação conhecidos.
    • Nesta página, são atribuídos os privilégios de marcação para as extensões pessoais e adicionais de um utilizador.
    • Opcionalmente, pode activar códigos de autorização, que permitem aos utilizadores aceder a permissões de nível mais elevado a partir de qualquer extensão ou linha.
    • Por predefinição, todos os utilizadores estão na classe Totais.

    Atribuir privilégios de marcação

    • Nível de privilégio do telefone atribuído: Seleccione a classe de restrição apropriada na lista. Esta definição determina os privilégios de marcação das extensões pessoais atribuídas e de quaisquer extensões adicionais do utilizador.
    • Permitir códigos de autorização: Seleccione a caixa, se pretender permitir que os utilizadores acedam a privilégios de marcação de nível mais elevado através da introdução de um código. Para activar esta funcionalidade para um determinado utilizador, introduza o Código de autorização e o Nível de privilégio c/ autorização.
    • Código de autorização: Introduza um código curto para aceder aos privilégios de marcação especificados. Os seguintes caracteres são válidos: 0-9. Quando o telefone solicitar um código de conta, o utilizador introduzirá o número de extensão e este código. De seguida, o utilizador prime # ou a tecla programável Marcar. Por exemplo, se a extensão for 101 e o código for 123, o utilizador introduz 101123# ou 101123 Marcar. Em alternativa, se deixar este campo em branco, o utilizador apenas pode utilizar os Nível de privilégio c/ autorizaçãoque tiver especificado para as extensões pessoais e extensões adicionais do utilizador.

    Nota: Se um utilizador introduzir um padrão de marcação bloqueado, é reproduzido um sinal. Se o telefone tiver um ecrã, são apresentadas instruções. Em seguida, o utilizador introduz o código de autorização, seguido da tecla programável Marcar (nos telefones com um ecrã) ou de # (disponível em todos os telefones).

    • Nível de privilégio c/ autorização: Seleccione a classe de restrição à qual o utilizador pode aceder após introduzir o Código de autorização. O valor predefinido corresponde à classe de restrição no campo Nível de privilégio do telefone atribuído.


    Índice

    Correio de voz

    Utilize a página Configuração > Func. de utiliz./grupo > Correio de voz para permitir ao sistema enviar mensagens de correio de voz para endereços de email especificados. Introduza igualmente os endereços de email e os limites de gravação para cada caixa de correio activada nas páginas de configuração para utilizadores, linhas partilhadas, extensões partilhadas e grupos de busca.

    Nota: Contacte o seu fornecedor de serviços de email para obter informações sobre requisitos e definições de servidor de saída. Os exemplos estão incluídos no final deste tópico de ajuda, mas os requisitos podem variar. Alguns fornecedores não permitem email SMTP de uma conta gratuita. Outros fornecedores pedem a autenticação do utilizador numa nova caixa de correio antes do envio de emails. Para obter informações precisas, leia a documentação de suporte do seu fornecedor. No sistema de ajuda ou suporte do seu fornecedor, procure informações sobre definições do servidor SMTP.

    Definições para Correio de voz

    • Utilizar correio de voz para email: Seleccione esta caixa para activar o envio de notificações por email quando forem recebidas novas mensagens de correio de voz. Desmarque a caixa para desactivar esta funcionalidade.
    • Utilizar SSL/TLS: Seleccione esta caixa para activar o protocolo Secure Socket Layer (SSL)/Transport Layer Security (TLS) para permitir comunicações seguras. Vários fornecedores requerem esta definição para o envio de emails.
    • Servidor SMTP: Introduza o endereço IP ou o nome de anfitrião do servidor SMTP de saída do seu fornecedor.
    • Porta SMTP: Introduza o número de porta a utilizar para os emails de saída (normalmente, 25 ou 587 quando é utilizado SSL/TLS.
    • Nome de utilizador: Introduza o nome de utilizador para a conta de email que será utilizada para enviar estes emails. Normalmente, o nome de utilizador corresponde ao endereço de email completo, incluindo o domínio (como, por exemplo, meuNome@exemplo.com). A conta especificada será utilizada como endereço de email do remetente. Sugestão: Não utilize o seu endereço de email pessoal, uma vez que iria expor desnecessariamente as suas credenciais de início de sessão do email pessoal na configuração do Cisco UC320W. Utilize uma conta de email diferente. Tenha também em atenção que muitas contas de email mantêm, por predefinição, uma cópia de todas as mensagens enviadas. Qualquer pessoa que tenha acesso a esta conta de email terá acesso às mensagens enviadas. Reveja as suas definições de email para se certificar de que são adequadas à política de privacidade da sua empresa.
    • Palavra-passe: Introduza a palavra-passe para a conta de email que será utilizada para enviar estes emails.
    • Testar SMTP: O botão Testar SMTP permite verificar as definições SMTP se a opção Utilizar correio de voz para email estiver seleccionada. Clique para testar as actuais definições SMTP.
    • Limite de gravação (em minutos): Seleccione a quantidade máxima de mensagens armazenadas que podem ser mantidas nesta caixa de correio, em minutos. A predefinição é 30 minutos. Após este limite ser alcançado, não é possível receber novas mensagens até que outras mensagens sejam eliminadas.

    Nota: O Limite de gravação (em minutos) corresponde a um de três limites de correio de voz. Os restantes são apresentados abaixo. Para obter o estado actual, consulte a página Correio de voz.

    • Uma caixa de correio possui um limite de 100 novas mensagens, independentemente da duração total das mensagens. Se este limite for atingido, não será possível receber mensagens adicionais até o utilizador guardar ou eliminar algumas das novas mensagens.
    • O sistema de correio de voz pode armazenar até 20 horas de mensagens no total.
    • Eliminação automática (em dias): Seleccione o número máximo de dias de armazenamento de uma mensagem. Após este limite ser alcançado, a mensagem será eliminada. Se não pretender activar a Eliminação automática (em dias), seleccione Nunca.
    • Endereço de email: Introduza o endereço de email para o qual as notificações de correio de voz serão enviadas. Pode introduzir vários endereços de email, separados por vírgulas. Só é possível utilizar vírgulas como separadores.
    • Anexar CV: Seleccione esta caixa para incluir a mensagem de correio de voz como anexo. Desmarque esta caixa para enviar apenas a notificação. Ao considerar esta opção, tenha em atenção quaisquer limitações de tamanho de ficheiro no seu sistema de email. Por exemplo, um ficheiro com uma mensagem de três minutos tem cerca de 2 MB.

    Exemplos

    Gmail

    O Gmail recomenda as seguintes definições:

    • Utilizar SSL/TLS: Seleccione a caixa para utilizar encriptação TLS ou SSL.
    • Servidor SMTP: smtp.gmail.com
    • Porta SMTP: 587
    • Nome de utilizador: O seu endereço de email completo, como por exemplo meuNome@gmail.com ou meuNome@meuDominio.com
    • Palavra-passe: A palavra-passe da conta Gmail

    Windows Live Hotmail

    O Windows Live Hotmail recomenda as seguintes definições:

    • Utilizar SSL/TLS: Seleccione a caixa para utilizar encriptação TLS ou SSL.
    • Servidor SMTP: smtp.live.com
    • Porta SMTP: 587
    • Nome de utilizador: O seu endereço de email completo, como por exemplo meuNome@hotmail.com ou meuNome@meuDominio.com
    • Palavra-passe: A palavra-passe da conta Windows Live

    Yahoo! Mail

    O Yahoo requer a utilização de uma conta paga para este tipo de serviço. O Yahoo recomenda as seguintes definições:

    • Utilizar SSL/TLS: Seleccione a caixa para utilizar encriptação TLS ou SSL.
    • Servidor SMTP: plus.smtp.mail.yahoo.com
    • Porta SMTP: 465 ou 587
    • Nome de utilizador: O seu endereço de email, sem o nome do domínio, como por exemplo meuNome (sem @yahoo.com)
    • Palavra-passe: A palavra-passe da conta Yahoo


    Índice

    Botões de telefone

    Utilize a página Configuração > Func. de utiliz./grupo > Botões de telefone para personalizar os botões de funcionalidades programáveis disponíveis nos telefones IP e nos módulos de expansão Cisco SPA 500S, também conhecidos como consolas de atendimento ou "consolas laterais". Especifique igualmente os destinos para telefones directos.

    Informações gerais e opções para botões de telefone

    • Os botões aparecem num telefone pela seguinte ordem: Extensões pessoais principais, Extensões adicionais, Linhas partilhadas, Extensões partilhadas e Botões individuais. Se adicionar ou remover botões, a posição relativa dos botões pode mudar.
    • Esta página não apresenta botões de marcação rápida configurados pelo utilizador.
    • Os botões para um telefone emparelhado não são configuráveis. Um telefone emparelhado herda os botões do telefone principal, até ao número total de botões no modelo de telefone seleccionado. Por exemplo, se o telefone principal tiver 5 botões e o telefone secundário tiver 3, o telefone emparelhado herda os primeiros três botões.

    Nota: Um utilizador pode adicionar botões de marcação rápida pessoais ao telefone emparelhado. Contudo, é necessário que os utilizadores tenham em atenção que se forem adicionadas mais extensões ao telefone principal, os botões de marcação rápida pessoais serão substituídos ou removidos. Para adicionar um botão de marcação rápida pessoal: Mantenha premido um botão não utilizado durante 3 a 4 segundos. Em seguida, introduza um nome e um número de telefone. Pode ser utilizado qualquer dígito, excepto os dígitos que estão atribuídos às funções Marcar imediatamente e Linha externa na página Marcação interna.

    • Para seleccionar um dispositivo para configuração, utilize a lista de selecção localizada perto do canto superior esquerdo da página. Cada entrada na lista representa um telefone atribuído, consola lateral ou telefone directo. Cada entrada é identificada pelo nome do utilizador ou telefone directo, pelo número da extensão e pela fotografia ou um ícone. Nota: Se um utilizador tiver um telefone com uma consola lateral, existirão duas entradas para esse utilizador. Configure o telefone e a consola lateral separadamente.
    • Para avançar na lista, clique no botão de seta para a direita.
    • Para retroceder na lista, clique no botão de seta para a esquerda.
    • Para seleccionar um dispositivo, clique no botão de seta para baixo e, em seguida, seleccione uma entrada na lista.
    • Também pode procurar um dispositivo utilizando os botões Conjunto anterior e Conjunto seguinte junto ao canto inferior direito da página.
    • A lista de selecção inclui todos os utilizadores que possuem telefones. No entanto, os botões de funcionalidades programáveis não estão disponíveis em todos os telefones. Para atribuir telefones a utilizadores, consulte a página Atribuir telefones.
    • A imagem do telefone ou consola lateral é interactiva. Se colocar o ponteiro do rato sobre um campo que está a configurar, tal como Extensão pessoal direita 1 ou SC1 esquerda 1, uma seta verde aponta para o botão correspondente na imagem do telefone ou consola lateral.

    Definições para botões de telefone

    • Extensão pessoal (apenas telefones): Seleccione o número de botões que pretende reservar para a extensão pessoal principal. Cada botão suporta duas chamadas simultâneas. Clique no botão + ou - para aumentar ou diminuir o número de botões a atribuir a esta extensão. O botão + ou - pode não estar disponível, consoante o número de botões. Podem ser utilizados até quatro botões. Os botões seleccionados são representados por ícones brancos que apresentam o nome de utilizador e o número da extensão.
    • Botões de grupo (apenas telefones): Se o utilizador possuir extensões adicionais ou for membro de uma Linha FXO partilhada ou extensão partilhada, os botões configurados são apresentados. Para ajustar as definições, consulte a página Linhas FXO partilhadas, a página Extensões adicionais ou a página Extensões partilhadas.
    • Destino (apenas telefones directos): Seleccione um número de destino, para o qual será efectuada imediatamente uma chamada quando um utilizador levantar o auscultador ou premir o botão de altifalante (se aplicável no modelo do telefone). Nota: As consolas laterais ligadas a um telefone directo e os botões do telefone não estão disponíveis para configuração em telefones directos.
    • Botões individuais (telefones e consolas laterais): Na lista pendente, seleccione uma função, conforme descrito abaixo.
    • Não utilizado: Este botão não está configurado. Sugestão: Pode deixar um botão não configurado, para que o utilizador possa adicionar uma marcação rápida pessoal. Para tal, o utilizador tem de manter premido o botão não utilizado durante 3 a 4 segundos. Em seguida, o utilizador tem de introduzir um nome e um número de telefone. Nota: Se um dígito for utilizado para Marcar imediatamente ou Linha externa na página Marcação interna, este não pode ser utilizado como um dígito de marcação rápida pessoal. Para substituir um botão de marcação rápida pessoal, altere as definições de botões de telefone no utilitário de configuração. Esta página não apresenta botões de marcação rápida configurados pelo utilizador.
    • Marcação automática (marcação rápida): Marca um número especificado. Durante uma chamada activa, transfere imediatamente a chamada para o número especificado. Depois de seleccionar esta opção, seleccione Interna ou Externa. No caso de números internos, efectue a selecção na lista pendente. No caso de um número externo, especifique o dígito necessário para obter uma linha externa e, em seguida, introduza o número de telefone. Os dígitos para linhas externas são especificados na página Marcação interna. Sugestão: Esta funcionalidade é útil se um utilizador efectuar chamadas ou transferir chamadas frequentemente para outro utilizador ou grupo.
    • Monitorizar linha: Monitoriza o estado (a tocar, numa chamada ou em espera) de uma única extensão. Também denominado Busy Lamp Field (BLF). (Não disponível para telefones FXS e extensões do sistema, tais como Atendimento automático.) Funciona igualmente como um botão Marcação automática (marcação rápida) para ligar imediatamente para um utilizador ou para transferir imediatamente uma chamada para um utilizador, sem consulta. Além disso, pode ser utilizado como um botão Atendimento individual para atender uma chamada que está a tocar na extensão especificada. Se estiverem a tocar várias chamadas, a primeira chamada recebida é atendida. Um dispositivo apenas pode ter um Monitorizar linha ou Monitorizar telefone para monitorizar um utilizador. Sugestão: Esta funcionalidade é útil para um assistente administrativo que monitoriza uma extensão de um executivo, bem como para colegas de trabalho que se revezam durante as pausas. Tenha em atenção que este botão não reflecte a actividade do utilizador nas outras extensões, tais como linhas partilhadas e extensões partilhadas.
    • Monitorizar telefone: Monitoriza o estado (a tocar, numa chamada ou em espera) de outro telefone, incluindo todas as extensões no mesmo. Também denominado Busy Lamp Field do telefone (BLF do telefone). (Não disponível para telefones FXS e extensões do sistema, tais como Atendimento automático.) Funciona igualmente como um botão Marcação automática (marcação rápida) para ligar imediatamente para um utilizador ou para transferir imediatamente uma chamada para um utilizador, sem consulta. Além disso, pode ser utilizado como um botão Atendimento individual para atender uma chamada que está a tocar no telefone especificado. Se estiverem a tocar várias chamadas, a primeira chamada recebida é atendida. Um dispositivo apenas pode ter um Monitorizar linha ou Monitorizar telefone para monitorizar um utilizador. Sugestão: Esta funcionalidade é útil para um assistente administrativo que monitoriza uma extensão de um executivo, bem como para colegas de trabalho que se revezam durante as pausas.
    • Bloquear IDCH (apenas telefones): Bloqueia o ID de chamada de uma chamada. Para utilizar esta funcionalidade, o utilizador tem de premir o botão e, em seguida, marcar o número. O ID de chamada é bloqueado apenas para a chamada actual. Esta funcionalidade é aplicável a chamadas internas entre estações e a chamadas SIP, mas não a chamadas efectuadas através de linhas telefónicas analógicas. Um telefone apenas pode ter um botão Bloquear IDCH. Sugestão: Esta funcionalidade é útil para utilizadores que utilizam frequentemente códigos de asterisco para bloquear o IDCH em chamadas, uma vez que podem poupar tempo ao não introduzir os códigos de asterisco.
    • Extensão da retenção da chamada: Funciona como uma marcação rápida para a extensão da retenção da chamada especificada (numerada de 1 a 10). Durante uma chamada activa, o utilizador prime este botão para colocar a chamada em espera na extensão da retenção da chamada especificada. Para recuperar a chamada, o utilizador pode premir novamente este botão. Em alternativa, é possível recuperar a chamada a partir de qualquer telefone IP utilizando as teclas programáveis ou os códigos de asterisco, conforme descrito no manual do utilizador do telefone, que está disponível em www.cisco.com/go/uc300, no separador Resources. Nota: As teclas programáveis não estão disponíveis em todos os modelos de telefone. Sugestão: Esta funcionalidade é útil se um utilizador colocar chamadas na retenção frequentemente, uma vez que permite poupar tempo ao não utilizar teclas programáveis ou códigos de asterisco, ou ao não introduzir um número da extensão da retenção. Esta funcionalidade é especialmente útil se um utilizador colocar chamadas na retenção num telefone e recuperar as mesmas a partir de outro telefone, uma vez que não é necessário memorizar o número da extensão da retenção.
    • Activar o modo nocturno: A função depende das definições de agendamento na página Func. mod diurno/nocturno. Com um agendamento operado manualmente, pelo menos um telefone tem de ter um botão Activar o modo nocturno. Numa utilização normal, o botão apresenta a cor verde. Para activar as definições do modo nocturno especificadas, um utilizador prime o botão, que muda para vermelho. Para regressar às definições do modo diurno, o utilizador prime o botão, que muda para verde. Com um agendamento automático, um utilizador pode substituir o agendamento automático e implementar imediatamente as definições do modo nocturno, premindo este botão, que muda para vermelho. Para regressar ao agendamento normal, o utilizador prime o botão, que muda para verde. Tenha em atenção que não é possível utilizar o botão para substituir o agendamento nocturno automático pelas definições do modo diurno. Um telefone apenas pode ter um botão Activar o modo nocturno. Sugestão: Esta funcionalidade é útil se um utilizador for responsável por abrir e fechar o escritório.
    • Atendimento de grupo: Apresenta uma lista de chamadas a tocar no ecrã do telefone. O utilizador pode seleccionar uma chamada para atender. Um telefone apenas pode ter um botão Atendimento de grupo. Sugestão: Esta funcionalidade é útil num escritório concorrido, onde é importante atender chamadas rapidamente.
    • Monitor de CV de grupo (apenas telefones): Adiciona um botão de linha que indica a existência de novas mensagens disponíveis na caixa de correio de voz de grupo especificada. O botão funciona como uma marcação rápida para a caixa de correio de voz. Depois de seleccionar esta opção, seleccione uma caixa de correio de voz a monitorizar. Sugestão: Esta funcionalidade é útil se um utilizador for responsável pela gestão das mensagens de correio de voz de um grupo de busca ou de um grupo do qual não é membro. Nota: Não é necessário adicionar um Monitor de CV de grupo para monitorizar uma Linha FXO partilhada ou uma Extensão partilhada da qual o utilizador é membro. Para estas funcionalidades, o botão de linha apresenta um ícone de envelope para indicar a existência de novas mensagens.
    • Intercom: Inicia uma chamada intercom bidireccional para o utilizador especificado através do altifalante do telefone atribuído. Depois de seleccionar esta opção, seleccione o utilizador na lista pendente. Sugestão: Esta funcionalidade é útil para um executivo que necessita de comunicar frequentemente com um assistente.
    • Grupo de paging: Inicia uma chamada unidireccional para todos os membros de um grupo de paging, utilizando os altifalantes dos telefones dos membros. Depois de seleccionar esta opção, seleccione o grupo de paging na lista pendente. Sugestão: Esta funcionalidade é útil para um utilizador que efectue o envio de paging com frequência para um determinado grupo, uma vez que permite poupar tempo ao não ter de marcar o número da extensão do grupo de paging.
    • Intercom genérico: Inicia uma chamada intercom bidireccional para um utilizador marcado através do altifalante do telefone marcado. Depois de seleccionar esta opção, marque o número do telefone ao qual pretende aceder.
    • Atendimento individual (atendimento de chamadas): Atende uma chamada que está a tocar numa extensão pessoal especificada. Se estiverem a tocar várias chamadas, a primeira chamada recebida é atendida. Esta funcionalidade é útil para colegas de trabalho que atendem frequentemente chamadas de outros colegas durante pausas e períodos concorridos de chamadas. Depois de seleccionar esta opção, seleccione o utilizador de destino na lista pendente. (Não disponível para linhas partilhadas, grupos, extensões do sistema ou telefones FXS.) Sugestão: Esta funcionalidade é útil se um utilizador for responsável por revezar outro utilizador durante pausas de trabalho.


    Índice

    Etiquetas botões telefone

    Utilize a página Configuração > Func. de utiliz./grupo > Etiquetas botões telefone se necessitar de ajustar as etiquetas dos botões que aparecem nos ecrãs do telefone.

    • Mantenha a descrição predefinida ou clique no ícone de lápis para introduzir uma descrição. Esta etiqueta irá aparecer no ecrã do telefone. Uma alteração efectuada a uma etiqueta de Botão de grupo é aplicada a todos os telefones do grupo. Uma etiqueta pode incluir até 30 caracteres. No entanto, dependendo do modelo do telefone e do número de botões configurados, uma etiqueta longa poderá ser truncada. Para uma melhor apresentação no ecrã do telefone, mantenha as etiquetas curtas. Nota: Após editar a descrição, pode clicar no ícone Restaurar para restaurar o valor predefinido.
    • Para seleccionar um dispositivo para configuração, utilize a lista de selecção localizada perto do canto superior esquerdo da página. Cada entrada na lista representa um telefone atribuído. Se um utilizador tiver apenas um telefone, só existe uma entrada na lista. Consulte a imagem do dispositivo para ver que dispositivo está seleccionado.
    • Para avançar na lista, clique no botão de seta para a direita.
    • Para retroceder na lista, clique no botão de seta para a esquerda.
    • Para seleccionar um telefone específico, clique no botão de seta para baixo e, em seguida, seleccione uma entrada na lista.
    • Também pode procurar um dispositivo utilizando os botões Conjunto anterior e Conjunto seguinte junto ao canto inferior direito da página.


    Índice

    Directório

    Utilize a página Configuração > Func. de utiliz./grupo > Directório para ver as listas de directórios aos quais os utilizadores podem aceder através dos menus do telefone. Se necessário, adicione números externos ao directório.

    • Directório interno: Este directório inclui todos os números internos, incluindo extensões do sistema, extensões pessoais, extensões partilhadas, grupos de paging e grupos de busca.
    • Directório externo: Este directório inclui até 100 números de telefone externos. Pode manter estas entradas, conforme descrito abaixo. As novas entradas do directório estão disponíveis nos telefones quando aplicar a configuração
    • Criar uma entrada externa: Clique neste botão para adicionar um número de telefone externo ao directório.
    • Nome: Escreva o nome, tal como irá aparecer no Directório nos telefones.
    • Número: Introduza o número de telefone, incluindo qualquer dígito necessário para obter uma linha externa. Não inclua espaços nem pontuação.
    • Para eliminar uma entrada: Clique no botão de eliminação (X).
    • Para editar uma entrada: Clique num campo e efectue as alterações.
    • Para transferir um ficheiro CSV como modelo para introdução de dados: Clique no ícone Transferir para guardar um ficheiro CSV para utilizar como modelo. Pode abrir o ficheiro directory.csv num programa de edição de texto, como o Bloco de notas, ou num programa de folha de cálculo, como o Microsoft Excel. O ficheiro inclui quaisquer registos introduzidos anteriormente no directório ou um registo exemplo para referência.
    • Para introduzir informações num ficheiro CSV: Pode utilizar um modelo transferido ou criar um novo ficheiro CSV. Edite-o num programa de edição de texto, como o Bloco de notas, ou num programa de folha de cálculo, como o Microsoft Excel. Introduza um nome, tal como irá aparecer no Directório nos telefones. Em seguida, introduza o número de telefone, incluindo qualquer dígito necessário para obter uma linha externa. Não inclua espaços nem pontuação. Num programa de edição de texto, separe os valores com vírgulas e crie cada entrada numa nova linha. Num programa de folha de cálculo, introduza cada valor numa célula separada e crie cada entrada numa nova linha. Se estiver a utilizar um modelo, elimine o registo exemplo. Guarde o ficheiro no formato CSV. Em seguida, pode importar o ficheiro, conforme descrito abaixo.
    • Para importar um ficheiro CSV: Clique no ícone Importar para importar um ficheiro CSV de nomes e números de telefone que tenha preparado. Seleccione o ficheiro e, em seguida, clique em Abrir. Se existirem valores inválidos, são apresentados erros. As entradas importadas aparecem no fim da lista.
    • Directório de grupos: Este directório inclui extensões partilhadas, grupos de paging e grupos de busca.
    • Directório de estações: Este directório inclui utilizadores e extensões pessoais.


    Índice


    Índice

    Rede

    Na secção "Rede" do módulo de configuração, pode configurar as definições de LAN, ligação WAN e topologia. Também pode activar o reencaminhamento de portas.


    Índice

    Topologia

    Utilize a página Configuração > Rede > Topologia para seleccionar a topologia correcta para o local. Para obter ajuda, clique no botão Ajudar a seleccionar ou coloque o ponteiro do rato sobre os ícones de ponteiro no ecrã.

    Introduza quaisquer definições requeridas para o tipo seleccionado. Consoante as alterações, após aplicar a configuração, poderá ser necessário ajustar o PC ao novo endereçamento de rede. Poderá ser igualmente necessário restabelecer a ligação ao utilitário de configuração, introduzindo um novo endereço IP de LAN no browser da Web.


    Índice

    WAN

    Utilize a página Configuração > Rede > WAN para configurar as definições de Internet para conectividade a funcionalidades da nuvem. Por exemplo, o Cisco UC320W permite o acesso a actualizações de firmware e a documentação após a configuração da ligação à Internet. Por predefinição, o Cisco UC320W estabelece a ligação utilizando DHCP. No entanto, o seu fornecedor de serviços de Internet poderá requerer definições especiais. Consulte as informações fornecidas pelo ISP relativas à sua conta do serviço de Internet.

    Nota: Consulte a ilustração apresentada no ecrã para obter a localização da porta WAN, onde pode ligar o Cisco UC320W ao serviço de Internet. Pode colocar o ponteiro do rato sobre o ícone de ponteiro para visualizar a imagem numa escala maior.

    • Largura de banda de uplink prevista: Seleccione um valor igual ou inferior à largura de banda a montante especificada pelo seu fornecedor de serviços. Sugestão: Considere a selecção de uma definição que esteja um nível abaixo do limite indicado pelo fornecedor. Esta definição ajuda a assegurar a prioridade da voz durante os períodos de tráfego de rede intenso. A implementação de QoS no UC320W permite assegurar que o tráfego de voz é enviado para uma fila de prioridade estrita e será transferido antes de qualquer tráfego de dados. Se o número actual de chamadas em curso for inferior ao número máximo de chamadas permitido, a largura de banda não utilizada está disponível para o tráfego de dados. Este processo é efectuado de forma dinâmica pelo motor de colocação em fila. Defina o total de chamadas para limitar o número de chamadas que podem ser configuradas e para assegurar que não ultrapassa a largura de banda disponível.
    • Tipo de WAN: Seleccione o tipo de ligação à Internet requerido pelo fornecedor de serviços. Em seguida, introduza as informações para o tipo de WAN especificado.

    Tipos de WAN

    • DHCP: Dynamic Host Control Protocol, a opção predefinida, é frequentemente utilizada com modems de cabo. Seleccione esta opção se o ISP não tiver atribuído um endereço IP estático à sua conta e utilize, em alternativa, o DHCP para atribuir um endereço IP dinamicamente. Não são necessárias outras informações para esta selecção. Opcionalmente, pode introduzir um Nome de domínio, tal como OmeuDomínio.com, se fornecido pelo ISP. Nota: Uma das desvantagens de utilizar um endereço IP dinâmico é o facto de, caso o endereço IP seja alterado, o Cisco UC320W e todos os dispositivos ligados serem reiniciados. O serviço de telefone será interrompido.
    • IP estático: Seleccione esta opção se o ISP fornecer um endereço IP estático. Preencha os campos obrigatórios. Preencha igualmente os campos opcionais, caso o ISP tenha fornecido as informações.
    • PPPoE (DSL): O PPPoE é frequentemente utilizado com serviços DSL. Seleccione esta opção se o ISP utilizar o PPPoE e o router obtiver um endereço IP utilizando negociação de endereços PPP/IPCP. Preencha os campos obrigatórios. Preencha igualmente os campos opcionais, caso o ISP tenha fornecido as informações. Por último, configure a ligação com a opção Manter ligada ou Ligar a pedido, conforme descrito abaixo.
    • Manter ligada: Seleccione esta opção para utilizar mensagens Manter ligada para manter a ligação permanentemente activa, independentemente do nível de actividade de Internet dos utilizadores.
    • Ligar a pedido: Seleccione esta opção para activar uma ligação apenas quando um utilizador tentar estabelecer ligação à Internet. No campo Tempo de espera máximo, introduza o número de minutos de inactividade que farão com que a ligação seja terminada. Esta opção é recomendada se a facturação for baseada no tempo de ligação activa.
    • PPTP DHCP: Seleccione esta opção se o ISP utilizar o protocolo PPTP (Point to Point Tunneling Protocol) e não tiver atribuído um endereço IP estático à sua conta. Preencha os campos obrigatórios. Preencha igualmente os campos opcionais, caso o ISP tenha fornecido as informações. Nota: Uma das desvantagens de utilizar um endereço IP dinâmico é o facto de, caso o endereço IP seja alterado, o Cisco UC320W e todos os dispositivos ligados serem reiniciados. O serviço de telefone será interrompido. Por último, configure a ligação com a opção Manter ligada ou Ligar a pedido, conforme descrito abaixo.
    • Manter ligada: Seleccione esta opção para utilizar mensagens Manter ligada para manter a ligação permanentemente activa, independentemente do nível de actividade de Internet dos utilizadores.
    • Ligar a pedido: Seleccione esta opção para activar uma ligação apenas quando um utilizador tentar estabelecer ligação à Internet. No campo Tempo de espera máximo, introduza o número de minutos de inactividade que farão com que a ligação seja terminada. Esta opção é recomendada se a facturação for baseada no tempo de ligação activa.
    • PPTP estático: Seleccione esta opção se o ISP utilizar o protocolo PPTP (Point to Point Tunneling Protocol) e tiver atribuído um endereço IP estático. Preencha os campos obrigatórios. Preencha igualmente os campos opcionais, caso o ISP tenha fornecido as informações. Por último, configure a ligação com a opção Manter ligada ou Ligar a pedido, conforme descrito abaixo.
    • Manter ligada: Seleccione esta opção para utilizar mensagens Manter ligada para manter a ligação permanentemente activa, independentemente do nível de actividade de Internet dos utilizadores.
    • Ligar a pedido: Seleccione esta opção para activar uma ligação apenas quando um utilizador tentar estabelecer ligação à Internet. No campo Tempo de espera máximo, introduza o número de minutos de inactividade que farão com que a ligação seja terminada. Esta opção é recomendada se a facturação for baseada no tempo de ligação activa.
    • L2TP DHCP: Seleccione esta opção se o ISP utilizar o protocolo L2TP (Layer 2 Tunneling Protocol) e não tiver atribuído um endereço IP estático à sua conta. Preencha os campos obrigatórios. Preencha igualmente os campos opcionais, caso o ISP tenha fornecido as informações. Por último, configure a ligação com a opção Manter ligada ou Ligar a pedido, conforme descrito abaixo. Nota: Uma das desvantagens de utilizar um endereço IP dinâmico é o facto de, caso o endereço IP seja alterado, o Cisco UC320W e todos os dispositivos ligados serem reiniciados. O serviço de telefone será interrompido.
    • Manter ligada: Seleccione esta opção para utilizar mensagens Manter ligada para manter a ligação permanentemente activa, independentemente do nível de actividade de Internet dos utilizadores.
    • Ligar a pedido: Seleccione esta opção para activar uma ligação apenas quando um utilizador tentar estabelecer ligação à Internet. No campo Tempo de espera máximo, introduza o número de minutos de inactividade que farão com que a ligação seja terminada. Esta opção é recomendada se a facturação for baseada no tempo de ligação activa.
    • L2TP estático: Seleccione esta opção se o ISP utilizar o protocolo L2TP (Layer 2 Tunneling Protocol) e tiver atribuído um endereço IP estático. Configure igualmente a ligação com a opção Manter ligada ou Ligar a pedido, conforme descrito abaixo. Por último, configure a ligação com a opção Manter ligada ou Ligar a pedido, conforme descrito abaixo.
    • Manter ligada: Seleccione esta opção para utilizar mensagens Manter ligada para manter a ligação permanentemente activa, independentemente do nível de actividade de Internet dos utilizadores.
    • Ligar a pedido: Seleccione esta opção para activar uma ligação apenas quando um utilizador tentar estabelecer ligação à Internet. No campo Tempo de espera máximo, introduza o número de minutos de inactividade que farão com que a ligação seja terminada. Esta opção é recomendada se a facturação for baseada no tempo de ligação activa.


    Índice

    LAN

    A utilização de VLAN melhora o desempenho da rede e ajuda a manter a Qualidade de Serviço (QoS) em chamadas telefónicas IP. Utilize a página Configuração > Rede > LAN para configurar as definições básicas para a VLAN de dados e para a VLAN de voz.

    Notas:

    • Consulte a ilustração apresentada no ecrã para obter a localização das portas LAN, onde pode ligar dispositivos de rede, tais como telefones IP, comutadores Ethernet e computadores. Pode colocar o ponteiro do rato sobre o ícone de ponteiro para visualizar a imagem numa escala maior.
    • O esquema de endereço predefinido para as VLAN de dados e de voz deverá ser suficiente na maioria dos casos, mas pode alterar estas definições caso a rede existente requeira um esquema de endereço diferente.
    • As definições de VLAN de dados não estão disponíveis, se seleccionar a Opção de topologia 2 ou 3 na página Topologia.

    Para ver as definições de VLAN de voz ou de VLAN de dados, clique no botão. Em seguida, introduza as definições, conforme descrito abaixo.

    • Número da interface VLAN: O número de identificação da VLAN. A VLAN de dados é VLAN1 e a VLAN de voz é VLAN100. Não é possível alterar o número da interface.
    • Endereço IP: Introduza um endereço IP para esta VLAN. Seleccione um endereço IP fora do Intervalo de endereços DHCP. O endereço IP da VLAN de dados é utilizado para iniciar o utilitário de configuração. Se alterar esta definição, utilize o novo endereço IP da VLAN de dados para estabelecer ligação ao utilitário de configuração.
    • Máscara de sub-rede: Introduza a máscara de sub-rede para a VLAN.
    • Gateway predefinido: Introduza o endereço de gateway predefinido para a VLAN.
    • Endereço IP inicial: Introduza o primeiro endereço IP no intervalo de endereços IP que o Cisco UC 320W pode atribuir aos dispositivos ligados nesta VLAN.
    • Endereço IP final: Introduza o último endereço IP no intervalo de endereços IP que o Cisco UC 320W pode atribuir aos dispositivos ligados nesta VLAN. Tem de introduzir um intervalo válido, baseado na máscara de sub-rede.
    • Repor predefinições: Clique neste botão para eliminar as entradas e repor as predefinições de VLAN.

    Nota: Se necessitar de atribuir endereços IP estáticos a servidores e outros dispositivos, pode utilizar quaisquer endereços que não estejam incluídos no Intervalo de endereços DHCP para a VLAN de dados. Se necessário, ajuste as entradas Endereço IP inicial e Endereço IP final para permitir a utilização de mais endereços IP estáticos.


    Índice

    Sem fios

    Utilize a página Configuração > Rede > Sem fios para configurar redes sem fios diferentes para tráfego de dados e tráfego de voz.

    Nota: Para o funcionamento sem fios dos telefones Cisco SPA525G/G2, configure em primeiro lugar os telefones com uma ligação Ethernet. Em seguida, active a rede sem fios, introduza outras definições necessárias e aplique a configuração. Após o reinício dos dispositivos, pode desligar o telefone Cisco SPA525G/G2 para funcionar sem fios.

    • Activado: Seleccione esta caixa para activar a rede ou desmarque a caixa para desactivar a rede. Introduza as definições para cada uma das redes activadas, conforme descrito abaixo.

    Nota: Estas definições apenas estão disponíveis se a rede estiver activada.

    • Nome da rede (SSID): Mantenha o SSID (Service Set Identifier) predefinido ou clique no ícone de lápis para introduzir um nome. Este nome identifica a rede sem fios aos utilizadores. O SSID pode incluir de 1 a 31 caracteres. Não inclua espaços nem caracteres especiais. Nota: Depois de editar o SSID, pode clicar no ícone Restaurar para restaurar o valor predefinido.
    • Difundir o SSID?: Seleccione esta caixa se pretender difundir o nome da rede a todos os dispositivos sem fios que se encontrem no raio de alcance. Os utilizadores de dispositivos sem fios poderão ver o SSID quando efectuarem uma pesquisa das redes disponíveis. Desmarque esta caixa para impedir a detecção automática do SSID. Neste caso, um utilizador terá de saber o SSID para configurar uma ligação sem fios à rede.
    • Nível de segurança: Seleccione o tipo de segurança requerida para aceder à rede sem fios. A Cisco recomenda a selecção do nível de segurança mais elevado que seja compatível com os seus dispositivos sem fios. As seguintes opções estão disponíveis:
    • Maior segurança (WPA2 Personal AES): A Cisco recomenda esta opção. A opção WPA2 proporciona maior segurança do que WEP, uma vez que utiliza encriptação de chaves dinâmica. Se seleccionar esta opção, introduza igualmente uma Frase-passe de WPA. Esta opção pode incluir quaisquer números ou letras e tem de ter entre 8 e 63 caracteres. Exemplo: HagensKey1293. Durante a configuração de redes sem fios, especifique WPA2 Personal com encriptação AES.
    • Melhor compatib. c/disposit. s/fios antigos (WEP) : Seleccione esta opção se necessitar de permitir o acesso sem fios de dispositivos de rede que não sejam compatíveis com WPA2. No entanto, tenha em atenção que o nível de segurança WEP não é considerado seguro e pode ser facilmente transgredido. Se seleccionar esta opção, introduza uma Chave WEP. Pode incluir caracteres hexadecimais (a-f, 0-9) e tem de ter 10 (WEP de 64 bits) ou 26 (WEP de 128 bits) caracteres. Exemplo: 1e34a678f0123456e89b123cc6 Em alternativa, clique em Gerar chave para gerar automaticamente uma chave válida.
    • Nenhuma (não recomendado): Seleccione esta opção para permitir que qualquer dispositivo sem fios que se encontre no raio de alcance aceda à rede sem fios. Esta opção não é recomendada. Em alternativa, deve utilizar o nível de segurança mais elevado que seja compatível com os seus dispositivos de rede.
    • Canal sem fios: Mantenha a predefinição, Procurar, para permitir que o Cisco UC320W seleccione o melhor canal (altamente recomendado). Se for necessário ajustar esta definição devido a problemas no ambiente, seleccione um canal na lista. Esta definição é aplicável a ambas as redes sem fios (se activado).

    Nota: A definição Canal sem fios apenas está disponível se estiver activada uma rede sem fios.


    Índice

    Reencam. de portas

    Utilize a página Configuração > Rede > Reencam. de portas se necessitar de permitir que os utilizadores da Internet acedam a servidores na rede que alojam serviços, tais como World Wide Web, email, FTP, videoconferência e jogos. É possível adicionar até 25 entradas.

    Informações gerais e opções para reencaminhamento de portas

    • Para simplificar a apresentação, apenas o campo Nome da aplicação está disponível quando visualizar esta página pela primeira vez. Depois de introduzir um nome, ficarão disponíveis outras funcionalidades. Complete a entrada ou elimine a mesma. Uma entrada incompleta produz um erro, indicado por um X vermelho na árvore de navegação.

    Nota: É necessário atribuir um endereço IP estático a cada servidor, em vez de permitir que estes dispositivos recebam endereços IP dinâmicos do servidor DHCP.

    • Para criar a primeira entrada: Introduza o nome da aplicação e, em seguida, introduza as definições conforme descrito abaixo.
    • Criar uma entrada: Clique neste botão para criar uma nova entrada.
    • Para remover uma entrada: Clique no botão de eliminação (X) da extensão partilhada que pretende remover.

    Definições para reencaminhamento de portas

    • Nome da aplicação: Introduza um nome para a aplicação, para referência quando estiver a trabalhar nesta página de configuração. Complete a entrada ou elimine a mesma. Uma entrada incompleta produz um erro, indicado por um X vermelho na árvore de navegação.
    • Protocolo: Seleccione o protocolo para esta aplicação. As opções são TCP e UDP.
    • Porta externa: Introduza o número de porta externo utilizado pelo servidor ou aplicação da Internet. Os números de portas podem variar entre 1 e 65535. Consulte a documentação da aplicação da Internet para obter mais informações.
    • Porta interna: Introduza o número de porta interno utilizado pelo servidor ou aplicação da Internet. Os números de portas podem variar entre 1 e 65535. Consulte a documentação da aplicação da Internet para obter mais informações.
    • Endereço IP de destino: Introduza o endereço IP do servidor que está a alojar esta aplicação na rede. Seleccione um endereço IP estático fora do intervalo de endereços IP que o Cisco UC320W atribui dinamicamente aos dispositivos ligados. Para ajustar o Intervalo de endereços DHCP para a VLAN de dados, consulte a página LAN.

    Resumo do local

    Utilize a página Configuração > Aplicar alterações > Resumo do local para introduzir informações sobre a equipa de suporte do local e para rever as definições de cada módulo do utilitário de configuração.

    Para registar as informações de suporte do local:

    Utilize estes campos para registar as informações de contacto dos funcionários de suporte técnico. Estes campos são opcionais. Pode deixar os mesmos em branco ou utilizá-los para registar quaisquer informações à sua escolha.

    • Empresa: Se aplicável, introduza o nome do fornecedor que disponibiliza o suporte técnico.
    • Nome: Introduza o nome do responsável do suporte técnico.
    • Telefone: Introduza o número de telefone do responsável do suporte técnico.
    • Email: Introduza o endereço de email do responsável do suporte técnico.
    • Comentários: Introduza outras informações, conforme necessário.

    Para rever e modificar definições:

    • Coloque o ponteiro do rato sobre um separador para ver a etiqueta completa. Clique no separador para ver um resumo das definições do módulo especificado.
    • As definições são apresentadas com o tipo de letra preto em todas as páginas. O tipo de letra azul indica uma ligação na qual pode clicar para voltar a uma página de configuração específica.
    • Lembre-se de que as definições só são aplicadas aos dispositivos depois de aplicar todas as alterações na página Aplicar configuração. Se pretender sair sem aplicar a configuração, pode utilizar a ligação Cópia de segurança/Guardar sessão para guardar a sessão para utilização posterior.


    Índice

    Aplicar configuração

    Utilize a página Configuração > Aplicar alterações > Aplicar configuração para aplicar as definições. A aplicação da configuração poderá reiniciar o Cisco UC320W. O serviço telefónico poderá ser interrompido e o tráfego de rede poderá parar durante vários minutos. Para alguns tipos de alterações, é possível aplicar uma configuração sem reiniciar. Contudo, uma vez que o serviço poderá ser interrompido, deve agendar esta tarefa para uma altura menos inconveniente para a empresa.

    Só é possível aplicar a configuração se não existirem erros nos ecrãs de configuração. Se existirem erros, o botão Aplicar configuração não está disponível e é apresentada uma mensagem na parte inferior do ecrã. Para localizar os erros, procure os ícones X vermelhos na árvore de navegação. Abra as páginas indicadas e corrija os problemas antes de tentar aplicar a configuração.

    Sugestão: Se não estiver pronto para aplicar as alterações, pode continuar a trabalhar noutras páginas de configuração. Volte a esta página quando estiver preparado para aplicar a configuração. Se pretender aplicar as definições de configuração posteriormente, pode utilizar o botão Guardar para guardar a sessão. Em alternativa, clique em Aplicar mais tarde para agendar uma hora para a actualização da configuração.

    • Para aplicar as novas definições imediatamente: Clique em Aplicar todas as alterações. Quando a confirmação aparecer, clique em OK para continuar ou em Cancelar para fechar a janela sem aplicar a configuração. Após aplicar uma configuração, o Cisco UC320W e os dispositivos ligados podem reiniciar. O serviço telefónico poderá ser interrompido e o tráfego de rede poderá parar. Se forem apresentadas mensagens de erro na parte inferior do ecrã, consulte a árvore de navegação, onde um ícone X vermelho indica que uma página contém um erro. Corrija os erros antes de aplicar a configuração.
    • Para agendar uma actualização da configuração para mais tarde: Execute estes passos:

    1. Clique em Aplicar mais tarde para agendar a actualização da configuração para uma hora em que a possível interrupção do serviço telefónico e do tráfego de rede seja menos inconveniente para a empresa.

    2. Seleccione o número de horas a aguardar antes de aplicar a configuração. Tenha em atenção que a hora agendada irá basear-se na hora do sistema e não nas definições de hora do computador, que poderão ser diferentes.

    3. Clique em OK para continuar. São apresentadas mensagens e uma barra de progresso. Quando a mensagem A actualização da configuração está agendada aparecer, a hora agendada é apresentada. Tenha em atenção que a hora agendada baseia-se na hora do sistema Cisco UC320W e não nas definições de hora do computador, que poderão ser diferentes. Pode fechar a janela do browser ou clicar em Abortar para cancelar a actualização agendada. Em alternativa, basta fechar o browser e a actualização irá ocorrer na hora agendada.

    • Para ver o estado do sistema: Clique em Terminar e ver estado do sistema. Este botão aparece após a aplicação de todas as alterações. Após clicar neste botão, será redireccionado para a página Visualização rápida.


    Índice

    Visualização rápida

    A página Estado > Visualização rápida apresenta um resumo visual do estado do local. Para ver mais informações sobre qualquer secção da página "Visualização rápida", clique na imagem para abrir a página de estado. Em alternativa, utilize as ligações da árvore de navegação.

    Nota: Após o início do Configuration Utility, o Cisco UC320W poderá demorar cerca de um minuto a recolher e apresentar as informações sobre o estado actual de todos os dispositivos.

    • Dispositivos: Este resumo apresenta o número de telefones IP, telefones FXS e gateways de telefonia IP. Um fundo amarelo ou vermelho indica a existência de problemas. Clique para obter informações detalhadas.
    • Redes: Este resumo apresenta o estado da WAN, da LAN e da rede sem fios (se activada). Um fundo amarelo ou vermelho indica a existência de problemas. Clique para obter informações detalhadas.
    • Clientes DHCP: Este resumo apresenta o número de clientes DHCP. Um contorno amarelo indica uma condição de aviso.
    • Correio de voz: Este resumo apresenta o número de mensagens e caixas de correio de voz configuradas. Um fundo amarelo ou vermelho indica a existência de problemas. Clique para obter informações detalhadas.
    • Ramais externos: Este resumo apresenta o número de chamadas actuais, de ramais FXO (analógicos) e de ramais SIP/BRI (voz sobre IP). Um fundo amarelo ou vermelho indica a existência de problemas. Clique para obter informações detalhadas.
    • Registos de chamadas externas: Este resumo apresenta o número de Registos de chamadas externas.
    • Resolução de problemas: Fornece acesso às ferramentas suportadas.
    • Clientes sem fios: Este resumo apresenta o estado dos clientes sem fios. Um fundo amarelo ou vermelho indica a existência de problemas. Clique para obter informações detalhadas.

    Dispositivos

    Utilize a página Estado > Dispositivos para ver estatísticas relativas ao Cisco UC320W e dispositivos ligados. Utilize igualmente os botões nesta página para a manutenção do sistema.

    Painel dianteiro do Cisco UC320W

    Consulte a ilustração para verificar os estados das portas actuais, que correspondem aos indicadores luminosos no painel dianteiro do hardware.

    • POWER/SYS (ALIMENTAÇÃO/SIS): Estado da alimentação e do sistema: Verde – Funcionamento normal. Intermitente lento – A iniciar. Intermitente rápido – A actualizar o firmware. Apagado – Sem alimentação.
    • LAN 1: Estado da porta LAN 1: Verde – Ligado a um dispositivo nesta porta. Intermitente – A enviar ou receber dados. Apagado – Sem ligação.
    • LAN 2: Estado da porta LAN 2: Verde – Ligado a um dispositivo nesta porta. Intermitente – A enviar ou receber dados. Apagado – Sem ligação.
    • LAN 3: Estado da porta LAN 3: Verde – Ligado a um dispositivo nesta porta. Intermitente – A enviar ou receber dados. Apagado – Sem ligação.
    • LAN 4: Estado da porta LAN 4: Verde – Ligado a um dispositivo nesta porta. Intermitente – A enviar ou receber dados. Apagado – Sem ligação.
    • WAN: Estado da porta WAN: Verde – Ligado a WAN. Intermitente – A enviar ou receber dados. Apagado – Sem ligação.
    • PHONE (FXS) (TELEFONE (FXS)): Estado da porta de telefone (FXS): Verde – O serviço está disponível na porta e a porta não está em utilização. Intermitente lento – O serviço está disponível e o telefone ligado está fora do descanso (em utilização). Apagado – A porta está desactivada.
    • LINE (FXO) (LINHA (FXO)) 1 Estado da porta de linha (FXO) 1: Verde – Ciclo de linha PSTN detectado nesta porta. Intermitente lento – A porta FXO está em utilização. Apagado – Sem ligação.
    • LINE (FXO) (LINHA (FXO)) 2 Estado da porta de linha (FXO) 2: Verde – Ciclo de linha PSTN detectado nesta porta. Intermitente lento – A porta FXO está em utilização. Apagado – Sem ligação.
    • LINE (FXO) (LINHA (FXO)) 3 Estado da porta de linha (FXO) 3: Verde – Ciclo de linha PSTN detectado nesta porta. Intermitente lento – A porta FXO está em utilização. Apagado – Sem ligação.
    • LINE (FXO) (LINHA (FXO)) 4 Estado da porta de linha (FXO) 4: Verde – Ciclo de linha PSTN detectado nesta porta. Intermitente lento – A porta FXO está em utilização. Apagado – Sem ligação.
    • WLAN: Estado da rede sem fios: Verde – A rede sem fios está ligada. Intermitente – A enviar ou receber dados. Apagado – Desactivado.
    • VM (CV): Estado do sistema de correio de voz: Verde – O correio de voz está activado. Intermitente rápido – O sistema está cheio. Intermitente lento – A obter ou gravar correio de voz. Apagado – Desactivado.
    • USB 1: Estado da porta USB 1: Verde – O modem USB está instalado. Apagado – Sem ligação. Intermitente - Ligado, mas ainda não disponível para acesso.
    • USB 2: Estado da porta USB 2: Verde – Uma chave USB está instalada. Apagado – Sem ligação. Intermitente – Ligada, mas ainda não disponível para acesso.
    • WPS: Estado da WiFi Protected Setup: Verde – WiFi Protected Setup bem-sucedida. Intermitente lento – A configuração está em curso. Intermitente rápido – Erro de configuração. Apagado – Não está em utilização. Para configurar uma ligação WiFi utilizando WPS, certifique-se de que o dispositivo sem fios está localizado perto do Cisco UC320W e, em seguida, mantenha premido este botão até o indicador luminoso WPS passar a intermitente.

    Informações de estado do Cisco UC320W

    • MAC da WAN do dispositivo: O endereço MAC da interface de WAN.
    • MAC da LAN do dispositivo: O endereço MAC da interface de LAN.
    • Hora do sistema: A data e hora actual.
    • Modo de toque nocturno: O modo de funcionamento activo: Modo diurno activo ou Modo nocturno activo.
    • Ficheiros FMP activos: O número de Ficheiros de Modificação da Plataforma activos no Cisco UC320W. Estes ficheiros podem ser fornecidos pelo suporte técnico da Cisco. Para obter mais informações, consulte o tópico "Trabalhar com Ficheiros de Modificação da Plataforma", abaixo.
    • Versão actual do firmware: O firmware actualmente instalado no dispositivo. Para obter mais informações, consulte o tópico "Actualizar o firmware" abaixo.
    • Tempo de actividade do sistema: O período de tempo durante o qual o sistema esteve em funcionamento desde o último reinício.
    • Tempo de actividade do SO: O número de dias, minutos, horas e segundos durante os quais o sistema esteve em funcionamento.

    Trabalhar com Ficheiros de Modificação da Plataforma

    Ficheiros de Modificação da Plataforma são ficheiros especiais que podem ser fornecidos ao utilizador pelo suporte técnico da Cisco. Clique no botão Alterar FMP para adicionar ou remover Ficheiros de Modificação da Plataforma.

    Nota:

    • Esta janela é apresentada depois de clicar no botão Alterar FMP.
    • Na maior parte dos tipos de Ficheiros de Modificação da Plataforma, as alterações não são aplicadas até aplicar a configuração.

    Na janela de contexto, pode executar as tarefas indicadas abaixo.

    • Adicionar FMP a partir do PC: Clique neste botão para enviar novos Ficheiros de Modificação da Plataforma a partir do PC. Quando a janela de contexto for apresentada, seleccione o ficheiro e, em seguida, clique em Abrir.
    • Activado: Seleccione a caixa para activar o ficheiro.
    • Concluído: Clique para fechar a janela e aplicar o Ficheiros de Modificação da Plataforma activado.
    • Para remover um ficheiro: Clique no botão de eliminação (X) do ficheiro que pretende remover. Quando a mensagem de confirmação for apresentada, clique em OK para eliminar o ficheiro ou clique em Cancelar para manter o ficheiro.

    Actualizar o firmware

    Clique no botão Actualizar a partir do PC para actualizar o dispositivo com novo firmware que se encontra armazenado no computador. Quando a mensagem de confirmação for apresentada, clique em OK para continuar ou em Cancelar para fechar a mensagem sem efectuar a actualização. Depois de clicar em OK, seleccione o firmware que pretende instalar e clique em Abrir. São apresentadas mensagens de progresso à medida que os dispositivos são actualizados.

    Durante o processo de actualização, não desligue a alimentação, não prima o botão de reposição, não feche o browser da Web nem navegue para outra página Web. Aguarde até que o Cisco UC320W e todos os dispositivos ligados sejam reiniciados. Este processo pode demorar alguns minutos.

    No fim do processo, se o browser apresentar uma mensagem a perguntar se pretende navegar para uma nova página Web, clique em OK. É apresentada a página de início de sessão. Se existirem erros, é apresentada uma mensagem.

    Nota: O browser da Web poderá apresentar uma mensagem a indicar que não é possível contactar o servidor. Esta situação ocorre porque a ligação do PC ao Cisco UC320W é interrompida durante o processo de reinício. Após o reinício do Cisco UC320W, pode actualizar a página Web ou reintroduzir o endereço IP da LAN para o Cisco UC320W, e pode iniciar sessão.

    Informações adicionais sobre o processo de actualização:

    • Recomenda-se a criação de uma cópia de segurança da configuração antes de actualizar o firmware. Se utilizar uma chave USB para a cópia de segurança, esta incluirá todas as definições, mensagens de correio de voz, saudações de correio de voz e mensagens de atendimento automático.
    • Para obter melhores resultados, feche outras janelas do browser antes de iniciar uma actualização. Se existirem outras janelas do browser abertas, o browser pode apresentar erros de memória.
    • Devido ao tamanho do ficheiro, não utilize uma ligação sem fios para actualizar o firmware.
    • Se o novo firmware implicar alterações em definições requeridas, poderão ser apresentados ícones de erro em algumas páginas de configuração após a conclusão da actualização. Para obter mais informações, leia as mensagens apresentadas no ecrã.
    • Depois de instalar uma versão anterior do firmware, poder-lhe-á ser pedido que seleccione um ficheiro de configuração compatível a partir de uma lista de ficheiros disponíveis. Se não existirem ficheiros compatíveis disponíveis, ser-lhe-á pedido que crie uma nova configuração.
    • Os ficheiros guardados automaticamente são removidos durante uma actualização de firmware.
    • As definições não aplicadas são rejeitadas durante uma actualização de firmware.

    Reiniciar e redefinir o Cisco UC320W

    • Reiniciar sistema: Clique neste botão para reiniciar o Cisco UC320W. O UC320W será reiniciado e o browser da Web será actualizado. Todas as chamadas serão desligadas e o tráfego de rede irá parar durante vários minutos. Quaisquer alterações não guardadas serão rejeitadas.
    • Repor definições de fábrica do sistema: Clique neste botão para repor a configuração predefinida de fábrica do Cisco UC320W. As predefinições de fábrica do Cisco UC320W serão repostas. Perder-se-á toda a configuração. O nome de utilizador/palavra-passe serão repostos para cisco/cisco. Todas as chamadas serão desligadas e o tráfego de rede irá parar. Se seleccionou uma topologia de rede diferente de O Cisco UC320W encaminha voz e dados, deve desligar o Cisco UC320W da LAN para evitar que o servidor DHCP entre em conflito durante a reconfiguração do Cisco UC320W.

    Estado do SPA8800 IP Telephony Gateway

    O endereço MAC é apresentado. As barras verdes indicam o estado da configuração: Configurável, Configurado e Registado.

    Telefones

    • Telefone: O modelo do telefone e o endereço MAC.

    Nota: Um círculo amarelo com um sinal de subtracção indica que o dispositivo estava activo, mas o estado actual é desconhecido.

    • Utilizador: O utilizador a quem este telefone está atribuído. O número da extensão pessoal principal também aparece aqui.
    • Repor palavra-passe do telefone: Clique neste botão para repor a palavra-passe do telefone para o utilizador. O telefone do utilizador será desbloqueado e a palavra-passe será eliminada (nenhuma palavra-passe). Quando a mensagem de confirmação for apresentada, clique em Repor para continuar ou em Cancelar para fechar a mensagem sem repor a palavra-passe.
    • Ícones de estado da configuração: As barras verdes no lado direito da página mostram o estado actual da configuração:
    • 1 barra: Configurável
    • 2 barras: Configurado
    • 3 barras: Registado


    Índice

    Redes

    Utilize a página Estado > Redes para ver estatísticas relativas à WAN, rede sem fios e LAN.

    Esta página é actualizada a cada 15 segundos.

    Limpar contagens: Clique neste botão para repor todas as estatísticas nesta página para 0. As contagens são eliminadas da próxima vez que a página for actualizada.

    WAN

    • Endereço IP da WAN: O endereço IP público desta interface.
    • Máscara de WAN: A máscara de sub-rede para a WAN.
    • Gateway predefinido de WAN: O endereço de gateway para a WAN.
    • Pacotes TX de WAN: O número de pacotes transmitidos através desta interface.
    • Pacotes RX de WAN: O número de pacotes recebidos através desta interface.
    • Endereço MAC da WAN: O endereço MAC desta interface.

    Sem fios

    • Pacotes TX sem fios: O número de pacotes que foram transmitidos através da rede sem fios.
    • Pacotes RX sem fios: O número de pacotes que foram recebidos através da rede sem fios.

    LAN

    • Pacotes TX LAN1 – LAN4: O número de pacotes que foram transmitidos através da porta LAN especificada.
    • Pacotes RX LAN1 – LAN4: O número de pacotes que foram recebidos através da porta LAN especificada.
    • Endereço MAC da LAN: O código de identificação de hardware exclusivo para a interface de LAN.
    • Endereço IP: O endereço IP da interface de LAN.
    • Máscara de rede: A máscara de sub-rede para a interface de LAN.


    Índice

    Clientes DHCP

    Utilize a página Estado > Clientes DHCP para ver uma lista de clientes DHCP.

    As informações incluídas nesta página são automaticamente actualizadas em intervalos de 15 segundos.

    • VLAN: O nome do servidor DHCP: data_Lan ou voice_Lan.
    • Nome do cliente: O nome do dispositivo.
    • Endereço IP: O endereço IP atribuído dinamicamente do dispositivo.
    • MAC: O endereço MAC do dispositivo.
    • Hora da expiração: A hora do dia a que o endereço atribuído dinamicamente irá expirar.
    • Interface: A interface que está a ser utilizada: LAN para ligações Ethernet e WL para ligações sem fios.


    Índice

    Correio de voz

    Utilize a página Estado > Correio de voz para ver informações sobre a utilização do correio de voz. Também é possível repor as palavras-passe dos utilizadores.

    As informações incluídas nesta página são automaticamente actualizadas em intervalos de 60 segundos.

    Sistema de correio de voz

    • Tamanho total: A capacidade de armazenamento total do sistema de correio de voz, em minutos.
    • Atribuído: A quantidade de capacidade de armazenamento utilizada pelas caixas de correio de voz configuradas.
    • Livre: A quantidade de capacidade de armazenamento não utilizada. Nota: Uma caixa de correio possui um limite de 100 novas mensagens, independentemente da duração total das mensagens. Se este limite for atingido, não será possível receber mensagens adicionais até o utilizador guardar ou eliminar algumas das novas mensagens.
    • Caixas de CV aplicadas: O número de caixas de correio configuradas.
    • Novas: O número de mensagens que estão na caixa de correio e não foram recuperadas pelo utilizador

    As informações que se seguem são fornecidas para cada caixa de correio de voz.

    • Nome: O nome próprio e o apelido do utilizador, com o número da extensão para a caixa de correio de voz.
    • Repor palavra-passe: Clique neste botão para repor a palavra-passe predefinida do correio de voz, 12345. Quando a mensagem de confirmação for apresentada, clique em Repor para continuar ou em Cancelar.
    • Reinicializar: Clique neste botão para eliminar todas as mensagens e definições pessoais desta caixa de correio.
    • Reinicializar tudo: Clique neste botão para eliminar todas as mensagens e definições pessoais de todas as caixas de correio.
    • Guardadas: O número de mensagens que estão na caixa de correio e foram anteriormente recuperadas pelo utilizador
    • Utilizados: A quantidade de espaço de armazenamento do correio de voz que está a ser utilizado por todas as mensagens para este utilizador
    • Última mensagem: A data e hora de armazenamento da mensagem mais recente


    Índice

    Ramais externos

    Utilize a página Estado > Ramais externos para ver o estado de cada ramal.

    As informações incluídas nesta página são automaticamente actualizadas em intervalos de 5 segundos.

    • Nome do ramal: A etiqueta atribuída a esta porta nas definições.
    • URL: O URL utilizado em pacotes SIP.
    • Estado: O estado actual do ramal.
    • Cham.: O número de chamadas em curso.
    • Capacid.: O número de chamadas simultâneas suportadas neste ramal.

    Nota: O Cisco UC320W suporta até 12 chamadas simultâneas em todos os ramais (incluindo ramais FXO e SIP/BRI).


    Índice

    Registos cham. externas

    Utilize a página Estado > Registos cham. externas para ver Registos de chamadas externas para chamadas recebidas e efectuadas (chamadas que envolvem um ramal SIP ou um ramal FXO). As chamadas internas entre estações não estão incluídas. Clique num ficheiro na parte superior da página e veja os dados da tabela. Os dados são automaticamente actualizados a cada 600 segundos (10 minutos). Também pode actualizar a página para mostrar os dados mais recentes.

    Na tabela, pode ver informações adicionais e utilizar filtros para localizar os dados pretendidos.

    Informações apresentadas

    • Marca de hora: A data e hora de início da chamada
    • Ramal: O ramal que foi utilizado para a chamada.
    • Direcção: A direcção da chamada, recebida ou efectuada.
    • IDCH: O número de telefone do ID de chamada do autor da chamada.
    • Linha cham.: O nome do ID de chamada do autor da chamada.
    • DNIS: O número marcado, conforme determinado pelo DNIS (Dialed Number Identification Service).
    • Duração: A duração da chamada, apresentada em horas, minutos e segundos.

    Trabalhar com dados

    • Para ordenar os registos: Clique em qualquer título de coluna para ordenar a lista por ordem crescente. Clique no título da coluna novamente para ordenar a lista por ordem decrescente.
    • Para filtrar a lista de modo a mostrar apenas registos que contêm valores especificados: Clique no campo de filtro, introduza caracteres ou palavras-chave e, em seguida, prima a tecla Enter para filtrar a apresentação. Por exemplo, no campo IDCH, introduza um número de telefone para ver apenas os registos para esse número.
    • Para remover um filtro: Um ícone X é apresentado imediatamente à direita do campo de filtro. Clique neste botão para remover o filtro.
    • Para remover todos os filtros: Um botão X é apresentado no fim da fila de filtros. Clique neste botão para remover todos os filtros e para mostrar todos os registos disponíveis.
    • Para actualizar a lista de registos: Clique no botão Actualizar para actualizar a lista com os dados mais recentes.
    • Para actualizar os detalhes: Clique no botão Actualizar para actualizar esta secção com os dados mais recentes. O ícone é apresentado junto ao canto superior direito da tabela.
    • Para exportar os dados: Clique no ícone Transferir para exportar os dados para um ficheiro XML.


    Índice

    Ferramentas de suporte

    Ao investigar problemas, pode utilizar a página Estado > Ferramentas de suporte para recolher relatórios do sistema e executar testes ping. Podem estar disponíveis ferramentas adicionais com Ficheiros de Modificação da Plataforma.

    As informações incluídas nesta página são automaticamente actualizadas em intervalos de 60 segundos.

    Relatórios do sistema

    Clique no separador Relatórios do sistema para activar os relatórios do sistema. A Cisco recomenda a activação de relatórios apenas quando for necessário e a desactivação de relatórios quando terminar a investigação. Os relatórios consomem recursos e podem ter impacto no desempenho do sistema.

    • Clique em Activ para activar os relatórios ou em Desac para desactivar esta funcionalidade. Para evitar um impacto desnecessário nos recursos do sistema, desactive os relatórios quando terminar a resolução de problemas.
    • Repor Syslog: Clique para remover todos os dados dos relatórios do sistema.
    • Recuperar Syslog agora : Clique neste botão para actualizar imediatamente esta página com os relatórios mais recentes.
    • Seleccionar itens adicionais a incluir no relatório do sistema: Seleccione a caixa para incluir estas informações nos relatórios. Desmarque a caixa para excluir estas informações dos relatórios. As alterações são aplicadas imediatamente quando a funcionalidade de relatórios do sistema for activada.
    • Mostrar apenas SIP: Seleccione esta caixa para mostrar apenas tráfego SIP nos relatórios. Desmarque esta caixa para remover este filtro.
    • Para exportar os dados: Clique no ícone Exportar junto ao canto superior direito do Relatório do sistema para guardar os relatórios como um ficheiro de texto. Este ícone está disponível após a apresentação de um relatório.

    Ping

    Clique no separador Ping para utilizar pedidos de Eco ICMP (ping) para testar a conectividade entre o Cisco UC320W e um endereço IP especificado.

    • Endereço de destino: Introduza o endereço IP ou o nome de domínio no qual pretende executar o teste ping.
    • Iniciar PING: Clique para iniciar o teste ping.
    • Parar PING: Clique se não pretender continuar o teste ping.
    • Resultados do Ping: Apresenta os resultados do teste ping.
    • Limpar resultad. Ping: Clique para eliminar os resultados do teste ping.
    • Número de pacotes para envio: Seleccione o número de pacotes a enviar.
    • Tamanho dos pacotes: Seleccione o tamanho de cada pacote a enviar.

    TCP Dump

    No separador TCP Dump, pode gerar um ficheiro TCP dump que é gravado num stick USB ligado. Também pode transferir um ficheiro TCP dump recolhido anteriormente de um stick USB para o PC.

    Nota: Se já existir um ficheiro TCP dump no stick USB, este será substituído através deste procedimento.

    Para iniciar um TCP dump:

    1. Insira um stick de memória USB na porta USB1 ou na porta USB2 no UC 320W. Certifique-se de que o stick de memória tem espaço suficiente.

    2. Seleccione uma interface onde executar o TCP dump.

    3. No separador TCP Dump, clique na porta do stick USB que corresponde à porta USB no UC 320W.

    4. Introduza a duração do TCP dump.

    5. Clique no botão Iniciar para iniciar o TCP dump. O TCP dump é iniciado de imediato e transfere-o para o stick USB seleccionado. Para transferir o ficheiro TCP dump do stick USB, clique no botão Transferir ficheiro dump para o PC.

    Loopback FXO/FXS

    No separador Loopback FXO/FXS, pode avaliar as portas FXO através de um teste de loopback interno (apenas na porta UC 320W) para fins de resolução de problemas.

    Para testar uma porta FXO:

    1. Certifique-se de que não existem chamadas activas nas portas FXS e FXO que serão testadas.

    2. Tome nota da cablagem nas portas FXO/FXS e desligue-as do UC 320W.

    3. Utilizando um cabo RJ-11 padrão, ligue uma porta FXS a uma porta FXO para testar.

    4. Seleccione uma porta FXO para testar.

    5. Clique no botão 'Testar porta FXO' para iniciar a avaliação.

    6. Repita o teste para as outras portas FXO no UC 320W.

    7. Depois de concluir o teste, volte a colocar a cablagem original nas portas FXS e FXO.

    Loopback FXO/FXO

    O teste de loopback FXO-FXO mede a atenuação end-to-end entre duas portas FXO especificadas (no mesmo UC 320W) à medida que uma chamada de teste passa pelo PSTN. A medição é realizada:

    • Efectuando automaticamente uma chamada de uma porta FXO (principal) para outra porta FXO (secundária).
    • Atendendo automaticamente a chamada recebida na porta secundária, obtendo desse modo uma ligação de áudio entre duas portas.
    • Enviando um tom de teste da porta principal e medindo a porta secundária (para atenuação da transmissão) e a porta principal (para perda de retorno).
    • Enviando um sinal da porta secundária e efectuando a mesma medição.

    Para realizar o teste de loopback FXO/FXO:

    1. Certifique-se de que não existem chamadas activas nas portas FXO que serão testadas.

    2. Certifique-se de que ambas as portas FXO estão ligadas ao PSTN.

    3. Seleccione uma porta principal para o teste de loopback.

    4. Seleccione uma porta secundária para o teste de loopback.

    5. Introduza o número de telefone da porta secundária, para que a chamada possa ser efectuada da porta principal para a porta secundária.

    6. Clique no botão Testar para iniciar a avaliação.


    Índice

    Clientes sem fios

    Utilize a página Estado > Clientes sem fios para ver informações sobre os clientes sem fios actuais.

    As informações incluídas nesta página são automaticamente actualizadas em intervalos de 15 segundos.

    • SSID: A rede sem fios que o cliente está a utilizar. Cada rede é identificada por um SSID (Service Set Identifier) exclusivo.
    • Endereço MAC: O endereço MAC do cliente sem fios.
    • Velocidade Tx: A velocidade de transmissão de dados por parte do cliente, em Megabits por segundo.
    • Velocidade Rx: A velocidade de recepção de dados por parte do cliente, em Megabits por segundo.
    • RSSI: O RSSI (Received Signal Strength Indicator) é uma medição numérica absoluta da força do sinal do último pacote recebido.
    • Inactivo: O número de segundos de inactividade do cliente sem fios.


    Índice

    Resumo

    Utilize a página Resumo para rever as definições. Se for necessário efectuar alterações, clique num botão para voltar à página especificada. Ao clicar em Seguinte, as definições são automaticamente guardadas. É possível recarregar uma sessão guardada utilizando o botão Carregar.


    Índice

    Vizinhos CDP

    Utilize a página Estado > Vizinhos CDP para ver informações de estado sobre os dispositivos vizinhos que foram detectados pelo CDP (Cisco Discovery Protocol). Estas informações podem ser úteis para a resolução de problemas.

    As informações incluídas nesta página são automaticamente actualizadas em intervalos de 15 segundos.

    • Dispositivo: O nome do anfitrião do dispositivo.
    • Interface: A interface onde o dispositivo está ligado.
    • Tempo esp: O número de segundos durante os quais o dispositivo irá reter os pacotes recebidos de dispositivos vizinhos.
    • Capacidade: O tipo de dispositivo: R – Router, T – Ponte trans, B – Ponte de encaminhamento de origem, S – Switch, H – Anfitrião, I – IGMP, r – Repetidor.
    • Plataforma: O número do modelo do dispositivo.
    • ID da porta: A porta onde o dispositivo está ligado.
    • Endereço IP: O endereço IP do dispositivo.


    Índice

    Como?

    Leia as informações abaixo para encontrar respostas a perguntas comuns sobre tarefas de configuração.

    Como actualizar o firmware?

    Para actualizar o firmware a partir de um ficheiro localizado no PC, clique no botão Actualizar a partir do PC na página Estado > Dispositivos.

    Como reservar uma linha telefónica analógica como uma linha privada para um executivo?

    Para este cenário, execute as seguintes tarefas:

    • Utilize a página Configuração > Telefonia do local > PBX/Sistema-chave para definir o modo do sistema como Sistema-chave ou modo Combinação para permitir a configuração de Linhas FXO partilhadas.
    • Utilize a página Configuração > Hardware > Portas de linha (FXO) para activar os ramais FXO.
    • Utilize a página Configuração > Utilizadores/Telefones > Utilizadores para criar um registo de utilizador para o executivo.
    • Utilize a página Configuração > Utilizadores/Telefones > Atribuir telefones para atribuir um telefone ao executivo.
    • Utilize a página Configuração > Botões de extensões > Linhas FXO partilhadas para criar uma Linha FXO partilhada. Adicione apenas um membro, que corresponde ao executivo que necessita da linha privada.
    • Quando terminar a introdução de definições no sistema, aplique a configuração. O telefone do executivo incluirá um botão de telefone que apresenta o nome atribuído à linha. O executivo pode premir o botão para receber e efectuar chamadas nesta linha. Nenhum outro utilizador terá acesso a esta linha.

    Como encaminhar chamadas de números de telefone SIP/BRI específicos para utilizadores individuais ou grupos?

    Neste cenário, existem três números de telefone que necessitam de ser encaminhados do seguinte modo:

    • 972 555-0100 Número principal (Atendimento automático)
    • 972 555-0300 Número do departamento de vendas (Grupo de busca de vendas)
    • 972 555-0301 Número do departamento de facturação (Director comercial)

    Para este cenário, execute as seguintes tarefas:

    • Utilize a página Configuração > Telefonia do local > PBX/Sistema-chave para definir o modo do sistema como modo PBX ou Combinação para permitir a configuração de ramais SIP/BRI.
    • Utilize a página Configuração > Telefonia do local > Func. mod diurno/nocturno para activar o Atendimento automático.
    • Utilize a página Ramais SIP/BRI para configurar os ramais SIP/BRI.
    • Utilize a página Configuração > Utilizadores/Telefones > Utilizadores para criar os registos de utilizador.
    • Utilize a página Configuração > Utilizadores/Telefones > Atribuir telefones para atribuir telefones aos utilizadores.
    • Utilize a página Configuração > Encaminhamento cham. > Grupos de busca para criar um grupo de busca para a equipa de vendas.
    • Na página Configuração > Encaminhamento cham. > Chamadas recebidas, execute as seguintes tarefas:
    • Clique em Adicionar núm. especificado. Introduza um número de telefone. Repita o processo até adicionar todos os números.
    • Na lista de números introduzidos, localize 972 555-0100 (o Número principal). Clique em Mover para mover o mesmo para um novo encaminhamento. Na etiqueta, escreva Número principal. Em Tocar, seleccione o destino, Atendimento automático. Repita este passo para o Número do departamento de vendas (seleccionando Grupo de busca de vendas como destino). Por último, repita este passo para o Número do departamento de facturação (seleccionando a extensão pessoal do Director comercial como destino).
    • Quando terminar a introdução de definições no sistema, aplique a configuração. Para verificar as definições, utilize um telefone externo, como um telemóvel, para efectuar chamadas para os números especificados.

    Como atribuir diferentes dígitos de marcação de saída para cada ramal de saída? Pretendo que os utilizadores primam 8 para contactar o serviço de voz sobre IP e 9 para contactar o serviço de telefone local.

    Para este cenário, execute as seguintes tarefas:

    • Utilize a página Configuração > Telefonia do local > PBX/Sistema-chave para definir o modo do sistema como modo PBX ou modo Combinação para permitir a configuração de Linhas FXO partilhadas e de ramais SIP/BRI.
    • Na página Configuração > Telefonia do local > Marcação interna, configure os dígitos 8 e 9 com a opção Linha externa.
    • Na página Configuração > Hardware > Ramais de saída, ambos os ramais estão seleccionados por predefinição para os dois dígitos de Linha externa. Efectue as alterações descritas abaixo.
    • Para o dígito 8, desmarque o ramal FXO. O ramal SIP/BRI permanecerá seleccionado e será apresentado no ecrã como opção número 1.
    • Para o dígito 9, desmarque o ramal SIP/BRI. O ramal FXO permanecerá seleccionado e será apresentado no ecrã como opção número 1.

    Nota: Opcionalmente, pode seleccionar um segundo ramal a utilizar quando a primeira opção estiver ocupada. O estado Ocupado de um ramal SIP/BRI depende do número máximo de chamadas simultâneas especificado pelo fornecedor de SIP. O Cisco UC320W suporta até 12 chamadas simultâneas em todos os ramais (incluindo ramais FXO e SIP/BRI).

    • Utilize a página Configuração > Hardware > Portas de linha (FXO) para activar os ramais FXO.
    • Utilize a página Configuração > Hardware > Ramais SIP/BRI para configurar os ramais SIP/BRI.
    • Quando terminar a introdução de definições no sistema, aplique a configuração. Para verificar as definições, efectue uma chamada premindo 8 antes de marcar o número. Quando terminar essa chamada, efectue uma chamada premindo 9 antes de marcar o número. Utilize a página Estado > Registos cham. externas para verificar os registos detalhados de chamadas para confirmar que foi utilizado o ramal esperado em cada caso.

    Como configurar a funcionalidade Música em espera para utilizar uma gravação diferente da música predefinida? Gostaríamos de passar uma gravação que inclua música e anúncios.

    Para este cenário, execute as seguintes tarefas:

    • Prepare a gravação e guarde-a no leitor de música.
    • Ligue o leitor de música à porta Line In (Entrada de linha) do Cisco UC320W. Utilize os controlos do leitor de música para reproduzir a gravação.
    • No utilitário de configuração, utilize a página Configuração > Telefonia do local > Música. Seleccione a opção Externa para utilizar uma fonte de música externa.
    • Quando terminar a introdução de definições, aplique a configuração. Para verificar, pode efectuar uma chamada de uma extensão para outra. Quando a chamada for colocada em espera, a gravação é reproduzida. Se não for possível reproduzir a gravação, verifique as definições no leitor de música. Se o áudio do dispositivo externo não for detectado, o sistema irá activar, após a falha, a fonte de música interna.

    Como configurar os telefones de modo a que um utilizador possa monitorizar uma extensão de outro utilizador? Uma enfermeira necessita de monitorizar a extensão de um médico.

    Para este cenário, execute as seguintes tarefas:

    • Utilize a página Configuração > Utilizadores/Telefones > Utilizadores para criar os registos de utilizador.
    • Utilize a página Configuração > Utilizadores/Telefones > Atribuir telefones para atribuir telefones aos utilizadores. Certifique-se de que escolhe modelos de telefone que incluam botões de telefone suficientes para responder às necessidades do utilizador.
    • Na página Configuração > Func. de utiliz./grupo > Botões de telefone, seleccione o telefone ou consola lateral na lista de selecção que se encontra junto ao canto superior esquerdo da página. Procure um botão não utilizado e seleccione Monitorizar linha na lista pendente. No campo Utilizador de destino, seleccione o médico. Seleccione igualmente a extensão de destino (um utilizador pode ter mais do que uma extensão).
    • Quando terminar a introdução de definições, aplique a configuração. O novo botão é apresentado na consola lateral ou no telefone seleccionado. A enfermeira pode ver se a extensão monitorizada está inactiva (apagada), a tocar (laranja intermitente), numa chamada (vermelho) ou com uma chamada em espera (vermelho intermitente). A enfermeira pode premir o botão Monitorizar linha para fazer a marcação rápida do número do médico, transferir imediatamente uma chamada activa para o médico ou atender uma chamada que está a tocar na extensão monitorizada.

    Como activar chamadas intercom? Um director pretende utilizar o intercom para comunicar com um assistente.

    Para este cenário, execute as seguintes tarefas:

    • Utilize a página Configuração > Utilizadores/Telefones > Utilizadores para criar os registos de utilizador.
    • Utilize a página Configuração > Utilizadores/Telefones > Atribuir telefones para atribuir telefones aos utilizadores. Certifique-se de que escolhe modelos de telefone que incluam botões de telefone suficientes para responder às necessidades do utilizador.
    • Na página Configuração > Func. de utiliz./grupo > Botões de telefone, seleccione o telefone ou consola lateral na lista de selecção que se encontra junto ao canto superior esquerdo da página. Procure um botão não utilizado e seleccione Intercom na lista pendente. No campo Utilizador de destino, seleccione o assistente.
    • Quando terminar a introdução de definições, aplique a configuração. O novo botão é apresentado na consola lateral ou no telefone seleccionado. O director pode premir o botão Intercom para iniciar a chamada intercom, utilizando o altifalante do telefone para o áudio. O director pode começar a falar de imediato. Podem ter áudio bidireccional através dos altifalantes dos dois telefones ou, se preferirem, podem utilizar os respectivos auscultadores.

    Como podem os utilizadores obter correio de voz para um grupo de busca, extensão partilhada ou linha partilhada?

    Utilize uma das seguintes opções:

    • Marque o número da extensão do piloto de correio de voz e introduza o número da caixa de correio, seguido de #. Introduza igualmente a palavra-passe. A palavra-passe da caixa de correio predefinida é 12345. A primeira vez que um utilizador abrir a caixa de correio, o sistema facultará instruções para o processo de configuração da nova caixa de correio.
    • Prima o botão Mensagens num telefone e, em seguida, prima # para aceder ao menu principal. Introduza o número da caixa de correio, seguido de #. Introduza igualmente a palavra-passe. A palavra-passe da caixa de correio predefinida é 12345. A primeira vez que um utilizador abrir a caixa de correio, o sistema facultará instruções para o processo de configuração da nova caixa de correio.

    Como podem os funcionários obter correio de voz fora do escritório?

    Existem várias opções.

    • Um funcionário efectua uma chamada para o escritório e marca ou é transferido para a sua própria extensão. Se tiver atendimento automático que permite aos autores das chamadas marcar uma extensão em qualquer altura, o utilizador pode efectuar a chamada, ligar ao atendimento automático e marcar o número da sua própria extensão. Se não tiver o atendimento automático activado, um funcionário pode efectuar a chamada para o número do escritório e pedir para ser transferido para a sua própria extensão. Quando a chamada for para o correio de voz, o utilizador tem de premir * para aceder ao menu. Em seguida, o utilizador introduz a palavra-passe, seguida de #.
    • Configure uma opção do menu Atend. automático para este fim. Na página Configuração > Encaminhamento cham. > Atend. automático, configure um botão que transfira chamadas para o piloto de correio de voz. Grave uma mensagem que anuncie esta opção aos funcionários.
    • Reserve uma linha telefónica para a obtenção de correio de voz. Se tiver números de telefone suficientes, pode dedicar um número de telefone para os funcionários utilizarem na obtenção de correio de voz. Na página Configuração > Encaminhamento cham. > Chamadas recebidas, clique em Criar um encaminhamento de chamadas recebidas e introduza uma etiqueta. Mova um número de telefone para este grupo de encaminhamento. Para o destino, seleccione Piloto de correio de voz. Aplique a configuração. Para verificar, efectue uma chamada para este número a partir de um telefone externo, como um telemóvel. Quando um funcionário marca este número, as chamadas são encaminhadas para o piloto de correio de voz.

    Como aceder ao gravador de mensagens de AA fora do escritório?

    Por vezes, poderá querer actualizar as mensagens de atendimento automático a partir de um local exterior ao escritório. Por exemplo, numa situação de mau tempo, pode marcar o número do escritório e alterar a saudação para anunciar um atraso no plano do dia. Existem várias formas de aceder ao gravador de mensagens de AA.

    • Um funcionário efectua uma chamada para o escritório e marca ou é transferido para a extensão do gravador de mensagens de AA. Se tiver um atendimento automático que permita aos autores das chamadas marcar uma extensão em qualquer altura, pode efectuar a chamada, ligar ao atendimento automático e marcar o número da extensão do gravador de mensagens de AA. Se não tiver o atendimento automático activado, pode efectuar a chamada para o número do escritório e pedir para ser transferido para esta extensão.
    • Configure uma opção do menu Atend. automático para este fim. Na página Configuração > Encaminhamento cham. > Atend. automático, configure um botão que transfira chamadas para o gravador de mensagens de AA. Grave uma mensagem que anuncie esta opção aos funcionários.

    Como enviar chamadas nocturnas para o meu serviço de atendimento de chamadas? Deverá ser utilizado o reencaminhamento de chamadas nocturnas ou o encaminhamento de chamadas nocturnas?

    A escolha depende do facto de pretender enviar imediatamente as chamadas para o seu serviço de atendimento de chamadas ou de pretender permitir que um funcionário nocturno atenda as chamadas e reencaminhar apenas as chamadas não atendidas para o serviço de atendimento de chamadas.

    • Para enviar imediatamente as chamadas para o serviço de atendimento de chamadas, execute as seguintes tarefas:
    • Active o encaminhamento de chamadas nocturnas na página Func. mod diurno/nocturno.
    • Na página Configuração > Telefonia do local > Chamadas recebidas, nas definições do modo nocturno para o encaminhamento, especifique o número de telefone do serviço de atendimento de chamadas como destino. As chamadas recebidas neste ramal serão enviadas imediatamente para o serviço de atendimento de chamadas. Repita este passo conforme necessário para cada encaminhamento e ramal.
    • Para permitir que um funcionário nocturno atenda a chamada antes de a mesma ser reencaminhada, execute as seguintes tarefas:
    • Na página Configuração > Telefonia do local > Func. mod diurno/nocturno, active o encaminhamento de chamadas nocturnas (opcional) e o reencaminhamento de chamadas nocturnas.
    • Opcionalmente, se tiver activado o encaminhamento de chamadas nocturnas, utilize a página Chamadas recebidas para especificar os destinos nocturnos conforme necessário. Por exemplo, é possível que encaminhe as chamadas para o AA durante o dia mas para um recepcionista à noite.
    • Na página Reencaminhamento cham, ajuste as definições de reencaminhamento de chamadas nocturnas para indivíduos e grupos. Por exemplo, se estiver a encaminhar as chamadas recebidas para o funcionário nocturno, especifique que as chamadas nocturnas não atendidas são reencaminhadas para o serviço de atendimento de chamadas.

    Como configurar as definições SMTP para a minha conta de email?

    Para este cenário, abra a página Configuração > Func. de utiliz./grupo > Correio de voz e seleccione a caixa Utilizar correio de voz para email para activar esta funcionalidade. Para introduzir as definições SMTP, consulte os exemplos abaixo. (Para obter informações actualizadas sobre os requisitos, consulte o site de suporte do seu fornecedor.)

    Sugestão: A Cisco recomenda a criação de uma nova conta de email para o envio das notificações de correio de voz para email. A utilização do seu endereço de email pessoal irá expor desnecessariamente as suas credenciais de início de sessão do email pessoal na configuração do Cisco UC320W. Tenha também em atenção que muitas contas de email mantêm, por predefinição, uma cópia de todas as mensagens enviadas. Qualquer pessoa que tenha acesso a esta conta de email terá acesso às mensagens enviadas. Reveja as suas definições de email para se certificar de que são adequadas à política de privacidade da sua empresa. Depois de configurar uma conta, verifique se é possível enviar e receber correio electrónico através da conta antes de configurar as definições de correio de voz para email no Cisco UC320W.

    Exemplo: Gmail

    O Gmail recomenda as seguintes definições:

    • Utilizar SSL/TLS: Seleccione a caixa para utilizar encriptação TLS ou SSL.
    • Servidor SMTP: smtp.gmail.com
    • Porta SMTP: 587
    • Nome de utilizador: O seu endereço de email completo, como por exemplo meuNome@gmail.com ou meuNome@meuDominio.com
    • Palavra-passe: A palavra-passe da conta Gmail

    Nota: Na sua conta de Gmail, aceda ao menu Definições, seleccione Encaminhamento e POP/IMAP e active IMAP.

    Exemplo: Windows Live Hotmail

    O Windows Live Hotmail recomenda as seguintes definições:

    • Utilizar SSL/TLS: Seleccione a caixa para utilizar encriptação TLS ou SSL.
    • Servidor SMTP: smtp.live.com
    • Porta SMTP: 587
    • Nome de utilizador: O seu endereço de email completo, como por exemplo meuNome@hotmail.com ou meuNome@meuDominio.com
    • Palavra-passe: A palavra-passe da conta Windows Live

    Exemplo: Yahoo! Mail

    O Yahoo requer a utilização de uma conta paga para este tipo de serviço. O Yahoo recomenda as seguintes definições:

    • Utilizar SSL/TLS: Seleccione a caixa para utilizar encriptação TLS ou SSL.
    • Servidor SMTP: plus.smtp.mail.yahoo.com
    • Porta SMTP: 465 ou 587
    • Nome de utilizador: O seu endereço de email, sem o nome do domínio, como por exemplo meuNome (sem @yahoo.com)
    • Palavra-passe: A palavra-passe da conta Yahoo

    Como configurar toques diferentes para chamadas internas e externas?

    É fácil executar esta acção através (1) do encaminhamento de todas as chamadas recebidas para extensões partilhadas, linhas partilhadas e extensões adicionais e (2) da configuração de um toque diferente para extensões pessoais. Quando os utilizadores efectuam chamadas entre si, através das respectivas extensões pessoais, ouvem um toque que todos reconhecem como uma chamada interna. Da mesma forma, quando uma chamada recebida toca num dos outros tipos de extensão, todas as pessoas que ouvem o toque reconhecem a mesma como uma chamada externa.

    Para este cenário, execute estas tarefas:

    • Para cada ramal de entrada ou grupo de ramais, crie uma extensão partilhada, linha partilhada ou extensão adicional e especifique os membros (ou o utilizador, no caso de uma extensão adicional). Para as descrições destes tipos de extensão, consulte as instruções para a página Linhas FXO partilhadas, a página Extensões partilhadas e a página Extensões adicionais.
    • Utilize a página Configuração > Botões de extensões > Linhas FXO partilhadas para configurar as novas linhas partilhadas que necessitar de adicionar.
    • Utilize a página Configuração > Botões de extensões > Extensões partilhadas para configurar as novas extensões partilhadas que necessitar de adicionar.
    • Utilize a página Configuração > Botões de extensões > Extensões adicionais para configurar as novas extensões adicionais que necessitar de adicionar.
    • Utilize a página Configuração > Encaminhamento cham. > Chamadas recebidas para configurar o encaminhamento de chamadas recebidas para cada ramal de entrada ou grupo de ramais. Pode encaminhar as chamadas para as novas linhas partilhadas, extensões partilhadas e extensões adicionais que adicionou.
    • Em cada telefone, configure a extensão pessoal com o toque que pretende utilizar para identificar chamadas internas. Os procedimentos são fornecidos abaixo. Seleccione o mesmo toque em cada telefone, de forma a assegurar que existe um único toque que é reconhecido para chamadas internas. Não é necessário alterar o toque para as extensões partilhadas, linhas partilhadas e extensões adicionais.

    Nos telefones Cisco SPA 50x ou Cisco SPA 51x: Para alterar o toque da extensão pessoal, prima a tecla de configuração e, em seguida, seleccione Toque. Prima o botão de navegação de seta para cima ou para baixo para colocar o cursor na extensão pessoal e, em seguida, prima alterar para ver a lista de toques. Coloque o cursor num toque. Prima reprod. para reproduzir o toque ou prima selec. para seleccionar o mesmo. Prima a tecla de configuração para fechar o menu.

    No Cisco SPA 525G ou Cisco SPA 525G2, prima a tecla de configuração, seleccione Preferências do utiliz. e, em seguida, seleccione Preferências de áudio. Prima o botão de navegação de seta para cima ou para baixo para colocar o cursor na extensão pessoal e, em seguida, prima a seta para a direita para ver a lista de toques. Coloque o cursor num toque. Prima Reprod. para reproduzir o toque ou prima Selec. para seleccionar o mesmo. Prima Definir para guardar as alterações. Prima a tecla de configuração para fechar o menu.



    Cisco e o logótipo Cisco são marcas comerciais da Cisco Systems, Inc. e/ou das respectivas afiliadas nos Estados Unidos e outros países. Encontra-se disponível uma lista das marcas comerciais da Cisco em www.cisco.com/go/trademarks. As marcas comerciais de terceiros mencionadas são propriedade dos respectivos proprietários. A utilização da palavra parceiro não implica uma relação de parceria entre a Cisco e qualquer outra empresa. (1005R)

    Copyright © 2011

    Português: 78-20061-02